2 de Novembro – Riqueza Celestial

Versículo do dia: Nenhum bem sonega aos que andam retamente. (Salmos 84.11)

O Senhor pode reter de seus filhos muitas coisas agradáveis, mas não sonegará “nenhum bem”. Ele é o melhor juiz para determinar o que é bom para nós. Algumas coisas certamente são boas, mas poderemos obtê-las, suplicando-as por intermédio de Cristo Jesus, nosso Senhor.

A santidade é uma coisa boa. E o Senhor a realizará em nós liberalmente. Ele nos concederá com satisfação vitória sobre tendências más, temperamentos fortes e hábitos pecaminosos; e não devemos permanecer sem essa vitória.

Segurança completa – Ele nos concederá, bem como íntima comunhão consigo mesmo, e acesso à toda a verdade, e ousadia em prevalecermos junto ao seu trono de misericórdia. Se não temos essas bênçãos, é por causa de nossa falta de fé para recebê-las, e não por causa da indisposição de Deus em outorgá-las. Tranqüilidade, um estado de espírito celestial, grande paciência e amor intenso – tudo isso Ele concederá àqueles que se mostram diligentes em suplicar-Lhe. Todavia, deve-se observar que temos de andar “retamente”. Não deve existir em nós mudança de propósitos e relacionamentos desonestos; nenhuma hipocrisia e nenhum engano. Se andamos com perfídia, Deus não pode conceder-nos favores, pois isto seria um prêmio para o pecado. O caminho da retidão é o caminho da riqueza celestial, uma riqueza tão abundante que inclui todo “bem”.

Que promessa maravilhosa para suplicarmos em oração! Dobremos os nossos joelhos.

Por: Charles Spurgeon. © 2020 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados.

Promova a Promessas Preciosas em seu blog/site. Clique aqui e pegue o código.