Dúvida é pecado? O que fazer com minha crise de fé? | VEcast #8

Um cristão pode ter dúvidas sobre sua fé? Dúvida é pecado? A fé de muitos jovens cristãos é atacada quando entram na faculdade e começam a interagir com professores ateísta ferrenhos e colegas de outras religiões. Neste VEcast, Vinicius Musselman e Daniel Gardner conversam sobre crises de fé.

Inscreva-se para acompanhar o #VEcast

Material recomendado

Obs.: Craig é um excelente apologeta evidencialista. Essa abordagem apesar de ter seu valor, também tem suas limitações. Além disso, discordamos de seu molinismo – mais sobre isso aqui, aqui e aqui.

 

Continue a conversa:

Quais dúvidas sobre a fé cristã você tem?

Por: Vinicius Musselman e Daniel Gardner. © Voltemos ao Evangelho. Original: Dúvida é pecado? O que fazer com minha crise de fé? | VEcast #8

5 Comentários
  1. Fred Lima Diz

    Minha duvida parte do principio de quando entendemos quem é Deus e o seu proposito, logo passo a entender que toda religião, modo de vida ou cresças fora da cristianismo (Bíblico), está condenado.
    A pergunta é, como explicar a pergunta, “Fora do cristianismo (Bíblico), tudo mais é maligno?”

    Obs..: gostei da frase “a um momento em que, razão tem que se ajoelhar”.

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Fred,

      Devemos começar perguntando: o que é maligno?

      O problema que temos a tendência de definir em termos humanistas: maligno é o que maltrata o bem-estar de outros homens, que não promove a felicidade humana (ou a conservação da natureza). E não está errado, mas não começa aí. O mal e o maligno é primeiro uma oposição a Deus e sua dignidade. Uma recusa a adorá-lo, amá-lo e servi-lo.

      Então, outras crenças são malignas? Neste sentido sim. Elas se recusam a adorar o Deus verdadeiro através do Mediador verdadeiro no Espírito verdadeiro.

      Alguns dirão: “Ah, mas elas ensinam que devemos amar o próximo”. Nem todas, mas se ensinam, por qual motivo devemos amar o próximo? É por amarmos em primeiro lugar ao Deus verdadeiro? Ou é para orgulhar-se em suas obras?

      Por fim, falamos na teologia que há o “bem civil” que a graça comum de Deus proporciona ao homem. Ou seja, de forma imperfeita, há certos atos “bons” fora do cristianismo. Porém, em última, instância, ainda são feitos em rebelião contra Deus.

      Abraço.

    2. Fred Lima Diz

      Vinicius,
      É justamente nesse contexto do maligno ir em oposição a Deus, até evito esse tipo de conversa com as pessoas em meio a minha parentela, amigos e colegas sobre crenças religiosas, justamente por isso, quando eu digo que só há um mediador e que somente em Deus há salvação, como resposta tenho vários narizes torcidos e olhares do tipo “extremista”, temos que amar a todos.
      Suas palavras me ajudaram bastante a ter um pouco mais de direção.

    3. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Que bom. Glória a Deus :)

  2. Astrid Diaz Diz

    É bom ouvir alguém dizer que duvida não é igual a incredulidade. Concordo com isso. Eu concordo também com aquilo que vocês falam que o jovem precisa mais estudos sobre apologética e não tanto sobre relacionamento. Eu falo por mim. Eu não achei na minha igreja algumas respostas que eu precisava sobre a minha fe, eu tive que procurar afora, mas eu me encontre com bons autores e cristãos genuínos.E

Comentários estão fechados.