um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

[PVE] Thomas Schreiner – Mulheres podem ser pastoras?

Se alguém me perguntar se as mulheres podem servir no ministério, minha resposta será sempre: “Sim, claro! Todos os crentes são chamados a servir e a ministrar uns aos outros.”

Mas eu responderia de forma diferente se a pergunta fosse feita mais precisamente: “Existe alguma função do Ministério em que as mulheres não podem servir?” Eu diria que o Novo Testamento ensina claramente que as mulheres não devem servir como pastores (que o Novo Testamento também chama de superintendentes ou anciãos/presbíteros). Fica claro no Novo Testamento que os termos pastor, superintendente, e presbítero referem-se ao mesmo cargo (cf. Atos 20.17,28; Tito 1.5,7; 1 Pedro 5.1-2), e para o restante deste ensaio vou usar os termos “presbítero” e “pastor” indiferentemente para designar essa função.

A PROIBIÇÃO DE PAULO EM 1 TIMÓTEO 2.12

O texto fundamental que estabelece que as mulheres não devam servir como presbíteros é 1 Timóteo 2.11-15. Nós lemos no versículo 12: “Eu não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade sobre homem.” Nesta passagem, Paulo proíbe as mulheres de se envolverem em duas atividades que caracterizam o ministério dos presbíteros: o ensino e o exercício da autoridade. Vemos isso nas qualificações para o cargo, entre outros lugares: os presbíteros devem ter a capacidade para ensinar (1Tm 3.2; 5.17, Tito 1.9, cf. Atos 20.17-34) e liderar a igreja (1Tm 3.4-5;). As mulheres são proibidas de ensinar aos homens e de exercer autoridade sobre eles e, portanto, segue-se que elas não devem servir como presbíteros.

Essa proibição vigora ainda hoje?

O mandamento de que mulher não ensine a homens ou exerçam autoridade sobre eles foi escrito estar em vigor ainda hoje? Muitos afirmam que Paulo proibiu as mulheres de servirem como presbíteros, porque as mulheres nos dias de Paulo eram iletradas e, portanto, elas não tinham a capacidade de ensinar bem aos homens. Argumenta-se ainda que as mulheres fossem responsáveis pela falsa doutrina que estava atrapalhando a congregação para a qual Paulo escreveu a carta de 1 Timóteo (1Tm 1.3, 6.3). De acordo com essa leitura, Paulo apoiaria mulheres servirem como “pastoras”, após serem devidamente instruídas a ensinar a sã doutrina.

A proibição é fundamentada na criação e não em circunstância

Estas tentativas de relativizar a proibição de Paulo devem ser julgadas falidas. Paulo poderia ter facilmente escrito: “Eu não quero que as mulheres ensinem ou exerçam autoridade sobre os homens porque elas são ignorantes”, ou “Eu não quero que as mulheres ensinem ou exerçam autoridade sobre os homens porque elas estão espalhando falsos ensinamentos.” No entanto, qual o motivo que Paulo realmente dá para o seu mandamento no versículo 12? O raciocínio de Paulo para o mandamento está no versículo seguinte: “Pois primeiro foi formado Adão, depois Eva” (v. 13). Paulo nada diz sobre a falta de educação ou sobre mulheres estarem promulgando falso ensino. Em vez disso, ele apela para a ordem da criação, para a boa e perfeita vontade de Deus ao formar os seres humanos. É imperioso observar que a referência à criação indica que o mandamento é uma palavra transcultural, uma proibição que é obrigatória para a igreja de todos os tempos e em todos os lugares. Ao dar esta proibição, Paulo não apela para a criação caída, às consequências que dizem respeito à vida humana como um resultado do pecado. Ao contrário, ele fundamenta a proibição na criação totalmente boa que existia antes de o pecado entrar no mundo.

O argumento da criação não pode ser descartado como culturalmente limitado. Além disso, o Novo Testamento contém muitos recursos semelhantes aos da ordem da criação. Por exemplo, a homossexualidade não está de acordo com a vontade de Deus, porque é “contrário à natureza” (Rm 1.26), isto é, que viola o que Deus pretendia quando ele fez o ser humano como homem e mulher (Gn 1.26-27). Da mesma forma, Jesus ensina que o divórcio não é o ideal divino uma vez que, na criação, Deus fez um homem e uma mulher, o que significa que um homem deve ser casado com uma mulher “até que a morte nos separe” (Mt 19.3-12). Assim, também, o alimento deve ser recebido com gratidão, pois é um dom da mão criadora de Deus (1Tm 4.3-5).

Em 1 Timóteo 2.11-15, Paulo especificamente fundamenta sua proibição das mulheres de ensinar e exercer autoridade, na ordem da criação, ou seja, que Adão foi feito primeiro e depois Eva (Gn 2.4-25). A narrativa de Gênesis é cuidadosamente calculada, e Paulo, sob a inspiração do Espírito Santo, ajuda-nos a ver o significado de Eva ter sido criada depois de Adão. Críticos ocasionalmente objetam que o argumento não é válido uma vez que os animais foram criados antes dos seres humanos. Mas eles perdem o ponto de Paulo. Somente os seres humanos são criados à imagem de Deus (Gn 1.26-27), e, portanto, Paulo comunica a importância de Deus criar o homem antes da mulher, ou seja, que o homem é responsável por liderar.

Paulo dá uma segunda razão pela qual as mulheres não deveriam ensinar ou exercer autoridade sobre os homens em 1 Timóteo 2.14: “Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.” A argumentação de Paulo aqui não é que as mulheres são mais propensas ser enganadas do que os homens, porque em outro lugar, ele elogia as mulheres como professoras de mulheres e crianças (Tito 2.3, 2Tm 1.5; 3.14-15), que ele não recomendaria, se as mulheres, por natureza, estivessem propensas a serem enganadas. É provável que Paulo estivesse pensando mais uma vez no relato da criação, pois a serpente subverteu a ordem criada ao enganar Eva e não Adão (assim subvertendo a liderança masculina), embora, provavelmente, Adão estava com Eva quando ocorreu a tentação (Gn 3:6). O versículo 14 não ensina nada sobre as mulheres serem iletradas, o engano é uma categoria moral, já a falta de educação é sanada com a instrução.

O engano de Eva não pode ser atribuído à fraqueza intelectual, mas foi devido à sua rebeldia, o desejo de ser independente de Deus. Além disso, a referência ao engano aqui não indica que as mulheres de Éfeso, desempenhavam um papel fundamental na difusão de ensino falso, pois os falsos mestres nomeado em 1 Timóteo são todos homens (1 Tm. 1.20). Na verdade, se as mulheres tivessem sido proibidas de ensinar porque eram defensoras da falsa doutrina, temos a estranha e muito improvável situação de que todas as mulheres cristãs de Éfeso foram enganadas pelo falso ensino. Pelo contrário, o ponto de Paulo é que a tentação de Satanás sobre Eva, em vez de sobre Adão, subvertia a liderança masculina, pois ele tentou e enganou a mulher, mesmo estando Adão presente com Eva quando a tentação ocorreu. Na verdade, apesar de Eva ter sido enganada pela serpente primeiro, a principal responsabilidade pelo pecado caiu sobre os ombros de Adão. Isto é evidente em Gênesis 3, pois o Senhor fala primeiro com Adão sobre o pecado do primeiro casal, e isso é confirmado por Romanos 5.12-19, onde o pecado da raça humana é atribuída a Adão e não a Eva.

Em resumo, 1 Timóteo 2.12 proíbe as mulheres de ensinar ou exercer autoridade sobre os homens na igreja. Este mandamento é fundamentado na ordem da criação e é confirmado pela inversão de papéis que ocorreu a queda. Não é, portanto, um contexto cultural ou uma proibição limitada que já não se aplicaria às igrejas de hoje.

O TESTEMUNHO DE OUTRAS PARTES DA ESCRITURA

O que aprendemos sobre os papéis do homem e da mulher na criação

O que vemos acerca dos papéis de homens e mulheres no resto da Escritura confirma esta leitura de 1 Timóteo 2:11-15. O livro do Gênesis nos dá seis elementos que evidenciam a responsabilidade dada aos maridos na liderança do casamento: 1) Deus criou Adão primeiro e depois Eva, 2) Deus deu o mandamento de não comer da árvore a Adão e não a Eva; 3) Adão foi quem deu nome à “mulher” tal como ele deu nome aos animais, significando a sua autoridade (Gênesis 2.19-23) e 4) Eva é designada como auxiliadora de Adão (Gn 2.18); 5) A serpente enganou Eva e não Adão, assim subvertendo liderança masculina (Gn. 3.1-6) e 6) Deus veio a Adão em primeiro lugar, mesmo tendo Eva pecado primeiro (Gn 3.9, cf. Rm. 5.12-19).

O que aprendemos nos ensinamentos bíblicos sobre o casamento

Tal leitura do Gênesis se encaixa perfeitamente com o que encontramos sobre o casamento no Novo Testamento. Maridos têm a responsabilidade primária de liderança, e as esposas são chamadas a se sujeitar à liderança de seus maridos (Ef 5.22-33; Cl 3.18-19; 1 Pd 3.1-7). O convite à esposa para submeter-se não está fundamentado em meras normas culturais, pois uma mulher é convidada a sujeitar-se ao marido como a Igreja é convidada a submeter-se a Cristo (Ef 5.22-24). Paulo designa o casamento como um “mistério” (Ef 5.32), e o mistério é que o casamento espelha o relacionamento de Cristo com a Igreja. O mandato para homens servirem como pastores (e não mulheres), então, se encaixa com o padrão bíblico de liderança masculina e autoridade dentro do casamento.

É fundamental observar que um papel diferente para as mulheres não significa inferioridade das mulheres. Mulheres e homens são igualmente criados à imagem de Deus (Gênesis 1.26-27). Eles têm acesso igual à salvação em Cristo (Gl 3.28), e eles são co-herdeiros da grande salvação que é nossa em Jesus Cristo (1 Pd 3.7). Os escritores bíblicos não difamam a dignidade, inteligência e personalidade das mulheres. Vemos isso mais claramente quando reconhecemos que, como Cristo se submete ao Pai (1 Coríntios 15.28), assim as mulheres se submetem aos seus maridos. Cristo é de igual dignidade e valor com o Pai, e por isso a sua submissão não pode ser entendida como sinalização de sua inferioridade.

O que aprendemos em outras passagens sobre mulheres na igreja

O texto de 1 Timóteo 2.11-15 não é o único texto que exige um papel diferente para homens e mulheres na igreja. Em 1 Coríntios 14.33-36, Paulo ensina que as mulheres não devem falar na igreja. Esta passagem não proíbe as mulheres de falar qualquer coisa na congregação, Paulo até incentiva as mulheres a orar e profetizar na igreja (1 Coríntios 11.5). O princípio de 1 Coríntios 14.33-36 é que as mulheres não devem falar de tal maneira que se rebelem contra a liderança masculina ou tomem para si autoridade indevida, e este princípio corresponde com o ensino de 1 Timóteo 2.11-15 de que as mulheres não deveriam ensinar nem exercer autoridade sobre os homens.

Outro texto que aponta na mesma direção é de 1 Coríntios 11.2-16. Já vimos que Paulo nessa passagem permite que as mulheres orem e profetizem na assembléia. É imperativo ver que a profecia não é o mesmo dom do ensino. Estes dons são distintos no Novo Testamento (1 Coríntios. 12.28). Mulheres serviram como profetas no Antigo Testamento, mas nunca como sacerdotes. Da mesma forma, serviram como profetas no Novo Testamento, mas nunca como presbíteros. Além disso, 1 Coríntios 11.2-16 deixa claro que, ao profetizarem, elas deviam se adornar de tal maneira que demonstrasse que elas estavam submissas a uma liderança masculina (1 Coríntios 11.3). Isso se encaixa com o que temos visto em 1Tm 2.11-15. Mulheres não são as líderes da congregação, e, portanto, não devem ser reconhecidas como professoras e líderes. A questão fundamental em 1 Coríntios 11.2-16 não é o adorno das mulheres. Estudiosos não têm certeza, neste caso, se o adorno descrito representa um véu ou uma forma específica de usar o cabelo. Tal adorno era necessário na época de Paulo porque significava que as mulheres eram submissas à liderança masculina na igreja. Hoje, a forma como uma mulher usa o seu cabelo, ou se ela usa um véu, não significa que ela seja submissa à liderança masculina. Assim, devemos aplicar o princípio (mesmo não aplicando a prática cultural da época) no mundo de hoje: as mulheres devem ser submissas à liderança masculina, que se manifesta em não servir como pastores e mestres dos homens.

Conclusão

As escrituras ensinam claramente sobre o papel singular das mulheres na igreja e em casa. Elas são iguais aos homens em dignidade e valor, mas elas têm um papel diferente durante esta jornada na terra. Deus lhes deu muitos presentes diferentes com que podem ministrar para a igreja e para o mundo, mas elas não foram criadas para servir como pastores. O Senhor não deu seus mandamentos para punir as mulheres, mas para que possam servi-lo com alegria segundo a Sua vontade.

Por Thomas R. Schreiner. © 9Marks Original: May Women Serve as Pastors? Website: 9marks.org Tradução: Iprodigo.com

_________________________________________________

VISITE O SITE

90 Comentários
  1. Wilson Jr. Diz

    Dessa vez sou obrigado e discordar do texto. Claramente vemos nos dizerem de Paulo o reflexo da cultura da época. Não podemos confundir o que Deus estabeleceu como critério de autoridade na família (Deus->Cristo->marido->esposa), com a concessão de autoridade de Deus em outras áreas, seja política, social ou religiosa. Nestas últimas áreas há uma forte influência da cultura na qual a autoridade está inserida. Falar em proibição de mulheres exercerem qualquer papel dentro da igreja, não só se corre o risco de impedir a ação de Deus através de valos por Ele capacitados, como também corremos o risco de prejudicar nosso testemunho diante do mundo.

    1. pr:evandro neto soares Diz

      Bom dia gente porque Pessoa diste uns entres outro nós estamos
      vivendo dias de contemporaneidade.

      E as pessoas acham que tudo deus liberou, ai como já
      estamos vivendo os últimos dias desse sistema de coisas, muitas mulheres acham
      que podem se portar em posição
      ereta ao evangelho, mais se, quer passar
      por cima da ordem bíblica que passe, não vai anular a verdade.

      Eu também sou doutor em teologia, e creio e creio que a
      letra mata mais o espirito vivifica, portanto a ordem foi dada para a mulher
      não assumir o bispado mais como o mundo
      está no poder iníquos, falar que não é certo logo alguém chamara de machista.

      E a até criarão versículos novos para se defender. eu
      tenho minha opinião pessoa deus já disse que não, mais desobedecer vai fundo ,a
      bíblia diz dois cegos ambos cairão no
      buraco… Deixa.

      O apostolo Paulo diz que
      não importa o que é edificado no ultimo dia o fogo provará o edifício que
      ficar de pé esse é verdadeiro ok.

      Beijos a todos. amem

  2. (-V-) Diz

    Wilson,

    Creio que você leu o texto por completo e percebeu que a argumentação de Paulo não se baseia na cultura da época, mas no fundamento da criação. Sendo assim é algo atemporal.

    Agora, só não entendo como isso prejudicará nosso testemunho diante do mundo. Afinal, creio que você concordará comigo que não devemos seguir a cultura, mas a Bíblia. Sendo assim, nos apeguemos o que a Bíblia coloca como correto e não a cultura.

    Em Cristo,
    Vini

  3. Gaby Branda Diz

    Hoje muitas mulheres pregam nas igrejas. Não estou falando de pastoras, mas de mulheres que ajudam no ministério e muitas vezes são convidadas pra pregar num determinado culto. Pregação é ensino, não é? Então elas também não poderiam pregar também, é isso? A não ser que seja pra ensinar outras mulheres como também diz Timóteo. Seria isso?

    Eu tenho bastante dúvida sobre isso e acho importante discutir o tema aqui no blog. Mas uma coisa me intriga: Débora, que a bíblia diz que liderava Israel e era consultada pra todas as questões. É de dar um nó na cabeça.

    Amo o voltemosaoevangelho!

    1. stepfany Diz

      Concordo que é de dar um nó na cabeça.

      Eu também fico confusa com certas coisas. Como, por exemplo: se eu estiver mais instruída sobre determinado assunto bíblico do que um rapaz da minha mesma faixa etária (entre 20 e 25 anos), eu não posso esclarecer a ele o erro ou não posso instruí-lo naquilo que sei? E, pior ainda se ele for meu líder, né? Eu não poderia, por exemplo, ” dar um toque” nele de que “tal afirmativa estava errada”? Ou qualquer coisa do gênero?

      Eu tenho 23 anos. Eu não poderia, caso tenha um nível significativo de instrução bíblica, “professora” de Escola Bíblica/Estudo Bíblico para adolescentes e jovens do sexo masculino? Apenas para crianças e mulheres?

      Eu, claro, prefiro obedecer o que diz as Escrituras. Mas, gostaria de entender… fui exatamente clara Vini, na minha dúvida? poderia me ajudar com essa questão?

  4. (-V-) Diz

    Gaby,

    Seria isso sim. que você disse.
    Quanto a Débora, um erro que muitos fazem é excluir um texto por causa de um exemplo e não tentar conciliá-los. Isso dá margem para muitas heresias como as que surgiram em relação a Trindade e as Naturezas de Cristo.
    Achei otima a questão. Tem um texto do Piper e iremos traduzir para o próximo PVE. OK?

    Em Cristo,
    Vini

    1. stepfany Diz

      Vini, põe o link desse texto aqui?

      Também poderia comentar sobre Débora? Vale lembrar que, mesmo ela sendo juíza, ela preferiu que Baraque estivesse à frente.

      Paz.

    2. pr:evandro neto soares Diz

      Boa noite irmãos e irmãs, quero dizer-lhe baseado na bíblia que as irmãs podem tudo.

      Podem pregar o evangelhos de diversas forma, mais o que a bíblia que não podem é que
      dentro da igreja a irmãs se porta em posição ereta ao homem de autoridade ou que traguem mensagem como se fosse dada a ela por deus o a ordenança de leva
      r a mensagem em primeiro lugar…jesus chamou
      doze discípulos e não tinha uma mulher,
      e na historia da bíblia não tem nenhuma arauta
      de deus ,chamo por ele….mais elas podias salvar grandes reinos.

  5. Anonymous Diz

    quanta dúvida!

  6. guilherme Diz

    Muito interessante! Esta, sem dúvida, é uma das grandes questões no meio cristão. Se faz necessário mais estudo por parte dos fieis sobre o assunto.

    Existe um texto muito bom também que aborda este tema (espero que possa interessar a liderança do VE):

    http://tempora-mores.blogspot.com/2010/06/carta-bispa-evonia.html

    ps: não sou filiado ao blog citado, nem nada. Apenas quero contribuir para o esclarecimento de temas polêmicos na igreja.

    Abraços!

  7. Anonymous Diz

    Concordo com o texto, mas como fica o caso da mulher samaritana que veio apanhar agua e o Senhor disse a ela para ir e anunciar? Esse anuncio não seria pregar às pessoas , inclusive à homens ? Se frequento uma igreja onde tem pastoras, estou errando?

  8. (-V-) Diz

    Paz Anônimo de cima,

    Iremos postar mais um texto no sábado. Mas lembremos que Paulo não permite o ensino autoritativo (como por exemplo, o de um pastor/bispo/presbítero).

    Quanto a você ir em uma igreja com pastoras, pergunte-se se esse é o maior dos problemas. A igreja está centrada em Cristo e na Palavra? As vezes, a existência de "pastoras" é falta de centralidade da Palavra.

    Em Cristo,
    Vinícius

  9. Anonymous Diz

    oi queridos irmãos! a paz do Senhor! LI POST e considerei os fatos abordados.mas antes de expressar a visão que tenho sobre o tema, quero deixar claro que apesar de ser do sexo feminino,não busco interesses próprios no que tange a minha atuação na igreja e nem me sinto ofendida ou excluída por determinadas visões teologicas;na verdade o que me deixa de fato chateada é a ignorância no seu modo geral.em relação a atuação das mulheres como pastoras, tenho a dizer que,apesar da biblia não falar ou se dirigir claramente sobre o assunto,isso não significa que ele não tenha respostas;Quando falamos de ministerio, entendemos que os dons são deliberados pela autoridade do ESPIRITO DE DEUS E NÃO DO HOMEM( quando falo homem,digo homens e mulheres.)isso significa que ninguem pode determinar o chamado que de uma pessoa, seja ela homem ou mulher. se é o ESPIRITO que determina o dom da maneira como quer, como é que nós podemos decidi o que alguem será ou não dentro do corpo de CRISTO? baseado em que argumentos? biblicos? acho que mais uma vez,a igreja está confundindo questões culturais com questões doutrinarias! talvez seja por isso que a igreja não alcance determinados grupos da sociedade como os ciganos, homossexuais… Mas o que é de fato o exercicio da autoridade pastoral? não é por ventura o exercio do cuidado e do ensino? da diciplina e do consolo? isso não nos faz lembrar do papel maternal?
    se as mulheres não podem liderar pessoas na igreja, então porquê á elas foi delegado pelo SENHOR,O PAPEL DE GERAR,ALIMENTAR,EDUCAR,EDIFICAR A FAMILIA? a familia é constituido de homens e mulheres e não de seres abstratos! se uma mãe pode educar e alimentar um homem que futuramente se tornará um pastor,porquê ela não poderia liderar outros homens dentro da igreja? na verdade o corpo de cristo não existe diferença entre homens mulheres no que tange o exercio ministerial,a diferencia sim se define na questões biologicas e piscologicas e não ESPIRITUAIS! JESUS escolheu uma mulher para anunciar a sua ressurreição por que sabia que ela não teria credibilidade entre os homens,por questões culturais e não por causa da palavra de DEUS!dizem: ELA NÃO PODE FALAR, ELA NÃO PODE LIDERAR,ELA NÃO FAZER ISSO OU AQUILO! pensemos bem, existirá diferença no inferno? tipo assim: essa é a ala masculina e essa é a feminina! o fogo para os homens será maior, porquê eles são mais fortes e a das mulheres será menor porquê elas são frageis! emfim prefiro ficar com com a palavra que diz:no reino de Deus não há nem barbaro nem grego,judeu ,homem ou mulher mas todos somos um só em cristo jesus!

    1. Jair Barreto Diz

      As repostas que a irmã requer no texto acima, são previamente respondidas pelas escrituras. No caso desta irmã, vê-se que ela não está apta ao ensino uma vez que termina seu discurso com um versículo que não fala absolutamente nada no contexto de autoridade espiritual, o que se discute aqui…

  10. (-V-) Diz

    Anônima,

    Certamente é o Espírito Santo que capacita e delega autoridade e certamente o Espírito não é contraditório. Se ele falou que o exercício do ensino autoritativo (pastor/bispo/presbítero) está reservado ao homem, quem sou eu para discutir? Se Ele assim deseja e revelou nas Escrituras, quem é homem ou

    Você afirma que é algo cultural, mas leia o texto bíblico e o postado e verá claramente que a proibição é fundamentada na criação e não em circunstâncias.

    Sábado será postado mais um texto para esclarecer o assunto.

    Em Cristo,
    Vini

  11. Anonymous Diz

    SE AS MULHERES NÃO PODEM SER PASTORAS ENTÃO ELAS TAMBEM NÃO PODERIAM EXERCER O CARGO DE “LEVITAS´´(MUSICO)POIS NO ANTIGO TESTAMENTO O EXERCICIO SACERDOTAL ERA EXCLUSIVO DOS HOMENS,MAS SE CONSIDERARMOS 2PEDRO 2.9 DEUS REFERE-SE AOS SEUS FILHOS E FILHAS COMO SENDO REIS E SACERDOTES,AO MEU ENTENDER, REI E SACERDOTE SÃO CARGOS DE AUTORIDADE, UM SENDO ESPIRITUAL E OUTRO POLITICO. NO CORPO DE CRISTO, SÓ UM MEMBRO FOI DEFINIDO,NO CASO A CABEÇA NO QUAL,É O PRÓPRIO CRISTO,TODOS AS OUTRAS PARTES ESTÃO INDEFINIDAS! QUANDO PAULO FALA QUE NÃO PERMITE QUE A MULHER ENSINE OU EXERÇA AUTORIDADE, ELE FALA SOBRE A RELAÇÃO MATRIMONIAL E NÃO ECLESIASTICA.NO CORPO DE CRISTO NIGUEM PODE DIZER QUEM É O BRAÇO OU A MÃO!COMO É QUE AS MULHERES PODERIAM EXERCER AUTORIDADE NA IGREJA QUE ESTAVA SENDO RECENTEMENTE DIFUNDIDA EM UMA SOCIEDADE QUE POR MILENIOS EXCLUIU A MULHER DO CONVIVIO SOCIAL,E QUE IMPEDIU A SUA INSERÇÃO NA EDUCAÇÃO E
    DESDE O SEU NASCIMENTO JÁ ERA CONSIDERADA UM SER DE TERCEIRA CLASSE! NÃO SABIA LÊ E NEM ESCREVER, NAS SINAGOGAS ERAM IMPEDIDAS DE ENTRAR,TINHAM QUE CONSULTAR OS SEUS MARIDOS E IRMÃOS ACERCA DOS ENSINAMENTOS PROFERIDOS NO CULTO! A MULHER SÓ TINHA UMA MISSÃO NA VIDA,GERAR FILHOS!SE FOSSE ESTÉRIL NÃO PRESTARIA PARA NADA,NÃO TINHA SERVENTIA ALGUMA, SE FICASSE VIUVA E NÃO TIVESSE FILHOS,PASSARIA FOME! DIANTE DESTES FATOS,É OBVIO QUE PAULO NÃO PERMITIRIA A QUE UMA MULHER LIDERASSE UMA IGREJA PARA QUE NÃO HOUVESSE NENHUM IMPEDIMENTO OU ESCÂNDALO PARA O EVANGELHO! MAS IMPORTANTE DO QUE A POSIÇÃO É A SALVAÇÃO! SE NOS DIAS DE HOJE, UMA MULHER PASTORA CAUSA TANTO ESPANTO E ESTRANHEZA IMAGINA NO TEMPO DE PAULO? SÓ O FATO DE JESUS TER FALADO COM UMA MULHER EM UM POÇO DEIXOU OS DICIPULOS CONFUSOS,IMAGINA SE JESUS ESCOLHESSE DOZE APOSTOLAS EM VEZ DE DOZE APOSTOLOS? COM CERTEZA ELE NÃO SERIA VISTO COM BONS OLHOS!! A NOSSA AUTORIDADE NÃO FOI DEFINIDA NO JARDIM DO EDEM,FOI ATRAVÉS DE JESUS O SEGUNDO ADÃO E NÃO O PRIMEIRO! E SE CASO FOSSE,DE QUALQUER MANEIRA A MULHER EXERCERIA AUTORIDADE SIM! QUANDO DEUS NOMEOU ADÃO, ELE LHE DEU A RESPONSABILIDADE DE CULTIVAR A TERRA E DOMINA-LA E ESSE DOMINIO NÃO É SOBRE A MULHER E SIM SOBRE AS AVES DO CEU E SOBRE OS REPTEIS QUE RASTEJAM SOBRE A TERRA! E ESSAS PALAVRAS FORAM DIRIGIDAS A EVA TAMBEM!(GEN 1:27)QUANDO ADÃO NOMEOU A MULHER, ELE A CHAMOU DE VAROA, PORQUE DO VARÃO FOI TOMADA!UMA AUTORIDADE SÓ PODE FORMAR OUTRA AUTORIDADE! UM LIDER, SÓ PODE GERAR OUTRO LIDER! ASSIM DEVERIA SER NAS IGREJAS QUE TEM POR MAIORIA DE SEUS MENBROS, MULHERES!MAS O QUE NÓS VEMOS,É POUCOS HOMENS LIDERANDO EMQUANTO A MAIORIA FICA SENTADO NOS BANCOS!TALVEZ SEJA POR ISSO QUE A IGREJA,NOIVA DE CRISTO É INEXPRESSIVA DIANTE DA ESMAGADORA INFLUÊNCIA DE UMA SOCIEDADE CORRUPTA E PECAMINOSA!OS PASTORES NÃO FORMAM LIDERES MAS SIM,“SERVOS´´ALIENADOS;A MAIORIA DOS MENBROS,MULHERES FICAM RESTRITAS AO ACONSELHAMENTO DE OUTRAS MULHERES! NÃO QUE ISSO SEJA INDIGNO,MAS É INSUFICIENTE QUANDO SE TRATA DA DEMANDA DE PESSOAS CAPACITADAS PARA A EDIFICAÇÃO E EXPANÇÃO DO EVANGELHO! JESUS DISSE: GRANDE É A CEARA MAS POUCOS SÃO OS CEIFEIROS! SE AS MULHERES NA IGREJA NÃO EXERCEREM A AUTORIDADE DE CRISTO A NOIVA DELE DEMORARÁ MUITO Á ESTAR PRONTA PARA SUA CHEGADA E POR MAIS QUE GERE FILHOS ELA NÃO TERÁ CUIDADO SOBRE ELES! JULIANA

    1. Anna Paula M Haddad Diz

      Falou tudo Juliana. Trabalhar em todos os ministérios a mulher pode, participar do “poder” decisório “não pode’. Cristãs de segunda classe. Almas de segunda classe. Quem educa os futuros cristãos? Quem no berço recita a palavra de Deus e ora pelos pequenos educando-os? É necessário sempre ver como Deus ser relaciona com as mulheres através das histórias bíblicas para não interiorizarmos tamanha opressão. A partir dessa análise ficamos convictas de que para Ele verdadeiramente não há escravo ou liberto, homem ou mulher (Gálatas 3:28). Na instituição religiosa o poder é coisa séria. Ceder espaço significaria agir com maior transparência em tudo diante de todos.

    2. Vini Diz

      Anna,

      E o que você acha do texto de Timóteo, onde Paula diz o que está no artigo? Ele também era a favor de cristãs de 2ª classe?

    3. Cris Cavalcanti Diz

      FINALMENTE ALGUÉM INTELIGENTE!!! PARABÉNS!

  12. (-V-) Diz

    Juliana, paz.

    Vamos por partes.

    1) Você não contestou o texto bíblico. Simplesmente afirmou que é algo cultural, mas esqueceu totalmente que Paulo não usa um argumento cultural, mas um teológico, a saber, a relação de Adão e Eva no Éden.

    2) Levitas não existem no Novo Testamento. Isto é um modismo que não enxergamos na era apostólica. Aliás, nós somos sacerdotes de Cristo que é segundo a ordem de Melquisedeque e não de Arão. Então, deixemos o velho e fiquemos com o novo.

    3) O fato de mulheres não poderem ser pastoras não as tornam menos importantes no corpo, nem como seres humanos. Nem significa que elas não podem ensinar outras mulheres ou homens. Significa que elas não podem ensinar com autoridade como um bispo/pastor/presbítero. E que assim como elas devem se sujeitar aos seus maridos (e seus maridos a liderarem e amarem como Cristo amou a Igreja), elas devem se sujeitar aos guias da Igreja.

    4) Servir é uma honra na mentalidade cristã. Logo, não é nenhuma desgraça ser o menor. E se alguém assim pensa, não entendeu o ensino de Cristo.

    5) Leia o texto da postagem, porque responde todos os argumentos que você levantou.

    em Cristo,
    Vini

  13. Anonymous Diz

    É mister que tudo isto venha acontecer as sagradas escrituras revelam que antes da vinda de nosso Senhor Jesus cristo coisas maiores aconteceriam, para que se manifeste o homem da apostasia o homem do pecado, satanas, anti-cristo e o falso profeta, a profana trindade a qual esta a calterizar as mentes fracas. jesus disse quem tem ouvidos ouça o que o espitito diz as igrejas,guarda o que recebeste e ouviste,…. e retende-o ate que eu venha.

  14. Anonymous Diz

    Acontecerá que derramarei do meu Espírito sobre toda carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos e os vosso jovens
    terão visões; e também os vossos servos e servas naqueles dias derramarei do meu Espírito. Joel -2-28-29. aqui Deus só faz distinção; os velhos sonhos e os jovens visões .temos que levar a sério a Soberania de Deus ; não tempos e cultura. Quando Ele quis até a mula falou .

    1. Jair Barreto Diz

      Como as pessoas distorcem a Palavra de Deus, descontextualizando trechos da Bíblia Sagrada.
      É justamente por isso que se fazem aberrações em nome de Deus e é justamente pela falta da SÃ DOUTRINA que nascem seitas, heresias e modismos….

  15. maria Luiza Fonseca Diz

    Acontecerá que naquele dia derramarei do meu Espírito sobre toda carne;
    vossos filhos e vossas filhas profetizarão;vossos velhos terão sonhos, vossos
    jovens terão visões e sobre servos e servas derramarei do meu Espírito.Joel-2
    Ele só faz distinção os velhos sonharão, os jovens terão visões.
    Temos que considerar a Soberania de Deus; quando Ele quis até a mula falou.

    1. Missionário Thiago F. Alves Diz

      Graça e paz minha querida irmã
      Esse texto não tem base para afirmar que a mulher ser “pastora” na igreja.

  16. (-V-) Diz

    Maria,

    Mas ele faz em Timóteo e Tito. Um texto bíblico não nega o outro.

    Acho que está tendo um mal entendido quanto ao que o artigo afirma. Ele não afirma que mulheres não podem ensinar nada e sim que não podem ensinar com autoridade pastoral.

    Em Cristo,
    Vini

  17. Anonymous Diz

    então na sua visão quem exerce autoridade de pastora não vem da parte de Deus? Os poderes, milagres, edificações, revelações por parte de todas as pastoras, bispas, diaconizas do mundo não são do Espírito Santo, já que este não lhes concedeu esse tipo de dom?
    mari.

  18. (-V-) Diz

    Mari,

    Segundo Deus, e Ele não se contradiz, mulheres não podem ter autoridade pastoral sobre homens. Isso está em Timóteo e o artigo explica bem.

    Quanto a fazer milagres, sabemos muito bem que muitos chegarão naquele último dia e dirão "Senhor, Senhor, não fizemos milagres em teu nome?" e Jesus dirá "nunca os conheci". Então afirmar que alguém realiza milagres não significa que este proceda de Cristo.

    Paz

  19. VERALUCIA DO NASCIMENTO Diz

    QUERIDO DIGO EU , DEUS NÃO VE COMO O HOMEM … QUANDO ELE DISSE QUE DEU PASTORES PARA SUA IGREJA ELE NÃO VE O SEXO ALIAS O CORPO E SIM O ESPIRITO , POIS O ESPIRITO NÃO TEM SEXO ENTÃO AMADO A MULHER PODE SIM RECEBER O TITULO DE PASTORA!!!!!

    1. Rose Diz

      Sou mulher cristã, e estou de acordo com a recomendação de Paulo (bíblia) de que a mulher não deve ser” Pastor”, ao meu ver a grande confusão está entre ser doutrina ou cultura,e principalmente na má interpretação de muitos que acham que a opnião sobre mulher não poder ser pastora quer dizer que ela não possa pregar, pregar é ordem e pregação não é sinônimo de Pastoreio é fundamental separar pregação,ensino,evangelismo,etc(funções ministeriais) , primeiro entendamos o que é ser um “Pastor” ser lider de uma igreja,governar uma igreja, exercer a liderança bíblica. A bíblia desde gênesis nos ensina claramente que o homem é o lider do lar, e dar mulher, assim como tem que ser da igreja,me desculpem as feministas cristãs, liderança masculina bíblica é fato, porém a mulher pode sim pregar,ensinar,louvar,orar ser ADJUNTORA, e principalmente ser sábia e edificar o lar que é claramente diferente de liderar o lar.

    2. Jair Barreto Diz

      Eis uma mulher que realmente compreende a Palavra… amém!!!

    3. celma Diz

      Concordo com você.
      Temos o nossos valores, e deveres, não somos como os homens, somos auxiliadoras.
      Devemos obedecer plenamente a Palavra de Deus não somente o que nos agrada.

      Que o Amor de Cristo Jesus esteja em nós

    4. Bruna Garcia Diz

      Falou TUDO! E como as pessoas destorcem a palavra de Deus, credo.

      Que venhamos a viver um Evangelho genuíno!

      Jesus abençoe,

    5. Walter Kano Diz

      Eu Vi nas palavras da Rose, as palavras de minha própria esposa. E minha esposa é formada em Teologia.
      “Bendita és tú entre as mulheres” rs rs rs

      Amém.

    6. Cris Cavalcanti Diz

      Concordo com vc neste detalhe, que mulher pode sim pregar o evangelho inclusive dentro da igreja, e o “titulo” deixa para os homens, afinal, título não serve para nada!

    7. Jair Barreto Diz

      Argumento embasado no evangelho de Veralucia do Nascimento, capítulo 1, versículo 1… tenha dó… Pastor não é título, e sim função no corpo, minha querida…

    8. darlyson Diz

      Me explica as passagens bíblicas que ele citou então… Obrigado!

  20. Fernanda Diz

    Se as mulheres se calarem, as pedras falarão, ou mulas, etc…

    1. Cris Cavalcanti Diz

      Excelente! isso mesmo…

  21. lucia Diz

    se as mulheres nao podem pregar nas igrejas por que continuam pregando?
    gostaria de saber mais a respeito.
    pois hoje em dia se preocupam tanto com as vestes das mulheres nas igrejas assembleias por exemplo e esquecem do comportamento das mesmas nas igrejas.ou seja,abre os olhos para uma questao e fecha para outra.
    quero saber mais a respeito por favor
    pois quero fazer o que é certo.
    obrigada
    Lucia

  22. WALMIR Diz

    SE A PALAVRA DE DEUS, DIZ CLARAMENTE, QUE NÃO, A MULHER DEVE OBEDIENCIA A DEUS, E NÃO PREGAR NAS IGREJAS, E SER SUBMISSA AO HOMEM DENTRO DOS PRINCIPIOS CRISTÃOS. FIM !!

    Walmir, João Pessoa, 16.02.11

  23. Victor Ferreira Diz

    Paz Amados do VE
    Que o Senhor continue usando-os para anunciar aquilo que muitos ainda insistem em não querer ouvir, O Evangelho! Mas venho para pedir-lhes a autorização de colocar este estudo (texto acima) em meu blog. Agradeço

    Que a Paz esteja com todos vós. Amém!

    1. Vini Diz

      Victor,

      Dentro das permissões, sinta-se incentivado a divulgar.

      Paz

  24. Anônimo Diz

    e a pastora Ana Paula Valadão?…ela é anti bíblica…tudo o que não é bíblico é contra Deus…então ela é contra Deus?

    1. Vini Diz

      Quanto a Ana Paula Valadão não cabe nós julgá-la, mas Deus. E não devemos basear nossa interpretação bíblica baseado na experiência, mas entender nossas experiências baseado na Palavra.

      Sabemos que Deus usou falsos profetas para falar a verdade, usou mulas para testemunhar e usou apóstolos inspirados. Para Deus não é impossível usar eu, você ou ela. Mas nós devemos nos submeter ao ensinamento das Escrituras.

      E, por fim, devemos lembrar que todos não sabemos como deveríamos saber e temos erros doutrinários secundários. Contudo, nos cabe buscar a Verdade da Bíblia.

    2. stepfany Diz

      Mais uma dúvida: o ide e pregai de Jesus cabe somente a homens ou, desde que não haja um exercício de autoridade (apenas pregando para homens não-crentes e não exercendo pastorado sobre a vida deles), a mulher também está apta a evangelizar?

      Ou seja, pode uma mulher ser evangelista, mas não pastora/mestra, certo?

      Vini, se as minhas perguntas chegam para você por e-mail, além de respondê-las aqui, poderia responder por e-mail?

      Paz a todos. Abraço, Vini.

  25. Anônimo Diz

    “Havia uma profetisa chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser, avançada em dias, que vivera com seu marido sete anos desde que se casara, e que era viúva de oitenta e quatro anos. Esta não deixava o templo, mas adorava noite e dia em jejuns e orações. E, cegando naquela hora, dava graças a Deus, e falava a respeito do menino a todos os que espervam a redenção de Jerusalém”

    (Lucas2:36-38)

    Ana era profetisa
    Consagrada
    Pregadora

    Deus a escolheu para pastorear

    sim…Deus escolhe algumas…e é bíblico
    não são todas que são aptas para este cargo, e nem pode se levantar a mão sobre elas para serem ungidas precipitadamente, como a homens também.

    Não anulando a mensagem de Paulo…não anulando a Bíblia…pelo contrário…teve momento em que Paulo pregou que não era para as mulheres terem este cargo (Deus sabia o porquê, e o próprio Paulo também na quele )…mas também teve momento que o próprio Deus permitiu diaconisa (Febe) – está em Romanos 16:1-2, permitiu também esta mulher ungida, Ana…então sabe…Deus escolhe sim algumas…que mesmo que não tenha ido institído por homens como pastora…foram instituídas pelo próprio Deus.

    1. Vini Diz

      Alguns esclarecimentos:

      (1) Ninguém afirmou que mulher não pode evangelizar, nem testemunhar o que tem aprendido das Escrituras.

      (2) Profetisa e diaconisa não é a mesma coisa que pastor.

      (3) O que afirmamos é que Paulo disse que o papel de ensino e a autoridade pastoral de uma igreja é do homem. E ele não usa a cultura local para explicar isso, mas a própria criação do ser humano.

      Paz

  26. Anônimo Diz

    no versículo escrevi “cegando”…mas é “chegando” (erro de ortografia meu)

    Fica na paz, Vini

  27. Sara Rodrigues Silva de Mello Diz

    Creio que seja válida esta tão ilustre inspiração, e também baseada na inerrante palavra de Deus. Mas atento-me para uma palavra de Joel 2-28: Acontecerá antes do dia do Senhor, ou seja, antes de sua volta, em que Deus ira usar as filhas e filhos, os velhos os jovens (Crianças), servos e servas (pessoas iletradas)para fazer sua vontade. Estamos vivendo este tempo, e quero ressaltar ainda que não é alguém fisico o Cabeça (Autoridade Espiritual) da igreja, ou seja, não é homem nem mesmo mulher, mas sim Cristo, e se somos membros de um corpo, logo não existe duas autoridades e sim apenas uma, e esta é a autoridade central Jesus de Nazaré, sendo assim, todos os joelhos se prostram a ele, e não a um novo ou suposto deus homem que assumira autoridades momentaneas em lugar de Cristo, ele mesmo diz: A minha glória não darei a outrem. Se querem crer na inerrante palavra, creiam nessa, estamos vivendo os tempos antes do Dia do Senhor, e este se aproxima. Não percam tempo concedendo força ao Império das trevas, não esqueçam que ele tentou ao Senhor Jesus, querendo usurpar esta mesma autoridade e não pode, exatamente por Jesus ser obediente a uma única coisa: Obedecer ao Pai. Se fizermos isso, com certeza não erraremos jamais.

    1. Vini Diz

      Sara,

      Atente que não defendemos que as mulheres não são servas de Deus, nem que não tenham nenhum papel na igreja. Contudo, Paulo deixa claro que:
      (1) O marido é cabeça da esposa, assim como Cristo é o cabeça da igreja
      (2) As mulheres não podem ensinar com autoridade pastoral sobre homens

      É o que o texto bíblico afirma.

    2. Mariela Diz

      Sou tão grata a Deus por ser mulher, por saber o meu lugar e por saber que Jesus ministra nos corações dos maridos a dar a vida pelas suas esposas. Jesus é tão lindo, pois que mulher não seria submissa por amor a um marido que dá sua própria vida por ela?
      Eu amo o que Deus diz a Adão antes da queda quando vai dar uma esposa a ele.
      -Far-te-ei uma AUXILIADORA que lhe seja idônea.
      Amo ler Gênesis antes da queda porque me deleito vendo a vida de seres humanos completamente sem pecado. Homem trabalhando,dando nome aos animais, a mulher auxiliando o homem a trabalhar buscando comida para eles,tudo perfeito como Jesus diz:
      -O meu julgo é leve.

    3. José Marques Diz

      Julgo leve ser explorada pelo sistema de trabalho de 07:00 às 20:00.Grande julgo leve esse hein??? Imagino então em gênesis sara saindo pra pastorear ovelhas ou colocando armaduras pra ajudar nos combates… por favor bem menos…

    4. Cris Cavalcanti Diz

      SABE VINICIUS, O QUE MAIS ME INTRIGA É COMO PAULO CAI EM CONTRADIÇÃO EM SUAS DIVERSAS CARTAS!!! MAS É INTERESSANTE QUE PARA ALGUNS, LEVAR EM CONSIDERAÇÃO APENAS AQUILO QUE OS AGRADA!!!!

    5. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Paulo cai em contradição!?!?!? Oo

      Consideramos os escritos de Paulo como inspirados por Deus. Você está falando que o texto inspirado por Deus se contradiz?

    6. Cris Cavalcanti Diz

      FINALMENTE UMA MULHER INTELIGENTE E COM CORAGEM!!!!

    7. José Marques Diz

      Infelizmente o que vejo é que você tem uma mente completamente dominada pelo pensamento feminista atual, que levou a relacionamentos de mentira que não duram mais de dez anos, fico triste de ver que tanta porcaria feminista invadiu até a casa de Deus, posso provar historicamente com fatos e dados pra você como o patriarcado foi mais benefico, do que toda essa ideologia feminista que perdura, Deus é tão sábio que nos fez diferentes biologicamente extamente pra que o homem fosse líder e protetor da mulher durante os séculos…

  28. Magaly Diz

    Este texto é tudo que um homem machista precisa para embasar as suas idéias preconceituosas. Não sabia que Deus antes de usar uma pessoas ele olha o sexo, homem pode, mulher calai-vos!!!
    Absurdo!! Vamos então agora por todas as mulheres sentadas! Por que se ela não pode fazer uma coisas, no meu entendimento também não pode fazer outra. Impossibilidade é impossibilidade e não meia impossibilidade

    1. Vini Diz

      Magaly,

      Pedimos então que você mostre que a forma como interpretamos o texto bíblico está errada.
      Opiniões pessoais e julgamento de valores não são tão importantes quanto a verdade bíblica.

      Paz

    2. Mariela Diz

      Em amor Magaly
      Nós (todos nós) estamos longe da perfeição, por isso, se lermos a Bíblia de acordo com o que queremos que ela fale, ajustando-a as nossas necessidades mundanas(em amor mesmo)não estaremos nos dando a oportunidade de conhecer a Deus, porque Ele não é o que a gente quer que Ele seja; Ele é o que É.
      Sim, Deus antes de usar Ele olha o sexo sim,olha também o coração e perfeitamente conduz pela Sua Vereda aquele que é dEle.
      Estude sobre as guerras do velho testamento, veja quem Ele enviava para a guerra, veja quem Ele deixava cuidando das crianças, veja até os anjos de Deus que hoje muitos dizem que são assexuados, mas leia na palavra para que ninguém nos engane como nosso Deus é organizado e chama os seus pelo nome para que não haja confusão. Anjo Gabriel e não Gabrila…tudo organizado.
      Eu não sei quantas horas diárias cada um de nós estamos dobrando nossos joelhos para receber poder,discernimento, para escutar a vóz do Senhor nos conduzir sem erros, mas digo por mim, que sou mulher, que o Senhor anda me levando para lugares onde o Evangelho não é pregado “abertamente” como no Brasil, mas sempre debaixo da autoridade de Deus e até hoje percebo que sempre debaixo da autoridade de um pastor,com meu marido ao lado e não me sinto sentada, nem humilhada, mas agradecida por Deus me amar tanto ao ponto de me proteger.
      Não vale a pena discutir, vale a pena obedecer.
      Quem sabe o que é melhor para nós? Nós?
      Se fosse assim não estaríamos todos precisando de salvação.
      Obedecer é prova de amor.
      Em amor
      Mariela

    3. Mariela Diz

      O homem machista é aquele que não entendeu ou não aceitou o papel que Deus depositou a ele em relação a mulher. A mulher feminista é aquela que não entendeu ou não aceitou o papel que Deus depositou a ela em relação ao homem. Não são pessoas que buscam o entendimento de Deus, são pessoas que buscam seu próprio entendimento, não vale a pena, de verdade, não vale.

    4. Walter Kano Diz

      Glória a Deus. Uma Mulher de Deus!

    5. Cris Cavalcanti Diz

      quando uma mulher concorda: “””””Nossa!!! É mulher de Deus””””, mas quando discorda: “””” Vai pro inferno JESABEL!!!””””

    6. Cris Cavalcanti Diz

      Realmente, não vale a pena, na verdade não vale a pena nem ir pra igreja, pois autoritarismo nunca foi sinônimo de justiça, porque Deus daria inteligencia pra mulher e a proibiria de usar, será mesmo que é Deus????
      Não estou falando aqui de ser autoridade, estou falando de justiça! Não estou falando de feminismo e nem de machismo, estou falando de compartilhar, de união, não estou falando de imposição mas de amor, o mesmo amor que JESUS teve pela mulher samaritana, por Maria, Marta, Madalena, Suzana, e tantas mulheres pelo mundo! O sistema patriarcal nunca deu certo, nunca foi justo, por isso JESUS o combatia!!!!

    7. stepfany Diz

      “A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.” 1 Timóteo 2.11
      E o outro versículo que não encontrei que fala sobre interrogar o marido em casa.

      Pode me esclarecer? Como faz uma mulher solteira e sem parentes cristãos para terem suas dúvidas respondidas?

    8. Cris Cavalcanti Diz

      POIS É NÉ????? ACHO QUE NA IGREJA DE TIMÓTEO NÃO TINHA SOLTEIRAS NEM VIÚVAS!!!!

  29. Felipe(soldado de cristo) Diz

    A bíblia deixa claro que a mulher não pode ensinar na igreja!

    Para mim hj em dia muitas mulheres( e muitos homens) preferem obedecer ao feminismo do que obedecer a bíblia!

  30. Márcio Malaquias Diz

    Graça e paz seja a todos os irmãos e irmãs

    Acredito que o motivo de toda esta divergência seja a má compreenção (e porque não dizer separação) sobre o que é ensino, pregação, profecia e sobre o que é GOVERNO, LIDERANÇA E AUTORIDADE.

    AS MULHERES são chamadas a pregar/anunciar o evangelho (ex. mulher samaritana (João 4:28-29)), as mulheres mais velhas chamadas a ensinar as mais novas (segundo Tito 2:3-4) , as mulheres-mães a ensinar e governar seus filhos ( 1 Timoteo 5:14) e aquelas que recebem o dom de profecia a profetizar (Atos 21:9),

    TUDO COM BASE BIBLICA e totalmente licito as mulheres.

    O erro porem ocorre quando as mulheres querem exercer a função de bispo/presbitero/pastor, pois essa função exige do seu executante EXERCER AUTORIDADE sobre homens e Paulo fala claramente que a mulher não pode exercer autoridade sobre o marido, e nem fale a igreja (no sentido de exercer autoridade).

    Amadas irmãs vocês fazem parte do corpo de Cristo e todos os membros mesmos os menores (não no sentido de importancia mas no sentido de ser menos evidente) devemos dar mais honra (1 Co 12:23)

    Porem vejam o que diz o versiculo 1 Co 12:18
    “Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis”

    Aceitemos a disposição que o Senhor nos colocou como membros de seu corpo, ou seja SUA IGREJA.

    Em amor, não fingido

    Marcio Malaquias

    1. stepfany Diz

      Obrigada, Marcio. Achei boa a sua explanação. E muito útil e edificante.

      Paz, querido.

  31. Marrone Diz

    Bênção! que Deus continue a usá-los mais e mais para propagar a Verdade absoluta do Evangelho!!!
    Estamos juntos!

  32. Luiza Valle FFaria Diz

    Alguns esquecem que a argumentação de Paulo não se baseia na cultura da época, mas no fundamento da criação. Sendo assim é algo atemporal. Deus é um Deus de principios, e Ele não muda, e nem sua palavra passará antes cumprirá todo o propósito.

  33. Irmão Diz

    Ao longo do tempo o diabo foi implementando uma cultura de valores no nosso meio de que quando a mulher exerce o seu papel de mãe, esposa, auxiliadora, ela é uma mesquinha de valores equivocados para essa geração, mas na realidade quando as mulheres exercem o seu papel de mãe, os seus filhos lhe darão a honra quando forem grandes, quando exercem o seu papel de esposa, elas constrangem os seus maridos a temerem a Deus, e quando exercem o seu papel de auxiliadora, elas impedem que sua geração seja destruida.

    1. maria aparecida da silva dedin Diz

      gostei da palavra!!!!!

    2. Cris Cavalcanti Diz

      COMO ELAS VÃO CONSTRANGER SEUS MARIDOS A TEMEREM A DEUS, SE ELAS NÃO PODEM ENSINÁ-LOS OU SEJA PREGAR A PALAVRA DE DEUS! UM TANTO CONTRADITÓRIO ISSO NÃO????

  34. Laís Diz

    Sei que já fazem quase 2 anos que vcs postaram mas eu só fui ler esses dias, então gostaria que alguém me ajudasse em algumas questões por favor!

    1. “E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.
    Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação.”
    1 Timóteo 2:14-15
    Gostaria de entender esse “salvar-se-á dando à luz filhos”.

    2. “As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
    E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.”
    1 Coríntios 14:34-35
    E quem ñ tiver marido, ou se o marido ñ conseguir responder??

    3. Vi alguns comentários do pessoal e gostaria de entender esse “ensinar com autoridade”. Qualquer pregação na igreja, estudos biblicos, escolas dominicais e etc., tbm estão relacionados com ensinar, são apenas para homens? E se uma mulher possuir um conhecimento maior sobre determinado assunto, sob uma liderança, ela não poderia mesmo assim ensinar?

    É isso. Quero acrescentar que eu acredio que a liderança na igreja, segundo a bíblia, seja sim papel do homem, só queria entender melhor essas questões.
    Obrigada, fiquem na paz!

    1. Cris Cavalcanti Diz

      QUERIDA IRMÃ,

      Nesta carta de Paulo existem algumas lacunas, que não serão respondidas com 100% de exatidão, cada vez mais fica nítido que era um fato isolado, que foi uma regra imposta por Paulo, para a igreja que ele fundou, e que passou para uma pessoa inexperiente que não tinha qualificação para tal responsabilidade, vale lembrar que o mesmo Paulo que em 1 timoteo 2 estabelece regra um tanto quanto sectarista, e cai em total contradição em outra carta: “Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas. Romanos 2.11. Fique na paz do SENHOR JESUS!

    2. Vanderleia Gomes Diz

      IRMÃ CRIS ACONSELHO -TE QUE FAÇA UM AUTO – EXAME, E VERIFIQUE SE É DEUS QUE ESTA, LHE ORIENTANDO A FAZER TAIS ‘QUESTIONAMENTOS’ BEM COMO OS FUNDAMENTOS ” teológico” DIGO ISTO COM TODO O RESPEITO QUE A IRMÃ MERECE, PORQUE OS SEUS ARGUMENTOS TEOLÓGICOS, ESTÃO SUANDO EVASIVOS E SEM VIDA.

  35. Michel Diz

    Paz irmãos ,
    interessante explanação, mas ainda vejo a punição de gênesis 3:16 ”
    À mulher, ele declarou: “Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará”.
    A última frase ” e ele a dominará”, bem essas são consequências do pecado que tanto homens quanto mulheres tem de arcar até hoje. Se meu raciocínio estiver errado me corrijam.Em Cristo Jesus,

    1. Cris Cavalcanti Diz

      Foi a partir deste texto, interpretado equivocadamente, que hj existem seitas como os muçulmanos que tiram todo o direito da mulher de escolha, que matam as mulheres por nada, apedrejadas, entenda que Paulo parte de uma interpretação também equivocada, quando ele relaciona a criação como ordem de poder, em 1 Timóteo 2:13, lembrando que tudo aquilo que parte de autoritarismo, não é justiça, por isso Deus nos deu o poder da escolha, fica bem claro também, que neste mesmo capitulo em 1 Timóteo, Paulo diz, que “NÃO PERMITO”, ele não diz, ” Deus não permite” ou ” Jesus não permite”, ou seja, é uma regra dele, quem quiser seguir que siga. Não podemos esquecer que Paulo era um Fariseu, e que seu ensinamento durante toda sua vida estava de acordo com as leis farisaicas e arcaicas da sua época, ele Paulo, não andou com JESUS, portanto, ele relacionou muitas das leis de sua antiga religião dentro o “cristianismo”. Paulo era um grande missionário, mas era homem, humano, e como todo homem, mesmo vindo de Deus, também erra! Jesus quebrou todos os tabus da sua época, tanto que na maioria das vezes quando queria provar que os “religiosos” estavam errados em seu conceito, era nas mulheres que encontrava o jeito de ensiná-los que estavam errados, pois eram injustos, e Jesus não! Vale lembrar que JESUS esteve por diversas vezes conversando com mulheres, e em nenhum momento Ele as proibiu de levar as Boas Novas, o máximo desta ação foi quando depois de ressuscitado, foi para uma mulher que Jesus apareceu, e para a mesma designou a função de “falar, anunciar” e não de ficar “calada”, sobre sua ressurreição! João 20;17-18. Querido irmão, a questão não é autoridade, e sim egoismo, porque sabemos nós que toda a autoridade foi dada apenas a JESUS, não ao homem, ou a mulher… um pastor que quer ter autoridade, quer estar acima de JESUS! FIQUEM NA PAZ DO SENHOR JESUS!

  36. Danielle Peixoto Pereira Diz

    O que dizem de Débora, que foi juíza e profetisa? “E Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo.” Juízes 4:4. Eu acredito na explanação onde Paulo proíbe as mulheres daquela época especificamente, nem tudo na bíblia é escrito de forma específica, tanto que o próprio apóstolo Paulo depois escreveu :”Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre, não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus”. Gálatas 3:28. Sem contar que Jesus poderia ter aparecido a qualquer discípulo primeiramente, mas foi a uma mulher que Jesus confiou seu primeiro IDE após sua ressureição (Jo 20:17). Não estou questionando que a mulher deve ser submissa ao homem, pelo contrario, louvo a Deus por isso, mas apenas a afirmação que fizeram que essas não podem exercer papel de ensino e pastoreamento dentro da igreja, visto que a várias indícios de liderança das mulheres na bíblia, como em Rm 16:6 “Saúdem Maria, que trabalhou arduamente por vocês”. Sem falar nas igrejas dos dias de hoje que foram fundadas por mulheres, como a Igreja do Evangelho Quadrangular, fundada pela Aimee Semple Mcpherson, a qual já li a biografia. Comprometida por uma doença gravíssima, em seu leito de morte, Deus falou com ela que ou ela decidia naquela hora cumprir o chamado Dele para sua vida, ou sua vida terminaria ali. Aimee decidiu cumprir seu chamado e hoje temos igrejas quadrangulares por todo o mundo. Sugiro aos que sustentam essa ideia de mulheres serem proibídas de pastorear, darem uma olhada na biografia dessa grande mulher de Deus.

    Graça e paz,
    Dani

    E Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo.

    Juízes 4:4

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      O que Débora do Velho Testamento tem a ver com a administração que Cristo estabeleceu para a igreja?

      O texto explica bem que a argumentação de Paulo não é algo cultural, mas algo que é fundamentado na criação.

      E quanto a não haver mais macho ou fêmea, então você não é mais uma mulher? Quer dizer que a mulher não deve ser submissa ao marido? Temos que tomar cuidados com extremos na interpretação deste versículo.

      Por fim, ninguém está falando que a mulher não tem nenhum papel na igreja, estamos falando que Deus confiou o papel de ensino autoritativo para a congregação inteira e a liderança aos homens baseado no texto bíblico. Mas a bíblia é clara das mulheres mais maduras ensinarem as mais jovens e outros ministérios.

  37. Juliano Juliano-sales Diz

    A bíblia ela e inerrante; eu creio com todo o meu coração que não existe essa autoridade para a mulher ser pastora; e a mesma coisa que falar que o diabo vai voltar para o céu; acho incrível como as mulheres de hoje em dia querem assumir papel que não e dela na igreja;

  38. RC Diz

    Apesar de este ensinamento apresentar boa base bíblica, ele não se sustenta em muitos casos práticos. Um deles, e o mais claro, é aquele em que uma missionária planta um igreja em uma região não evangelizada. Obviamente, ela será a pastora neste trabalho.
    Assim, todos os conselhos de Paulo devem ser entendidos dentro de um contexto específico, e todos sabemos que em sua época a mulher era tratada quase que como uma propriedade. Ele evoluiu no sentido de ensinar o homem a tratá-la como Cristo trata a igreja, mas foi totalmente contemporâneo em outros aspectos, como orientações para a mulher permanecer calada na igreja.

  39. JF Diz

    Enquanto isso, um judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, chegou a Éfeso. Ele era homem culto e tinha grande conhecimento das Escrituras.
    Fora instruído no caminho do Senhor e com grande fervor falava e ensinava com exatidão acerca de Jesus, embora conhecesse apenas o batismo de João.
    Logo começou a falar corajosamente na sinagoga. Quando PRISCILA e Áqüila o ouviram, convidaram-no para ir à sua casa e lhe explicaram com mais exatidão o caminho de Deus. (Atos 18:24-26 )

    O que foi isso? Uma mulher ensinando a um homem?
    Devemos primeiro compreender em que se basei uma doutrina bíblica, que são princípios das escrituras que norteiam a Igreja. Entretanto, não se pode pegar qualquer passagem bíblica e construir a partir disso uma doutrina. Se fosse assim sairíamos na ponta da faca com todo pecador que encontrássemos. As doutrinas ser persistente, sistemática e ordenada. O que tem isso? Antes o tema deve ser abordado da mesma forma em outras passagens. Não apenas em um contexto. Muitas doutrinas usadas hoje para edificação da Igreja são baseadas principalmente nas cartas de Paulo, mas não apenas. É muito importante aprofundar o assunto antes de privar as pessoas da Graça, do Ide, da Liberdade de trasbordar aquilo que o Senhor revela aos seus filhos. Já vi muitas mulheres de Deus impactar a vida de muitas pessoas (inclusive homens) de forma sobrenatural em suas pregações. Também já vi muitas destruírem a verdade do evangelho. O que cabe lembrar é que a palavra não é dado por homem, nem mulher, mas Deus que usa o espírito e fala o que deseja. Assim deve ser, pelo menos. Deus use o homem, e não o homem que se ache de usar a Deus.

  40. Cris Cavalcanti Diz

    DURANTE TODO O CAMINHO DA HUMANIDADE, A “SOCIEDADE” IMPÔS PAPÉIS PARA HOMENS E PARA MULHERES, UMA SOCIEDADE DOMINADA POR HOMENS, INJUSTA E INDIGNA! POR CAUSA DESTA SOCIEDADE DOMINADORA, TEMOS AÍ OS MUÇULMANOS, QUE ATÉ HOJE PREGAM UM DEUS INJUSTO, SECTARISTA, SUBJUGANDO HOMENS COMO DEUSES E MULHERES COMO PROPRIEDADE, OBJETO SEM VALOR OU DIREITOS! TEMOS ESSA LEI RIDÍCULA NA CHINA, QUE VALORIZA O HOMEM E MENOSPREZA A MULHER, AO PONTO DE ABORTAR OU ABANDONAR QUANDO SE TRATA DE UMA MENINA! POR CAUSA DESTA MESMA SOCIEDADE, MUITAS MULHERES ERAM IMPEDIDAS DE ESTUDAR OU TER UMA PROFISSÃO POIS SOMENTE SERVIRIAM COMO ESCRAVAS DOMÉSTICAS DENTRO DE UMA CASA PARA SERVIR UM HOMEM, CASO TIVESSEM ESTUDOS, SERIA DIFÍCIL DOMINÁ-LAS! E NO JUDAÍSMO, BERÇO DO EVANGELHO, TAMBÉM NÃO ERA DIFERENTE, ENCONTRAMOS MUITOS CASOS EM QUE OS HOMENS EXERCEM UM AUTORITARISMO MILITAR IMUNDO, CHEGANDO AO PONTO DE DAR MAIS IMPORTÂNCIA A CABRAS, BOIS E VACAS ONDE OS MESMO ERAM CONTADOS, E DEIXANDO DE CONTAR MULHERES E CRIANÇAS, COSTUMO DIZER QUE O VELHO TESTAMENTO É UM MANUAL DAQUILO QUE NÃO DEVEMOS FAZER, MAIS DO QUE AQUILO QUE DEVEMOS NOS INSPIRAR!
    O SALVADOR, NASCE, DE UMA MULHER (SEM A NECESSIDADE DA AJUDA MASCULINA), CRESCE, E COMBATE ESSA SOCIEDADE INJUSTA, DESNECESSÁRIA, ABSOLUTAMENTE MACHISTA, COLOCANDO UM PONTO FINAL NESTA DIVISÃO, COMBATENDO RELIGIOSOS, QUEBRANDO TABUS, ESCANDALIZANDO ATÉ MESMO O SEUS DISCÍPULOS AO DAR IMPORTÂNCIA A UMA MULHER SAMARITANA NUM POÇO (QUE NÃO TINHA IMPORTÂNCIA PARA SUA SOCIEDADE), COLOCANDO UM FIM NESTA INJUSTIÇA, PORQUE ELE CONTOU AS MULHERES(SEUS NOMES FICARAM IMPRESSOS NO LIVRO MAIS LIDO NO MUNDO) E CONTOU AS CRIANÇAS (PORQUE SOMENTE SENDO COMO AS CRIANÇAS CONHECEREMOS O VERDADEIRO EVANGELHO E CONSEGUIREMOS A SALVAÇÃO, DETALHE, UMA CRIANÇA NÃO DISCRIMINA OUTRA CRIANÇA POR CAUSA DO SEU GÊNERO), JESUS MUDOU O MUNDO!
    MAS COMO EM NOSSA SOCIEDADE OS HOMENS TEM NECESSIDADE DE ESTABELECER PAPÉIS, ELES TIRAM VERSÍCULOS ISOLADOS NA BÍBLIA PARA GARANTIR QUE O PODER E O AUTORITARISMO CONTINUEM FAZENDO PARTE ATÉ DA NOSSA VIDA CRISTÃ!
    IMPEDIR QUE A MULHER, QUE TENHA SIDO CHAMADA E PREPARADA POR DEUS, PREGUE A PALAVRA DE DEUS, É DIZER QUE JESUS NUNCA EXISTIU!

  41. Hina Diz

    Vcs com toda essa confusão de se pode e ou se não pode, fazem é criar muita confusão na cabeça dos cristão leigos. Amada stepfany, com certeza a mulher PODE EVANGELIZAR SIM! Pois Jesus mandou não só os homens mas TODOS. Pregar o evangelho. Deus usa desde crianças a idosos independente de cor, raça e sexo. Cumpra o IDE de Cristo Jesus! Se Deus colocou no seu coração o evangelismo, então não perca tempo com bobagens e VÁ EVANGELIZAR. Esqueça doutrina de homens e siga Cristo, pois Ele é quem deve ser o nosso foco. E esse negócio de que mulher não pode ser PASTORA é um engano. Pois a mulher pode sim exercer a função do pastorado, e sim também como ajudadora de seu marido.

  42. Marcio Santos Diz

    É uma boa reflexão

  43. Samuel Kleber dos Santos Diz

    Eu gostaria de perguntar algo: as Escrituras proíbem o ensino de mulheres para com homens, mas proíbe o ensino de mulheres para com mulheres?

  44. Fernando Nunes Diz

    Polêmico!

  45. Thiago Alves Diz

    Diante de uma exposição bíblica rica em fontes da própria palavra de Deus, o que faremos? Vamos destruir a verdade de Deus que foi exposto de forma tão clara e aceitarmos as leis do pragmatismo, ou vamos ficar com a palavra de Deus que é boa perfeita e agradável? Eu quero ficar com a palavra, ainda que isso venha ferir os nossos pensamentos.

Comentários estão fechados.