um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Leonardo Sahium – A Misericórdia de Deus para um Mundo em Desequilíbrio #Fiel2012

Leonardo Sahium, expondo Amós 9:11-15, mostrou como a sociedade contemporânea do profeta estava em decadência espiritual e moral (assim como a nossa) e que a resposta de Deus foi uma mensagem de juízo e misericórdia. Deus promete, através do profeta, misericordiosamente restaurar esse povo rebelde e torná-los produtivos. Da mesma forma, nós, que fomos alcançados pela misericórdia de Deus em Cristo Jesus, devemos ser frutíferos e proclamar essa boa nova de misericórdia, pois somente ela pode transformar esta sociedade desequilibrada em que vivemos.

Índice das Pregações Ouça e baixe o áudio da mensagem  Adquira o DVD

Resumo

“Que o mensageiro seja completamente esquecido e a mensagem eternamente lembrada.” (Leonardo Sahium)

Um Mundo em Desequilíbrio

Amós vivia em uma sociedade em desequilíbrio, que estava no meio de um terremoto espiritual e moral. Deus, então, levanta este pastor de ovelha, para anunciar uma mensagem de juízo e de misericórdia. Deus, através do profeta, apresenta o diagnóstico:

  • A família vivia em desacordo e não possuía valores morais (Am 2:7; 3:3)
  • A espiritualidade da sociedade estava corrompida. O povo de Deus que deveria ser luz para as nações acabou sendo influenciado por elas (Am 3:4-7). Caíram em sincretismo religioso e idolatria e levantaram para si um sacerdote idólatra e interesseiro (Am 7:10-12). Por isso, Deus, rejeitou o culto daquele povo (Am 3:14; 5:21).
  • A justiça havia sido corrompida, ao ponto dos juízes aceitarem suborno (Am 2:6) e não haver retidão entre o povo (Am 3:10), mas sim tumulto e opressão (Am 3:9). Deus, também, promete derrubar a idolatria financeira daquele povo (Am 3:15).

Será que há alguma semelhança com a nossa nação? Haveria alguma esperança no meio desse terremoto espiritual?

A misericórdia de Deus

Naquele dia, levantarei o tabernáculo caído de Davi, repararei as suas brechas; e, levantando-o das suas ruínas, restaurá-lo-ei como fora nos dias da antiguidade; para que possuam o restante de Edom e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o SENHOR, que faz estas coisas. Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que o que lavra segue logo ao que ceifa, e o que pisa as uvas, ao que lança a semente; os montes destilarão mosto, e todos os outeiros se derreterão. Mudarei a sorte do meu povo de Israel; reedificarão as cidades assoladas e nelas habitarão, plantarão vinhas e beberão o seu vinho, farão pomares e lhes comerão o fruto. Plantá-los-ei na sua terra, e, dessa terra que lhes dei, já não serão arrancados, diz o SENHOR, teu Deus. (Amós 9:11-15)

Deus traz uma mensagem de esperança através de Amós: Ele iria trazer restauração. Diante da decadência da sociedade, Deus traz uma mensagem de esperança que não está baseada nos homens, em suas obras ou em sua espiritualidade, mas na misericórdia divina que afirma: “eu vou levantar”, “eu vou reparar”, “eu vou mudar a sorte”, “eu vou plantar”.

Este é um alicerce da nossa fé: a misericórdia de Deus.

  • Somos salvos pela misericórdia de Deus: “Mas, Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, — pela graça sois salvos” (Ef 2:4-5).
  • Reconhecemos a Cristo pela graça: E aconteceu que, quando estavam à mesa, tomando ele o pão, abençoou-o e, tendo-o partido, lhes deu; então, se lhes abriram os olhos, e o reconheceram; (Lc 24:31).

Depois da misericórdia específica “naquele dia”, a ação da misericórdia de Deus traria “dias” produtivos (repare a diferença entre o singular e o plural de “dias” no texto). Deus diz através de Amós, que o povo plantaria e colheria sem parar. Igualmente, se formos alcançados pela misericórdia de Deus, seremos produtivos, mesmo em meio aos desequilíbrios do mundo.

Além disso, o Senhor declara que é Ele quem muda a sorte do seu povo. Ele planta Seu povo e ninguém poderá arrancar o que Ele plantou (Amós 9:15) –  assim como ninguém pode nos arrancar das mãos de Cristo e do Pai (Jo 10:28,29).

Diante desse trabalho produtivo, precisamos nos conscientizar que a parte do nosso trabalho é de cooperadores de Deus (2 Co 6:1,2). Podemos plantar ou regar, mas quem traz o crescimento é Deus (1 Co 3:7) e dele é a glória.

Veja essa mensagem em Amós e entenda: o que está faltando em nossa sociedade são profetas como Amós – pessoas que não frequentam palácios, que não se autointitulam, mas que possuem um alicerce de fé muito claro: eu sou alguém que Deus alcançou com sua misericórdia, e é por isso que posso olhar para a falência deste mundo em desencanto e levar a mensagem da graça e da misericórdia de Deus!

Nossa sociedade precisa da proclamação da misericórdia divina! Deus está o chamando para ser produtivo. Coloque-se diante de Deus, reconhecendo a misericórdia que você recebeu e faça um pacto de produtividade e de trabalho! Almeje não chegar diante do seu Senhor de mãos vazias, mas cheias de frutos, para que você possa ouvir: “muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.” (Mt 5:20,21)

Parênteses interessantes na mensagem:

  • Em um debate com ateus, não precisamos voltar à criação para falar sobre a existência de Deus. Basta lembrarmos que Deus já viveu entre nós, morreu em uma cruz e ressuscitou ao terceiro dia, sendo visto por mais de quinhentas testemunhas.
  • “Quem crê num Jesus errado embarca numa salvação errada e desembarca num céu errado”

Por: Leornardo Sahium. Editora Fiel 2006 – 2012 © Todos os direitos reservados.

Resumo por: Voltemos ao Evangelho ©. Website: www.voltemosaoevangelho.com

Permissões do Resumo: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e seu ministério, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

5 Comentários
  1. Úrsula Gama Diz

    Pr. Leonardo, vou contar pro meu pai (seu prof. Paulo Maia Brasil) q vc desdenhou nossa megalópole Anápolis…rsrs. Brincadeira, me sinto honrada por um anapolino fiel a Deus como vc. A carência por profetas como Amós é real e URGENTE! Que a MISERICÓRDIA de Deus que nos alcançou nos mova! Deus o abençoe!

  2. Lê Mara Diz

    Precisamos urgentemente de (muitas) mensagens como essa.
    O povo perece por falta de conhecimento.

  3. Govs Diz

    Há exatamente 2 dias Deus me trouxe a mensagem de Amós para meditação enquanto orava durante a madrugada. Estava orando por Sua obra, pois recebi um comissionamento para liderar o evangelismo na denominação Evangélica onde congrego, e desde então venho buscando direção em Deus em oração.
    Ele me trouxe exatamente o cenário de Amós, e no mesmo dia compartilhei com meu pastor e pedi que meditasse também. Deus então me fez descobrir esta Conferência e me deu a oportunidade de ouvir ontem o Pr Leonardo explanando sobre a mensagem do profeta Amós, pude receber com muita alegria em meu espírito a conclamação do Senhor para a Proclamação da Sua Misericórdia e a prontidão debaixo de seu envio como cooperadora de Deus a ser produtiva, a confiar e encher-me da esperança de que Ele dará o crescimento, em meio às dificuldades e a acomodação em nossos dias, onde se é tão difícil formar um grupo para o Evangelismo, Deus através desta mensagem trouxe alegria e esperança ao meu coração de grande restauração e prosperidade espiritual. Embora sabendo quão pequena e inexperiente sou, eu respondi sim ao chamado do Senhor, pois tenho profundo amor e compaixão pelas pessoas que ainda não receberam a mensagem do amor e misericórdia de Deus!
    Agradeço a Deus por esta Conferência, estou sendo ricamente abençoada e edificada na Palavra de Deus.
    Deus em Cristo vos abençoe! Muito Obrigada!

  4. Mandy Cali Diz

    Poxa que mensagem fantástica!!!
    Que pena não poder estar ai com vocês.
    Mas que bom que o VE está postando o resumo das mensagens!!
    Obrigado Vini.
    Abraços,
    Amanda

  5. Victor Santiago Diz

    muito boa mensagem..

Comentários estão fechados.