um site cristão por Cristo e pelo Evangelho
24 Comentários
  1. Ednaldo Diz

    Paz Vini,

    Verdadeiramente Impactante!!

    Em Cristo,

    Ednaldo.

  2. Cristina Jensen Diz

    História linda!!!

  3. Igor Goulart Diz

    Leonard Ravenhill…Sempre emocionando e surpreendedo os ouvites nas suas pregações e livros. Fico muito contente em poder ouvir mensagens desse nível em seu blog.

    Que o Senhor, continue lhe abençoando grandemente e lhe dando inteligência, para traduzir mensagens inspiradas pelo real intérprete, o Espírito Santo.

    Em Cristo.

  4. MINISTÉRIO BATISTA BERÉIA Diz

    Graça e paz Vini.
    Todos nós queremos a unção de Deus para as nossas vidas, mas poucos querem buscá-las e vivê-las, pois para tê-las é necessário estar perto de Deus e para estar perto de Deus é preciso se afastar daquilo que nos afasta dEle.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas

  5. Anonymous Diz

    Achei um tanto arminiana essa pregação.
    Abraço

    1. Murilo Diz

      Esse tipo de Pregacao   mostra que um ministério não é somente estudar teologia. É também manter uma vida voltada para Deus em oração assim como “Dumas”.Esse testemunho é um exemplo a ser seguido e não uma redução ao arminianismo.

  6. Lucas Campani Diz

    Onde ela é um tanto arminiana? Quando ela nos leva a sair da passividade e comodidade características de alguns calvinistas? Eu creio na doutrina da eleição também, agora, a bíblia está cheia de exemplos nos quais Deus usa meios como a pregação, a narração de histórias, repreensões para cumprir Seus desígnios. Me enche a paciência esse tipo de comentário.
    E a ti Vini, muito obrigado mesmo pelo serviço que tens prestado à Igreja de Deus. Iria pedir para traduzires mais coisas do Leonard Ravenhill e graças a Deus temos aqui cerca de 6 minutos de ouro puro. Mas cara, se não for pedir de mais. Pega um daqueles sermões dele no sermonindex e traduz aí bicho.
    Por favor mesmo te peço, ainda que já gerar uns comentários parecidos com o de cima, creio que o Espírito vai tocar muita gente por isso.
    Até mais.

  7. adriano santo Diz

    Grande trabalho Vini.

    Trocar o tempo com Deus por trabalho para Deus é algo que envolve a todos.
    Há dias que me pergunto se blogar se equivale a um tempo com Deus?
    Digo isto não por outros, mas por mim. Deixar de viver uma vida de oração e comunhão, e ver este tempo ser preenchido por coisas novas que não podem se comparar a um tempo a sós com Deus. Peço a Deus que não nós permita ser pessoas que querem apenas falar dEle, contando e escrevendo o que outros dizem a respeito dEle, mas que eu, você e cada blogueiro Cristão, sejamos antes de tudo impactados por aquilo que queremos que venha a impactar os outros. Gosto de escrever, pelo menos um pouco, desde que me converti e comecei a buscar uma experiência maior com Deus; além de orar, eu leio muito, tenho desenvolvido este habito e agradeço a Deus por ele. Ao ler os livros, no meu intimo peço a Deus que um dia eu possa escrever algo que venha abençoar vidas, e uma certeza que eu tenho desde quando este desejo brotou no meu coração é este: " Para causar impacto em vidas, eu preciso conhece-lo, e conhece-lo como mais ninguém".
    Agradeço o espaço para deixar meu comentário, que Deus continue te iluminando, dando-lhe fome,muita fome pela sua preciosa presença; e que entre um trabalho e outro que você esteja preparando, antes que todos vejam você Seja Edificado.

    Grande abraço!

    Adriano Vieira
    http://www.sendoedificado.blogspot.com

  8. Alan Capriles Diz

    Parabéns, Vini!
    Este sempre foi o segredo dos grandes conquistadores de almas, retirar-se para lugares onde pudessem estar completamente a sós com Deus, para somente depois enfrentar os homens, quando estivessem cheios da unção.
    Mas, quando é que vamos avançar mais um passo, ao invés de apenas admirarmos homens como este, da história contada por Havenhill? Quando é que vamos realmente buscar ao Senhor de todo coração?
    É nestas horas que vemos como é grande a batalha entre a carne e o Espírito.
    Que Deus nos ajude a avançarmos da contemplação para a ação.

    Aproveito para recomendar a leitura de um artigo em meu blog:
    http://alancapriles.blogspot.com/2009/09/o-segredo-de-um-evangelista.html

    Em Cristo,
    Alan

  9. (-V-) Diz

    Alan, irmão,

    sejamos eu e você tais pessoas, e a todos quanto ouvem a voz do Senhor.

    Em Cristo,
    Vini

  10. Servo de Jesus Cristo o Rei dos Reis Diz

    Obrigado por ter postado esse vídeo irmão Vini ^^!
    Me edificou! Que o Senhor encha a sua vida sempre!
    Abração,
    SDJCRR

  11. Anonymous Diz

    Arminianismo…que tolice…reduzir o evangelho a um pertidarismo que vem se tornando mais politico que doutrinario por favor!Isso é o evangelho de Cristo, aq1uele autentico do primeiro século, de joelhos conciliados com o chão, o rosto com o pó e a mente com a palavra.Convoco a todos os ensandecidos pela loucura da Cruz que procuremos nosso buraco no ermo, infelizmente alguns se acovardam se escondendo no manto da religião.Deus abençoe a todos e que Graça e Paz vos sejam multipicadas!

  12. dell machado Diz

    Deus me presenteou com este blog. passei a orar por sua vida e a agradecer todos os dias por ter textos tão magnificos pra ler e analisar. Depois da Bíblia, este blog é “meu livro de cabeceira”!!

    Deus abenço todos!!

  13. Leandro Diz

    Se fosse assim os pentecostais e seus filhos os neopentecostais teriam as pregações mais centradas nas Escrituras. E na verdade, não é assim o que impera,o que acontece são distorções bíblicas como só é batizado no Espírito quem fala em línguas, cultos na base da emoção, teologia da prosperidade, aversão ao sofrimento e etc, sem querer generalizar as igrejas.
    O que há muito no meio evangélico são pessoas que seguem espíritos enganadores e se baseiam em interpretações equivocadas da Bíblia, inclusive a que condena o seu estudo como dizem a letra mata mas o espírito vivifica. Se dedicassem ao estudo da Bíblia, que é algo intelectual, saberiam que a letra é a lei de Moisés, que está enferma pela carne.
    O que falta hoje nas igrejas são estudantes sérios da Bíblia, e não superticiosos.
    Grandes homens de Deus foram aqueles que dedicaram tempo na interpretação da Bíblia e em oração, como Lutero, Calvino e tantos outros. Muita gente tem ensinado barbaridades sobre a Bíblia porque faz uma hemenéutica pobre da Bíblia, como o próprio Lutero lamenta, e nem busca conhecimento em Teologia. Creio que essa é a forma de Deus renovar a unção na vida de um homem, é a sua busca pela Verdade, pelo fundamento dos apóstolos e de sua prática.

    Dar o ministério da igreja a neófitos, inexperientes, não preparados, é antibíblico, como está em I TM 3.

    É por essas e outras coisas que tem tanta gente frustrada na fé. Decepcionante essa pregação.

    Se alguém quiser explorar as consequências das barbaridades nas igrejas e suas doutrinas cheia de erros e ensinamento de seitas sugiro que leia Decepcionados com a graça de Paulo Romeiro. Muito bom!!!!

    Paz.

    1. Assembleiano Diz

      Meu irmão, graça e paz.
      Não concordo com sua postura diante do que está exposto.Eu dou graças a Deus que a Igreja é constituída de doutos e indoutos, assim como foi com Pedro e Paulo. O importante não é quem prega, mas sim a relação do pregador com o objeto de sua devoção.

    2. ailton Diz

      Eu concordo em parte, mas vale lembrar q quando Jesus deu o apostolado a Pedro este ainda portava espada na bainha, lembrar que os outros 10 tambem eram traidores com judas. O que faz a diferenca e’ se alguem esta disposto a aprender com os proprios erros. Pastor velho em pulpitos de igrejas e’ o mesmo que uma serpente velha brincando com ovelhas.

  14. Afonso Correa Diz

    Graça e Paz!
    Infelizmente temos presenciados cultos sem a presença de Deus, aquilo que muitos chamam ‘a Glória de Deus’, não passa de umas gotas de sua misericórdia sendo derramada sobre os sedentos, e isso ocorre porque Deus não despreza um coração sedento pela sua presença, e pela fidelidade de suas promessas. Falando de unção, já que este é o tema em foco, temos vividos os tempos mais pobres nesse sentido, e o que vemos durante os cultos muitas vezes não passa de sentimentos a nível das emoções, algo que não traz transformação e nem gera arrependimento, nem mudança de postura diante de um Deus tão santo. Se as manifestações que nos levam a dançar e pular, e cair no chão, forem realmente em decorrência da presença de Deus e do derramar de sua unção, certamente quando despertados desses sentimentos, nós nunca mais seríamos os mesmos, voltaríamos a nossa realidade cada vez mais santos e preocupados com o coração de Deus, e com aquilo que Ele realmente espera de nós, e não com o que nós esperamos dele. Tenho visto muitos homens que estão a frente de ministérios por muitos anos, tomarem a atitude de pagar um preço através do jejum e da oração, pra que se estabeleça aquilo que está no seu coração, e acredito que são coisas realmente boas, mas seriam a vontade de Deus? Quando não vemos essas coisas se concretizando, uma coisa me vem a mente e pra mim a resposta de ‘talvez ainda não chegou o tempo de Deus’ é uma desculpa por se embrenhar num projeto que não era a prioridade para Deus. Passar mais tempo na presença de Deus e ouvir a sua voz claramente, nem que pra isso haja a necessidade de passar vinte e um dias na caverna, essa realmente me parece a saída pra que nossos púlpitos voltem a ter mais unção e que a Palavra profética venha confrontando o comodismo e despertando a igreja do Senhor Jesus prum novo tempo.

  15. Fernando Fukui Diz

    UNÇÃO ! ! !

  16. Bruno Santos Diz

    Ministerio

  17. Rogério Marcelino Diz

    Muito bo a cada dia aprendo com esse grande homem de Deus

  18. Manuel M. Sobral Diz

    que possamos seguir este exemplo.

  19. Sueli Flausino Diz

    Em poucos minutos, uma reflexão para toda vida!!!

  20. Gabriel Ribamar Diz

    Que Palavra! Que mensagem

  21. Marcia Clariano da Silva Diz

    muito maravilhoso esta mensagem!

Comentários estão fechados.