Paul Washer – Oitava Acusação

DOWNLOAD:

PDF
AVI (58 MB) WMV (14 MB) MP4 (breve)

TRANSCRIÇÃO:

Dez acusações contra a igreja moderna


Por Paul Washer


Oitava Acusação: Uma falta de amorosa e compassiva disciplina eclesiástica.

A oitava acusação – e vamos nos apressar nisso – e eu sei que isso é mal entendido hoje, então vou defini-la: uma falta de amorosa e compassiva disciplina eclesiástica.
A maioria dos pastores evangélicos atualmente na América devem pegar Mateus 18 e arrancá-lo das suas Bíblias.
Você não pode fazer isso, senhor. Você tem que ficar com tudo.
Muitos pastores, sua teologia fica para trás quando eles saem do seu escritório, do seu local de estudo. Eles são teológicos nas conversas, são teológicos nos seus escritórios, mas quando saem, eles administram a igreja por métodos carnais.
Eu não sou um ancião na minha igreja então e não estou lá há muito tempo, então posso dizer isso sem me gabar. Ela pratica disciplina eclesiástica. É uma igreja bem grande, cerca de 1000 pessoas. E eles estimaram ter salvo 30 casamentos nos últimos anos através de amorosa e compassiva disciplina eclesiástica, que não começa com excomunhão. Começa com, “Vós que sois espirituais…” (Gálatas 6:1)
Nós dizemos, “Oh, eu sou tão amoroso. Nós não podemos praticar disciplina. Somos muito amorosos.”
Você é mais amoroso que Jesus? Ele é quem ordenou isso.
“Sim, mas vai causar tantos problemas.”
Sim, você está certo. Talvez seja por isso que não há muitos problemas entre a igreja e a cultura hoje: porque não estamos confrontando a cultura.
E não confrontamos a cultura simplesmente saindo e fazendo protestos em Hollywood. Nós confrontamos a cultura obedecendo a Deus. Noé construiu a arca e condenou o mundo. Você não precisa ter uma faixa de protesto, só ande em obediência e o mundo irá te odiar.
Meu querido amigo, “Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;” (Mateus 18:15). Oh, que coisa maravilhosa! “Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.” (v. 16).
Não que esses caras estejam no teu lado. Eles vão ouvir e julgar. Talvez você seja o errado. Talvez teu irmão não esteja em pecado. Talvez você seja crítico demais e legalista. Quem sabe?
E ouçam: “E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano.” (v. 17)
Meu querido amigo, eu creio que precisamos ouvir isso. Podemos começar obedecendo a Deus e nos disciplinando ou podemos deixar que Deus o faça por nós. E talvez, a hora vem e é chegada em que isso vai acontecer.
Não estou falando de homens, críticos, legalistas e odiosos. Já existem muitos. Estou falando de um homem, um grupo de anciãos, líderes que amam o bastante para arriscarem suas vidas porque sabem que isso não é um jogo. Isso não é algo que fazemos apenas para esta vida, a eternidade está em jogo, a salvação de almas. Olhe para todas estas livrarias cristãs. Olha para os livros antigos dos dias antigos, dos Wesleys e e Whitefields e, repetidamente, dos Puritanos e dos Reformadores. A maioria destes livros lidou com o que é o Evangelho, como você o prega, como você leva alguém a Cristo, como você discerne uma verdadeira conversão, você se torna um doutor de almas.
Nós nos unimos a Roma nessa questão. Roma: “O bebê é batizado, o bebê é Cristão. O bebê é de Roma. Nunca mais lide com conversão. Apenas crie todo tipo de métodos mundanos para mantê-los na Igreja.”
Evangélicos têm feito o mesmo. Ore uma pequena oração com eles depois de dois ou três minutos de aconselhamento, depois de meia hora de pregação, sendo que 25 minutos foram histórias bem divertidas, e então lance a rede depois de cinco minutos. Aconselhe-os um pouco e então os declare salvos e passe o resto dos dias discipulando-os e imaginando porque eles não crescem.
Quero lhe dizer: eu creio em discipulado pessoal um a um. Mas, meu querido amigo, a Igreja se deu bem por mil anos ou mais sem ele, sem aquilo que conhecemos como discipulado pessoal, com todos os livros e coisas diferentes.
Quero que você pense nisso: O discipulado pessoal de um a um se tornou gigante do final dos anos 70 até hoje. Qual era o clamor? “Estão saindo tantas pessoas pela porta dos fundos quanto entrando pela porta da frente e a razão disso é que não estamos discipulando as pessoas.”
Não. Isto está acontecendo porque as pessoas não estão sendo convertidas. Porque Suas ovelhas, elas ouvem Sua voz e o seguem, esteja você as discipulando ou não.
Agora, nós devemos discipular, mas não é por isso que elas estão indo embora. “Saíram de nós, mas não eram de nós” (1 João 2:19) E eles tiveram pouca chance de ser de nós porque nunca ouviram um evangelho verdadeiro e ninguém jamais lidou com suas almas.
Então, nós gastamos uma fortuna discipulando cabras esperando que se tornem ovelhas. Você não pode ensinar uma cabra a ser uma ovelha. Uma cabra se torna uma ovelha pela obra sobrenatural do Espírito do Deus Todo Poderoso.
Agora, disciplina eclesiástica: Eu mudei minha família para esta igreja porque ela pratica disciplina eclesiástica, porque eu preciso estar debaixo de disciplina eclesiástica, o cuidado observador de anciãos e outros membros que levam isso a sério. Eu quero que minhas crianças, se forem convertidas algum dia – elas são bem pequenas agora, mas se forem convertidas – ou fizerem uma profissão de fé e depois se desviarem, vou querer saber que minhas crianças serão trazidas diante da Igreja, se necessário, para salvação das suas almas.
Alguns de vocês ficariam tão indignados se um pastor lhes dissesse: “Honestamente, tenho estado orando pelas suas crianças e temo que não são convertidas.”
Você ficaria tão indignado que reuniria um grupo para expulsar aquele pastor, em vez de perceber “Oh, louvado seja Deus! Temos um homem de Deus aqui.”

Tradução e Legenda: Equipe Voltemos ao Evangelho