Paul Washer – O Único Deus Verdadeiro: Lição Quatro

veja o índice na introdução.


“Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus.”

– Salmo 90:2-

“Porque Eu, o Senhor, não mudo”

– Malaquias 3:6 –


 

LIÇÃO QUATRO – DEUS É ETERNO, AUTO-EXISTENTE, E IMUTÁVEL


DEUS É ETERNO

Um dos mais incríveis atributos de Deus e um dos muitos que O distingue de toda a criação, é a Sua eterna existência – Ele não teve início nem terá fim. Nunca houve um tempo em que Ele não tenha existido e nunca haverá outro em que Sua existência cessará. Ele é antes de todas as coisas e permanecerá depois de todas as coisas terem passado. A eternidade de Deus não significa simplesmente que Ele tem e irá existir por um número infinito de anos, mas também que Ele é atemporal e perene, sempre existindo e nunca mudando. Nenhuma outra pessoa ou coisa criada compartilha esse atributo com Ele. Nós somos por apenas um momento, mas Ele é para sempre. Nós fomos causados por Ele, mas Ele não foi causado por ninguém. Nós dependemos Dele para nossa própria existência, mas Ele não depende de nada. Nossa existência terrena passa como a areia na ampulheta, mas Ele sempre permanece. Ele era Deus, é Deus, e será Deus para sempre.

1. Nas Escrituras, o nome de alguém tem uma grande importância e frequentemente revela algo sobre a pessoa que o carrega. Quais são os nomes dados a Deus nos seguintes versículos, e o que eles nos ensinam acerca de Sua eternidade?

a. EU S______ O QUE S______ (Êxodo 3:14). A ideia que é comunicada nessa frase é que a existência é um atributo da própria natureza de Deus. Diferente do homem, Deus não deseja ou faz algum esforço para existir. Ele simplesmente é.

b. O E______________ Deus (Isaías 40:28). Aquele que é eterno irá durar para sempre. Aplicando isso a Deus, a palavra não somente se refere ao futuro, mas ao passado. Não apenas Ele sempre será, mas Ele sempre tem sido.

c. O A__________ de D________ (Daniel 7:9). Quando usada para se referir ao homem, a palavra ancião normalmente denota idade avançada e fraqueza da mente e do corpo. Quando usada se referindo a Deus, ela denota a grandeza, esplendor, poder, e sabedoria Daquele que era antes da própria fundação do mundo e continuará quando o mundo houver passado.

d. O A_________ e o Ô_____________ (Apocalipse 1:8). A primeira e a última letra do alfabeto grego. É uma maneira criativa de comunicar que Deus é o primeiro e o último (veja Isaías 44:6). Ele é antes de todas as coisas e continuará quando todas as coisas houverem passado.

2. Tendo considerado os nomes de Deus que falam de Sua eterna natureza, nós iremos agora considerar algumas das mais importantes declarações feitas nas Escrituras. O que os seguintes versículos nos ensinam sobre a eterna natureza de Deus e Seu relacionamento com Sua criação? Como eles demonstram Sua grandeza?

Jó 36:26

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 90:2

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 90:4

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

II Pedro 3:8

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

3. Deus é eterno, sem início ou fim. Quais são as implicações de Sua eternidade para toda a Criação, e especialmente para o povo de Deus? O que os seguintes versículos nos ensinam? Escreva seus pensamentos.

a. O Reino de Deus é eterno:

Jeremias 10:10

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 145:13

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 45:6

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

b. A Palavra de Deus é eterna:

Isaías 40:6-8; I Pedro 1:24-25

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

c. A Sua Salvação e Cuidado pelo Seu povo são eternas:

Deuteronômio 33:27

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 48:14

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 102:27-28

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Isaías 26:3-4

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Isaías 40:28-31

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Mateus 28:20

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

4. Qual deve ser a nossa resposta diante da verdade da eternidade de Deus? Qual deve ser nossa atitude e como devemos viver diante Dele? O que os seguintes versículos nos ensinam?

I Crônicas 16:36

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Daniel 4:34

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

I Timóteo 1:17

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

DEUS É AUTO-EXISTENTE

Uma das mais verdades sobre Deus que mais gera temor e humildade é que Ele é absolutamente livre de qualquer necessidade ou dependência. Sua existência, a plenitude de Sua vontade, e Sua felicidade ou beneplácito não dependem de ninguém ou de nada fora de Dele mesmo. Ele é o único ser que é verdadeiramente auto-existente, auto-sustentador, auto-suficiente, independente, e livre. Todos os outros seres derivam suas vidas e felicidade de Deus, mas tudo que é necessário para a Existência de Deus e perfeita felicidade é encontrada Nele mesmo. Deus não possui falta ou necessidade, e não é dependente de ninguém. Ensinar ou mesmo sugerir que Deus fez o homem porque Ele estava solitário ou incompleto é absurdo e até mesmo blasfemo. A Criação não é o resultado de alguma falta em Deus, mas o resultado de Sua plenitude ou do transbordar de Sua abundância. Ensinar que Deus de alguma forma precisa da nossa ajuda para fazer as coisas funcionarem corretamente no mundo é igualmente absurdo e blasfemo. Ele não criou porque tinha uma necessidade, mas porque Ele desejou fazer conhecida a superabundância de Suas perfeições, glória e bondade.

1. Nas Escrituras, um nome tem um grande significado, por isso frequentemente revela algo sobre uma pessoa ou sobre seu caráter. Qual o nome que Deus atribuiu a Si mesmo em Êxodo 3:14? O que ele nos comunica sobre Sua auto-suficiência?

a. EU S_____ O QUE S_____ (Êxodo 3:14). O nome demonstra que a Existência de Deus não foi causada, nem que ela depende de algo ou alguém fora Dele mesmo. É a natureza de Deus existir e portanto Ele simplesmente é – sem esforço. Deus não tem nenhuma necessidade que precisa ser encontrada, nenhum vazio que deve ser preenchido, e nenhum propósito que precisa da ajuda de outros. Em I Coríntios 15:10, o apóstolo Paulo declara aquilo que é verdade para todo homem, “pela de Graça de Deus eu sou o que sou.” Somente Deus é capaz de declarar, “EU SOU O QUE SOU pela virtude de minhas próprias perfeições e poder.”

2. O que os seguintes versículos nos ensinam sobre a auto-existência, auto-suficiência, ou plenitude de Deus? Com tal atributo demonstra a Grandeza de Deus?

Salmo 36:9

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

João 5:26

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Nota: A vida de Deus ou existência não é derivada de ninguém e de nada fora de Si mesmo. Ele é vida. É Sua própria natureza existir. A existência de todas as outras coisas – visíveis e invisíveis, animadas ou inanimadas, depende Dele. Somente Deus é realmente livre de necessidade ou dependência.

3. A auto-suficiência de Deus é uma declaração de Sua infinita grandeza e Sua posição exaltada acima de Sua criação. Todas as coisas dependem Dele para Sua própria existência e, no entanto Ele não depende de ninguém. Em Atos 17:22-31, nós encontramos o sermão do Apóstolo Paulo para os filósofos Epicureus e estóicos na colina de Marte. Nos versos 24-25, ele refuta a concepção idólatra fazendo três muito importantes declarações sobre o Único Deus Verdadeiro. O que estas declarações nos ensinam sobre a auto-suficiência de Deus e Seu relacionamento com Sua criação?

a. Deus não habita em santuários feitos por mãos (v. 24).

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

b. Deus não é servido por mãos humanas (v. 25).

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

c. Deus não precisa de nada (v.25).

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

4. Para concluir nosso estudo sobre a auto-suficiência de Deus, iremos considerar o Salmo 50:-8-15. O que esses versículos nos ensinam sobre a auto-suficiência de Deus e nosso relacionamento com Ele? Deus precisa de algo que venha de nós? O que Deus deseja de Seu povo?

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

DEUS É IMUTÁVEL

A palavra imutável vem do Latin immutabilis [in ou im, não + mutabilis, mutável ou alteração]. Outras palavras como inalterável, constante, e fiel são também proveitosos para a compreensão desse atributo divino. A imutabilidade de Deus significa que Ele nunca muda em Seus atributos ou conselhos. Deus não cresce, evolui, ou desenvolve porque Ele já é perfeito. Ele não pode reduzir, deteriorar, ou regredir porque sendo assim Ele não seria mais Deus. O que Deus é, Ele sempre tem sido, e sempre será. Ele não muda Sua mente, ou sobrepõe um decreto sobre o outro. Ele não faz uma promessa e depois muda Seu voto. Ele não ameaça e depois deixa de cumprir. Isso é especialmente confortante, já que a possibilidade do Deus Todo-Poderoso repentinamente se tornar mal ou de súbito mudar Sua mente é completamente terrível. A imutabilidade de Deus é um dos mais importantes atributos porque Ele nos garante que Ele e Sua Palavra serão os mesmos ontem, hoje e para sempre. Ele é o único constante no Universo, o único Ser Digno de absoluta confiança.

1. Nas Escrituras, um nome tem um grande significado, normalmente revelando algo sobre a pessoa que o carrega. Quais são os nome dados a Deus nos seguintes versículos e o que Ele nos ensinam sobre Sua imutabilidade?

a. EU S____ O QUE S____ (Êxodo 3:14). O nome é derivado do verbo hebraico hayah, que significa Ser ou Existir. Aponta não somente para a eterna natureza de Deus e auto-existência, mas também para Sua imutabilidade. Ele não apenas sempre é, mas sempre é o mesmo.

b. A R__________ (Deuteronômio 32:4). Esse nome precisa de um pequeno esclarecimento. Dentro da criação há poucas coisas mais permanentes ou imutáveis do que as pedra e rochas, e as montanhas que elas formam. É um conforto saber que até mesmo essa metáfora é inadequada. Quando todas as rochas dessa terra virarem pó, Deus permanecerá inalterado.

2. Tendo considerado os nome de Deus que falam sobre Sua imutabilidade, nós agora nos voltaremos para algumas das mais importantes declarações feitas nas Escrituras. O que elas nos ensinam acerca da natureza inalterável de Deus e Seu relacionamento com Sua criação? Como eles demonstram Sua grandeza?

Salmo 102:25-27

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Malaquias 3:6

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Hebreus 13:8

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Tiago 1:17

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

3. Tendo considerado os muitos versículos que falam sobre a imutabilidade da natureza de Deus, agora iremos considerar aquelas passagens que falam especificamente sobre a imutabilidade de Sua Palavra e Conselho. O que os seguintes versículos nos ensinam sobre a natureza imutável deles? O que eles nos ensinam acerca do relacionamento de Deus com Sua criação – especialmente com o homem?

I Samuel 15:29

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Números 23:19

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Salmo 33:11

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Nota: Em I Samuel 15:29, as Escrituras declaram que Deus “não é homem, para que se arrependa”. Por essa passagem e por outras, está claro que a imutabilidade de Deus se estende até mesmo ao Seu conselho e vontade. Ele é perfeito em sabedoria e portanto não erra no que Ele decreta; Ele é Todo-Poderoso e conseqüentemente é capaz de fazer tudo o que Ele decidiu. Mas como nós reconciliamos esse ensinamento com outros versículos quem parecem ensinar o contrário? Em Gênesis 6:6, Deus “se arrependeu de ter feito o homem.” Em Êxodo 32:9-14, o Senhor “se arrependeu” a respeito de destruir a nação desobediente de Israel. Finalmente, em Jonas 3:10, Deus ”se abrandou” concernente à calamidade que Ele tinha declarado que traria à cidade de Nínive. As Escrituras se contradizem? Deus de fato muda Sua decisão? A resposta não é tão complexa ou misteriosa como alguns podem pensar.

As Escrituras claramente ensinam que as perfeições de Deus, propósitos, e as promessas são sempre as mesmas. Mas isso não significa que Seu relacionamento e disposição ante Sua “sempre inconstante” criação, não possa variar. Gênesis 6:6 simplesmente se refere à Santa resposta de Deus ao pecado do homem e Sua determinação de apagar o homem da face da terra – v.7 (o mesmo em I Samuel 15:11,26). Em Êxodo 32:9-14, Deus “se arrependeu” em relação à destruição de Israel como uma resposta graciosa à oração de Moisés (uma oração que Deus conduziu e capacitou poderosamente Moisés para fazê-la). Em Jonas 3:4-10, Deus simplesmente “se abrandou” em relação à destruição de Nínive quando Nínive “comoveu-se” com seu pecado. Essas passagens são lembretes para nós que a imutabilidade de Deus não significa imobilidade. Ele não muda, mas Ele não é estático, apático, e não-envolvido com Sua criação. Ele é dinâmico e interage com Sua Criação. Ele sempre é o mesmo, mas Seu relacionamento e comportamento com homens mutáveis irão variar de acordo com a resposta deles à Ele (Jeremias 18:7-10; Ezequiel 18:21-24). Isso não é uma contradição à Sua imutabilidade, mas é a prova dela. Ele sempre irá responder às ações humanas de uma maneira consistente com Seus inalteráveis atributos.

4. É importante entender que a imutabilidade de Deus não somente depende de Sua perfeição, mas também de Seu poder. Deus não seria imutável se existisse algum ser ou poder maior que Ele mesmo que poderia O reprimir ou manipular. O que os seguintes versículos nos ensinam sobre a soberania e poder de Deus? Existe algum ser ou coisa criada que pode “mudar” Deus?

Isaías 14:24

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Isaías 46:9-10

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Daniel 4:34-35

________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

Copyright © 2004- Por: Paul David Washer, Sociedade Missionária HeartCry. Website: heartcrymissionary.com
Publicado por: Granted Ministries Press, uma divisão de Granted Ministries.
Tradução: Voltemos ao Evangelho.
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que adicione as informações supracitadas, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.