Yago Martins – Carta a um Jovem com Problemas Sexuais

O que segue é um e-mail que recebi de um irmão que estava com problemas sexuais em seu namoro. Logo abaixo vai minha resposta. O texto foi editado para melhor se adequar, retirando certas pessoalidades. Espero que possa ser de utilidade para alguém.

Como eu já te falei, eu tenho 20 anos e faço faculdade. Acontece que há quase dois anos (eu tinha 19), comecei a namorar uma irmã da igreja. Ela é uma moça de Deus, comprometida com o Reino, ama o Senhor e sempre teve um desejo de dedicar-se à obra, como eu – inclusive ela sonha em fazer missões. Todavia, nos últimos dois ou três meses temos sido terrivelmente tentados na área sexual. Alguns dias atrás, fomos parar na porta de um motel, mas acabamos não entrando. E, sinceramente, o motivo de não termos entrado não foi temor ao Senhor (naquele momento eu só queria satisfazer os desejos da minha carne) – foi simplesmente medo, insegurança, afinal nós dois somos virgens. O fato é que, mesmo não tendo consumado a relação sexual, nós fomos muito além do aceitável e estamos ambos arrasados. O pastor de nossa igreja está nos dando todo o apoio, nos disciplinando em amor, nos oferecendo consolo, mas eu estou à beira de desistir. Não é a primeira nem a segunda vez que cedemos às tentações dessa maneira. Eu me sinto completamente enojado em relação à minha própria vida, em relação ao meu pecado, mas, ao mesmo tempo, não sinto forças para continuar combatendo-o. Estou renunciando a todos os compromissos que tinha com a obra em nossa igreja, pois me sinto desqualificado, reprovado para o ministério. O trabalho ministerial é muito abençoado, não posso servir vivendo da forma como estou. Peço oração e ajuda. Eu não sei o que está acontecendo comigo, não sei como tenho retrocedido tanto depois de experimentar tantas coisas maravilhosas da parte do Senhor. Tenho questionado a minha própria salvação, pois como um nascido de novo pode viver de forma tão podre? E esse questionamento está me consumindo. Gostaria de poder me casar, como Paulo ordena àqueles que não podem se conter, e estou me organizando para isso. Mas sou apenas estagiário, e minha família não é cristã e não apóia a idéia. Ou seja, não sei mesmo o que fazer. Nesse momento, tudo o que eu quero é força para não desistir.

RESPOSTA

Meu irmão,

Seu desabafo muito me comove. Pedro foi mesmo sábio quando, ao aconselhar os jovens, declarou: “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo” (II Pe 5:8,9). Eu também sou um jovem (tenho 18 anos), também namoro a mesma garota faz tempo (desde os 15 anos), também somos virgens e também já passamos de muitos limites. Logo, só posso concordar com Pedro: as mesmas aflições se cumprem entre os irmãos de todo o mundo. Nosso adversário ruge ao nosso redor tentando tragar-nos com nossas próprias paixões. Eu passava por problemas muito parecidos com o seu. Hoje, essas lutas são muito mais amenas e raras, mas, antes, a derrota era constante e devastadora. Saiba: eu conheço muito bem o seu problema, já o sofri intensamente e quase todo irmão que tem nossa idade passa ou já passou por problemas no mínimo muito parecidos.

Sabe, eu sou uma criança, assim como você. Um homem, e não um garoto, deveria estar te aconselhando aqui. Fico feliz que seu pastor esteja te dando apoio, consolo e disciplina amorosa. Ame este homem e agarre-se nele o máximo possível. Freqüente a casa dele, ore com ele, cresça com ele, amadureça com ele. “O que anda com os sábios ficará sábio, mas o companheiro dos tolos será destruído” (Pv 13:20). Encontre homens que amem a Cristo, amem a Escritura e amem a Santidade. Ande o máximo com eles, pois te ensinarão sobre como ser um homem bíblico. Seu pastor e bons amigos serão peças importantes para te dar força neste momento de luta.

Amigo, primeiramente, não desista. Você não está sozinho em sua luta. É Deus quem opera em nós tanto o querer como o realizar em nossa santificação (Fp 2:12,13). É Ele que nos dá força e nos faz andar de acordo com a Verdade. Clame desesperadamente ao que pode te santificar. Como disse Al Martin, Fé salvadora é o arremesso desesperado de uma alma desesperada nos braços de um Todo-Poderoso Salvador. Arremesse-se a Cristo. Lance-se n’Ele. Você não pode fazer nada só. Você precisa esmurrar seu corpo e fazer dele seu escravo (I Co 9:27), mas você não conseguirá sem jogar-se confiante e desesperado nos braços de Cristo.

Quando minha luta contra esse pecado era mais intensa, eu pude listar uns poucos conselhos bíblicos. Creio que te servirão:

Seja apaixonado por Jesus. Deus não retira de nós as paixões pelo mundo quando clamamos a Ele, Deus nos oferece uma paixão maior. Não deixamos de possuir “paixões da mocidade” (II Tm 2:22) quando cremos em Cristo, mas a paixão por Jesus deve arder tão forte em nós que as outras paixões são ignoradas e mortificadas. Busque Cristo nas Escrituras, veja boas pregações e ore bastante. O Fogo por Deus deve estar aceso no seu coração. Ainda que você esteja fraco, “[Ele] não… apagará o pavio que fumega” (Is 42:3).

Lembre que você é um peregrino. Pedro, em sua primeira carta (2:11), nos diz que devemos abster-nos dos desejos da carne que fazem guerra contra nossa alma. Ele deixa claro que fala isso “como a peregrinos e forasteiros”. Precisamos tomar posse desta consciência de que não pertencemos a essa terra. Não devemos olhar para esse mundo como nosso. O sexo, a masturbação, a pornografia são coisas passageiras e terrenas. Há um prazer e uma alegria muito mais profunda e duradoura nos céus. Olhe para o alto: lá é a sua terra, não aqui. Livre-se de bobagens e futilidades terrenas. Ponha sua mente e seu coração no que vem de Deus.

Guarde seu coração. “Acima de tudo, guarde seu coração, pois dele depende toda a sua vida” (Pv 4:23). Creio que este provérbio já é enfático o suficiente para dispensar qualquer comentário posterior. O pecado começa dentro de nós (Tg 1:14,15) e é no nosso interior que a batalha começa. Guarde-se de amar o pecado. Se você perceber que está sendo arrastado para o erro, clame a Deus ante que seu mau desejo seja manifesto.

Proteja seus olhos. Jó fez um belo pacto consigo mesmo: “Fiz um acordo com os meus olhos de não olhar com cobiça para as moças” (Jó 31:1). Para vencer nosso próprio desejo, precisamos proteger nossos olhos de toda cobiça. Quando começamos a namorar, somos rápidos em nos guardar de cobiçar qualquer moça além de nossa namorada. O problema é que você não é casado, assim, não deveria cobiçar ninguém! Lute para não olhar para ela com desejo. Proteja seus olhos e você estará protegendo seu coração. Se preciso for, converse com sua namorada para que ela vista-se de modo mais comportando quando está com você.

Fuja! Imagine essa cena: “Você é um lutador e seu mestre está falando sobre seus adversários. Ele diz: está vendo aquele homem? Lute contra ele. Está vendo aquele outro? Resista contra ele. Agora, sobre aquele terceiro ali, não chegue nem perto. Fuja dele! Fuja!”. Nesta analogia, vemos uma verdade bíblica muito importante. Em Efésios 6:10-12 somos ordenados a resistir ao diabo. Em Tiago 4:7 somos, também, ensinados a resistir a Satanás. Já em II Timóteo 2:22 somos ordenados a fugir das paixões da mocidade. Sobre este ponto, Paul Washer diz que “isto demonstra que a paixão da sua carne e a sensualidade desenfreada da sua cultura é mais perigosa do que uma batalha face a face com o diabo”. Washer continua:

“Eu conheço inúmeros jovens cristãos que demonstraram evidências genuínas de conversão, e ainda assim ao entrar em uma relação com o sexo oposto, eles caíram em imoralidade. Eu sei que eles memorizam as Sagradas Escrituras, oram, e até jejuam para serem puros na sua relação, e mesmo assim eles caíram. Por quê? Porque eles não entenderam que todas as disciplinas espirituais das Sagradas Escrituras não poderiam salvá-los das paixões da juventude. Eles tentavam lutar uma batalha enquanto Deus os ordenou a fugir. Resumindo: Você não pode ficar sozinho em um relacionamento com uma pessoa do sexo oposto durante um período extenso de tempo sem cair. Por isso, vocês nunca devem ficar sozinhos em uma casa, carro, ou qualquer outro lugar onde a luxúria e os desejos podem ser acesos e o fracasso é certo.”

Fugir foi a maior ferramenta de santificação de Deus na minha vida. Ficar sem beijar minha namorada, não estar sozinho com ela, praticamente só namorar por telefone e em locais bastantes públicos foram modos que usamos para fugir de nossos desejos. Fuja também. Não ache que você terá forças para resistir. A melhor forma de lutar, neste caso, é fugindo. Funcionou comigo, funcionou com outros cristãos, peço a Deus que funcione com você.

Ocupe-se com o Reino. Temos o péssimo costume de abandonar todas as nossas atividades onde nos congregamos quando estamos caindo constantemente no mesmo pecado. Não faça isso. Continue servindo aos seus irmãos como você servia antes. Se possível, sirva até mais. Isso vai te deixar ocupado e te impedirá de gastar seu tempo com o que é vão. Não desperdice sua juventude, gaste-se na Obra de Deus. Os dias que você tirava para namorar, tire agora para evangelizar junto de sua namorada. Eu sei, será super desgastante e você vai ter a sensação que está se distanciando de quem você ama. Eu senti isso no começo, mas, na verdade, vocês estarão crescendo na graça de Deus e fortalecendo a união de vocês. Procure ministérios de evangelismo, traduza textos, freqüente pequenos grupos que sejam realmente bíblicos, pregue nas ruas, leia as Escrituras. Viva de um modo que você possa, daqui a alguns anos, olhar para traz no tempo e dizer: para o mundo, eu joguei minha juventude fora; mas para Deus, eu estava mais vivo que qualquer outro.

Confie que Cristo te dará forças. Vou deixar apenas Deus falar neste ponto, Ele se expressa melhor que eu: “Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo” (Fp 1:6). “Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo, em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo (I Pe 1:5-7). “Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai” (Jo 10:29). “Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória…” (Jd 24). “Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia” (II Tm 1:12).

Case. Paulo disse que “… se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se [ou arder em desejo]“ (1 Co 7:9). Planeje-se para seu casamento. Abra mão de um mestrado para poder casar logo. Transfira seu curso para a noite para poder trabalhar durante o dia. Você conhece sua rotina e seus planos, analise-os com cuidado e se planeje, junto com sua namorada, para casar. Hoje em dia, criamos um milhão de dificuldades para adiar o casamento. Claro que é um passo importantíssimo na nossa vida, mas acabamos procrastinando demasiadamente o matrimonio. Eu, por exemplo, só pretendo fazer meu mestrado depois de algum tempo de casado e se eu conseguir bolsa pra tal, com isso, posso casar-me alguns anos mais cedo. Olhe para sua vida, converse com sua namorada e vejam o que pode ser feito. Claro, ore bastante sobre tudo. “O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do SENHOR” (Pv 16:1).

Foras essas dicas bíblicas, eu possuo algumas dicas práticas que funcionaram comigo e com outros irmãos. Todas elas foram vividas por mim e, graças a Deus, funcionaram. Aconselhei sobre isso para alguns amigos e funcionou com eles também. Oro a Deus que funcione com você:

Abra mão do beijo. Simplesmente não beije. Parece duro, mas depois de um tempo você vai ver como é abençoador. O beijo não é pecado, mas pode levar ao pecado, como quase tudo na vida. Como você está fraco, é bom cortar de vez o beijo. Eu e minha namorada não conseguimos instantaneamente, logo, começamos a namorar apenas por telefone (o que foi complicado para nós, já que somos vizinhos). Isso, além de livrar de pecados, vai ajudá-los e tornar a união de vocês mais forte.

Tenha casais amigos. Nada melhor do que possuir amigos que também namoram ou são casados. Cristãos, preferencialmente. Vocês poderão sempre sair juntos para algum restaurante ou para o cinema, etc. Eu e minha namorada temos dois casais de amigos cristãos e é ótimo sairmos juntos. E o melhor, você não precisa abrir mão de momentos românticos por estar em grupo. Os casais só precisam se separar um pouco para ter um momento de intimidade. Mas lembre, no começo, é bom maneirar em ficar sozinho com a namorada.

Orem juntos. Disciplina de oração é ótimo para a vida cristã e para o seu relacionamento. Encontrem grupos de oração ou irmãos dispostos a orar com vocês. Cuidado: nada de ficarem sozinhos para orar, o pecado está a porta! Sempre orem em comunhão com outros crentes.

Conversem sobre coisas do alto. Namorados precisam conversar, claro. Mas muitas vezes as conversas são fúteis e tolas. Adquiriam a rotina de ler sempre as Escrituras, bons livros e ver boas pregações. Não só isso, mas conversem sobre o que aprenderam. O pecado perderá força contra vocês naturalmente, pois estarão sendo santificados pela Palavra de Deus em seus corações.

Claro, tudo isso é uma luta. Uma verdadeira guerra. Não é nada fácil. Às vezes, na guerra contra o pecado, precisamos resistir ao extremo de derramar o próprio sangue (Hb 12:4). Se nada funcionar, e que Deus repreenda isso, esteja disposto a arrancar olhos, mãos e pernas (Mt 5:29). Se preciso for, acabe com seu namoro. É melhor entrar solteiro no céu do que casado no inferno. Essa não é a escolha primária. Lute contra seu pecado. Mas se nada, mesmo com toda a luta do mundo, funcionar, medidas drásticas precisam ser tomadas.

Para finalizar, lembre-se: sentir-se sujo, nojento, pecador e depravado por conta de nosso pecado, até certo ponto, é algo bom, pois revela nossa tristeza com nossos erros e evidência nossa regeneração. Você provavelmente é salvo se pode dizer: “O pecado é meu fardo, não meu prazer; minha miséria, não meu deleite”. Agora, isso não deve nos parar e roubar nossa alegria em Cristo. Davi, quando pecou sexualmente, escreveu um salmo a Deus e disse o seguinte: “Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário” (Sl 51:12). Ore para que você alegre-se novamente diante da obra de Cristo por um depravado como você. Quão maus nos somos, e quão bom Cristo é!

Você está, desde já, em minhas orações. Clamo a Deus que Ele te dê forças assim como Ele tem me dado. Depois de quase dois anos praticamente só de fracasso, Deus me deu forças para lutar. Saiba: na força de Deus, é possível vencer qualquer pecado. Cristo já os derrotou na cruz, nossa vitória é certa, n’Ele venceremos.

Por Yago Martins. © Voltemos ao Evangelho Website: voltemosaoevangelho.com
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que adicione as informações supracitadas, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

71 Comentários
  1. luiz_lagoa Diz

    Em meu namoro uso exatamente as dicas citadas. Artigo muito abençoado, parabens.

  2. Diego Diz

    Benção de post!
    Realmente Deus é Bom! Ouvi exatamente o que eu deveria ouvir neste momento.

    Obrigado Yago e Voltemos ao Evangelho por serem uma benção de Deus pra minha vida!

    Que Deus continue os usando, para a Honra e Glória do Nome do Senhor Jesus!

  3. Susana Silvério Diz

    Peço licença aos irmãos para reproduzir o texto (com os devidos créditos, endereço e tal) e pregar no mural da salinha de adolescentes, na minha Igreja, aonde sou professora na Escola Dominical. Sei que esse texto pode os abençoar ricamente. Creio que suas palavra Yago, foram totalmente orientadas por Deus para abençoar todos os cristãos que estão passando por uma luta contra a carne. Tomo seus conselhos práticos pra me ajudar em outras áreas da minha vida, sei que posso adaptar isso na minha realidade, e ser abençoada 'fugindo' de certas coisas e me comprometendo com outras. Obrigada.

  4. Anonymous Diz

    Sou casada há quase 10 anos,e me lembro como foi difícil algumas vezes.Mas vale apena obedecer a Palavra.Ela nos diz:''fugi''.E é isso que funciona.Não ficar sozinhos por muito tempo é o melhor conselho.Nunca fizemos pacto de não beijarmos,mas,fazíamos isto pelas circunstâncias algumas vezes e vencemos.Hoje tenho alegria em falar isto.Somos felizes com nossos dois maravilhosos filhos.Desejo o mesmo a vocês,jovens de Deus.Sigam os conselhos,aceitem o perdão de DEUS,não se precipitem em casar,andem no ESPÍRITO(Gl5.16)e fiquem na paz!!!

  5. Yago Martins Diz

    Susana Silvério,

    Nossa permissões dizem que: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que adicione as informações supracitadas, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

    Se seguir essas orientações, incentivamos a divulgação. Se você baixar o pdf, é só imprimir, pois já tem os dados em baixo :)

  6. Diogo Carvalho Diz

    Excelente texto. Vou usar em minha igreja, com os devidos créditos.

  7. Isadora Souza Diz

    Yago,
    fico muito feliz de ver Deus te usando com muita sabedoria. Neste post aprendi muita coisa e agradeço a Deus por isso!
    Que Deus continue lhe abencoando abundantemente!

  8. Anonymous Diz

    Alguém aí sabe onde está na bíblia a palavra "namoro"???

    Como era o "namoro" dos jovens da igreja primitiva cheia de santidade e graça? E como era o "namoro" de nossos irmãos puritanos de séculos atrás ou mesmo dos irmãos de 50 ou 60 anos atrás?

    De onde vem essa prática?

    Com quem a igreja aprendeu isso?

    José e Maria estava "namorando" quando se casaram??

    Como alguém que quer "fugir do mal" e viver em santidade pode se envolver com toques, abraços e beijos?

    Ora, se alguém não quer fazer algo, então não começe.
    Se a igreja não quer que seus jovens tenham relação sexual porque permitem o namoro? E se permitem o namoro, porque não permitem que se consuma o ato, já que começaram?

    1. Vinicius Benjamim Diz

      É isso ai Anonimo. Embora eu tenha gostado muito da carta do Yago, e até acho uma preciosa raridade nos dias atuais, faço minhas tuas perguntas. Veja o que comentei nesse post http://voltemosaoevangelho.com/blog/2011/10/yago-martins-namoro-precoce-cinco-motivos-para-fugir-dele/comment-page-1/#comment-8637 dia 27/10 as 19:36.

      Yago é uma preciosidade mesmo, mas também li Joshua e penso igual enão só isso! Casei em um modelo mais sóbrio a respeito desse assunto (ao meu ver). Tenho 14 anos de casado e tem sido muito bom!

      No amor de Cristo

      Vinícius

  9. Kelly Úrsula Diz

    Que benção de post!!!
    Tb já passei por situação semelhante e Deus teve que tomar medidas drásticas: nosso namoro foi rompido!
    Hj dou graças a Deus por essa atitude do Senhor.
    Tb peço autorização para postar em meu blog com as devidas informações e links.

    Graça e Paz!!

  10. Renan da Costa Diz

    Todo jovem cristão deve ler essas palavras. Funcionou também comigo e hoje estou casado para a Glória de Deus.

    Publiquei em meu Blog com os devidos créditos.

    Graça e Paz,

    Renan da Costa.
    renandacosta.blogspot.com

  11. Anonymous Diz

    Deus é bom, e eu também precisava dessas palavras. Obrigado irmão.

  12. Yago Martins Diz

    Anõnimo das 12:48,

    A palavra "namoro" não aparece na bíblia assim como a apalvra trindade, depravação total ou livre-arbítrio(pra quem crê), e várias outras doutrinas que são verdadeiras (ou não). Uma palavra aparecer nas Escrituras não diz muita coisa.

    Não existia namoro na igreja primitiva, nem no movimento puritano, nem a 50 ou 60 anos atrás. Por que não? Por que o namoro é uma pratica cultural atual. É como escolher com quem se casar: 60 anos atrás eram seus pais que escolhiam seu marido/esposa, como no movimento puritano e na Igreja primitiva. Hoje, as praticas culturais mudaram e as pessoas escolhem com quem casar, assim como namorar. A pergunta que deve-se fazer é: Namoro é uma pratica cultural anti-bíblica ou não? Acho que cabe a você provar que a bíblia proíbe o namoro.

    No amor de Cristo que nos une,
    Yago.

  13. Anonymous Diz

    muito bom,
    aprendi um monte
    é noiz

    Paz

  14. Yago Martins Diz

    Aos que pediram permissão para públicar, imprimir, etc o texto: Vocês podem fazer tudo isso desde que citem o autor e o link do site :)

  15. fernanda Diz

    A Paz do Senhor á todos queridos irmãos, esse artigo foi muito bom para meu amadurecimento. pois tenho pouco tempo de conversão,e tenho buscado muito a sabedoria do Senhor em minha nova vida.

  16. Lunar Diz

    Amados irmãos! Em primeiro lugar, dou glória à Deus Todo Poderoso, porque Ele é Rei, Criador e Soberano. Na canção diz: "Naõ adianta só dizer que amo à Deus, tem que ter obras, pois Deus deseja a adoração daqueles que o buscam de coração, em Espírito e Verdade, quero te Adorar, meu Deus, faz de mim um adorador…" e vocês, jovens amados estão fazendo a obra! Glória à Deus Todo Poderoso pela maravilhas que ocorrem no céu diante da atitude de vocês. Você amado jovem que está no auge de seu desespero pedindo ajuda, está criando uma obra tão maravilhosa para o Reino de Deus, que o céu inteiro festeja a sua dependência em Jesus. Peça ajuda sempre!!! Grite por socorro!! Desde já, saiba que você estará em minhas orações. Só buscando no Senhor com todo nosso fôlego, seremos vencedores em Cristo Jesus, amado. Você, abençoado Yago, tão jovem e já sendo servido por um dos maiores dons de Deus. A Sabedoria. Grandemente revelada em suas palavras. Glória à Deus, porque quando você precisou, também soube pedir socorro à pessoas fiéis ao plano de Deus. Num dia iluminado na pregação do Pastor de minha Igreja (todos os dias Deus o usa com muito amor) ele falou sobre as duas vontades de Deus: A Vontade Permissiva (onde dentro está o livre arbítrio) e a Vontade Soberana de Deus, que é onde Ele usa sua autoridade de Pai e Criador. Na sua Vontade Permissiva, tal qual um pai do mundo secular, Deus nos deixa livres, até para testar nosso agir. Quando saímos da linha divisiva do plano que Ele tem na nossa vida, Ele usa sua Sontade Soberana. E aí, o Pastor citou Is 6.1."No ano que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo", ora, Isaías estava vivendo junto ao rei, desfrutando das mordomias do castelo, mas o Senhor tinha um PLANO em sua vida, e precisou usar a sua Vontade Soberana, eliminando o rei, para que Isaías voltasse a orar, e assim pudesse encontra-lo. Então, amados jovens, Deus tem um plano na nossa vida, e é Ele quem marca a hora e o lugar. "Os melhores ano de sua vida, serão os que você estiver no Plano de Deus. Não fuja de Deus. Deus não abre mão do crente que se arrepende." Amado jovem, não fuja de Deus. Fuja de todo o resto. Ame sua querida namorada e peça à Deus para não ser a pedra de tropeço, na vida linda que ela almeja. Você vai ser, sim, em nome de Jesus, forte para lutar, junto com ela, seguindo os preciosos conselhos do irmão Yago que é um filho amado do Senhor. Em Nome do Senhor Jesus, sou nada, sou um recém convertido que estou vivendo na prova, dando Glória a cada segundo, mas como escolhido do Senhor, profetizo agora na vida de vocês, que vocês vão resistir e sobreviver a essa prova, de onde sairão vencedores, pela Graça do Senhor Jesus. Amém. Fiquem na Paz do Senhor, amados de meu Pai.

  17. Lunar Diz

    Quando a luta for muito grande, e satanás estiver quase vencendo, visualise a imagem de Jesus na cruz, você ao lado, com o martelo e o prego na mão. Meu amado, sendo você um escolhido de Deus, você não vai ter a coragem de bater o prego na carne daquele que está ali para a tua salvação. É o que me ajuda, quando estou quase caindo. Continue meu querido, a orar, com todas as suas forças. Procure tudo de Paul Washer que conseguir e faça estudos junto com seu Pastor. Abençoada seja a obra do seu Pastor, do meu, do Yago, e de todos os que já passaram e passam por provas semelhantes ( e sabemos que existem outras bem piores). Abençoada seja, meu jovem, a sua vida, a de sua namorada e de todos os que vão orar por vocês. Avise à todos nós, quando vão casar, para que possamos continuar orando. Deus seja louvado e exaltado em suas vidas.

  18. João Calvino Diz

    Eu gostaria de sugerir mais um ponto para esse artigo:

    FAÇA EXERCÍCIOS FÍSICOS.

    Isso mesmo! Não seja um adolescente sedentário cheio de energia num corpo que nunca vê nenhuma luz que não seja a do monitor do PC. Vá para uma academia e gaste tudo na esteira. Eu te garanto que você vai deitar na caminha com a consciência limpa e o corpo mole.

  19. Anonymous Diz

    Yago,
    Não o conheço pessoalmente. Todavia, gostaria bastante de o conhecer já que você também reside em Fortaleza, assim como eu, e tem se dedicado a este site, o qual muito me tem abençoado. Sobre o artigo veiculado, tenho uma visão que gostaria bastante de compartilhar com você. Parece um pouco radical, mas, como você sabe, os ensinamentos de Cristo também foram radicais para aquela época – muitas pessoas se escandalizaram com ele. Tenho 21 anos hoje, e desde que confessei ao Cordeiro de Deus e entreguei a Ele a condução da minha vida, aos 15 anos, passei a enxergar o namoro como algo prejudicial, que atrapalha o jovem cristão em sua caminhada com Cristo – como afirma Joshua Harrys, "Eu Disse Adeus ao Namoro", título do seu Best-seller! Li "Garoto Encontra Garota", do mesmo autor, o qual, inclusive, é um dos pregadores listados no menu lateral do site… Fortaleci o meu ponto de vista. Estou com Joshua Harrys nesse ponto. Se tivesse a oportunidade de conversar com você sobre o tema, gostaria bastante. Se não tiver, quero, simplesmente, manifestar a minha opinião que é radicalmente contrária ao que denominamos de "namoro cristão", que envolve um nível de intimidade que só deveria ser compartilhada pelo casal extritamente dentro do matrimônio. Agora uma confissão bastante pessoal: Eu não estou abrasado. Sinto-me grandemente privilegiado por estar esperando em DEUS a minha donzela há 7 anos. Sou virgem. As pessoas pensam que estou só,todavia estou RESERVADO para aquela que o nosso DEUS em, sua Soberania, já predestinou para constituir comigo uma família. Espero sua resposta! Caso não dê crédito a essas palavras, lamento! Mas continuarei visitando o site frequentemente.

    Saudações em Cristo,
    Paulo Victor.

  20. Yago Martins Diz

    Paulo Victor,

    Respeito muito sua posição e gosto muito dela, até. Embora eu não concorde que namoro, em si, seja pecaminoso, acho muito belo abster-se totalmente dele em louvor a Deus. Sobre esse tema, eu já respondi ao Anônimo das 12:48, dá uma olhada lá.

    E muito legal você morar em fortaleza! Envie-me um email ([email protected]) para conversarmos :D

    No amor de Cristo que nos une,
    Yago.

  21. Diz

    Adorei seu conselho. Muito bom. Deus te abençoe sempre. Bjs!

  22. Grazi Diz

    Com relação ao post das duvidas do irmão em relação ao namoro,e tals, que se faça notorio o nome deste blog:Voltemos ao Evangelho.Sim, amados, lhes pergunto onde nas Escrituras vemos alguma referência ao "namoro", ou "namoro cristão"!Voltemos as veredas antigas(Jer 6:16), mas o povo diz, não queremos!
    Isso é lamentável, há umas duas ou tres gerações atrás não se tinha este conceito.E o relacionamento partia do noivado, assim como ensinam as Escrituras.Sim, um noivado com propósito bem definido de casar, e que de preferência não fosse algo muito prolongado.Vejam o exemplo de Isaque e Rebeca, Jose e Maria, Adão e Eva. Que coisa maravilhosa é poder nos voltar as Escrituras e ao Espirito de Deus, e sermos corrigidos, limpos, e direcionados a Sua vontade! O Senhor proporcionou algo muito mais excelente para nós, que é o casamento, vindo de um relacionamento sadio de amizade, noivado, mas com essa visão.Não precisa beijar, acariciar, transar pra saber se este ou aquele será um bom conjuge.Concordo com o post acima de Anonimo.

    1. José Roberto Diz

      Olá Grazi,
      Discordo em parte do que você falou, pois, assim como foi mencionado a questão do namoro, parte de um principio cultural. Não vejo um abraço ou um beijo como sendo um teste para saber se ela/ele é realmente a pessoa certa. Embora isso faça parte do namoro em geral, o que tem de haver desde o início é a certeza de que a pessoa que está é a pessoa certa, e que o que levará a um relacionamento sadio é justamente a amizade, o companheirismo, o amor disposto a dar ao outro. Eu namoro, e assim como nosso irmão em Cristo, passei por situações que me deixaram realmente enojados, me fizeram a todo momento sentir-se culpado, mas mesmo assim, permanecemos nosso namoro, com o propósito de mudar e manter um relacionamento que com certeza não desagradará a Deus.
      Não vejo necessidade de abster-nos de um namoro sadio, mas sim de ter um namoro que também venha a ser exemplo para o mundo. O mundo está cada vez pior( Infelizmente ), gravidez precoce, aborto, violência contra o parceiro, busca somente pela “sexualidade ativa” e diversas outras coisas. Devemos buscar sim que nosso relacionamento venha a agradar a Deus e, com certeza, por consequência será um relacionamento modelo. O relacionamento que tantos procuram no mundo e não encontram. Eu particularmente amo ser amado, e ter alguém a quem entregar o meu amor. E buscarei, viver esse namoro de forma que não desagrade o nosso Deus.

  23. Yago Martins Diz

    Grazi,

    Voltar às veredas antigas não se refere a voltar aos padrões culturais antigos, e sim às doutrinas antigas. Namoro é padrão cultural (se não, prove-me o contrário). A questão é se o namoro é ou não um padrão cultura anti-bíblico. Se você acha que não é, precisa mostrar os textos bíblicos que levam a essa conclusão.

    Em Cristo
    Yago

  24. anselmoveras Diz

    Irmão Yago Martins, a graça e a paz do Senhor Jesus.

    Enquanto lia sua resposta à carta desse também jovem cristão, fiquei imaginando voce, irmão Yago, aos 40 anos de idade. Pela sua tão pequena vivência neste mundo infernal tens capacidade de aconselhamentos tão profundos como este, imaginemos aos 40 anos de idade. Deus abençõe seu relacionamento com sua namorada, pois o que quero dizer neste momento é que não há gozo nas nossas vidas maior que o gozo eterno da presença do Senhor Jesus. Qualquer que seja o gozo que sintamos não compensará a perda do contato face a face com Deus na Jerusalém Celestial. Pense nisso, e que Deus vos protejam. Amém!

  25. Anonymous Diz

    Muitas pessoas querem viver presas ao passado.

    Eu acho na minha opinião, que se o garoto e a garota forem verdadeiros adoradores, Deus permite que eles namorem, pq o namoro é uma experiência que convivência, da pessoa a qual você pretende se casar. Esse é meu ponto de vista.!

    Se algumas pessoas discordarem do namoro, deixe que seus pais escolham seus próprios maridos, igual na antiguidade. ! rsrs'

    Um ponto chave para tudo isso é : Mateus 6:33 " Busque primeiramente o reino de Deus e sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas "

    Busque primeiro a Deus, as demais ele provera.

    é noiz

    paz do senhor

  26. Anonymous Diz

    Muito bacana o blog de vcs, é o seguinte, sou novo na fé e tenho muitas duvidas, meu nome é wesley tenho 21 anos, vou deixar meu email aqui, caso alguem possa me orientar me add no msn: [email protected]
    Por favor
    Desde já agradeço.

  27. Bruno Oliveira de Moraes Diz

    Tenho apenas que agradecer a Deus, por levantar vidas assim, que tem se dobrado a Ele nas circunstancias dificeis da vida.
    Parabens pelo site…

    E vai uma dica: Se humilhe ao Senhor, torne-se 100% dependente dEle, pois sem ele nada podemos fazer e ser… (Leia Daniel 10.12)

    Deus vos abençoe!

  28. Anonymous Diz

    O nosso irmão em Cristo, já SALVO E SANTO, posto que ele se declara assim, está sendo oprimido pelas doutrinas CRIADAS, DESENVOLVIDAS e ENLOUQUECIDAS pela instituição chamada IGREJA. Que também foi uma invenção humana, principalmente no terceiro século sob domínio do imperador Constantino, influenciado por Lactâncio (não vem ao caso aprofundar o tema).
    Todavia, a igreja evangélica preocupa-se por demais sobre o tema sexualidade. Coisa que a bíblia, pouco fala. Se, observarmos bem, o que ela diz teríamos uma idéia completamente diferente. O problema é que as doutrinas que hoje vigoram nas igrejas evangélicas são doutrinas que possuem raízes no puritanismo, onde nada pode!

    – Abraão não esperou a promessa (Gn 16:16) 86 anos transou com Agar! (E continuou com também com Sara).
    – Isaque viu Rebeca, apaixonou-se e a TOMOU na cama da própria mãe (Gn 24:67). Sem rodeios!
    – Jacó não foi diferente. Viu Raquel, mas para “tomá-la” teve que trabalhar, e trabalhou muito. MAS Jacó não resistiu e pegou Lia (Gn 29:30). Engraçado que ele não a amava, mas, soube fazer direitinho a transa com Lia, pois “queria filhos e obvio “prazer”. O Senhor mesmo assim deu uma “força” para Raquel (Gn 29:31). Daí pra frente só “love”. Raquel versus Lia e Jacó aproveitando-se da situação. Lia chegou ao ponto de “alugar” Jacó (Gn 30:16), e ele não recusou, resultado: mais “love”.
    – José RESISTIU. Cabra MACHO. Será que ele estava com medo de ser morto
    – Rei Davi fez pior. Seduziu Bet-Seba usando de todo seu poder e charme, afinal, ele era o Rei! Ela “inocente” caiu na conversa e na cama dele. Depois o problema apareceu, o MARIDO dela estava muito VIVO. Problema resolvido, Davi manda ele pra frente da guerra = MORREU.
    – Salomão não merece nem comentários, esse provou de tudo e de tudo mesmo! Mesmo assim torno-se o mais sábio da terra.

    Minha pergunta:

    Como a igreja evangélica lidaria com líderes como: Abraão, Isaque, Jacó, Davi e Salomão
    Sem citar os líderes que foram assassinos.
    A igreja os colocariam em “disciplina”
    Menos Salomão, esse não tem mais “jeito”.

    A igreja preocupa-se muito onde o “pinto” entra e onde o “pinto sai”. Levando assim milhares de jovens a “engravidar” azulejos, pecando do mesmo jeito. Só que o PESO da culpa é maior. Pois é auto-culpa acumulativa.

    Este assunto deve passar pela honestidade, pelo objetivo final, pela fé, e PRINCIPALMENTE pelo AMOR que há entre ambos.

    A licença para transar da igreja evangélica:
    Namorar (em alguns casos fazer a corte), só que no namoro rola beijo, rola excitação de ambos;
    Noivar;
    Curso de noivos (aprendem que farão “papai e mamãe” para sempre);
    Casar no civil (assinar um papel);
    Casar.
    Aí pode transar.

    Deixo isto não como texto final, mas apenas o começo de uma discussão saudável.

    Abraços,
    Na PAZ de Cristo.

    Alex Buth

  29. Anonymous Diz

    O nosso irmão em Cristo, já SALVO E SANTO, posto que ele se declara assim, está sendo oprimido pelas doutrinas CRIADAS, DESENVOLVIDAS e ENLOUQUECIDAS pela instituição chamada IGREJA. Que também foi uma invenção humana, principalmente no terceiro século sob domínio do imperador Constantino, influenciado por Lactâncio (não vem ao caso aprofundar o tema).
    Todavia, a igreja evangélica preocupa-se por demais sobre o tema sexualidade. Coisa que a bíblia, pouco fala. Se, observarmos bem, o que ela diz teríamos uma idéia completamente diferente. O problema é que as doutrinas que hoje vigoram nas igrejas evangélicas são doutrinas que possuem raízes no puritanismo, onde nada pode!

    – Abraão não esperou a promessa (Gn 16:16) 86 anos transou com Agar! (E continuou com também com Sara).
    – Isaque viu Rebeca, apaixonou-se e a TOMOU na cama da própria mãe (Gn 24:67). Sem rodeios!
    – Jacó não foi diferente. Viu Raquel, mas para “tomá-la” teve que trabalhar, e trabalhou muito. MAS Jacó não resistiu e pegou Lia (Gn 29:30). Engraçado que ele não a amava, mas, soube fazer direitinho a transa com Lia, pois “queria filhos e obvio “prazer”. O Senhor mesmo assim deu uma “força” para Raquel (Gn 29:31). Daí pra frente só “love”. Raquel versus Lia e Jacó aproveitando-se da situação. Lia chegou ao ponto de “alugar” Jacó (Gn 30:16), e ele não recusou, resultado: mais “love”.
    – José RESISTIU. Cabra MACHO. Será que ele estava com medo de ser morto
    – Rei Davi fez pior. Seduziu Bet-Seba usando de todo seu poder e charme, afinal, ele era o Rei! Ela “inocente” caiu na conversa e na cama dele. Depois o problema apareceu, o MARIDO dela estava muito VIVO. Problema resolvido, Davi manda ele pra frente da guerra = MORREU.
    – Salomão não merece nem comentários, esse provou de tudo e de tudo mesmo! Mesmo assim torno-se o mais sábio da terra.

    Minha pergunta:

    Como a igreja evangélica lidaria com líderes como: Abraão, Isaque, Jacó, Davi e Salomão
    Sem citar os líderes que foram assassinos.
    A igreja os colocariam em “disciplina”
    Menos Salomão, esse não tem mais “jeito”.

    A igreja preocupa-se muito onde o “pinto” entra e onde o “pinto sai”. Levando assim milhares de jovens a “engravidar” azulejos, pecando do mesmo jeito. Só que o PESO da culpa é maior. Pois é auto-culpa acumulativa.

    Este assunto deve passar pela honestidade, pelo objetivo final, pela fé, e PRINCIPALMENTE pelo AMOR que há entre ambos.

    A licença para transar da igreja evangélica:
    Namorar (em alguns casos fazer a corte), só que no namoro rola beijo, rola excitação de ambos;
    Noivar;
    Curso de noivos (aprendem que farão “papai e mamãe” para sempre);
    Casar no civil (assinar um papel);
    Casar.
    Aí pode transar.

    Deixo isto não como texto final, mas apenas o começo de uma discussão saudável.

    Abraços,
    Na PAZ de Cristo.

    Alex Buth

  30. Susana Silvério Diz

    Como já disse, trabalho com adolescentes na minha Igreja e ás vezes é unicamente comigo que a maioria deles se identifica, se confidencia e se abre. Já está mais do que provado em todas as gerações que os indivíduos precisam de esclarecimento á respeito de sua sexualidade. Ou seja, precisam que seja ensinado, conversado, debatido. Proibir o namoro e ponto final não elimina o problema da sexualidade fora do casamento e não encerra as inúmeras questões que cercam o tema. Creio que deve haver aconselhamento, como houve ás Igrejas, pelas cartas de Paulo, esclarecendo, aconselhando… Não fomos tirados do mundo, ao contrário, fomos colocados estratégicamente para impactar, fazer diferença. Falo abertamente com meus alunos (alguns ainda tem 9, 10 anos, mas se recusam a fazer parte da classe das crianças e deixo que eles fiquem e participem do debate). Nessa segunda, ao estudarmos o Livro de Romanos, falei sobre homossexualidade, sexo fora do casamento, masturbação, tudo de forma comedida e proporcional a idade deles, mas deixei claro que somos 'tentados' o tempo todo, mas devemos nos preocupar em agradar a Deus, resistindo as tentações, fugindo da aparencia do mal. Assim como incentivo meus alunos a refletirem e tomarem suas decisões pautadas em causas e consequências, creio que o Evangelho nos moldou para sermos críticos, seguros, confiantes, cheios de fé e convictos da graça e do perdão. Cresci na Assembléia de Deus dos anos 80 e 90 e sei exatamente que "prender demais, acaba fazendo com que saia entre os dedos". Não quero pros meus alunos o mesmo medo, o mesmo engano e o mesmo preconceito que vi em minha adolescência. Estou os preparando para tomar decisões, para vencer tentações, para subjulgar sua carne, para fortalecimento do Espírito. Estou preparando para a vida, para as provações, para as seduções mil que existem no mundo. Eles precisam aprender a controlar seus impulsos, porém estão inseridos numa geração que vive para satisfazê-los. O desafio é imenso. Mas nosso Deus é mais!!!! Obrigada pela autorização para copiar o texto. Deus continue os usando para falar para essa faixa etária, que precisa tanto de orientação.

  31. Biri Diz

    Comediante stand up anônimo "10/11/10 20:39",
    Dane-se como a igreja lidaria… Adultério é pecado.
    Citasse casos em que o pecado dominou uma pessoa e esta obedeceu os seus desejos, o que é motivo de muitas exortações nas cartas às igrejas. Ou então a respeito de que falava Paulo em Romanos 6:11-14? E também em 1 Co 7:9 – Não há alternativa, tem que casar.
    Oro pra que você seja transformado pela renovação da sua mente.

  32. Gaby Branda Diz

    amo muito esse blog e agradeço a Deus por ele. um abraço a vocês!

  33. Anonymous Diz

    Ao irmão, "Biri", DO DIA 11;11;10 às 22:38.

    De fato, você escreveu o que realmente a igreja fez e faz em nossos dias:

    "DANE-SE como a igreja lidaria…". Dane-se o SER. Preferem preservar a instituição, com suas doutrinas inventadas ao longo de anos e falidas à preservar o SER, mesmo que este tenha cometido algum pecado.

    Porém, Cristo, jamais diria "DANE-SE". Não disse para Abraaão, Isaque, Jacó, Davi e Salomão. Não disse para Pedro (mesmo tendo negado três vezes), nem tão pouco disse a JUDAS – "DANE-SE". Todavia, a igreja diria em alto e bom som.

    Em meu comentário anterior, peço que leia novamente, pois, lá não está escrito que adultério não é pecado. Pois, para o Judeu o adultério era a consumação do ATO para Cristo apenas o fato de pensar e desejar a mulher do OUTRO.

    Se apegue naquilo que foi escrito:

    "Este assunto deve passar pela honestidade, pelo objetivo final, pela fé, e PRINCIPALMENTE pelo AMOR que há entre ambos".

    Você também disse:

    "Citasse casos em que o pecado dominou uma pessoa e esta obedeceu os seus desejos…"

    Qual é a pessoa que não é dominada pelo PECADO>

    Porque se for você me ajoelho diante de Ti. Pois eu nasci na natureza pecaminosa e vivo em um corpo pecaminoso. Porém, meu espírito já está livre. Isto foi consumado na CRUZ.

    Com relação ao que falava Paulo em Romanos 6:11-14, e também em 1 Co 7:9

    Peço a você que estude o livro não o texto, para que este não se torne em pretexto.

    Por final, você disse:

    "Não há alternativa, tem que casar". Esta fala tua revela que tu és muito novo, deve ter no máximo 18 anos.
    Com visão antropólogica, teológica e principalmente, eclesiastica (neste caso que envolve sexualidade dentro da igreja), muito reduzida. Somente a vida ensina. Leia o AT e você verá.

    Abçs

    Alex Buth

  34. Anonymous Diz

    Alex Buth,

    Eu sou o jovem que escreveu aquela carta ao Yago.

    Gostaria de te dizer que eu não estava sendo oprimido pelas doutrinas inventadas por homens; eu estava sendo afligido pela "tristeza segundo Deus" que gera arrependimento. Eu não estava sendo massacrado pelos irmãos, nem pelo meu pastor. Pelo contrário, todos aqueles com quem tenho conversado têm me dado todo o apoio para que eu continue caminhando na graça de Deus, afastando-me a cada dia do pecado por meio da força que Deus supre ao nos dar o Seu Espírito.

    Talvez você tenha razão em dizer que muitos cristãos professos são pessoas sem amor pelos pecadores. Mas talvez você esteja cometendo um erro muito pior: confundir amor às pessoas com tolerância ao pecado. Nenhum dos irmãos a quem tenho recorrido deixou de demonstrar amor por mim. E a grande evidência do amor deles foi exatamente o fato de eles não deixarem de me alertar sobre a pecaminosidade do meu comportamento, ao mesmo tempo em que eles me mostravam a infinitude das misericórdias de Deus e a possibilidade de vencer minhas próprias fraquezas no poder do Espírito Santo.

    Quando a Bíblia relata os pecados de Abraão, Davi, Salomão e seja lá quem mais for, ela nunca recomenda a prática do pecado. Aquelas histórias estão ali para nos lembrar: (1) das consequências do pecado; (2) da fraqueza humana; (3) da misericórdia de Deus que perdoa pecados; (4) e do poder de Deus que nos permite triunfar sobre o pecado.

    Por favor, leia a sua Bíblia. Veja como Deus é santo. Veja como Ele não tolera pecado diante dos seus olhos. Veja o que a Bíblia nos diz sobre imoralidade sexual, entre tantos outros pecados por ela condenados. Só quando você vir a terrível realidade do pecado, poderá encontrar a alegria de ser salvo pelas misericórdias de Deus em Cristo Jesus.

    Quanto a mim, pela graça de Deus, estou caminhando. Continuo lutando contra o pecado, seguindo os conselhos do irmão Yago e de tantos outros que têm me ajudado, orando bastante ao Senhor e confiando em Sua graça e Seu amor.

    Que a Graça e a Paz de Cristo sejam contigo.

  35. Anonymous Diz

    Olá meu irmão, em Cristo.

    Em nenhum dos meus comentários eu tive a intenção ou propósito de aconselhar você. Apesar, da matéria estar relacionada ao teu caso, meus comentários não são direcionados 100% à ele.

    Se você está sendo “oprimido” pelas doutrinas eclesiásticas – eu não sei. (mas pressupus)
    Se você está sendo “afligido” por quem quer que seja – eu não sei.
    Se você está sendo “massacrado” pela igreja – eu não sei.
    Se você está sendo “massacrado” pelo teu pastor – eu não sei.

    O que sei é que muitos (milhares) jovens ESTÃO. Como sei?

    Lá (igreja evangélica), fui missionário e pastor, líder de jovens e adultos durante alguns anos. É preciso fé cega, e pé atrás.

    Apenas comentei aquilo que de fato e de verdade acontece dentro da “sagrada” igreja evangélica.

    Graças à Deus, você tem conversado e todos têm te dado todo o apoio para que você continue caminhando na graça de Deus.

    E eu também te dou!

    Porém, a “carroça” não anda assim!

    Se você engravidar sua namorada você verá como todo esse apoio que você tem recebido se virar em acusação. Você e sua namorada vão lá para o púlpito pedir perdão diante de toda a igreja! Além de serem obrigados a se CASARAREM. Talvez você nem a ame, mas engravidou – CASOU.

    A igreja não quer saber se há amor entre ambos. Ela quer ver você casado, mesmo já sendo divorciado no coração.

    Isso acontece todos os domingos em dezenas de igrejas.

    Em nenhum momento confundi o amor com TOLERANCIA ao pecado. Digo a você:

    Se tiver que escolher entre amar ou tolerar, escolho AMAR. Cristo vez isto durante todo tempo que esteve entre nós.

    Ele não TOLEROU Pedro. Ele o AMOU.
    Ele Não TOLEROU Judas. Ele o AMOU.

    ELE não TOLERA, ele AMA. Ele é a expressão máxima do AMOR. E como seu seguidor, aprendi a AMAR em vez de CONDENAR. Quem CONDENA está atirando a primeira pedra. Pois em si próprio está se condenando.

    Pecado é pecado. (ponto).

    Muitos que leram meus comentários anteriores não se deram por satisfeitos, pois, não falei sobre PECADO. Entendam uma coisa – eu falei e falo sobre GRAÇA. Que não é libertinagem, mas é consciência e certeza do que é certo ou errado. Isto chama-se MATURIDADE.

    A questão que eu levanto é:

    Se a igreja estivesse mais preocupada em AMAR, tenho certeza absoluta que muitos deixariam de PECAR. Você entendeu?

    É preciso inverter a ordem das coisas. Cristo fez isto, e foi acusado pelos grupos religiosos de sua época, principalmente pelos FARISEUS.

    Leia os evangelhos não com a mente aprisionada, reprimida, induzida, condicionada. Mas o leia com a mente e coração abertos. E tudo muda. Tudo fica claro. Tudo começa a fazer sentido. E você vai se tornando LIVRE de toda e qualquer amarra religiosa.

    Deus é santo, e aquele que nEle anda, também JÁ é!

    É o JÁ, mas ainda NÃO. Estude o que isso quer dizer.

    Agora, uma coisa você escreveu ilustra exatamente o que estou dizendo. Você escreveu:

    “Só quando você vir a terrível realidade do pecado, poderá encontrar a alegria de ser salvo pelas misericórdias de Deus em Cristo Jesus”.

    Digo a você: Só quando você vir e sentir e vivenciar o maravilhoso amor de Cristo, você encontrará a alegria de ser salvo.

    Viu? Não é pelo PECADO, é pelo AMOR, expressado na CRUZ.

    No mais, é preciso ensinar os jovens a serem responsáveis.
    Ensinar a terem capacidades de avaliar as conseqüências dos relacionamentos sexuais.

    Que o Senhor NOSSO Deus, continue a te dar forças e bênçãos sem fim.

    Abraços,

    Não daquele que quer ser a voz da verdade, mas daquele que a busca.

    Alex Buth

  36. Anonymous Diz

    Alex,

    Eu sei que você não estava me aconselhando. Escrevi apenas para mostrar-lhe que você partiu de uma pressuposição errada: a de que eu estava sendo oprimido pela igreja, quando, na verdade, a tristeza pelo pecado é produzida pelo Espírito Santo.

    Não gosto desses debates infindáveis via blog ou orkut. Por isso, não pretendo alongar nossa discussão.

    Eu sei que já sou santo, pois fui incluído na morte de Cristo (Rm 6). Sei que aos olhos de Deus já sou perfeito, embora ainda esteja sendo aperfeiçoado. É exatamente por isso que aplico toda a minha diligência para alcançar, em experiência, aquilo que já foi alcançado para mim, em posição.

    Creio que você poderia demonstrar melhor o seu amor se, ao invés de dirigir críticas (que são, muitas delas, procedentes) à igreja evangélica, estivesse orando e sentindo dores de parto pelos demais filhos de Deus, e estivesse também "gastando-se e deixando-se gastar" em prol dos demais cristãos. Paulo também via muitas coisas a corrigir nas congregações que ele mesmo fundou. Mas nunca os abandonou, nunca afastou-se da comunhão dos fracos de consciência, nunca teve medo de sofrer na carne e fazer inimigos para apresentar uma igreja perfeita perante o Senhor.

    Paulo era um homem "por Cristo" e "pela Igreja". Ele compreendeu que Cristo e a Igreja tornaram-se um só corpo espiritual, e que já não é mais possível separar a Cabeça do Corpo, amando a Cabeça e desprezando o Corpo. Por isso, até o fim de sua vida ele esteve empenhado na tarefa de levar os crentes à experiência da maturidade – uma experiência que não pode ser vivida no isolamento dos mosteiros ou na independência dos "sem-igreja", mas que só pode ser alcançada na dolorosa, embora cheia de alegria, vida de comunhão com os irmãos. E essa vida de comunhão não é para ser vivida apenas com aqueles irmãos que nós reputamos "maduros" ou com quem temos afinidade doutrinária, mas é para ser vivida com todos aqueles que invocam o nome do Senhor Jesus.

    No amor de Cristo, nosso Cabeça nos céus.

  37. Anonymous Diz

    Ok, sem mais comentários.
    abçs
    alex buth

  38. Anonymous Diz

    Glória à Deus!!!

  39. Anonymous Diz

    só pra constar. não ia comentar mas acho interessante que vcs saibam como tem abençoado vidas através de seus textos. vc falou de sua idade, e é, sou mais velha que vc, mas irmão, aprendi uma coisa: isso é o que menos importa! só me resta agradecer primeiramente a Deus, por usá-lo como vaso e depois a vc, por expor tbm sua vida, tornar-se um 'alguém comum', como todos somos, e arrematar com um testemunho de vitória – em Cristo.

    A graça e a paz estejam com vcs todos que nos abençoam através da escrita.

  40. Alves e Maria Diz

    Irmãos, a Paz do Senhor.
    Sei que todos temos pontos de vistas e opiniões diferentes e devemos respeitar isto. Muitos querem casar "só depois de terminar a faculdade, depois de terminar de decorar a casa, depois de comprar todos os moveis da casa onde vão morar, depois de comprar pelo menos o básico para mudar para a casa, etc, etc…
    Mas na hora de esperar para estar junto, como casados "não dá" para esperar…
    Então coloquemos o orgulho de lado, as formalidades e principalmente a opinião de quem não vai ajudar em nada e casa logo!… "É melhor casar do que abrasar" depois acaba caindo na tentação e é pior… em no máximo 30 dias, sai a pepelada, depois decora a casa JUNTOS… Se o amor é tão grande que não pode-se "aguentar", se quer estar tanto com aquela pessoa, então casa logo, porque unir os corpos sem casar é muito, muito pior… Esta é uma opinião de quem já ficou mais de 2 anos lutando contra carne, e só Deus sabe como nós dois sofremos porque moravamos na mesma casa e acreditem só Deus sabe… ficamos sozinhos todos os dias, e diante do Senhor diziamos: "Jesus vai vencer"… encaramos como uma guerra mesmo, na qual o Senhor tinha que vencer e VENCEU! Por isto eu sei que neste caso, não adianta ter orgulho, é claro que é bom fazer tudo bonitinho, festa, etc. mas depois que voce está junto da pessoa e CASADO, voce se sente forte no Senhor porque Ele é a sua rocha e voce não o envergonhou. ESTA é a pior vergonha do que casar sem festa, moveis, etc… Se o amor é grande e verdadeiro mesmo, depois de casados, mesmo sem festa, moveis caros, etc. CASA LOGO. porque pode ficar junto sem casar e "não pode" casar sem festa ou qualquer outra desculpa?…(exemplo) Hoje somos casados e nos orgulhamos por não ter deixado o inimigo entrar em nossas vidas por esta porta porque já passamos muitas outras lutas e quase perdemos a batalha. Não é fácil (eu sei) mas não é impossível, e mente humana encontra forças em Deus para encarar coisas muito piores e encontra se estiver ligado em espírito… De novo eu lembro que não é fácil mas jamais impossivel. Obrigado pela oportunidade de comentar o que aconteceu conosco. A paz…

    1. Alice Diz

      Errar é pensar que conhecemos suficientemente qualquer área da vida.

      “Não creiais em coisa alguma pelo fato de vos mostrarem o testemunho escrito de algum sábio antigo. Não creiais em coisa alguma com base na autoridade de mestres e sacerdotes. Aquilo, porém, que se enquadrar na vossa razão e, depois de minucioso estudo, for confirmado pela vossa experiência, conduzindo ao vosso próprio bem e ao de todas as outras coisas vivas : A isso aceitai como Verdade. Por isso, pautai a vossa conduta”.
      (Sidarta Gautama, 500 A.C.)

      O importante é fazer o bem. Se sexo fosse coisa do diabo, você não teria esses desejos. Se sentir prazer fosse pecado, seu corpo não seria capaz de lhe proporcionar um orgasmo. Deus não é vaidoso. O amor não é vaidoso. Ele não precisa ficar testando você o tempo todo. Ele sabe tudo o que se passa no seu coração e te ama e te protege de tudo assim mesmo. Faça o bem e seja feliz. Deus quer você feliz e não sofrendo desesperadamente em um conflito que existe na sua própria cabeça de Deus X diabo.

      Deus te ama e Jesus também.
      Beijos!

    2. Vini Diz

      Altamente contraditória a citação. Se não devemos dar crédito aos sábios antigos, e, pelo jeito, ele é um, então, não devemos dar crédito a citação. Só se quisermos.

      De fato Deus deu os prazeres do sexo a alegria do matrimônio e a nenhuma outra circunstância.

  41. Maria e Alves Diz

    Desculpe, irmão não posso esquecer: Parabéns por ter chegado até aqui aos dois, Jesus está muito orgulhoso dos irmãos e nós estamos torcendo pela vitória de voces, sabemos que vão conseguir, Deus vai continuar lhes dando forças e com certeza a vitória vai ser tão grande e tão linda (já é, eu creio) que será como uma medalha, da qual poderão se orgulhar e dar exemplos aos seus futuros filhos, netos em meio a um mundo onde infelizmente muitos esquecem os valores do espírito, e acham "bobagem", fanatismo, conservar os princípios do Pai… Nada no mundo pode descrever o que se sente depois de "passar de fase" (como dizem meu esposo e meu filhinho, agora estamos aqui a fase ruim perdeu para gente) voce guarda para o resto da vida, a lembrança de QUEM venceu: Voce ou a tentação e isto te faz se sentir mais forte, mais maduro, é como se o Pai estivesse torcendo por voce, como voce torce pelo filho que vai fazer uma prova na escola: Voce a todo momento fala para ele: Vai meu filhinho todos nós estamos torcendo e sabemos que vai conseguir, a vitória já e sua! e ele vai confiante, sabendo o quanto é amado e vence! Deus abençoe o casal em nome de Jesus! Não precisa dizer que voces já sabem o quanto são amados, já venceram!… Felicidades, tudo, tudo de bom desejamos ao casal!

  42. cleyton Diz

    isso vai ser muito ultil em meu relacionamento pq estou passando exatamente por td isso. agradeço a Deus pela sua vida e q possas ser cada vez mais usado por ELE em outras vidas assim como foste usado na minha agora.
    Deus ricamente te abençoe.

  43. Pablo Diego maia de oliveira Diz

    Palavras abençoadas, a luz foi acesa em meio as trevas que eu estava enfrentando, lógo me senti forte pra encarar meus problemas, e com a certeza que Deus pelejará comigo contra as vontades da minha carne, como disse Jonh Piper devemos Guerrear contra as vontades da nossa carne, Muito Obrigado.

  44. David Henrique Cirineu Diz

    Sou evengélivo desde muito pequeno (6,7 anos), e sempre fui na igreja certinho. Com 13 anos me batizei nas aguas, eu servia o Senhor certinho e não fazia o que era errado aos olhos do Senhor, sempre dei bastante orgulho ao meus pais! Só que de uns tempo pra cá (há cerca de uns 10, 11 meses), tenho praticado coisas abominaveis e sujas, tenho tido pensamentos que sei que me afastam da presença do Senhor. Eu me apego certinho ao Senhor, peço perdão a ele, me humilho, mais depois as coisas que pratico voltam com tudo e eu num consigo forças para resistir e fazer aquilo que alegre o coração de Deus, quando penso que estou indo bem, que estou fazendo tudo certinho, eu erro, peco!
    Vou lhe falar sobre o erro que me faz sentir tanta culpa e nojo de mim mesmo, desde de pequeno tenho um pouco de tendencia ao homossexualismo, mais nunca tinha praticado. Só que porem, minha mãe é casada com um homem que por ventura é meu padastro, e uns dos filhos do meu padastro veio morar conosco, e aí que tudo começa a a se desencaixar!
    Ele também tem tendencia ao homossexualismo, e sempre que falava comigo, era conversas de sexo, e coisas do tipo, eu inocente falava tudo, e acabamos fazendo coisas que nem um casal de namorados normal faria. Ele é um rapaz atraente, que muitas meninas amam e querem ficar com ele, só que ele se envolve e pratica o homossexualismo, eu porém faço coisas com ele, mais num saio com ele, e nem vou em lugares com ele. ele tens uns amigos que também praticam isso, e ficam jogando indiretas para mim, ele vai em baladas GLS, em paradas gays e tudo mais, só que eu falo num vo mais fazer isso, só que quando eu ele vem falando aquelas coisas, e eu na min ha fraqueza acabo me sedendo ao pecado, fazendo os desejos da carne, tem horas que eu prefiro estar em outors lugares do que em casa com ele sozinho, porque sei que no momanto em que meus pais saírem, ele virá com aqueles pedidos dele, e fara de tudo para eu praticar com ele as coisas sujas. Meus pais amam ele, só que nem sonham com que fazemos, tenho tanta vergonha de mim, nojo, aí se você soubesse como é ruim, fazer essas coisas e ir na igreja com toda cara de pau, eu amo a igreja, amo a minha igreja, nossa eu entro lá e falo comigo mesmo, que num queria nunca sair de lá, porque sei que a hora que eu sair, chegando em casa eu farei coisas certas… Se pelo menos o filho do meu padastro não morasse aqui eu até conseguia ficar sem fazer nada de errado, mais só q oda vez que meus pais saem, ele esta em casa, e se ele não estivesse no meio do assunto, eu faria as coisas certinho como deveria ser feito… peço oração a você, e não rem só por mim não, orem também pelo filho do meu padastro, o nome dele é Rudiere, Deus abençoe pela atenção!

    1. Alice Diz

      Errar é pensar que conhecemos suficientemente qualquer área da vida.
      “Não creiais em coisa alguma pelo fato de vos mostrarem o testemunho escrito de algum sábio antigo. Não creiais em coisa alguma com base na autoridade de mestres e sacerdotes. Aquilo, porém, que se enquadrar na vossa razão e, depois de minucioso estudo, for confirmado pela vossa experiência, conduzindo ao vosso próprio bem e ao de todas as outras coisas vivas : A isso aceitai como Verdade. Por isso, pautai a vossa conduta”.
      (Sidarta Gautama, 500 A.C.)

    2. Osvaldo Diz

      Olá moça, eu sei que você tem todo o direito de postar o que quiser, mas entrar em um site cristão e ficar postando pensamentos de Buda é algo meio nonsense!
      Nós cristãos, respeitamos a sua fé, mas não venha com esses pensamentos liberais, que no fundo não resolvem nada. Creia você ou não, Jesus pode libertar até o mais vil pecador! Destes eu sou o primeiro!
      No mais fica na santa paz!

  45. fatxinhaa Diz

    texto abençoado..

  46. André Luiz Lunelli Diz

    oi, na sua resposta vc cita o versiculo – (II Pe 5:8,9) – . Meu irmão,
    Seu desabafo muito me comove. Pedro foi mesmo sábio quando, ao aconselhar os jovens, declarou: “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo” (II Pe 5:8,9).

    Porem não é “Segunda” Pedro mas “Primeira” Pedro.
    Procurei em alguns comentários e ninhem havia falado nada..

    (ainda estou lendo o Texto e estou Gostando. Abraço.)

  47. Vinicius Benjamim Diz

    Meu irmão, Yago, pra uma criança, como você, cheio de modéstia, disse, teu conselhos foram bem sóbrios e maduros. Essa carta propôe um modelo muito bom para o nomoro.

    Que Deus continue te abençoando e abençoando outros através de ti!

    No amor de Cristo

    Essa carta propôe um modelo muito bom para o nomoro.

    No amor de Cristo

    Vinícius

  48. Graziele Jesus De Almeda Diz

    Yago, vc é um presente do Senhor na min ha vida obrigado Gloria a Deus por esses blog

  49. patricia Diz

    parabéns pelas dicas, com certeza me servirão no decorrer de meu namoro. fique na paz.

  50. Douglas Araujo Diz

    Glória à DEUS !

    Parabéeens JESUS! Era tudo que eu precisava para o meu coração!

    Deus abençoe ricamente à todos!

  51. Magno Dias Diz

    Isso ai… Sabias palavras!
    Deus sabe o tanto que lutei e venci!
    Hoje sou casado e feliz!

  52. Lucas Diz

    Texto muito edificante, tirei lições para o namoro, coisas que até pensei mas nunca realizei. Deus te usou grandemente e que Ele continue a te dar sabedoria em cada palavra q você proferir
    Graça e Paz !!

  53. erica Diz

    oi sou erica torrisi, hoje estava precisando conversar , ai um amigo me disse que estava estudando ai me passou seu site.ai eu busquei pelo tema relacionamento e acabei lendo este texto gostei muito! eu sou casada,embora tenho apenas 21 anos e sou nova. e muito…
    tive uma mocidade cheia de acontecimentos que fazem qualquer pessoa desistir de tudo, cometi muitos erros até que fui morar na casa de minha avó e conheci meu marido ”fernando” ele fez toda diferença em minha vida conheci o evangelho atravez da familia dele tenho uma vida boa ele me dá de tudo mais o que eu mais quero mesmo é casar na igreja e poder me batizar para poder ajudar o pastor em alguma coisa… espero que vc possa me aconselhar e obrigada pela leitura!
    FIQUE COM DEUS …
    ATENCIOSAMENTE ERICA

  54. DAVID Diz

    Gostei muito!  e enquanto lia passava em miinha mente as grandes lutas que tive e quantas lutas estão passando os amigos que estão perto de mim, vou me dedicar a ajudá-los, afinal me sentir confortado, mesmo estando em outro momento na minha vida, após ler seus conselhos.

  55. […] * Se você namora precocemente, sugiro a leitura deste outro texto: “Carta a um Jovem com Problemas Sexuais”. […]

  56. Luiza Diz

    Yago,
    Que Deus continue derramando graça e sabedoria sobre a sua vida! Que Ele nos ajude a sermos, cada dia mais, ousados o suficiente para encararmos o desafio do verdadeiro Reino de Deus, cujos princípios abrangem todas as áreas das nossas vidas, inclusive o namoro.

    Que possamos ofertar aquilo que mais nos custa, para sermos a verdadeira igreja de Cristo, santa e ataviada para o seu Amado.

  57. Sérgio Jr. Diz

    Desenvolvam uma amizade. Separem-se e só voltem a se unir, sendo a vontade de Deus, no altar, quando Deus tiver dado sinal verde nas áreas financeira, emocional, espiritual, familiar etc. O homem em questão, aquele que pensa que ama, mas esta a mercê de suas emoções mal resolvidas, deve aprender qual o verdadeiro significado do amor, que tudo “espera”. O rapaz não aprendeu a ser homem ainda, pois é um menino mal resolvido com suas emoções. Leia a Bíblia e entenderá. Já a moça deveria entender que o corpo não é dela. Deixar alguém tocá-la antes do casamento, é a maior prova de que, na verdade, ela não ama a Cristo. Quem ama a Cristo e o seu Reino, teme e obedece aos seus mandamentos. Graças a Deus por sua misericórdia e perdão, encontrada aos pés da cruz… Vão para lá, junto com sua igreja. Viva em igreja, discipulado, comunhão com os irmãos. O maior engano do inferno hoje é a confiança em si mesmo e a desonra com os líderes e pais…

  58. Evander Diz

    Que texto maravilhoso! Glória à Deus pela sua vida! Um forte abraço. Deus te abeçoe.

  59. D. Diz

    Onde tem direta ou indiretamente na Bíblia que sexo antes do casamento é pecado?

  60. M. Diz

    Gostaria de pedir ajuda aos irmãos, por favor. Tenho passado por um problema parecido com a minha namorada, temos lutado contra a carne e muitas vezes caímos. Meus pais não são convertidos ao Senhor, ainda, e os pais dela, se dizem convertidos, mas nunca demonstram interesse em saber como está o nosso namoro. Tenho 18 anos, ela tem 19, gostaria de saber se o fato de eu não contar a nossa situação aos pais dela, seria pecado contra o Senhor, ou se eu deveria contar tudo a eles, pois, conhecendo-os como eu conheço, tenho medo que o fato de eu contar a eles só venha a causar o fim do nosso namoro e um grande tormento para a vida da minha namorada, pois temo que eles possam humilhá-la (já a humilhou por bem menos que isso) e/ou causarem diversos outros males a ela e no fim eu simplesmente acabar com tudo. Agradeço toda a ajuda possível.

    Que a paz de Cristo esteja convosco, amém!

  61. Adriana Nobrega Diz

    Deus abençoe sua vida irmão Yago Martins, muito forte essa carta e o seu testemunho também me impressionaram, como é bom saber que existem jovens que estão se esforçando a cada dia para viver em santidade e na obediência da palavra de Deus, que o Senhor te abençoe derramando sobre sua vida bençãos espirituais e te capacite a cada dia, fica na paz do Senhor.

  62. Vitor Diz

    Oi meu nome é vitor eu tenho 15 anos eu tive uma namorada a pouco tempo e ela terminou comigo dizendo que ela não me amava mais como antes nós continuamos melhores amigos mas eu ainda gosto dela como namorada o que devo fazer? Ja orei a Deus eu li tudo o que você falou sobre namoro precoce e eu me encaixo em todos eles e não tenho nenhum desejo sexual por ela, pelo menos ainda o que o irmão aconcelha?

  63. Marijane Lima Diz

    Glória a Deus Todo Poderoso e Bendito e a Mãe de Deus e nossa por sua luta e seu testemunho, foi de grande valia a mim e com certeza será a todos que eu repassar, Deus seja louvado por seus escritos menino. Obrigado pelo seu sim a Cristo.

Comentários estão fechados.