D.A. Carson – O Deus que Não Destrói Rebeldes [O Deus Presente 2/14]

O Blog Fiel para preparar as pessoas para a Conferência Fiel deste ano está publicando um vídeo semanal no qual Carson fala um pouco sobre cada capítulo de seu livro “O Deus Presente” (e tema da conferência). Como esse é um conteúdo precioso estamos repostando aqui para vocês.

Neste vídeo, D. A Carson fala sobre como Gênesis 3 (o relato da queda) coloca o mal primariamente não em termos horizontais, mas verticais e mostra que o que mais precisamos é ser reconciliados com Deus.

Transcrição

Gênesis 3 não pensa no mal primariamente em termos horizontais, mas em termos verticais. Quando você, finalmente, pensa no mal, dependendo de quem nós somos, nós pensamos no mal no nível horizontal.

Provavelmente nenhum de nós aqui negaria que Auschwitz foi maligno. Provavelmente não queiramos negar que estuprar uma criancinha seja maligno. Provavelmente não queiramos negar que operar um enorme esquema que roube bilhões das pessoas seja maligno. Não queremos negar isso. E certamente a Bíblia tem todo tipo de coisas bastante condenatórias para dizer sobre males horizontais, males entre nós mesmos.

Mas na Bíblia, o que é dito que deixa Deus irado mais frequentemente? É a idolatria. Está na dimensão vertical. A pessoa que é mais ofendida aqui é Deus.

Eva foi muito prejudicada, pois Adão a culpou. Em primeira instância onde está a culpa? Diante de Deus. Na desdivinização de Deus. Sim, você pode ler o profeta Isaías que avisa contra proprietários perversos e ladrões que não pagam salários justos. Mas páginas e páginas são devotadas à idolatria. É o mal supremo. É o que torna todos os outros males supremamente malignos.

E isso significa, em terceiro lugar, que Gênesis 3 mostra o que nós mais precisamos. Se você é um marxista, o que você precisa é de revolucionários e economistas decentes. Se você é um psicólogo, o que você precisa é de um exército de conselheiros. Se você pensa que a raiz de todo mau funcionamento e desordem é médica, o que você realmente precisa é de infinitos hospitais. Mas se a nossa primeira e mais séria necessidade é sermos reconciliados com Deus, um Deus que agora está contra nós, que nos sentencia à morte por causa de nossa rebelião intencional e voluntária, então do que mais precisamos? Podemos ter todas essas necessidades derivativas, mas o que mais precisamos é sermos reconciliados com ele. Nós precisamos de alguém que nos salve.

Você não pode encontrar sentido na Bíblia até que concorde com o que a Bíblia diz que é o nosso problema. Se você não vê a análise bíblica do problema, você não pode concordar com a análise bíblica da solução. O problema último é nossa alienação de Deus. Nossa tentativa de identificarmos a nós mesmos meramente com referência de nós mesmos. Isso é idolatria que desdiviniza Deus. E o que temos de ter é uma nova reconciliação com esse Deus ou não temos nada.

Por: Don Carson. Copyright The Gospel Coalition, Inc. Original: The God Who is There: Part 2. The God Who Does Not Wipe Out Rebels

Tradução: Alan Cristie. Revisão: Vinícius Musselman Pimentel. Editora Fiel © Todos os direitos reservados. Original: O Deus que Não Aniquila Rebeldes – D.A. Carson [O Deus Presente 2/14]

6 Comentários
  1. Tiago Oliveira Diz

    Onde será a Conferência? Sou Do RJ e geralmente não tem nada pra esses cantos.

  2. Jose Carlos Baptista Diz

    Ungido e lúcido,Deus continue abençoando em Cristo

  3. Daniele Leite Diz

    Essa será em Águas de Lindoia – Sp

  4. F.A.TELES TELES Diz

    Aqui ,concluo que as necessidades humanas preferenciais, sejam elas profissionais,filosóficasou religiosas, ofuscam a prioridade de Deus na vida do ser humano:A salvação de sua alma.Em ultima instancia;O bom é inimigo do MELHOR

  5. Leandro Clemente Porto Diz

    Nada melhor do que começar o dia assistindo um comentario biblico.
    Leiamos a Biblia diariamente, mas é recomendado buscarmos comentarios para enriquecer a leitura.

  6. Thayze Magalhães Diz

    Vdd

Comentários estão fechados.