um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

A pregação do “fogo do inferno” é eficaz?

A pregação da realidade do inferno, sem que usemos a Lei para levar as pessoas ao conhecimento do pecado, pode provocar um estrago muito grande na causa da evangelização. O ímpio não consegue aceitar a ideia de um Deus de amor que poderia enviar alguém para ser castigado no inferno, pois acha-se enganado pelo conceito de que os padrões de justiça de Deus são os mesos dele. Paulo “debateu” com Félix a respeito “da justiça, do domínio próprio e do juízo vindouro” (At 24.25). Esta é a justiça que ‘em da Lei e o julgamento previsto pela Lei. Félix “teve medo” porque de repente entendeu que sua desobediência tornou-o um pecador aos olhos do Deus Santo, e a realidade da punição no inferno subitamente se mostrou algo lógico para ele. Neste caso, a Lei foi utilizada para levar o pecador ao conhecimento do pecado.

Agora, imagine se a polícia batesse a sua porta, levasse você preso e lhe dissesse aos gritos: “Você vai ficar ‘no xadrez’ por uma longa temporada”. Tal atitude dos policiais certamente o deixaria transtornado e revoltado. Os policiais teriam feito algo totalmente descabido.

Entretanto, imagine então que a lei bata à sua porta e lhe informe detalhadamente o motivo pelo qual você está em apuros. “Descobrimos que você tem dez mil pés de maconha em seu terreno, por isso você está sendo detido e vai pagar pelo crime por um bom tempo”. Desta vez, pelo menos você entendeu a razão de sua detenção. O conhecimento da Lei que transgredimos faz exatamente isso, ele torna o julgamento, ou juízos, algo inteiramente lógico e razoável. A proclamação apenas do fogo do Inferno, ou seja, sem o uso da Lei para mostrar ao pecador o motivo da ira de Deus contra ele, somente o deixará transtornado e revoltado –  e com razão. Afinal, ele não compreenderá o porquê da punição e aplicará sua lógica pessoal para entender o problema.

Retirado da Bíblia “Evangelismo em Ação”, organizada por Ray Comfort e publicada pela Editora Vida.

Atenção:

1) Se você entendeu que não se deve falar do inferno, você entendeu errado. A postagem é sobre aqueles que só falam do inferno, sem dar o motivo das pessoas irem para lá.

2) Se você entendeu que só se deve falar da Lei, você entendeu errado. Pregar somente a Lei também não é pregar o Evangelho. A Lei é o aio que nos leva a Cristo e o instrumento pelo qual vem o conhecimento de nossa pecaminosidade. Quando uma pessoa está profundamente consciente de seu pecado fale, então, das Boas Novas!

28 Comentários
  1. Ray Henrique Diz

    Bom texto, tenho feito aquele curso de Evangelismo que Ray Comfort elaborou e foi traduzido no site: http://www.evangelismobiblico.com

    Estão tão tenso os comentários da galera, qua agora no final da postagem tem que ajudar a interpretação do texto, pelo menos assim gere menos “discussão boba”. (risos)

    Atenção:

    1) Se você entendeu que não se deve falar do inferno, você entendeu errado. A postagem é sobre aqueles que só falam do inferno, sem dar o motivo das pessoas irem para lá.

    2) Se você entendeu que só se deve falar da Lei, você entendeu errado. Pregar somente a Lei também não é pregar o Evangelho. A Lei é o aio que nos leva a Cristo e o instrumento pelo qual vem o conhecimento de nossa pecaminosidade. Quando uma pessoa está profundamente consciente de seu pecado fale, então, das Boas Novas!

    Graça e Paz!

    1. Pr. José Galvão Diz

      Ray, seu comentário é perfeito e esclarece quaisquer dúvidas. Parabéns!!

  2. Pr. José Galvão Diz

    É verdade . . . Gostei do que li e aprendi !
    Pois sem o conhecimento da lei não saberíamos o que é o pecado.
    A lei veio para que pudessemos saber que somos um poço de pecados.
    Jesus cumpriu toda a lei, inclusive se tornando o nosso substituto na cruz.
    Os nossos pecados não ficaram sem punição.
    Ao ser batizado por João, Jesus levou todos os nossos pecados e depois foi pagar o preço na cruz.
    Saiba mais – http://www.nlmbrasil.com (livros grátis entregues em sua casa)

    1. Ev. Gleison Elias Diz

      Querido Pr. José Galvão, a Paz do Senhor,

      Quero aproveitar a oportunidade para alertar os irmãos sobre os livros do coreano Paul C. Jong, recebidos gratuitamente através do site http://www.nlmbrasil.com (indicado pelo senhor acima).
      Todos os livros de Paul C. Jong contem heresias disseminadas de forma sutil. Eu pessoalmente tenho dois em minha casa e não recomendo para leitores neófitos.
      Para se ter uma idéia, o livro de sua primeira série intitulado “Você Verdadeiramente Nasceu de Novo da Água e do Espírito?” ensina diversas heresias, algumas das quais podem ser verificadas em uma postagem no Blog do pastor Raimundo Campos a seguir: http://palavrasquedaovida.blogspot.com/2009/10/heresia-nos-ensinos-de-paul-c-jong.html

      Abraços!

  3. Pablo Guilherme Diz

    É muito importante entendermos isto, pois se não tivermos uma compreensão clara de todo o conselho de Deus, não teremos como pregar de forma eficaz; é necessário apresentarmos ao pecador a necessidade que ele tem de uma expiação, de uma salvador, enquanto os pecadores não tiverem conhecimeto de sua depravação, eles nunca serão salvos. Que o Senhor Deus nos ensine como pregar sua palavra de tal forma a traser pecadores ao arrependimento, pela operação miraculosa do bendito Espírito Santo. Amém!

  4. Walter Kano Diz

    É verdade. As pessoas não querem ouvir que são más e perversas e que o final de suas vidas é a condenação eterna. Esta correto falar do inferno, até porque o Espirito Santo Também nos convence do Juizo, mas não antes de nos convencer do Pecado e da Justiça devida. Falar do inferno é eficaz, após demonstrar aos homens que quem mata merece justamente ir pra cadeia. Dizer a eles que podem ser livrs dessa cadeia eterna por confiarem na obra de Cristo os fará amá-lo com todas as forças…

    Creio e ago assim em minhas ministrações!

    Que deus abençoe!

    @walterkano

  5. Maxwel Domingues Diz

    A consequência da transgressão da lei de Deus torna a pregação do fogo do inferno não só eficaz, como necessária. Em toda a história da Igreja ouve-se que a exposição desta realidade sobre a base da justiça de um Deus que pune o pecador impenitente mostrou-se totalmente compatível com a oferta de refúgio unicamente na salvação por Ele oferecida. Em dias de tão ampla comodidade com um mundo onde grassa o pecado em todas as suas formas, esta reflexão é mais que oportuna.

  6. francisco barbosa Diz

    Uma vez, um homem me respondeu o seguinte: …acho que vou para o céu, nè? A não ser que o Diabo dê jeito… , olha só que entendimento ! Nessa hora temos o dever de ensinar a pessoa nessa condição.

  7. Lissa Diz

    Pessoal do VE, gostaria da opinião de vocês sobre essa Bíblia “Evangelismo em Ação”. É confiável? Estava pensando em adquirir uma…

    1. Vini Diz

      Eu gosto bastante. Mas, como em praticamente todo livro, não concordo com tudo, tudo.

    2. Airton Cláudio Diz

      Recomendo a bíblia de Estudo MacArthur. É uma excelente bíblia.

    3. Mateus Diz

      Biblia de estudo de Genebra é muito boa também. Se estiver pensando em comprar uma, eu recomendo esta.

  8. Fran Diz

    Vero, muito bom o esclarecimento!!…Falar do céu sem a lei tbém é pouco eficaz.

  9. cesar Diz

    A Graça e a Paz do Senhor Jesus, o Cristo, em quem, para quem e por quem são todas as coisas!

    O texto nos exorta a falar do plano de Deus para a salvação do Homem, do amor manifestado por Jesus na cruz do calvário.

    Realmente, o ímpio crê que, sendo Deus amor, ele é incapaz de condenar alguém ao fogo do inferno. Isso porque desconhece o plano de Deus para a salvação do Homem, e o que motivou Deus a isso.

    Nesse feriado de carnaval, cheguei a ouvir que Deus é amor, e por isso ele é incapaz de lançar no inferno aqueles que criou, ou de condenar o que as pessoas fazem, inclusive nas festas de carnaval. Misericórdia!

    Em Cristo!

  10. Pr. Wanderson Diz

    O Evangelho é a boa notícia. O Inferno é a má notícia. Pregar a boa notícia implica em mostrar a salvação do inferno. Não sou a favor da pregação que explora o medo, mas o pecador que rejeita a graça e a misericórdia de Deus precisa conhecer as consequências da sua desobediência.

    Em Cristo. Pr. Wanderson

  11. MARIA ISABEL C,MORAES Diz

    Estou de pleno acordo com as verdades acima declaradas ,sem ter conhecimento da lei (pecado ) e ter certeza de que é pecador ,a pessoa jamais vai entender a justiça de DEUS ,nem a entrega de JESUS como nosso ÚNICO e VERDADEIRO SALVADOR.
    PARABÉNS FOI BEM EXPLICADO .

  12. pedroka Diz

    Pregar só do inferno ou fazer uma dotrina deste nao está bem! Pregamos do inferno… porem tambem da misericordia de Deus para com nós. Temos a oportunidade de obedecer a Deus para que Ele nos libre do inferno!
    Estamos nos tempos da Graca.
    O sacrificio de Jesus é a nossa Salvacao do Inferno. Jesus falou muitas vezes do inferno, mais tambem falou do amor de Deus para conosco.
    A Paz do Senhor pra vcs.

  13. Ev. Gleison Elias Diz

    Alerta!

    A não ser que você seja maduro o suficiente e conhecedor da Santa Palavra de Deus, não é recomendável que ninguém adquira os livros do coreano Paul C. Jong oferecidos pela Missão Nova Vida de forma gratuita através do site http://www.nlmbrasil.com Eles contem heresias disseminadas de forma sutil.

    Para quem já possui o livro da primeira série de Paul C. Jong intitulado “Você Verdadeiramente Nasceu de Novo da Água e do Espírito?” e quer verificar o que estou falando, pode conhecer algumas heresias destacadas deste livro em uma postagem no Blog do pastor Raimundo Campos a seguir: http://palavrasquedaovida.blogspot.com/2009/10/heresia-nos-ensinos-de-paul-c-jong.html

    Abraços!

    1. Wagner Diz

      gostaria de saber de algum livro que fale sobre o amor de Deus, e tambem alguem que me indique um artigo ou um autor que fale sobre hebreus 6, aquela questão dos iluminados, e quando pedro fala da porca que voltou ao chiqueiro, como esses versiculos são explicados a luz da fé reformada?

    2. Airton Cláudio Diz

      Já conversamos sobre isso Wagner! (:

    3. Vini Diz

      Wagner,

      Quanto a Hebreus 6 temos duas postagens. A argumentação do A.W. Pink é muito boa.
      http://voltemosaoevangelho.com/blog/2010/01/pve-qual-o-entendimento-de-voces-sobre-o-texto-de-hebreus-64-6-1/
      http://voltemosaoevangelho.com/blog/2010/02/pve-qual-o-entendimento-de-voces-sobre-o-texto-de-hebreus-64-6-2/

      Quanto ao amor de Deus recomendo o livro do Carson “A difícil doutrina do amor de Deus”.

  14. ricardo de oliveira santos Diz

    não sou teologo e não tenho conhecimento taõ aprofundado da biblia,vcs se lenbram de uma expressão popular que as pessoas diziam “cão dos inferno ” vcs se lembram disso,quando estava estudando filosofia no 1 grau o professor nos fez estudar mitologia grega e depois que comecei estudar a biblia me perguntei sera que existe esta expressão no hebraico ou ela vem do grego foi exatamente isso que CRISTO disse em apocalipse diz que as pessoas serão destruidas num lago de fogo e enjofre não é,porque DEUS as mandaria para um inferno para deois destruilas não parece sem sentido,eu acredito que como esta escrito na biblia sera como sodoma e gomorra que ficaram como exemplo de destruisão gostaria que me res pondessem por email

    yechua eu não sei bem se é assim que se escreve mas gostaria de perguntar existe esplicação linguistica de tradução desse nome em hebraico para jesus ou estamos chamando o CRISTO,O MESSIAS pelo nome errado?

    que a paz de CRISTO superabunde em todos nos amém

    1. ricardo de oliveira santos Diz

      quanto ao inferno eu creio que não deve ser pregado,pois as pessoas não devem amar a DEUS por medo de ir para o inferno e sim devem ter medo de ficarem fora do céu, longe do amor de DEUS,longe da sua gloria, isso sim deveria provocar em nos e no mundo terrivel pavor,se as pessoas tiverem medo do castigo do inferno elas obedecerão a DEUS,não por amor mas por medo de sofre as conseguencias desse sofrimento,serão como o jovem rico que obedecia,mas não porque amava a DEUS,mas porque queria ficar mais rico indo para um céu de ouro, é que eu sinto ao ler a palavra de DEUS,vejo o jovem rico muitas vezes nas igrejas pessoas tentando fazer tudo certo e isso é bom,mas não porque DEUS merece que seja adorado assim,elas fazem isso porque precisam provar para elas mesmas,para a igreja e para DEUS que são merecedoras do céu,e não porque simplesmente O amam,porque ELE é DEUS entende,a grande prova que não O amamos de fato é que quando ELE nos pede se entregue nos dissemos não eu tenho medo,porque eu ricardo sei que o SENHOR age de maneiras que eu não entendo essa é uma das maiores provas que não O amamos de fato e de verdade vamo refletir nisso

      A DO CRIADOR ESTEJA EM VOS DEDUS SEJA LOUVADO

      QUE A PAZ DE CRISTO ESTEJA EM TODOS NOS

    2. José Mauricio Avilla Carvalho Diz

      Concordo, Ricardo.

      Pregar o “inferno” e a Majestade de viver ao lado de Deus e esperar que o amem, é tão inútil quanto esperar amor de alguém que se casa por dinheiro ou de pessoas sequestradas por um comunista que quer defender seu ideal. No livro “Decepcionado com Deus”, Philipp Yancey coloca isso de uma forma bem interessante. Ele trata sobre os comunistas que tem imenso poder sobre as pessoas sequestradas, a ponto de fazerem mães se alimentarem dos próprios filhos, mas esse poder não tem o alcance de conquistar o amor de qualquer um que seja, aliás, poder nenhum tem esse alcance. Se for amor não é por obrigação ou poder, é por uma troca de satisfações, onde o próximo é o alvo e não nós mesmos.

      E, realmente, a Igreja de hoje está se afastando cada vez mais de amar e conhecer a Deus. A religião e o romanismo tem se infiltrado na mente das pessoas, e por isso eu defendo a frase de Karl Marx, quando ele disse que “A religião é o ópio da sociedade”. A religião hoje é facilmente notada: Teologia da prosperidade, campanhas de cura, objetos consagrados com poderes sobrenaturais… As pessoas fecharam -se neste mundo e esqueceram que desde o início da criação do homem, Deus prezou, e preza, o relacionamento. Quando Deus andava com Adão no jardim, eles conversavam, Deus o ensinava, Adão contava sobre seu dia, Deus não ficava demonstrando seus infinitos poderes para Adão, pois Deus não estava interessado em encantar Adão, mas sim em amá-lo e ser amado por Ele.

      Baruk Ha’Shem Adonai. (Bendito seja O NOME de Adonai).
      Shalom.

    3. José Mauricio Avilla Carvalho Diz

      Caro amigo Ricardo, aprendi muito com meu pastor atual sobre o hebraico, traduções da bíblia, transliterações e etc., e em resposta a sua pergunta:

      O nome é Yeshua. Vem de uma raíz do hebraico que significa salvar, remir. E Ha’Mashich (O Messias) significa ungido, escolhido, e neste ponto de vista todos que seguem o caminho de Adonai (Deus), mantendo-se em um relacionamento constante com Ele, são Mashiach. O nome Mashiach após o nome de Jesus (Yeshua), significa “O escolhido para salvar”, mais ou menos assim. E sobre porque hoje chamamos Cristo de Jesus, temos que quando Yeshua foi traduzido para o grego se tornou “Iesus”, no inglês, mais tarde, se tornou “Gsas” (transliterado no português é mais ou menos isso) e quando veio para o português virou Jesus.

      Shalom Adonai.

  15. Rogerio_vasconcelos Diz

    a palavra de Deus e reta e uma espada de dois gumes que significa amor e juizo, nao tem para onde correr, ou voce serve a Deus vivo, criador do ceu e da terra ou voce serve ao mundo onde jaz no maligno. so existe duas portas a estreita, Jesus Cristo e a porta larga, o mundo, o diabo. A palavra de Deus diz quem ama o mundo, o amor de Deus nao esta la, ninguem vai ao Pai se nao for pelo Filho, entao descupem querido mas segundo a santa e  poderosa palavra de Deus aqueles que recusarem em confessar o nome de  Jesus Cristo como Unico e Suficiente Salvador de suas vidas vao para o lago de fogo e enxofre, onde havera ranger de dentes enternamente. Acredite na palavra de Deus, quem tem ouvidos ouça o que o espirito diz as igrejas. Amem!

  16. Welton Silva Diz

    Você não ira ao médico (Jesus Cristo) enquanto não sentir(consciência) a dor do seu câncer (Pecado).
    O alto e suficiente Evangelho de Cristo, a Verdade (Bíblia) é a Dor que os homens precisam,para os levarem ao Bom médico.
    A Paz a Todos. =)

  17. SE DEUS FEZ JUSTIÇA PELO SANGUE DE ABEL, IMAGINA A JUSTIÇA QUE ELE FAZ PRO BEM , OU PRO MAL, DAQUELES QUE ACEITÃO , OU NÃO ACEITÃO , O SANGUE DE JESUS……….TREMENDO!!!!!!!!!!!!DURA COISA É CAIR NAS MÃOS DO DEUS VIVO E PODEROSO!!!

Comentários estão fechados.