um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

A Verdade Bem Menos Sensacionalista sobre a ‘Esposa’ de Jesus

O Estadão publicou uma notícia no dia 18 dizendo:

Um fragmento de um antigo papiro escrito no antigo idioma copta, e até agora desconhecido, contém frases que sugerem que Jesus tenha sido casado, numa descoberta que deve alimentar o acalorado debate sobre esse tema no mundo cristão.

A existência do fragmento do século 4o, não muito maior do que um cartão de visitas, foi revelada na terça-feira numa conferência proferida em Roma por Karen King, professora da Escola de Divindade de Harvard, de Cambridge (Massachusetts).

Nesse pedaço, leem-se as palavras: “Jesus disse a eles: minha esposa…”.

É interessante ler todo artigo do Estadão para ver as reivindicações que King tem feito.

E lá vamos nós de novo: a “conspiração esposa de Jesus”! Enfim, queremos ajudá-lo a responder tais questionamentos e acusações, então traduzimos um texto de Michael J. Kruger, professor de Novo Testamento no Seminário Teológico Reformado em Charlotte, Carolina do Norte.

Extra: Jesus e os Evangelhos Canônicos

1) Os melhores textos para definir o Jesus histórico são os evangelhos do Novo Testamento, pois foram escritos no primeiro século por testemunhas oculares ou pessoas próximas a estas. O texto de Kruger abaixo falará sobre o assunto. Além dele, recomendo a leitura destes, ambos por William Lane Craig:

  • Redescobrindo o Jesus histórico: as evidências a favor de Jesus (indisponível)
  • Redescobrindo o Jesus histórico: Pressuposições e pretensões do Jesus Seminar (indisponível)

2) O Novo Testamento é um dos documentos antigos mais confiáveis do mundo. Veja este vídeo de Voddie Baucham, onde ele explica porque acredita na bíblia, refutando toda a balela de que o NT foi deturpado.

O infográfico abaixo mostra a confiabilidade do NT. O tamanho da bola amarela representa quantas cópias temos do documento histórico e o número dentro da caixa preta, a distância em anos da primeira cópia com o original. Dá para ver como o NT ganha de lavada de qualquer outro texto antigo.

3) King afirma que:

“A tradição cristã preservou apenas aquelas vozes que diziam que Jesus nunca se casou. O ‘Evangelho da Esposa de Jesus’ agora mostra que alguns cristãos pensavam o contrário.”

Sobre este assunto, Agustus Nicodemus, em seu blog, adequadamente aponta que:

Já no séc. II apareceram evangelhos apócrifos com histórias fantasiosas sobre Jesus, boa parte deles produzidos por gnósticos e seitas como os Cainitas. A igreja cristã os rejeitou exatamente porque eram recheados destas histórias absurdas. Qual, então, o valor real de um fragmento de 9 linhas supostamente do séc. II sugerindo que Jesus tinha uma esposa, se comparado com os 5 mil manuscritos do Novo Testamento, datados do séc. II em diante, e que omitem qualquer referência ao fato? Mais um exemplo de notícia sensacionalista tipo Código da Vinci.

Lembremos também que já na era apostólica igrejas se desviaram da verdade – é só ver a carta de Paulo para os Gálatas.

A Verdade Bem Menos Sensacionalista sobre a ‘Esposa’ de Jesus – Michael J. Kruger

Desde a descoberta dos “Evangelhos Gnósticos” em Nag Hammadi em 1945, estudiosos e o público em geral parece ter inesgotáveis versões alternativas da vida de Jesus. O Evangelho de Tomé, o Evangelho de Pedro, o Evangelho de Maria, e mais recentemente, o Evangelho de Judas, levantaram questões provocativas sobre o Cristianismo. Histórias de Jesus foram intencionalmente omitidas do Novo Testamento? Estas versões alternativas do Cristianismo foram reprimidas (ou oprimidas)? E os evangélicos canônicos realmente nos dão uma descrição fiel de Jesus?

Justamente quando a poeira baixou depois da descoberta do Evangelho de Judas, uma nova descoberta agora reabriu todas estas questões. Durante meu intervalo de almoço ontem (ironicamente justo antes de eu começar minhas palestras sobre os evangelhos apócrifos), eu recebi a notícia de um novo manuscrito que retrata Jesus como tendo uma esposa. Isso é notável, pois — apesar das afirmações do O Código Da Vinci — nós não possuímos nenhum texto dentro de todo o Cristianismo que diga explicitamente que Jesus era casado.

Este novo manuscrito — apropriadamente intitulado de o Evangelho da Esposa de Jesus — é um fragmento de um códice do quarto século em copta (Sahídico) que em um lugar se lê: “Jesus lhes disse: ‘Minha esposa… ela será apta de ser minha discípula’”. O fragmento é bem pequeno (4 x 8 cm), com escrita desbotada no verso. O texto principal está escrito em uma caligrafia limitada e semialfabetizada. Mais notavelmente, Karen King da Universidade de Harvard sugeriu que ainda que o manuscrito seja do quarto século, a composição original deve ser datada para a metade do segundo século.

Então, o que devemos fazer com esta nova descoberta? Eis aqui diversas considerações.

Autenticidade

A falsificação não é incomum no mercado de antiguidades. Eu não sou um especialista em paleografia copta (minha área são os manuscritos gregos), mas me preocupa a aparição inicial do manuscrito. Em particular, a natureza desleixada da caligrafia do escriba, e as pinceladas largas e indiferenciadas da pena pareceram problemáticas. Além disso, a cor da tinta parece incorreta — é muito escura, quase como se tivesse sido pintada. Tintas antigas tendem a ser mais de cores mais claras, apesar de haver exceções. Este cenário é exacerbado pela ambiguidade sobre o local de sua descoberta e a identidade de seu proprietário anônimo.

Contudo, de acordo com o artigo* disponível de Karen King, este manuscrito foi examinado por Roger Bagnall e AnnMarie Luijendijk, dois estudiosos respeitáveis, e ambos o consideraram autêntico e atribuíram o estranho estilo à pena grossa do escriba. Outras indicações de autenticidade são o uso da nomina sacra (abreviações de certas palavras) e a tinta desbotada no verso da página (algo que teria necessitado de tempo considerável). Mas meu amigo e estudioso copta, Christian Askeland*, é cético quanto à sua autenticidade devido a, entre outras coisas, a estranha formação de algumas de suas letras (em especial o épsilon) e as omissões no texto copta. Outros estudiosos também expressaram ceticismo* sobre o fragmento.

Neste ponto, não há maneira de saber se ele é genuíno ou uma falsificação. Não podemos ter certeza até que mais estudiosos tenham uma oportunidade de examiná-lo.

Composição

O pequeno fragmento
Fonte: https://www.facebook.com/Harvard

Assumindo por um momento que o manuscrito seja genuíno, ainda restam questões sobre sua composição. Primeiramente, com que tipo documento estamos lidando aqui? À primeira vista, o documento parece ser escrito como um texto similar a um evangelho que contem histórias e ditos de Jesus. De fato, Jesus parece estar fazendo o que ele frequentemente faz em outros textos dos evangelhos: ele está tendo uma conversa com seus discípulos. Alguns estudiosos sugeriram que este fragmento pode ser um texto mágico como um amuleto, particularmente devido a seu pequeno tamanho. Contudo, amuletos normalmente não continham escritos no verso da página. Se o escrito no verso deste fragmento for continuação da frente (o que é desconhecido até agora) então ele pode simplesmente ser um códice miniatura. Códices miniaturas eram populares no Cristianismo primitivo e frequentemente continham textos apócrifos. Para mais sobre este assunto, veja meu artigo aqui*.

Outra questão diz respeito à data da história que este fragmento contém. Quando esta história foi composta? King argumenta que ela foi composta em meados do segundo século baseada largamente em nas amplas similaridades com o Evangelho de Tomé e o Evangelho de Filipe, ambos cujos existiram durante este intervalo de tempo. Esta é certamente uma possibilidade, especialmente visto que conhecemos diversos outros evangelhos apócrifos que foram compostos no segundo século (por exemplo, Evangelho de Pedro, P. Egerton 2, P.Oxy. 840). Contudo, este argumento não requer uma data no segundo século. Esta história pode ter sido escrita no terceiro século e pode ter simplesmente esboçada sobre escritos como o Evangelho de Tomé e o Evangelho de Filipe.

O mais importante, não há nada que indicaria que a composição deste evangelho deva ser datada do primeiro século. Ele foi produzido muito depois do tempo dos apóstolos, juntamente com outros evangelhos apócrifos conhecidos.

Valor Histórico

A questão chave é se este registro do evangelho em particular pode nos dizer qualquer coisa sobre como Jesus de fato era. Este texto prova que Jesus tinha uma esposa? Este evangelho fornece informação histórica confiável? Não e não. Não há razão para pensar que este evangelho guarde tradição autêntica sobre Jesus. Ele é uma produção tardia, não baseada no depoimento de testemunhas, e igualmente se esboça sobre outros trabalhos apócrifos como Tomé e Filipe.

Além disso — e isto é fundamental — nós não temos uma única fonte histórica em todo o Cristianismo primitivo que sugira que Jesus fosse casado. Nenhuma. Não há nada sobre Jesus ser casado nos evangelhos canônicos, nos evangelhos apócrifos, nos pais da igreja, ou em qualquer outro lugar. Mesmo que este novo evangelho declare que Jesus fora casado, isto está em desacordo com todas as outras evidências históricas verossímeis que temos sobre sua vida. Como a própria King observou: “Este é o único texto antigo remanescente que explicitamente retrata Jesus referindo-se a uma esposa. Contudo, ele não fornece evidência de que o Jesus histórico tenha sido casado” (p. 1 aqui*).

Conspirações e os Evangelhos Canônicos

Todo mundo adora uma boa teoria da conspiração. Certamente seria muito mais divertido para nossa cultura se alguém pudesse mostrar que os livros apócrifos fossem de fato a Escritura da igreja primitiva e que eles foram reprimidos pelas maquinações políticas da igreja posterior (por exemplo, Constantino). Mas a verdade é muito menos sensacionalista. Enquanto aos livros apócrifos tenha sido concedido algum status escritural de tempos em tempos, a esmagadora maioria dos cristãos primitivos preferiam os livros que agora estão em nosso cânon do Novo Testamento. Desta forma, somos lembrados novamente de que o cânon não foi arbitrariamente “criado” pela igreja no quarto ou quinto século. As afirmações da igreja posterior simplesmente refletiu o que já era o caso por muitos, muitos anos.

Quando se trata desse tipo de questão eu gosto de lembrar meus alunos de um simples — mas frequentemente negligenciado — fato: de todos os evangelhos no Cristianismo primitivo, apenas Mateus, Marcos, Lucas e João são datados do primeiro século. Claro, há pequenas tentativas de colocar livros como o Evangelho de Tomé no primeiro século — mas tais tentativas não foram bem recebidas pelos estudiosos bíblicos. Assim, se realmente queremos saber como Jesus era, nossa melhor aposta é confiar nos livros que foram ao menos escritos durante o período de tempo quando as testemunhas ainda estavam vivas. E apenas quatro evangelhos satisfazem este padrão.

* N. do T.: em inglês

 

Por Michael J. Kruger. Copyright © 2012 The Gospel Coalition, Inc. All rights reserved. OriginalThe Far Less Sensational Truth about Jesus’ ‘Wife’.

Traduçãovoltemosaoevangelho.com.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que adicione as informações supracitadas, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

19 Comentários
  1. Vinícius Albuquerque Diz

    E lá vamos nós…

    1. rita maia Diz

      Claro que Jesus é casado. Sou parte de sua Esposa, a Igreja, Judeus e Gentios crentes em Yeshua haMashiach

  2. Denise Diz

    Gostaria muito de aconselhamento, estou sem ministério por isso procurei por vocês, nao tenho quem me aconselhe e preciso de direcionamento, fiquei triste em procurar na página e ver que não estão mais aconselhando…estou perdida

    1. Walquiria Agostinho Diz

      O que você precisa saber? Que tipo de direcionamento você procura? Estou disposta a te ajudar, se possível. Me escreve aqui [email protected] Abraço e a paz do Senhor!

    2. Denise Diz

      Obrigada, vou te mandar um email

    3. Leandro Diz

      Denise Toda Autoridade foi imposta por Deus (leia 1 pedro 2:1-17) ou seja sendo uma igreja Cristã vai ter sempre um pastor (acompanhado por sua mulher NÃO SE ACONSELHE SOZINHA !!!! ISSO É MUITO PRUDENTE E IMPORTANTE) para te ouvir, mas primeiro vc precisa se ENTREGAR a Deus e confiar Nele de todo coração depois disso ORE muito a Deus pela conversa que vc terá com o lider ou pastor (e sua mulher) e pode ter certeza que Deus irá honrar pois vc não estará simplesmente abrindo seu coração para homens .. mas Sim por uma Autoridade imposta por Deus !!!! Amém??
      Espero que tenha ajudado.
      Salmo 51 é ótimo tb
      Fica na Paz de Jesus
      Leandro

  3. Braz Diz

    Boa Tarde Denise!!
    Procure fazer uma visita ás igrejas que você mais se identifica, veja a forma que será recebida e se seu coração fica em paz e ali deverá permanecer…Procure por igrejas que pregam sobre a Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo e que náo estáo vendendo indulgências…
    Abraço…

    1. Denise Diz

      Boa tarde Braz…
      é um pouco mais complicado que isso, mas obrigada

  4. Thiago McHertt Diz

    Parabéns pela iniciativa. É importante para a cristandade saber lidar com essas questões contemporâneas.

    (Por favor, como posso ter o código para utilizar a função aquela aba “Jesus e os evangelhos canônicos”, para meu site?) – http://www.firelandmissions.com

    Abraço,

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Você diz o código do módulo de expansão ou do texto? Acho que é do módulo, mas este não tenho como dar pois é do tema.

  5. Marcio de Souza Diz

    Excelente!!!!!!!!

  6. Landstayner Diz

    Denise, percebi por sua colocações que vc necessita de uma igreja que te acolha e que possa te acompanhar, sugiro que possa procurar Igreja que pregue a trindade e que assuma o compromisso de fazer discípulos através do discipulado, acompanhamento um a um. Se ainda não encontrou uma igreja para fazer parte de seu rebanho pode entrar em contato comigo e vou te ajudar a ter uma família que te ame em Cristo Jesus, sou dirigente de uma congregação em Alagoas. Se interessar encontrar uma família acolhedora tenho contatos em várias regiões do país ok. [email protected]

  7. Fernanda Diz

    De coração,agradeço a Deus pela vida de cada um de vocês, pastores e estudiosos bíblicos e vocês que mantém o site e as traduções. Deus abençoe grandemente!

  8. Antonia Rodrigues Diz

    sem comentario.

  9. Jose Pereira Sousa Diz

    O Senhor Jesus Cristo ainda hoje se encontra casado com………..a sua Igreja e toda ela tem que ser sua discipula. Que Deus tenha misericordia dos ignorantes. Jose pereira.

  10. Jose Pereira Sousa Diz

    E todo ser que nao receber o Senhor Jesus Cristo como Esposo, jamais erdará o reino dos Ceus. Amem irmaos. E ponto final. jose pereira.

  11. NILL Diz

    Na minha opinião Jesus não foi casado e ponto final.

  12. Anderson Felix Loureiro Diz

    A primeira coisa que me veio a mente quando li “Jesus lhes disse: ‘Minha esposa… ela será apta de ser minha discípula’”, foi: – Isso é verdadeiro! Totalmente! Onde está o erro nessa afirmação? Tudo bem, pessoal, não tenho conhecimento de tudo o que está escrito no fragmento…mas a afirmação por si só está totalmente de acordo com as Escrituras!!! A Igreja (esposa do Cordeiro!) pela graça de Deus, pelo operação eficaz do seu Santo Espírito, “será” e realmente apta de ser discípula de Cristo. Sua noiva amada foi predestinada para isso, e assim será! Glória ao Senhor por isso!!! Ele nos deu vida juntamente com Cristo – pela graça sois salvos, e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza de sua graça, em bondade para conosco, em Cristo (Ef 2.5-7), para que, PELA IGREJA, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida, agora, dos principados e potestades, nos lugares celestiais, segundo o eterno propósito que estabeleceu em Cristo Jesus, nosso Senhor (Ef 3.10,11)! Isso mesmo!!! A Esposa será apta de ser discípula do seu amado Esposo. Pela graça de Deus, ela terá sucesso nisso!

  13. Johnnata Diz

    Olha as pessoas tem que parar com isso e daí si Jesus foi casado isso muda os seus feitos e o seu carater? pra mim mudaria si ele nunca fosse casado, muito estranho ele mesmo disse Crescei e multiplicaivos. A igreja catolica a primeira igreja! essa sim deturbo isso, colocando isso como um erro, não existe nenhum problema dele ser casado com uma serva de Deus. Os padres são os primeiros a incentivar a viadagem e a pedofilia si eles não si casam o diabo usa exatamente isso pra aflorar os desejos da carne. Padre tem que casar para que não ocorram abuso sexual dentro dá Igreja. Sou contra falar mau de qualquer religio porque pelomenos umas 4 religioes seguem a Biblía si não acreditam no 2º Testamento pelomenos seguem o primeiro. Então porque a minha religião é melhor do que as outras. Temos que respeitar todas religiões e larga de falar que tudo é macumba, nem tudo é macumba quase tudo que voce passa de ruim, voce que buscou ou errou ou desviou temos é que vijiar mais nossos atos.

Comentários estão fechados.