A Igreja é o Evangelho Tornado Visível – Mark Dever (Pregação Completa)

“Para que, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida, agora, dos principados e potestades nos lugares celestiais” (Ef 3:10)

Numa era onde muitos negam a importância da igreja local, Mark Dever mostra que é através dela que o Evangelho se torna visível ao mundo. Usando a estrutura Deus, Homem, Cristo, Resposta (veja aqui também), que ele propõe em seu livro Nove Marcas de Uma Igreja Saudável, ele demonstra como a igreja local revela cada ponto ao homem.

Por: Mark Dever. © T4G | Together for the Gospel. Todos os direitos reservados. Original: False Conversions: The Church is the Gospel Made Visible

Tradução: Alan Cristie. Revisão: Vinícius Musselman Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: A Igreja é o Evangelho Tornado Visível – Mark Dever (Pregação Completa)

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

9 Comentários
  1. Roberto Louzada Dias Diz

    Discordo apenas quando o pr. Mark Dever, aos 11min de palestra, insiste em dizer que somos pecadores. Se ainda somos pecadores, não somos santos, separados do pecado por Cristo Jesus. Se afirmamos que somos pecadores, contradizemos as Escrituras. Pecamos, mas não somos pecadores porque o pecado não nos domina mais. Por isso não somos pecadores, mas santos. Assim acreditavam os fariseus da época de Jesus. Ao perguntarem ao senhor porque comia com pecadores, pois se consideravam povo separado dos gentios e transgressores da Lei (pecadores). Era verdade, pois eram povo separado. Hoje, somos povo regenerado, santo e grato a Deus por tamanha graça. Aleluia! Não somos mais pecadores, embora ainda pecando.
    Roberto Louzada Dias – membro da Igreja Cristã Nova Vida em Vila isabel, Rio de Janeiro – RJ.

    1. Danilo Ribeiro Diz

      somos Pecadores Lavados e remidos pelo Sangue de Cristo

    2. Cleison Brügger Diz

      simul justus et peccator (ao mesmo tempo justo e pecador). Somos considerados justos judicialmente pela imputação da justiça de Cristo, mas permanecemos pecadores, em si e de si mesmo.

    3. Leandro Almeida Diz

      Ocorre que o próprio apóstolo Paulo diz ser "o principal" pecador. Assim como trazemos a imagem do que é terreno, devemos trazer a imagem do que é celestial. Essa dualidade também é expressa em Romanos quando o autor nos faz referência da guerra onde " a carne milita contra o espírito e o espírito, contra a carne". Embora nos possa incomodar, de alguma forma, mas, sim, devemos, do alto de nossa espiritualidade, sempre reconhecer a nossa estrutura humana: PÓ!

  2. Luis Eduardo Lira Diz

    A Carta de Paulo aos Romanos nos diz que:" Todos pecaram e destituídos estão da graça de Deus…". Isto é a perfeita caracterização de pecador, na qual eu me enquadro e todo ser humano.

    1. Flor de Lis Diz

      Amém!

  3. Jônatas Santos Diz

    Querido, se Paulo considerava-se pecador (I Tm, 1: 15) o que posso dizer a meu respeito?

  4. Sandro Araújo Diz

    Roberto Louzada, acredito que o pr. Mark Dever, se refere a este versículo da Palavra:
    ]”Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”
    1 João 1:10
    Sandro.

  5. André Arakaki Diz

    "Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós." 1 João 1:8
    "Se afirmarmos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está em nós." 1 João 1:10
    "Vocês sabem que ele se manifestou para tirar os nossos pecados, e nele não há pecado. Todo aquele que nele permanece não está no pecado. Todo aquele que está no pecado não o viu nem o conheceu." 1 João 3:5-6
    "Todo aquele que é nascido de Deus não pratica o pecado, porque a semente de Deus permanece nele; ele não pode estar no pecado, porque é nascido de Deus." 1 João 3:9

    Continuamos pecadores, porém JUSTIFICADOS por meio de Cristo. A justiça de Cristo nos é imputada por fé. Entretanto, isso não quer dizer q deixamos de cometer pecado. Somos apenas justificados. Como consequencia da justificação, o mesmo Espírito q inicia a obra a continua, operando a regeneração e santificação, gerando cada vez mais arrependimento. =]

Comentários estão fechados.