Rapaz, com quem você vai casar é importante! (William VanDoodewaard)

Com que você vai se casar é importante:

Moças Rapazes

Assim como uma mulher deve pensar cuidadosamente sobre um marido em potencial, você deve ser cuidadoso sobre uma esposa em potencial. Avaliar com atenção várias áreas te salvará de uma vida de frustração. Agora, você pode achar que ela é linda, divertida ou agradável para você. Isto não é o bastante. Uma gravidez pode alterar uma aparência, responsabilidades do lar podem revelar preguiça, e uma discordância sobre dinheiro pode fazê-la ficar contra você. A igreja na América do Norte tem muitos homens que são prejudicados em suas habilidades e sucessos porque estão distraídos por um rosto bonito que agora parece trazer mais problemas do que felicidade.

Uma garota não imagina o quão impactante um marido será sobre sua vida a menos que uma mulher mais velha seja franca com ela. Assim, você não pode imaginar como essa garota atraente impactará sua vida, a menos que alguém seja franco com você. Casamento irá impactar quase todas áreas de sua vida. Preparado?

1. Ela vai impactar sua vida espiritual – Se a garota não é crente, deixe ela agora. Você não tem o direito de se unir com alguém que não é crente, e tem uma responsabilidade de obedecer as orientações claras e boas sobre isso (2 Coríntios 6.14). Namoro é para casamento e não para evangelismo. Alguns caras acham que é cruel ou injusto terminar com uma garota só porque ela não é cristã. A realidade da perspectiva de Deus em primeiro lugar é que será cruel e injusto começar um relacionamento errado com ela. Então, você vai ser falsamente “legal”, ou vai ser franco com ela por ser obediente ao seu Deus? Seja honesto com ela que você falhou em andar nos caminhos de Deus, falhou em mostrar que o evangelho e a nova vida em comunhão com Cristo é fundamental para o casamento cristão e, portanto, para um namoro. Peça às mulheres piedosas da igreja que façam amizade com ela e ministrem a Palavra de Deus em sua alma. E o que você deve fazer? Ore. Mantenha seus braços longe dela. Sem encontros. Se afaste sem nenhuma promessa futura, até que outros cristãos maduros estejam convencidos de que ela está verdadeiramente transformada e não apenas professar uma fé por querer ter um relacionamento com você.

Se ela é crente, ela irá crescer ou estagnar? Ela ama a Deus e tem comunhão com ele ou com ela própria? Ela é ansiosa por aprender de sua Palavra ou é mais animada com compras e amigas? Ela é fiel à graça de Deus e à você agora ou ela é promíscua com seu corpo e emoções para outros homens? Ela irá encorajar e apoiar suas iniciativas na liderança do culto familiar ou ela irá impedir isso? Ela é do tipo que vai estar pronta, e deixar as crianças prontas, para o culto no domingo de manhã ou você terá que lutar para conseguir todos no carro na hora certa? Poucos de nós homens somos capazes de alimentar uma criança, vesti-la e afivelá-la  dentro do carro, sentada por parte da manhã sem ajuda, embora Deus possa conceder graça em circunstâncias excepcionais. Só porque você é o homem, só porque você é o líder do relacionamento não significa que você será capaz de colocá-la no caminho da santificação. Ela poderá ser tanto um empecilho para sua santidade ou um catalisador, um doce estímulo para seu desenvolvimento pessoal e espiritual. E isso também será verdade para qualquer futuro filho.

Pense bem. Ore. Peça conselho de homens sábios com grandes casamentos.

2. Ela vai impactar seu serviço na igreja – A garota em quem você está pensando fica animada com o seu envolvimento na igreja local? Ela vai te encorajar a servir a congregação com seus dons ou, ao invés disso, vai reclamar que você não está ajudando com as roupas na lavanderia? Ela vai te deixar livre para construir o corpo de Cristo de todas as formas que você puder ou ela irá fazer disto a última prioridade? Ela será como uma Priscila (Atos 18) ou como uma Mical (2 Samuel 6.16-20)? Se você acha que isso será um problema, procure outra companheira. Você irá ter que responder à Deus por ter casado com uma mulher que te impede de servir à Cristo em sua igreja.

É especialmente importante pensar sobre isso se você considera qualquer tipo de ministério formal. Muitos pastores são prejudicados em seus trabalhos por causa de esposas que se aproveitam do horário de trabalho flexível e da sua vontade de ajudar, que é a característica de muitos homens voltados ao ministério. Essas esposas aleijam a igreja. Seus maridos estão fazendo a rotina de lavanderia ao invés de visitação hospitalar, cuidado habitual dos filhos ao invés de preparação para o sermão e paparicando suas esposas ao invés de pastorear almas. Eu analiso várias recomendações de candidatos para estudarem nos seminários. Cada vez mais, boas igrejas percebem que, não apenas o estudante, mas também sua esposa precisa ser avaliada no seu papel como esposa e mãe. É normal que homens fiéis brilhem com uma amorosa, constante, sábia e apoiadora esposa. Embora sua esposa não te qualifique para o ministério pastoral, ela certamente pode te desqualificar.

Vá com cuidado.

3. Ela vai impactar sua reputação – Você sabe o que sua namorada fala de você para suas amigas? Para a  mãe dela? Para o mundo do facebook e twitter? Certa vez, minha esposa foi visitar uma mulher que repetidamente menosprezava seu marido, não como um homem mal ou como um pai ruim, mas como um pateta. Falar dessa maneira se tornou um hábito para ela, e isso fez com que as pessoas desrespeitassem seu marido. Enquanto é sua responsabilidade se comportar de uma forma respeitável, também é responsabilidade de sua esposa falar de você de uma forma que preserve e construa sua reputação ao invés de revelar suas falhas e deficiências ao mundo. A mulher de Provérbios 31 se comporta e fala de uma forma que permitirá que seu marido confie nela plenamente (v. 11). Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida (v.12), e parte disso é através de suas palavras.

Isso não significa que a esposa tem que ocultar os graves padrões pecaminosos de seu marido de pastores ou outras pessoas que precisam saber, mas ela deve ter muito cuidado para falar respeitosamente sempre que possível sobre seus maridos. A garota com quem você está vai construir sua reputação ou vai derrubá-la? Ela vai ensinar os filhos a respeitá-lo ou vai fazer com que sua própria família te menospreze? Ela vai espalhar cada falha que você tem ou ela vai, em amor, escondê-los do mundo e ajudá-lo a lutar contra eles privadamente?

O que sua esposa vai fazer por sua reputação?

4. Ela vai impactar seu trabalho e finanças – Deus criou Eva para ser uma ajudadora apropriada para Adão, uma companheira. Ela é o padrão para todas as outras esposas. Sua namorada fica animada com o trabalho que você faz ou ela não se importa? Ela é capaz de te ajudar, quando possível, ou ela não quer se envolver? O tipo de trabalho que uma esposa/companheira faz depende da vocação de seu marido. Nós conhecemos vários exemplos: um marido que trabalha colocando pisos e rasga os joelhos das calças tem uma esposa que ama pisos bonitos e mantém suas roupas de trabalho adequadas. Um marido que é contador e trabalha longas horas a cada temporada de imposto de renda tem uma mulher que mantém o jantar quente e põe as crianças na cama quando ele chega em casa. Um ministro que passa por oposição espiritual na congregação tem uma esposa que ouve e o encoraja. Um médico de uma cidade pequena tem uma esposa que sabe limpar fluidos corporais do jaleco. E nós também conhecemos homens cujas esposas odeiam seu trabalho e frustram seus maridos em seus chamados. É um enorme fardo para os homens, não alimentá-los em suas carreiras e no uso de seus dons. Sua namorada pode ajudar você? Será que ela quer?

O que ela vai fazer com o dinheiro que você ganha através do seu trabalho? Vai fazer compras toda vez ou usa com prudência? Ela vai pedir seu conselho sobre decisões financeiras ou fará grandes escolhas sem pedir sua opinião? Será que ela será irresponsável com o dinheiro ou vai viver nos padrões que permite viver? Ela é gananciosa ou ansiosa para se doar sacrificialmente para o trabalho na igreja? Ela está procurando formas de ganhar dinheiro extra ou procurando maneiras de abençoar os outros que tem necessidade com o que você tem?

Pense: esse relacionamento tem o potencial de destruir ou libertar você.

5. Ela vai impactar seus outros relacionamentos – O que sua mãe acha da sua namorada? Ela acha que essa mulher irá cuidar de seu filho? Será uma boa mãe? Sua namorada respeita seus pais? Ela está feliz em tê-los como avós para seus filhos? Os pais de sua namorada vão dominar seu casamento? Eles irão ditar seus “conselhos” ou permitirão que você seja o cabeça de sua própria família? Você deixará pai e mãe e se unirá à sua esposa, mas você ainda precisa considerar qual efeito eles terão no seu casamento, porque eles terão um impacto, para o bem ou para o mal.

E seus mentores e amigos homens? Será que a garota que você tem em mente vai incentivá-lo à prestar contas aos homens piedosos mais velhos ou ela não se importa e queixa-se de privacidade? Será que ela vai sugerir que você chame seu irmão de vez em quando para saber como ele está passando ou ela vai lamentar que você não está gastando tempo com ela? Ela ficará feliz quando tiver que colocar as crianças na cama sozinha na ocasião de você visitar um amigo ou você não terá essa oportunidade?

Faça uma escolha sábia, não uma tola.

6. Ela vai impactar sua saúde – As Escrituras nos dão vários alertas quanto aos temperamentos incômodos, briguentos e irritadiços das esposas (Gn 30.1-2; Pv 21.9,19; 25.24). Homens casados com mulheres como essas são dispostos a viver em um refúgio, a fim de ter um pouco de paz mental. Será que a garota tem cuidado para não incomodar, importunar e desgastá-lo mentalmente ou será que ela vai evitar a frustrações onde puder, expressando a opinião e satisfação dela sobre sua liderança? Ela irá te respeitar e conversar com você ou ela vai te tratar como uma das crianças?

Ela vai te encorajar a se exercitar e preparar comida adequada para te ajudar a manter sua saúde física? Ou será que ela vai reclamar do tempo e esforço que é preciso para isso?

Será que ela vai estar disponível sexualmente, dentro da razão, ou será que ela vai usar seu corpo como uma ferramenta de manipulação para você fazer o que ela quer? Será que ela vai para a cama do matrimônio a contragosto ou ela vai tratá-lo como um bom presente que Deus deu a vocês para desfrutar, como uma expressão de amor e prazer?

Cuidado com as advertências das Escrituras aqui.

Então, como será sua namorada depois dos votos? Porque isso é apenas uma amostra das formas que uma mulher pode abençoar ou amaldiçoar seu marido. Os efeitos são de longo alcance, longa duração e podem ser maravilhosos ou difíceis. É claro que não existe mulher perfeita. Mas existem maravilhosas. É melhor ficar solteiro a vida toda do que casar com alguém que irá fazer da sua vida um fardo. Celibato pode ser maravilhoso, eu me casei tarde e experimentei alguns anos abençoados de vida de solteiro. Casamento com a pessoa errada é um pesadelo. Eu conheço homens que tiveram carreiras, famílias, desenvolvimento pessoal e congregação destruídos por suas esposas. É confuso e de partir o coração, especialmente para o marido. Não é fácil viver com uma escolha que torna seu casamento uma dor. Se você está com um casamento infeliz, existem maneiras de receber ajuda. Mas se você não é casado, não se coloque em uma situação ruim quando isso pode ser 100% evitado. Não se case com alguém que não segue sua liderança. Não case com alguém que não está procurando amar a Cristo como você procura amá-la como Cristo amou a igreja. Case com alguém que conhece e demonstra o amor de Cristo.

Pro William VanDoodewaard. Website: www.thechristianpundit.org. Original: Guys, It Matters Whom You Marry Too

Traduzido por André Carvalho. Por iPródigo.com. Original: Rapaz, com quem você se casará também é importante!

118 Comentários
  1. Michel.sg Diz

    A escolha é indicada pelo senhor, mas os atributos, tem que se enquadrar nos Votos com o Senhor e a vida que leva: de Testemunho e Ação. Jesus é o pilar deste relacionamento e todas as coisas, vão acontecer naturalmente.

  2. Francisco Monteiro Diz

    Amigos solteiros isso é muito importante, escolha certo. Casamento é para sempre!!!

  3. Ricardo Figueiredo Diz

    Excelente artigo, me edificou muito, glória a Deus :D

  4. Lucas. Diz

    Falo agora como Paulo, pra mim seria melhor não casar, independente de desejo ou qualquer coisa. Estou a anos dentro da igreja e todo relacionamento que tentei(digo tentei porque nem ao menos desfrutei de um) vi pessoas que não tinham amor, a maioria puro egoísmo, interesse, entre outras características. É claro, vejo a maioria se relacionando sem problemas. Mas meu caso foi bem diferente. As pessoas mentiam, inventavam coisas, traíam, usavam, não me queriam. Eu quero um relacionamento pra me casar mesmo, formar uma família, mas eu encontrei pessoas tão egoístas, olham apenas para dinheiro ou aparência, que pra mim, prefiro desistir do que procurar algo que não existe mais dentro de um templo.

    1. Anónimo Diz

      Não existe? Irmão, se Deus quiser que voce case ele terá preparada no tempo preciso a mulher para voce amar e cuidar. Será uma mulher imperfeita mas voce terá de ama-la acima de todo como Cristo amou sua igreja. Não case se não ve o amor de Cristo na outra pessoa mas mesmo em quem veja egoismo e interesse expresse seu amor por Cristo porque se essas mulheres são cristãs VENDO SEU AMOR elas podem-se aperceber de seus pecados, de essa falta de amor cristão, que é puro e incondicional.

    2. Ni Diz

      Você acredita mesmo que Deus tem alguém específico preparado? :O Isso é tão absurdo…

    3. Anônimo 2 Diz

      Correr com os próprios pés nos cansa e podemos tropeçar. Deus tem carinho por você e quer o melhor para você, então siga o exemplo de Adão que se preucupou em fazer a vontade de Deus, e Deus percebeu suas nescessidades e enviou lhe a benção!

  5. Yuri Scheuer Diz

    Muito Bom

  6. Yuri Scheuer Diz

    Muito Bom

  7. Yuri Scheuer Diz

    Muito Bom

  8. Yuri Scheuer Diz

    Muito Bom

  9. Fabio Cassiano Diz

    véi na boa, bota suas barabas de molho no óleo da unção

  10. Fabio Cassiano Diz

    véi na boa, bota suas barabas de molho no óleo da unção

  11. João Marcos Diz

    Muito bom!

  12. Wesllens Anderson Diz

    Uma leitura para homens antes de assumir o compromisso matrimonial.

  13. Wesllens Anderson Diz

    Uma leitura para homens antes de assumir o compromisso matrimonial.

  14. Tiago Santos Diz

    Muito bomm!

  15. Anna Diz

    Que profundo e sabio conselho…Todos deveriam ler e refletir, pois casamentos doentes geram filhos, gerações doentes. E todos prestaremos conta a Deus sobre nossas escolhas erradas…por favor leiam e peçam a Deus força para vcs tomarem as decisões certas baseada na palavra de Deus.

  16. Jordan Diz

    Lavagem cerebral… que texto triste e preconceituoso…

    1. Matheus Diz

      Triste o seu pensamento… talvez porque ele aponta características erradas suas e que você prefere não admitir, ou porque você não crê na Palavra de Deus… Triste, querido, é aquele que quer fazer de seu relacionamento qualquer coisa semelhante ao mundo, semelhante à nojeira e podridão que é esse sistema satânico, ou ainda aquele que não entendeu que o propósito final do casamento não é dar ao homem/mulher a correspondência ao desejo natural (é claro, esse desejo é normal, mas não é o fim em si mesmo do casamento), mas demonstrar qual a bem-aventurada glória do relacionamento de Cristo com a Sua Igreja… Não interessa o que eu ou você pensamos ou que valores julguemos ter; importa aquilo que a bíblia nos diz, e esse irmão só nos trouxe isso…

    2. Ni Diz

      Matheus, interpretações erradas utilizando a bíblia são sim muito tristes. Afinal, o Cristo que eu prego aboliu a escravidão tornando todos iguais. O simples fato do artigo definir divergentes formas como o homem e a mulher devem servir já coloca sobre um ou outro um fardo imenso.
      *Cansei dessas interpretações!

    3. Rafael Ravazzi Diz

      Cristo aboliu a escravidão?
      homens e mulheres não tem funções diferentes? se é um pra um ajudar o outro, e principalmente complementar, é de se pensar que são funções diferentes.

      Quais interpretações, quais textos você usa pra chegar a essas conclusões? você pode ser mais específico e explicar a sua interpretação, em vez de simplesmente acusar?

    4. Ni Diz

      Concordo com você, extremamente triste a ideia desse artigo.

  17. Luciano Diz

    Sabe o que é interessante? Eu achei mais proveitoso ler sobre as mulheres do que sobre nós mesmos. Pois quando você lê o artigo na visão da mulher para o marido, você é capaz de examinar melhor a si mesmo. No ótica bíblica feminina, cita-se varias características que uma mulher deve procurar no homem e diante disso, já é possível começar uma preparação e ter consciência do que as mulheres esperam de nós. Esse também está excelente.

    Parabéns.

    1. Letícia Diz

      Tbm pensei o mesmo, é claro que o das mulheres me ajuda a ter uma ótica do que eu devo escolher pra mim, mas achei mais proveitoso ler o dos homens pra saber o que meu marido vai esperar de mim e que pontos eu devo mudar!

    2. edson Diz

      e bom ser duas pessoas de deus

    3. Judson Diz

      Luciano, qual é o texto que vc leu na outra perspectiva?

    4. Luciano Diz

      Judson, eu achei mais proveitoso ler o texto: ‘Moça, com quem você vai casar é importante’. Afinal, lá eu vejo o que será cobrado de mim como um marido. Assim, melhor para examinar a si mesmo e tentar seguir esses objetivos. Esse texto (que possui ótica masculina) cobra o que eu devo procurar, no outro (ótica feminina) mostra como eu serei cobrado.

      abraços.

    5. Lori Oliveira Diz

      Pensei e fiz exatamente a mesma coisa. (:

  18. Gibeon Rodrigues Diz

    muito bom mesmo..

  19. Estelio Alberto Diz

    manésao, isso é grotesco!

  20. alessandro Diz

    muito bom msm!!! pura vdd! amei…

  21. Claudia Diz

    Achei os dois textos excelentes, tenho um casamento cristão à 23 anos. Só o item 2 direcionado aos rapazes que achei um tanto radical, pois, a não ser que o marido seja pastor, muitas vezes há necessidades em casa, da esposa, que precisam ter atenção antes do ministério (trabalho na Igreja), se tudo estiver em ordem, tudo bem, mas na maioria das vezes a mulher fica muito sobrecarregada em casa e uma ajuda com a “lavanderia” pode ser mais louvável do que estar fazendo um trabalho na igreja, requer sabedoria e discernimento. Primeiro Deus, depois família, depois ministério.

    1. Sâmela Diz

      Concordo!!! O bom marido percebe quando a esposa está sobrecarregada e sabe que precisa ajudá-la.

    2. Carl Pedro Diz

      Sim, é verdade. É necessário discernimento para entender o que o autor quis dizer. A sociedade brasileira é muito machista e sobrecarrega muito as mulheres. Se o texto não for bem entendido acaba contradizendo o texto para Moças.

      1º Deus, 2º a família e 3º o ministério. A ordem é esta!

    3. Eliane Diz

      Cara, gostei da sua colocação. Pessoalmente não gostei do texto dos rapazes, tvz justamente porque não leve em conta o pendulo da sociedade brasileira que sempre pende pra sobrecarga da mulher. Sem falar que despreza a significativa porcentagem das mulheres que trabalham.

    4. thierre.sulcheski Diz

      COMPLETAMENTE CERTO

  22. Roberto Diz

    Rapaz, se ela não apresenta a família dela, nem continue!!Pq agimos como de fato somos estando com nossos pais. Se é uma benção de Deus, não há porque esconder a família

  23. Késsia Serafim Costa Diz

    é mesmo assim…

  24. Alexandra Soares Diz

    Hum…pra pensar, hein, meninos e meninas?

  25. Alexandra Soares Diz

    Hum…pra pensar, hein, meninos e meninas?

  26. Roberto Diz

    O que faltou dizer é que se o homem ou a mulher não apresentar a família no início do namoro, nem continue, pq agimos como de fato somos estando com nossos pais. Se é uma benção de Deus, não há porque esconder a família

  27. Caká Mila Diz

    Para a reflexão dos homens.

  28. Jennifer Grayze Diz

    Amigos cristãos, isso é muito importante! Leiam!!!

    1. Jennifer Grayze Diz

      Luís Vasconcellos , Charles Danner Souza de Oliveira , Mateus Pereira …

    2. Jennifer Grayze Diz

      Luís Vasconcellos , Charles Danner Souza de Oliveira , Mateus Pereira …

    3. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    4. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    5. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    6. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    7. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    8. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    9. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    10. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    11. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    12. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    13. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    14. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    15. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    16. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    17. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    18. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    19. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    20. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    21. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    22. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    23. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    24. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    25. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    26. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    27. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    28. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    29. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    30. Jennifer Grayze Diz

      Max Paim .

    31. Max Paim Diz

      forte isso, gostei :D

  29. Marcelo Costa Diz

    Muito bom!

  30. Elizabete Diz

    Pra mim melhor nem casar! Hj em dia com família tão desestruturadas o mais comum é encontrarmos rapazes fracos, que nem sabe o que querem da vida… quanto mais serem líderes de alguém. Rapazes que desprezam o valor da verdade, da sinceridade e do bom conselho se Paulo: amar a esposa como Cristo amou a igreja. Pq sinceramente, conheço em número maior mulheres auxiliadoras, idôneas, amorosas, responsáveis… mas que dão tanto de si mesmas que perdem a beleza com o passar do tempo, ficam esgotadas. E a beleza que falo não é a física, mas a de um espírito alegre e bem disposto. Quando o marido faz bem à mulher, ela fica é mais bonita (não tô falando de beleza física ein) com o tempo.

    1. Eliane Diz

      Verdade, Elizabete. O que vejo de mulheres acabadas e cansadas ao lado dos maridos não está no gibi. Toda a minha realidade é permeada de mulheres desvalorizadas pelos maridos e subestimadas pela sociedade, inclusive pela igreja. Me entristeço em ver jovens crentes enchendo a boca pra falar da submissão feminina sem fazer o mínimo que um discipulo de Cristo faria, que é se colocar no lugar do outro, ou no caso, da outra. Sabem que a nossa sociedade é opressiva, mas preferem se acomodar e não se informar a querer ver as coisas a luz de Cristo.

  31. Oziel Jesus Diz

    Abriu minha mente radicalmente.

  32. Bruna Ferreira Diz

    Janderson Sales Peixoto, leia !

  33. Adriana Diz

    Amo um Cristão e não tenho uma religião certa.Depois de ler essas linhas vi o motivo dele não querer namorar comigo,mas acredito que uma pessoa seja capaz sim de mudar toda sua vida e amar a Cristo e não só pelo fato de amar um cristão e sim pela vontade de ter vivo em seu coração o verdadeiro amor de Cristo.
    E o amor por um fiel a Cristo só iria contribuir ainda mais pra essa mudança.

    1. Ni Diz

      Adriana, o problema é algumas pessoas terem síndrome de messias, achar que poderá converter a pessoa no futuro para o que acredita. Pode acontecer de ter uma mudança, mas isso é apenas uma hipótese, eu por sinal não acredito que possa existir uma mudança de vida simplesmente por gostar de alguém.
      A ideia é “porque se envolver com algo que pode dar errado”? Isso não inclui só a religião, mas pensa em um casal em que uma pessoa é hiper culta e a outra semi-analfabeta, com certeza terá conflitos sérios.

  34. Timóteo Santana Diz

    Eu sempre fico super animado quando leio esses artigos que falam sobre o namoro, trazendo uma argumentação puramente bíblica e direta. Isso me motiva cada vez mais a não abrir mão dos valores do Reino na hora de ingressar numa vida de relacionamento amoroso.

    1. Ni Diz

      Eu diria para você tomar cuidado com os textos que você anda lendo, não é só porque tem referências bíblicas que está correto, se fosse assim não existiria um monte de seitas.

  35. Gílson Moura Diz

    Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do SENHOR.

    Provérbios 18:22

  36. Naira Diz

    Sem dúvidas as mulheres serão mais exortadas em ler esse artigo acima do que o outro. O outro artigo nos diz quem devemos escolher, agora esse diz o que devemos ser, e com certeza esse, pelo menos pra mim, é o mais difícil de colocar em prática. Excelente artigo! Obrigada!

    1. Ni Diz

      Naira, qual o século que você vive, e de que forma você anda lendo a bíblia? Lamentável ver uma mulher concordando com um texto machista.

    2. Victor Hugo Diz

      Você leu o outro texto?

    3. Naira Diz

      O texto não é machista, Ni. Assim como a Igreja (os verdadeiros salvos) deve ser completamente submissa a Cristo, pois esse a ama e a conduz pelo caminho de pureza, assim também as mulheres devem ser submissas a seus maridos pois, esses buscam amá-las como Cristo amou a Sua Igreja (Efésios 5.25). Vale lembrar que a submissão feminina não é uma coisa “cega” e que não “discute” com o seu companheiro as situações presentes, mas que o respeita e o ama. A submissão da mulher caminha em completa harmonia com a liderança masculina familiar. Se me caso com um cristão que, mesmo sendo um pecador, busca diariamente se parecer com Cristo, e assim busca amar sua própria esposa como Cristo amou Sua Igreja, ser submissa será tão prazeroso quanto ser submissa ao Senhor. E, sinceramente, ser submissa não é nem de perto tão difícil quanto amar uma esposa como Cristo amou Sua Igreja! Recomendo a leitura de Efésios 5.22-33. Não sou casada ainda, mas é o que almejo. Recomendo tbm os livros da palestrante Martha Peace, que esmiúça muitas questões sobre as mulheres, principalmente o casamento. Deus abençoe, Ni. :)

  37. Gidiel Câmara Diz

    Aplaudi de pé!

  38. Antonio Francisco Diz

    é tudo o que eu precisava ler!

  39. Rodrigo Frare Diz

    completamente absurdo, seguir isso a risca é viver na época inquisitória, onde a igreja manda e desmanda na sua vida, Deus ama o pecador e não o pecado, e se somos sua imagem e semelhança por que fariamos diferente? Ame sim Deus sobre todas as coisas, e não a igreja que o difama, colocando regras e imposições na vida das pessoas, Deus não faz isso. Ele nos deu o livre arbitruo, e sugiro que se, você não é importante para a igreja pois não segue isso a risca, simplesmente mude… pois Deus não irá te julgar por isso… tenha certeza. Bando de fanáticos e inquisitores.

    1. Hellen S. Diz

      Creio que o objetivo do texto foi orientar e direcionar os casais que ainda namoram. Fazer lhes refletir se o seu relacionamento esta loouvando a Deus e o propósito que Deus planejou no relacionamento.
      Não foi uma imposição, o autor não deu respostas e sim perguntas , o que nos faz refletir sobre nós mesmos.
      Claro, estamos falando de pessoas que têm diferentes caracteristicas, mas ter um posicionamento que apresenta a Deus o seu relacionamento disciplinando – o a Luz da Bíblia que é a Palavra e Orientação de Deus será muito proveitoso.
      Aliás, quem se diz cristão e não vive a Luz da Palavra é questionável e talvez religioso.
      Que Deus te abençoe!

    2. Vilson Filho Diz

      Deus ama o pecador e não o pecado? Na tua bíblia não tem o salmo 5 não? Refrescando a tua memória: “Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniquidade, nem contigo habitará o mal. Os loucos não pararão à tua vista; ODEIAS A TODOS OS QUE PRATICAM A MALDADE”. (v 4-5)

    3. Rodrigo Frare Diz

      acho que você está distorcendo muito a palavra da biblia, que eu saiba Deus não tem ódio em seu coraçãoi, e como todos dizem Deus é somente Amor…. se ele não ama o pecador acima do seu pecado, realmente digo que o seu Deus é diferente do meu. Reveja seus conceitos Vilson, acho que parou no século XV

    4. Luciano Diz

      Amigo, com todo o respeito, você não pode exaltar apenas um atributo de Deus. Você diz que o ‘seu Deus’ é apenas amor e que não possui odio no coração. Onde está sua referencia biblica para essa afirmação? Eu vejo pessoas fazendo afimações sobre Deus mas não utilizam argumentos biblicos, baseando toda sua crença no achismo e naquilo que cada um pensa ser o melhor, ao invés de crer no que a Bíblia diz. Reflita nesses versos:

      Porque o nosso Deus é um fogo consumidor. (Hebreus 12:29)

      Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. (Romanos 1:18).

    5. Ana Diz

      Querido, Deus odeia sim, como disse Paul Washer: Se você ama crianças você odeia o aborto! Deus odeia o pecado e sua ira é sobre o HOMEM que desobedece a Deus e NÃO sobre o pecado! Deus não é um cordeirinho bobo que ama tudo e faz tudo o que a gente quer! REFLITA SOBRE ISSO. Paz

  40. Rodrigo Frare Diz

    completamente absurdo, seguir isso a risca é viver na época
    inquisitória, onde a igreja manda e desmanda na sua vida, Deus ama o
    pecador e não o pecado, e se somos sua imagem e semelhança por que
    fariamos diferente? Ame sim Deus sobre todas as coisas, e não a igreja
    que o difama, colocando regras e imposições na vida das pessoas, Deus
    não faz isso. Ele nos deu o livre arbitruo, e sugiro que se, você não é
    importante para a igreja pois não segue isso a risca, simplesmente
    mude… pois Deus não irá te julgar por isso… tenha certeza. Bando de
    fanáticos e inquisitores.

    1. JC Diz

      Eu concordo em quase tudo o que vc diz. Mas para falar de amor, talvez seja preciso amar, se não é apenas retórica. Acusar pessoas que pensam diferente de você de fanáticos e “inquisidores” (em português) não me parece respeitoso, muito menos amoroso.

    2. Soraya Diz

      Quando lemos a Palavra de Deus, podemos ver que todas estas coisas estão inseridas lá. O Homem, por causa do seu coração malicioso e perverso, necessita, necessitou e sempre necessitará de regras de conduta e comportamento… vc já imaginou uma sociedade onde não houvesse regras? O próprio código penal tem suas bases nos 10 mandamento… não é a toa. A Palavra de Deus são livros de princípios e de regras sim. De como ter uma boa conduta na sua vida social, pessoal e familiar, nela não há nada que promova o mal. Não somos fanáticos, mesmo que algumas denominações tenham promovido isso. Não generalize, pois realmente alguns que se dizem ‘cristãos’ são lôbos em pele de cordeiro… mas fazer o que, se isso acontece em todos os âmbitos da vida?? Cabe a nós saber separar e não por todos no mesmo saco! Garanto a vc, por experiência própria, que uma vida, uma família pode ser completamente restaurada, sem hipocrisia, sem falsidade… Espero realmente ter podido abrandar um pouco suas palavras. Concordo com vc plenamente (“Deus ama o pecador e não o pecado”), concordo tbm (“onde a igreja manda e desmanda na sua vida”) com uma ressalva: esse foi um dos motivos da Reforma. Concordo mais ainda: (“Ame sim Deus sobre todas as coisas”), tem toda razão. Agora quanto a isso: (“e se somos sua imagem e semelhança por que fariamos diferente?)… seria preciso mais tempo pra te dizer o porquê fazemos diferente. Mas terei o maior prazer em tentar te explicar.

  41. Dan Diz

    Que merda é essa? Se alguma mulher concordar com um texto hipócrita e machista desses… realmente, uma mulher submissa assim merece um casamento “crente”.

    1. Ni Diz

      Pensei o mesmo que você. Por esse texto dá a entender que só o homem trabalha e tem direitos de pensar, a mulher seria um capacho que mal abre a boca já que pode “atrapalhar” o marido (sinceramente, e biblicamente isso não é submissão, não mesmo!), a mulher tem sim o direito de abrir a boca, opinar e ser ouvida.
      O texto também passa a visão de que a mulher seria a única responsável pela educação dos filhos, no caso, o pai tem liberdade para ir aonde quiser, quando quiser (afinal ele é o “cabeça” sabe o que está fazendo) enquanto a mulher tem que ficar em casa cuidando de tudo, para mim isso é exemplo de um pai ausente e de uma mulher escrava.
      E quem disse que as mulheres precisam do dinheiro de um homem para “torrar”, sabia que as mulheres do século XXI, estudam, se formam e trabalham? Pois é, isso já não é algo incomum, as mulheres tem o próprio dinheiro para gastar.
      Lamentável esse texto, muito machista mesmo, é como dizer, “pessoal continuemos com nossa sociedade injusta/desigual por que Deus quis assim” quando na verdade não é.
      Tenho pena da escrava do autor do texto, ops quis dizer esposa!

    2. Eliane Diz

      Tem razão, não concordei com esse texto. Pelo texto parece que todas nós devemos ser iguais em tudo, no jeito de pensar e agir, sem falar que nos mede a partir de conceitos como trabalho doméstico, ficar feliz de fazer as coisas sozinha e não falar demais. Falaram exemplos de habilidades como tirar fluidos corporais de jalecos e etc. Nossa, que dons! Não sabia que nós mulheres só sabemos fazer essas coisas, ou precisamos delas pra juízo de valor!
      Preparar comida adequada, que piada!
      Ai de mim, que tenho personalidade, não das melhores, mas forte demais pra ler um texto desses e não ter vontade de vomitar na privada mais próxima.

  42. Bruno Ronzei Perez Diz

    Muito bom essa dica.

  43. Judson Diz

    eu achei bem interessante, gostei de verdade!!!

  44. Dennis Faustino Diz

    Acredito que hajam casos e casos, já no primeiro item discordo do citado, não foi isso que Paulo disse em 1 Coríntios 7; 12-15. Cabe-nos estar ciente do fardo que é evangelizar e discipular o cônjuge, e que de maneira nenhuma nos dobremos à qualquer coisa que esteja fora da bíblia no relacionamento. Ora, buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça e TODAS as outras coisas vos serão acrescentadas.

  45. Eliane Diz

    To achando melhor ficar solteira depois dessa.

  46. Rândicy Alberto Diz

    Leitura que vale por toda uma vida… vale a pena refletir!

  47. Bruno Diz

    Muito bom ambos os textos, só que achei que esse texto para os homens cria a imagem de uma mulher perfeita, que nunca erra, que não faz nada, nada, nada que seja desagradável, chega a ser fantasiosa essa descrição de namorada/esposa. Tudo bem, eu não conheço todas as mulheres do mundo para afirmar isso, mas se para se achar uma mulher com o mínimo para um relacionamento cristão é certo que leve anos e anos, imagine uma mulher assim? (Por favor, não me critiquem se meu comentário pareceu “machista”.)

  48. Luciano Diz

    Moças, me desculpem, mas qual a implicação de vocês com esse texto? Ele não é simplesmente a imitação do primeiro, só que ao contrario? É praticamente a mesma coisa no outro texto. Porque eu não digo que o outro texto é feminista e que procura um homem perfeito? Vocês estão fazendo vários comentários contra o texto, mas não citaram nenhum ponto onde vocês discordam, apresentando argumentos. Apenas estão jogando palavras ao vento, dizendo: “machista”, “vou ficar solteira”, “absurdo”. Temos que entender que, de fato, nenhum homem ou mulher serão perfeitos no casamento, afinal, são dois pecadores. Mas não quer dizer que não exista mandamentos e princípios para eles obedecerem.

    Com todo respeito, moças que estão indignadas com esse texto, o que vocês pensam desses trechos das Escrituras?

    (1 Pedro 3:1-7), (1 Timóteo 2.9-15).

  49. daniel pc Diz

    Ótimo texto.

    É engraçado ver os comentários de algumas garotas contra este texto, o texto não é machista imperalista, se for assim então toda a bíblia é machista, e deve ser rasgada, o problema é que essas garotas não entenderam o propósito desse texto, e não compreendem o propósito de Deus para uma família, o texto traz uma reflexão tanto para nós homens como para as mulheres, tanto que tem o texto para garotas.
    É impressionante a ignorância dessas pessoas, que querem usar suas opiniões para interpretar as escrituras. Se essas mesmas garotas estudarem da forma correta as escrituras, passaram a conhecer como deve ser um homem e uma mulher cristã.
    Parabéns pessoal do Voltemos ao Evangelho, por mais um texto reflectivo.

  50. Daniel Pcmusic Diz

    Excelente texto, é uma reflexão que vale pra toda a vida.

  51. Aya Almeida Diz

    Sou cristã e procuro sempre seguir o melhor possível os ensinamentos do Senhor… mas para mim , esse texto mostra claramente o ideal para a sociedade cristã norte americana… temos que lembrar que estamos no Brasil e que a realidade nossa é outra ..

    Em nosso país, dificilmente algum marido vai conseguir manter e sustentar sua família adequadamente sem que a esposa tenha que trabalhar para ajudar nas finanças… agora imagine você: trabalhar para fora durante 8 horas, cuidar da educação e bem estar dos seus filhos, cuidar das tarefas da casa, dos interesses de seu cônjuge, da alimentação, etc… e tudo isso sem a ajuda do outro ?

    Para mim, um homem que não pode ajudar sua esposa com as crianças, com tarefas pequenas como ajudar na lavanderia ( nem que seja para erguer um balde pesado para ela, ou fazer um varal ) ou que precisam vê-la sempre calada e submissa ao ponto de nunca reclamar de nada e nem expressar sua opinião para poderem fazer algo na casa de Deus, realmente não entendem nada sobre o amor que nosso senhor Jesus Cristo ensinou : amar ao próximo como a ti mesmo. para mim, esse “homem” não passa de um egocêntrico, narcisista, egoísta…

    Eu espero poder encontrar um marido algum dia que seja segundo a vontade de Deus, mesmo se ele não for Cristão, se o Senhor o colocar em meu caminho, é porque Ele tem uma obra para fazer em nossas vidas, mesmo que o trajeto seja sofrido… Deus nunca disse que o caminho com ele seria facil….Quero alguem que eduque meus filhos comigo e que as crianças possam amá-lo e respeitá-lo por ser um pai presente. um marido que me ajude nas pequenas tarefas, que ande ao meu lado e não à minha frente… que, acima de tudo, respeite a mim, a minha fé, aos meus limites e a minha individualidade, assim como tambem o respeitarei e amarei, segundo a vontade de Deus…. Alguem que esteja ao meu lado, disposto a fazer a obra do senhor COMIGO e não que sirva ao Senhor enquanto eu sirvo a ele .

    resumindo: o homem desse texto, torna-se o deus de sua esposa e ela, sua serva e sombra … isso para mim não é amor …. ( alias, fui só eu que notei que em pare nenhuma esse texto diz que você precisa amar a moça que você escolher? )

    1. Ana Diz

      Gostei de sua opinião querida! Concordo.

  52. PUREZA&piedade Diz

    Muito bom! ^^ PUREZA&piedade

  53. Malengue Salvador Diz

    gostei vou partilhar com a minha namorada

  54. DANIELLE RIBEIRO SANTOS Diz

    “Pessoas egoístas e não piedosas sempre entram em todo o tipo de relacionamento com o desejo de serem servidas e de gratificar suas próprias carnes sem conhecer ou se importar com aquilo que é requerido delas. Seu desejo é pela honra, lucro, ou prazer que seu relacionamento lhe proverá e não por aquilo que Deus e homem requerem ou esperam delas.[Gn 2:18, Pv 18:22] Suas mentes precupam-se apenas com aquilo que elas podem ter e não com aquilo que elas devem ser ou fazer.

    Elas sabem o que elas querem que outros façam por elas, mas pouco se importam com o dever que elas têm para com outros. É dessa maneira que muitos maridos e esposas se comportam.

    Deveríamos estar muito interessados em saber quais são os deveres dos nossos relacionamentos. E como nós podemos agradar a Deus em nossos relacionamentos. Estude e faça a sua parte, e Deus certamente fará a parte dEle.” Ricard Baxter

  55. Elvis Lenon Diz

    uma benção e abre a mente de qualquer um

Comentários estão fechados.