Um evangelho para todo aquele que crê (Paul Washer) [9/26]

de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; (Romanos 1.16)

O chamado do evangelho é universal. A obra redentora de Cristo não aconteceu em um canto remoto do planeta, mas no próprio centro religioso do mundo.[1] A notícia de sua morte e ressurreição se espalharam rapidamente por todo mundo conhecido.[2] Ademais, Cristo não veio para salvar somente certo grupo populacional, mas ele derramou seu sangue para redimir pessoas de todas as tribos, línguas, povo e nação.[3] As profecias do Antigo Testamento declaravam que o Messias receberia as nações como herança, e a Grande Comissão é o desenvolver dessa promessa.[4] Cristo comandou sua igreja para ir por todo mundo e pregar o evangelho a toda criatura. Aqueles que crerem e mostrarem sua fé através de sua pública identificação com Cristo através do batismo serão salvos, mas aqueles que não crerem serão condenados.[5]

Salvação para todo aquele que crê

Tanto o Antigo como o Novo Testamento dão um testemunho completo de que os homens só podem receber os benefícios do evangelho através da fé. O credo de Habacuque é a fundação de toda religião verdadeira: “o justo viverá pela sua fé.”[6] Essas palavras são a chave para a salvação e a centelha de qualquer verdadeiro avivamento da religião. Sem essas palavras, a porta da salvação está fechada hermeticamente. A única senha para a glória é “eu creio”. Paulo evidencia isso em uma passagem que é notória por sua redundância: “sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé em Cristo Jesus, também temos crido em Cristo Jesus, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo e não por obras da lei, pois, por obras da lei, ninguém será justificado.”[7]

A salvação não é pelas obras por duas razões fundamentais. Primeiro, o homem não tem nenhuma obra para mostrar. Não há nada em sua vida que mereça salvação, mas tudo que invoque a condenação de um santo Deus. É o testemunho da Escritura que não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que faça o bem.[8] Na verdade, o melhor do labor humano e suas maiores obras de altruísmo não são nada mais que trapo da imundícia diante de Deus.[9] Essas verdades devastam o orgulho do homem, mas devem ser pressionadas contra sua consciência a fim de extinguir qualquer esperança em autopromoção diante de Deus e esmagar qualquer pensamento de conquistas o favor da Deidade através da força de seu próprio braço. Um homem vem a Deus pela fé somente após ter percebido sua desamparada condição e clamado com o antigo compositor de hinos: “Nada em minhas mãos eu trago, somente a tua cruz me agarro”.[10]

Segundo, a salvação não é pelas obras, pois isso não glorificaria a Deus; isso lhe faria um devedor obrigado a recompensar a suposta virtude da criatura. Salvação pelas obras não é nada além de humanismo vestido de religião. É o homem mitológico erguendo-se do pó pela própria força de sua vontade de superar todas as adversidades e adquirir o prêmio. Por outro lado, a fé é a verdadeira religião. É o homem como ele é, “perdido e arruinado pela queda”, esvaziado de qualquer confiança própria e confiando na fiel promessa de um Deus salvador.[11] No épico drama da salvação pela fé, Deus é o herói, e só a ele louvamos grandemente. Assim como está escrito, “não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória” e “aquele que se gloria, glorie-se no Senhor”.[12]

 


[1] Atos 26.26

[2] Colossense 1.5-6

[3] Apocalipse 5.9

[4] Salmo 2.8

[5] Marcos 16.15; Mateus 28.18-20

[6] Habacuque 2.4; Romanos 1.17

[7] Gálatas 2.16

[8] Romanos 3.10-12

[9] Isaías 64.6

[10] Augustus M. Toplady, “Rock of Ages” [Rocha Eterna, tradução livre], 1775.

[11] Joseph Hart, “I Will Arise and Go to Jesus” [Levantar-me-ei e irei a Jesus, tradução livre], 1759.

[12] Salmo 115.1; 1 Coríntios 1.31; Romanos 3.27

 

Veja os outros artigos da série

 

O Poder e a Mensagem do Evangelho (Paul Washer)Extraído do livro 9º capítulo do livro “O Poder e a Mensagem do Evangelho” de Paul Washer, a ser lançado pela Editora Fiel. Tivemos a oportunidade de traduzi-lo e o privilégio de poder compartilhar pequenos trechos de cada capítulo com vocês.

Tradução: Vinícius Musselman Pimentel. Versão não revisada ou editada. Postado com permissão.

© Editora Fiel. Todos os direitos reservados. Original: Um evangelho para todo aquele que crê (Paul Washer) [9/26]

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

16 Comentários
  1. Emerson Diz

    Vai demorar pra editora fiel lançar esse livro?

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Antes de Setembro.

    2. Emerson Diz

      Aproveitando a resposta Vinícius, o livro Um Tônico Divino de Thomas Watson não será mais traduzido e postado no site?

    3. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Sim, será. Não tenho data.

  2. Anderson Felix Loureiro Diz

    Já é sabida a data de lançamento deste livro pela Editora Fiel?

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Antes de Setembro

    2. Anderson Felix Loureiro Diz

      Muito bom! Vou adquirir com certeza!

  3. Ícaro Cardoso Diz

    Graças a Deus que ainda temos uma esperança que não se encontra em nós, mas SOMENTE em Cristo Jesus!!!

  4. justificacaopelafe Diz

    Amém!

  5. Dayane Andrade Vitor Diz

    só uma pergunta, ele é Calvinista?

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Apesar de ele recusar a usar o termo, creio que sim. Ele se refere a si mesmo como 5 pontos "spurgeonista". O que ele quer dizer com isso é uma boa pergunta, mas Spurgeon mesmo disse que "o calvinismo é um apelido para o evangelho", então acredito que sim, o Washer é calvinista, com ênfase em depravação total e graça irresistível.

  6. Cesar Alves Diz

    Sem mais

  7. Bruno Souza Diz

    Só pela graça de Deus!!!

  8. Ainoan de Paula Diz

    Louvado seja Deus pela sua infinita graça!

  9. Cesar Alves Diz

    Sem mais

  10. Valdecir Rossetti Dos Santos Diz

    caro amigo, ouvi um vídeo de paul, no vídeo parecia que ele não ensinava batismo como algo necessário para salvação, mas neste escrito deu outro sentido, "Aqueles que crerem e mostrarem sua fé através de sua pública identificação com Cristo através do batismo serão salvos, mas aqueles que não crerem serão condenados."[5]
    alguns não aceitam o batismo como necessário para salvação, indo contra e não aceitando marcos 16.15,16, por dizer que batismo é uma obra e que não somos salvos por obra, de primeiro parece que é um raciocínio que faz sentido, mas se ele faz sentido, então marcos 16.15,16 estão errados, alguma coisa esta fora, pois as escrituras se completam e não faz contradição, isso é confusão. Batismo não é uma obra de mérito que o leva a salvação, salvação e pela obra redentora de Cristo na cruz, morrendo pelos nossos pecados, pois esse é o preço, somos salvos pela obra de Cristo na cruz, aceitando o preço que ele pagou pelos nossos pecados, isso acontece quando nos entregamos de corpo e alma e espirito ao Senhor Jesus, e nos submetemos ao sepultamento junto com Cristo através do batismo, então seremos espiritualmente ressuscitado juntamente com Cristo, livres do pecado, remido. Aquele que se submete ao evangelho Jesus Cristo e são batizados, eles estão mortos em seus pecados, mortos não realizam obras alguma, mas precisam ser sepultados, logo quem se submete ao batismo não realiza obra alguma para ser salvo, mas em obediência a esse ato e que reconhecemos e temos fé de que realmente fomos remidos e perdoados e purificados. a obra de batizar quem realiza e o evangelista ou seja o discípulo de cristo. Com este entendimento e contexto bíblico vemos que realmente o batismo e importante para ser salvo, sem ele não podemos receber a benção da salvação, confere ai em Atos 3.38 e bem claro que devemos nos arrepender e ser batizados para remissão de pecados… e em marcos 16.15,16 Ide pregai o evangelho a toda criatura, quem crer e for batizado será salvo, quem não crer será condenado. O batismo e necessário para remissão e para salvação, podemos ter fé nisso sem ter medo de estar enganado.

    Valdecir Rossetti dos Santos

Comentários estão fechados.