Assunto: Artigo

You are here:

O princípio regulador exige salmodia exclusiva?

principio-regulador-exige

Os Salmos são a palavra de Deus para o homem e a palavra do homem em resposta. Cumprido em Cristo, o próprio Cristo baseia sua mensagem de graça neles (Lucas 24.44-49). Os Salmos são abrangentes em conteúdo e imensamente poderosos. Quase sempre escolho pelo menos um Salmo para cada culto que planejo. Mas, o que dizer do argumento que o elemento de canto da adoração eclesiástica deveria consistir exclusivamente de salmos?

Leia Mais

Como promover discipulado entre mulheres de diferentes gerações

10-como-promover-discipulado

Por que as mulheres mais velhas e mais jovens da igreja devem fazer amizade e criar relacionamentos de discipulado? Nossas vidas são ocupadas, afinal de contas, e é bem mais tranquilo passar tempo com aquelas que são da nossa própria idade. Além disso, podemos nos perguntar que conhecimento ou incentivo teríamos a oferecer umas as outras. Talvez nós desejemos tais relacionamentos, mas achamos difícil desenvolvê-los.

Leia Mais

O princípio regulador do culto “engessa” a adoração da igreja?

o-principio-regulador-do-culto

Depois de uma pequena travessia pelo interior da África, nosso caminhão parou em uma capela para prestar serviços eclesiásticos em Choma, Zâmbia. Estava animado para adorar com irmãos e irmãs pelo mundo e estava ansioso para ver como seria. Quão diferente a litúrgia seria daquela que estou acostumado? Seria capaz de adorar juntamente com eles?

Leia Mais

Concluí o seminário… e agora?

conclui-o-seminario-e-agora

O aspecto mais difícil do seminário não tem nada a ver com a análise de verbos no modo subjuntivo do grego. Não era se demorar com os triângulos com os quais John Frame trabalhou magistralmente no quadro branco. Não, Não era nada disso. Era o enorme ponto de interrogação no fim desse túnel de treinamento. A pergunta ousada e incômoda: “o que vem depois?”.

Leia Mais

O que é o Natal de acordo com Paulo – Gálatas 4.4-5 (Parte 3 de 3)

33natal-segundo-ap-paulo

Nos dois textos anteriores da nossa série sobre Gálatas 4.4-5, aprendemos quatro características da resposta do apóstolo à pergunta: “que criança é essa que nasceu no Natal?”. Temos focado na criança como o coração da história, em duas circunstâncias de seu nascimento e no propósito de sua vinda. Nesta parte final, aprenderemos mais duas características do Natal de acordo com Paulo.

Leia Mais