Namoro cristão: o que a Bíblia diz sobre isso?

Então, o que é o namoro? Uma vez que a Bíblia aparentemente não fala sobre isso, podemos praticá-lo como quisermos?

Pois é, nós não encontramos a palavra “namoro” na Bíblia. Todavia, a Palavra de Deus fala de compromissos pré-nupciais (noivado) e pós-nupciais (sexo/casamento).

Um bom exemplo que temos é o relacionamento entre José e Maria. Eles eram noivos e não se conheciam sexualmente (Mt 1.18 e Lc 1.27). Havia um compromisso sério entre eles, que, na época, eram provavelmente adolescentes. Casamentos aconteciam cedo há dois mil anos atrás. Diferentemente de nosso tempo.

O namoro é um traço de nossa cultura que não existia na época bíblica. Os cristãos dão ao namoro o mesmo peso do noivado, entendendo-o como uma preparação para o casamento. Para os cristãos, namoro não é curtição, mas preparação.

Cristãos não namoram para se conhecer. Cristãos namoram porque já se conhecem o suficiente para caminhar um tempo, rumo ao matrimônio. Eu costumo colocar o namoro na mesma categoria do noivado. A Bíblia não me dá a categoria “namoro”. Logo, eu a defino com aquilo que há de mais próximo dela, o noivado.

A Bíblia não reconhece um relacionamento entre cristãos que não estejam se preparando para o casamento. Há muitos que afirmam: “será que todos os casais cristãos namoram para casar?” Realmente, eu não sei. Mas, deveriam! Se não podem pensar em casar, não devem nem começar a namorar.

O que a Bíblia diz sobre a pessoa com quem o cristão deve namorar? Será com qualquer um?

Quando Deus criou o homem, ele disse: “Não é bom que o homem esteja só” (Gn 2:18). Deus nos criou para que nos relacionássemos com outras pessoas. E o primeiro relacionamento que Deus proporcionou ao primeiro homem, foi o relacionamento com uma mulher.

Adão e Eva eram puros e tinham comunhão com Deus. Ali se via um relacionamento perfeito e agradável a Deus. Todavia, ambos deram as costas a Deus e a beleza do relacionamento entre homem e mulher começou a ser manchada.

Quando os seres humanos começaram a voltar-se para Deus, Deus começou a falar do cuidado que eles deveriam ter em seus relacionamentos. E a principal orientação foi: “Agora, pois, vossas filhas não dareis a seus filhos, e suas filhas não tomareis para vossos filhos” (Ed 9:12).

O que Deus está dizendo aqui? Quando os judeus voltaram do cativeiro babilônico, a terra em que entrariam estava abarrotada de gente “normal”, alguns diriam hoje. Mas, segundo Deus, pessoas com almas imundas, cheias de pecado e violência. Ou seja, pessoas que não temiam a Ele.

O ponto não era o fato de serem ou não judeus, mas de não temerem a Ele e Sua Palavra. E o conselho que Deus deu foi este: afastem-se deles.

Quer namorar e ser fiel a Deus? Então, comece excluindo os candidatos e candidatas que não estejam “no Senhor” (1Co 7.39), ou seja, que não estejam ligadas a Cristo. A pessoa que está ligada a Cristo é aquela que está crucificada com Cristo, que morreu para este mundo e que vive para a glória de Deus. É uma pessoa que traz você para mais perto de Deus. Pense nisso antes de começar a namorar!

Qual o conselho de Deus para alguém que quer namorar um incrédulo?

Via de regra, o conselho de Deus no Antigo Testamento (Ed 9-10, Ne 13.26, Am 3.3) sempre foi que o Seu povo não se casasse nem se relacionasse de modo sério com pessoas que não O temessem.

No Novo Testamento, o conselho não mudou. Deus continuou aconselhando seus filhos e filhas a casarem-se somente com pessoas que fossem, como eles, “templo do Espírito Santo”, ou seja, pessoas regeneradas (2Co 6.14-7.1; 1Co 7.39b).

A tristeza de Esdras no capítulo 9 de seu livro é algo que falta na vida dos cristãos de nosso tempo. A razão de sua tristeza era que a maioria do povo havia se casado com pessoas que não temiam a Deus.

Hoje, não há arrependimento, mas remorso. Não há disposição para obedecer a Deus, mas ao próprio coração. A tristeza de Esdras nos lembra que é possível nos arrependermos de algo que fizemos, ainda que esse algo pareça ser tão inofensivo, tão bobo, tão pequeno.

Quer namorar e ser fiel a Deus? Então, esqueça aquele rapaz que “parece” um anjo, mas que, aos olhos de Deus, está repleto de trevas. Afinal, “que união há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente” (2Co 6.14-16).

Se você é um filho de Deus e deseja ouvir o conselho de Seu Pai, então você deve deixar todo e qualquer namoro com um não-convertido, afastar-se dele, não tocá-lo, não andar mais com ele. Se você fizer isso, Deus promete que você será filho(a) dele, e que Ele será o seu Deus.

Quando Pecadores Dizem "Sim"

O casamento é a união de duas pessoas que chegam ao altar com uma bagagem surpreendentemente grande. Em geral, ela se abre durante a lua-de-mel; às vezes, espera até à semana seguinte. A Bíblia chama-a de pecado. Compreender a sua influência pode fazer toda a diferença para um homem e uma mulher que estão construindo a vida juntos. Quando Pecadores Dizem Sim aborda a importância do poder transformador do evangelho na imprevisível jornada do casamento. O estilo de redação de Dave Harvey cativa o leitor, enquanto fala com honestidade e, às vezes, humor a respeito do pecado e do poder do evangelho para vencê-lo. Ele descortina a maravilhosa verdade da Palavra de Deus e encoraja o leitor a perceber com mais clareza o glorioso panorama do que Deus faz quando pecadores dizem Sim.

CONFIRA

Por: Wilson Porte. © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados. Original: Namoro cristão: o que a Bíblia diz sobre isso?

84 Comentários
  1. Cesar Vagner Diz

    muito bom :)

  2. Mylena Bezerra Diz

    Vai para meu blog com certeza .
    http://meninaedeus.blogspot.com.br/
    muito bom o texto.

  3. Marcelo Vieira Diz

    Orientação muito boa! Realmente devemos nos aproximar de quem nos aproxima de Deus.

  4. Vivian Rodrigues Diz

    Ótimooo!!! e DEUS é fiel! prepara a pessoa certa para nós, é só esperar! :)

  5. Miquéias Carvalho Diz

    realmente uma orientação maravilhosa :D

    1. Raissa Benites Diz

      vdd

  6. Erasmo Bezerra Diz

    o texto é bom, com excessão de uma frase, que na minha humilde opinião, matou tudo: "Cristãos não namoram para se conhecer. Cristãos namoram porque já se conhecem o suficiente para caminhar um tempo, rumo ao matrimônio."

  7. Marcos Oliveira de Deus Diz

    Excelente artigo! Abraços Wilson Porte

  8. Victor Diz

    A mais pura verdade. Conheço pessoas que começaram a se envolver com gente de fora da igreja e se perderam quase que completamente. No meu caso, e da minha esposa, houve uma exceção, pois ela começou a namorar comigo, quando eu ainda era ímpio, mas o Espírito tranquilizou o coração dela e eu conheci a Cristo pouco mais de 1 mês depois. Mas houve confirmação do Espírito tanto pra ela quanto pra mãe dela. Não é algo que deve acontecer com a esmagadora maioria. Hoje estamos firmes na Palavra, mas pela misericórida dEle para comigo. Post muito coveniente.

    1. Laly Florindo Diz

      Então podemos considerar que Cristo colocou sua esposa – na época namorada – para trabalhar em sua vida e ajudá-lo na fé ou melhor, no conhecer da graça de Cristo e consequentemente numa fé mais consistente na Palavra, certo?

      Em suas palavras você coloca como “exceção” o que aconteceu com vocês. E que houve uma confirmação do Espírito para com ela e sua mãe sobre você.

      Veja, eu não estou DE FORMA ALGUMA desmentindo ou tirando o valor disso. DE FORMA ALGUMA, sabe porquê? Porque eu creio que Deus pode usar exatamente essa situação que você nos contou para trabalhar na vida daquele que não O conhece, que foi o seu caso.

      Mas veja por outro lado o que acontece: a maioria esmaga com críticas e julgamentos um cristão namorar com um não cristão. Falam sobre o jugo desigual, mas acontece que na sua situação, a sua namorada na época estava em jugo desigual, pois você não era cristão quando começaram e depois você veio a ser. E porque você se tornou cristão? Porque Cristo teve misericórdia de ti. E de que maneira Cristo fez para tornar o Seu evangelho conhecido para você e consequentemente você vir a ser cristão? Através da sua namorada, hoje esposa.
      A misericórdia de Cristo ultrapassa o nosso entendimento e Sua bondade se estendeu não só na sua salvação como também, Deus o abençoou com o matrimônio com essa mesma pessoa que o evangelizou.
      E se a sua namorada tivesse ouvido as possíveis críticas que recebeu por namorar você um não cristão na época, você provavelmente estaria vivendo da mesma forma de antes.

      Acontece de cristãos de namorar com um não cristão e sair da igreja? Sim, acontece e acontece muito. Mas aí pode ter várias razões e não vou entrar muito a fundo nessa questão no momento. Cada um sabe se é ou não cristão e como está sendo o seu relacionamento com Deus. Nossa função de cristãos é orientar, orar e não esmagar o outro por isso ou por aquilo.

      Cristo pode ter colocado aquele cristão no caminho daquele não cristão, para tornar o Seu Evangelho conhecido e vir a salvar aquela alma através de um relacionamento. Então vamos ter cautela no momento de “repreender” aquele irmão(a) por estar namorando um não cristão. Se for pra ser, Deus irá mostrar e trabalhará na vida do casal, se não for, Deus separa.

      Que a paz de Cristo esteja com todos!

    2. Adson Diz

      Laly graça e paz. Não há como afirmar que foi pela esposa dele que Deus fez a obra (que faz a conversão é a Palavra e o Espirito), este acontecimento é exceção e não a regra, não podemos colocar as experiência ao mesmo nível da Bíblia, Ela sim é a verdade e é por Ela que devemos guiar nossas escolhas, pela vontade de Deus

    3. Laly Florindo Diz

      Oi Adson :)

      Veja, eu coloquei ATRAVÉS da namorada e não que tenha sido ela que o converteu. O que quero dizer é que Cristo, usou a namorada para tornar a Sua obra conhecida para o Victor. Afinal, “a fé vem pelo ouvir, ouvir a Palavra de Deus” (Romanos 10:17). Com toda certeza quem converte, quem FAZ a obra não somos nós, e sim o Espírito, mas somos nós que tornamos o evangelho conhecido.

      Não é regra o que aconteceu com o Victor e com alguns mais. De fato não é.
      E concordo que devemos ter a Palavra como o nosso guia para vivermos de forma sábia. O que eu quis chamar a atenção é que uma alma foi salva e foi através da namorada. Hoje ambos são tremendamente abençoados (com suas dificuldades e problemas e todo o resto, mas o matrimônio é um grande bênção). Foi por acaso que esses caminhos se cruzaram?Sinceramente eu não acho.

    4. Gilberto Rodrigues Bernardo Diz

      Laly Graça e Paz em Cristo. Você ouviu falar em roleta russa ? Pois é eu assemelho essa atitude como apostar em roleta russa… pode ser que sim, a/o namorada/o se converte, mas pode ser que o cristão também saia dos caminhos do Senhor… são duas possibilidades bem definidas e reais.
      Mas uma coisa é certa e nisso até você tem que concordar é que a Bíblia é bem clara quando ela fala nos tipos de relacionamentos que devemos ter. Se você ler com atenção o texto de 2Cor. do versículo 14 ao 18 tem uma explanação bem clara disso. Se você voltar para o Antigo testamento também tem várias passagens em que Deus exorta ao povo de Israel que não se misture (se de em casamento) a outros povos que não lhe seguem. Hoje nós somos a Israel de Deus e aqueles preceitos, ordenanças e mandamentos nos alcançam também.
      Agora…, nós não podemos deixar nossa ineficiência em aplicar isso por completo em nossas vidas deixar que não apresentemos o Evangelho Verdadeiro aos que não seguem a Jesus…. Mas cuidado… evangelizar namorado/a é perigoso pois sempre envolve algo mais que a razão…rs rs

    5. Laly Florindo Diz

      Graça e paz Gilberto! :)

      “Você ouviu falar em roleta russa ? Pois é eu assemelho essa atitude como apostar em roleta russa… pode ser que sim, a/o namorada/o se converte, mas pode ser que o cristão também saia dos caminhos do Senhor… são duas possibilidades bem definidas e reais”

      Sim concordo contigo. Vou te falar por experiência própria e pelo que eu vi acontecer com outras pessoas: quando não é pra ser, não vai ser e Deus faz de uma determinada forma que não adianta querer tentar fazer a coisa acontecer que não faz.

      Sim, concordo que essa passagem ao menos ao meu ver diz sobre isso. Mas se o outro se torna cristão, então não existe mais jugo desigual (o que aconteceu com o nosso irmão Victor).
      Eu acho que devemos orar e orientar uma pessoa que está nessa situação – já que não sabemos se o outro será ou não cristão. A nossa parte devemos fazer, mas de uma forma amável, e não chegando: “ô fulana, termina com esse aí porque ele não é cristão, você tem que namorar com um que tenha a mesma fé que você.” Todo o cristão que se relaciona com um não cristão, sabe que está em jugo desigual, mas existe amor e aí você simplesmente termina e não tenta apresentar o evangelho para o ciclano? Esse ciclano pode vir a ser cristão através de você (veja, através e não que a pessoa será responsável por tal coisa, pois é o Espírito que faz). É nesse ponto que quis chegar, mas pelo seu comentário eu acho que você entendeu o que eu quis dizer.

      Ah, envolve a vontade tremenda do cristão(a) em ver a(o) seu(sua) namorada(o) salva. E aí pode ter um pequeno problema se o cara não equilibrar suas emoções: em forçar de todas as formas o outro a ter a mesma fé que a dele. Não é pelo forçar, é pelo ouvir a Palavra que vem a fé (Romanos 10:17).

      Abraço!

    6. Victor Diz

      Certíssimo Laly! E posso dizer que, na época, muita gente da igreja dela falou mal a respeito, mas pararam quando me converti. Acho que o assunto é conveniente porque, é mais fácil o ímpio tirar o cristão da igreja do que o contrário (e penso que era disso que Paulo falava, pois a carne é fraca). Principalmente se o cristão não for uma pessoa de oração, mas nisso minha esposa foi ajudada pelos seus pais, que oraram muito a respeito. E acho que isso é que se deve fazer. Podemos aconselhar alguém sobre isso, ainda mais se conhecemos bem a pessoa, mas, com certeza, a crítica e o “apontar o dedo” não ajudam. Graças a Deus, pudemos casar em “leito imaculado”, digamos assim (na virgindade de ambos, mas considero a minha porque o velho homem se fora). As tentações para namorados sempre aparecem, mas deve-se enfrentar com muita oração, com joelhos calejados, e não com críticas e julgamentos.

    7. Laly Florindo Diz

      Pois é Victor. Eu acho isso possível, mesmo não sendo regra e mesmo com todas as dificuldades que o cristão passará pelo jugo desigual. Eu acho possível.

      Só acho meio lamentável o comportamento de alguns cristãos quando lidam com uma situação assim.

    8. CHARLIANE MAIA DA COSTA Diz

      Olá. Bom dia.

      Laly li todo seu comentário.

      São as suas palavras que eu uso e creio que está sendo deste jeito comigo.

      Comecei namorar tinha 13 anos, uma criança, namorei 8 anos meu primo legitimo, e acabei meu namoro por diversos motivos e hoje entendo que por não ter sido da vontade do Senhor. Terminei esse namoro em Novembro de 2015, e fui embora para uma cidade em Dezembro na qual foi onde eu Confessei o nome do Senhor como meu único salvador. Em Março comecei a conhecer um rapaz da igreja e começamos a namorar logo em seguida, no decorrer do namoro tudo mostrava não ter procedências para um casamento, entam terminamos o namoro. Ambos ficaram bem. Logo em seguida comecei a mim envolver com um colega de trabalho. Estamos namorando já vai fazer 2 meses, mas isso tudo escondido dos Homens. Pois não tenho coragem de levar esse caso ao Pastor e nem a minha conselheira que é a conselheira d igreja. Ainda não tenho muito conhecimento com a palavra do Senhor, mas sei que a palavra nos diz para não nos envolver com julgo desigual. Entam em momento algum eu irei questionar o que Deus nos deixou para ensinamento. No inicio eu mim vi em momentos muitos angustiantes pelo fato de ser um namoro escondido e não aconselhável pela igreja e talvez até criticado pelos irmãos. Mas eu falo muito com o Senhor e creio que tudo que estou passando é permissão dele, pois sempre pedi que o Senhor não coloca-se na minha vida uma pessoa não-crente e sim pedia que coloca-se uma pessoa crente. Entam si eu pedia isso ao Senhor, porque ele permitir uma pessoa não – crente ? Entam em cima dessa pergunta é onde eu tento entender que tudo é permissão de Deus, que o Senhor tem uma obra na minha vida, é creio que seja através de mim que o meu namorado irá conhecer a salvação. Caso contrário que seja somente para ele conhecer a Cristo. Mim pergunto as vezes que Deus não ia colocar alguém para mim sofrer, isso jamais. Todas as noites peço ao Senhor que se não for da vontade dele, que ele tire esse sentimento do meu coração e do coração de meu namorado. Mas até o momento isso não aconteceu. O nosso sentimento só aumenta a cada dia. Já estou mas calma em relação a essa situação, pois já entreguei tudo nas mãos do Senhor, mas não é fácil, pois sento na cadeira da mocidade e caso a igreja fique sabendo eu serei afastada. Não quero que isso aconteça por isso mantenho esse namoro escondido aos olhos dos Homens. Pois creio que conforme a permissão de Deus tudo vai se resolver sem que seja preciso a igreja saber. Meu namorado no inicio não queria nem saber de ler a bíblia e nem escutar eu falar do evangelho, e hoje já vi ele louvando, lendo a palavra e vendo depoimentos comigo. Tudo que vai falar já usa as expressões ; se Deus permitir, que seja feita a vontade de Deus, e são pequenos detalhes que modificam muita coisa. Eu peço Oração a todos que ler esse meu depoimento. Hoje mesmo eu li um depoimento do Max Lucado onde fala que a vida é um curso obrigatório que temos que viver, onde fala que Deus pode fazer algo bom da sua bagunça, que a prova pela qual passamos se tornará o nosso testemunho. 2 Coríntios 1:4-5
      explica que Deus fica do nosso lado quando estamos passando por tempos
      difíceis, e antes que você perceba, ele nos leva ao lado de alguém que
      está passando por tempos difíceis para que possamos ajudar aquela
      pessoa, assim como Deus nos ajudou.
      Entam eu creio todos os dias que Deus mim concede que tudo isso é o trabalhar de Deus na nossa vida. Sou muita grata ao meu Senhor pela misericórdia que ele tem comigo e todos nós, e por suas promessas e seu conforto para vencer este mundo.

      Abraços!

  9. Davide Teixeira Diz

    Todo esse texto é excelente e aconselhei aos meus amigos, com exceção de uma parte: a última frase (“Se você fizer isso, Deus promete que você será filho(a) dele, e que Ele será o seu Deus.”) Como podem por palavras na boca de Deus se o que ele diz é outra coisa? “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” Romanos 10:13
    Todos pecamos, não é isso que nos vai tirar de Deus.

    1. Wilson Porte Jr. Diz

      Amém, meu irmão. Sobre a “última frase”, apenas coloquei o que está aqui: “Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso.”
      2 Coríntios 6:17-18
      Abração =)

    2. Davide Teixeira Diz

      Não sei se namorar com um descrente pode ser a mesma coisa que tocar em algo imundo…

    3. Ricardo Martins Diz

      Paz mano! Já ouviu falar em jugo desigual (2 Coríntios 6:14) ? Jugo desigual é colocar dois “animais” de natureza e comportamentos diferentes sob o mesmo jugo (o de Cristo, no nosso caso). Um buscará fazer a vontade de Deus, o outro buscará satisfazer seus próprios desejos e os do diabo, seu pai (sim, quem não é filho de Deus é do diabo). Consegue imaginar o problema que isso causará para o cristão? Se você é crente, não procure uma ímpia para se casar, mas se você já se casou, ore para que ela se converta.

    4. Davide Teixeira Diz

      Eu tive em mente esse mesmo texto bíblico quando li este artigo e isso serve de fundamento para o mesmo. Obrigado por partilhar conosco. :)

  10. Davide Teixeira Diz

    Todo esse texto é excelente e aconselhei aos meus amigos, com exceção de uma parte: a última frase ("Se você fizer isso, Deus promete que você será filho(a) dele, e que Ele será o seu Deus.") Como podem por palavras na boca de Deus se o que ele diz é outra coisa? "Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." Romanos 10:13
    Todos pecamos, não é isso que nos vai tirar de Deus.

    1. Wilson Porte Diz

      Amém, meu irmão. Sobre a "última frase", apenas coloquei o que está aqui: "Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso."
      2 Coríntios 6:17-18
      Abração =)

  11. Davi Cavalhieri Diz

    Hmm… José NÃO era adolescente… Oséias queria ter como mulher uma prostituta (refutando a sua tese de que “crente” não tem que namorar gente do “mundo”. Cristão tem que ser luz nas trevas.)
    Bem, a Bíblia é uma verdade imutável, mas da mesma forma que deixamos de seguir muitos costumes dela pela “adaptação” da sociedade a cada novo contemporâneo, acredito que não há uma regra tão sólida assim do que se deve ou não fazer no namoro. O cristão sente quando passa dos limites, quando não deve namorar uma pessoa, até pq Deus escolhe as pessoas independente da religião. Desde que a pessoa esteja conectada a Deus, esteja firme com Ele e pedindo que Ele coloque no nosso coração a paz com a pessoa certa, tenho certeza que Ele não vai deixar que pessoas erradas entrem na sua vida. Afinal, pedindo um filho ao seu pai um pedaçe de pão, daria ele uma pedra?

    1. Ricardo Martins Diz

      Paz mano! A Palavra é muito clara quanto ao relacionamento entre crentes e descrentes, são pessoas de naturezas distintas, não há comunhão entre luz e trevas. Outra coisa, Deus não te obriga a fazer as escolhas certas, ele te da o “pão”, mas você pode sim comer a “pedra”… afinal os dentes são seus, mas lembre-se, haverá consequências.

    2. denison santos Diz

      Com toda certeza irmão, o que mim chama atenção é que mesmo com base bíblica, as pessoas querem achar falha ,encontrar desculpas pra poder fazer o que quer…lembrem que por mais que sejamos falhos e pecador temos que ter em mente que a palavra de deus é viva e eficaz , não podemos discordar da palavra porque nossos corações , a carne gosta do pecado…… Que pequem,mais não fiquem por ai arranjando desculpas…para o pecado não… Eu sou pecador tenho falhas e não é por isso que vou discordar da lei de deus…transgrida a lei mais não ache que suas opiniões vai mudar nada não…Temos em casa o livro que nos dá conhecimento e mesmo assim as pessoas não lêem… E quando ouve a verdade ensistem em discordar de algo que está na cara…….As professias estão se cumprindo tudo que tem escrito na bíblia já esta se cumprindo, falta pouco pra Jesus Cristo voltar…onde já se viu um pai criar o filho sem disciplina…ou tá pensando que deus é brincadeira…ACham Jesus vai voltar e salvar os mais bonitos? Não não…deus é justo e jamais salvaria alguém que conheceu a palavra dele e insistiu em fazer o errado…bom dia à todos

    3. Nanda Diz

      A palavra não está nada clara sobre isso!!! Claro Sr Ricardo que um Cristão não vai namorar um satanista ou bruxo, isso não durarão nem uma semana! Mas um evangélico pode sim se relacionar e casar com uma pessoa fora da igreja, não há pecado nisso, pouco a pouco por seu testemunho o evangélico pode trazer seu companheiro ou companheira para Jesus. Desde que a pessoa a quem escolha seja uma pessoa boa e honesta não há pecado nisso! Conheço muitas pessoas que trouxeram seus companheiros a Cristo, e se casaram e são felizes, agora conheço muitas se casaram com pessoas de dentro da igreja na qual siguiendo a mesma doutrina e hoje estão separadas. Enfim muito cuidado com esses discursos conservadores e sem uncao !

    4. Gilberto Rodrigues Bernardo Diz

      Davi graça e paz… Oséias não “quis” namorar uma prostituta… Ele recebeu uma ordem do próprio Deus para tomar a prostituta como “esposa”… Isso é uma analogia do Deus puro resgatando a Israel que foi infiel a todo tempo. Realmente pelo relato Bíblico José não era adolescente, mas oque deve ser levado em consideração é o texto todo do nosso amado irmão Wilson Porte Jr. Nesse ponto ele está correto, pois os casamentos eram arranjados, de um modo geral, quando as pessoas eram muito jovens, em alguns casos até crianças, isso perdura até hoje nas culturas orientais mais fechadas.
      A Bíblia é nossa única regra de fé e prática; e quando digo prática inclui também os nossos relacionamentos. Se deixamos de praticar todos os atos ali descritos isso não invalida oque nela está escrito. Nós temos diversas passagens no Antigo Testamento onde os Israelitas não alertados para não tomarem por esposas mulheres de outros povos. Está mais que claro que Deus, ao dar essa ordem, estava levando em consideração que nessa questão de relacionamento, a paixão (na maioria das vezes) fala mais alto que a razão. Ao dar essa ordem Deus já está nos alertando que nessa questão Ele não vai intervir após iniciado este tipo de relacionamento pois já há uma ordem contra, anterior à nossa tomada de decisão. Com certeza, temos o livre arbítrio de escolher entre cumprir a ordenança bíblica ou seguirmos as nossas vontades para depois clamar a ajuda de Deus.

    5. Flavio Diz

      Paz e graça para tds, olha Irmão Davi Cavalhieri, vc diz “até pq Deus escolhe as pessoas independente da religião”, na boa DEUS não escolheria uma filha de chiqueiro [casa de candomblé] para ser minha companheira, ELE estaria sendo DISSIMULADO!!! PERVERTIDO!!, E seu que o DEUS VIVO que sirvo não é nada disso!, No mais penso que seja melhor esperar que ELE escolha [sabendo que ELE preparará a pessoas CERTA, para cada um dos seus servos e servas] e CERTAMENTE SERÁ DA MESMA FÉ, DO MESMO SENHOR DEUS E PAI! Deus abençoe a todos nós! Amém.

    6. Ateu Diz

      Seu deus é estranho, pois o meu deus não é preconceituoso! Se ele quiser te colocar uma pessoa da linhagem espirita, ele colocará e você não fará nada!

    7. Pedro Oliveira Diz

      Rapaiz, Deus manifestou na BÍBLIA que Ele NÃO QUER que nós casemos com incrédulos. Deus é soberano, mas nós temos responsabilidade nas nossas escolhas. Eu digo isso com argumentos biblicos: 2Co 6.14: “Não vos ponhais em julgo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? Ou que comunhão tem a luz com as trevas?”
      Se vc disser que o seu Deus não é preconceituoso, e talz, vc vai estar afirmando que seu Deus é imperfeito, pois Ele não quebraria uma regra que Ele mesmo nos impôs. Se Ele me colocasse uma pessoa espírita, seria o mesmo que quebrar a própria lei, como um ser imperfeito. Se ainda discordar cmg, quero suas bases bíblicas pra afirmar isso, pois até agora só vi especulações toscas.

    8. Matheus Goss Diz

      Mais ai que esta irmão, as vezes Deus não faz com que você simplesmente case com uma pessoa só por que gosta, mas sim por que Deus tem um propósito com TUDO, se ele quis desse jeito é porque almas irão talvez se salvar, ou sua namorada mesmo voltará para os caminhos do Senhor.

    9. Mateus Matias Diz

      Até aqui começo compreendendo o teor do vosso idear.
      Mas, uma coisa é e sempre será o Deus que eu e você procuramos servir não permite que a vontade humana seja notado na primeira instância. Ou seja, A VONTADE DO HOMEM NEM SEMPRE É A VONTADE DO DEUS TODO-PODEROSO. Agora como descobrir que uma pessoa está com desejo pessoal e não do altíssimo?
      Dizia um pregador: Texto sem contexto é pretexto para heresia. Por isso vamos abordar a sumula em causa segundo os princípios Bíblico.

      A Bíblia ilustra-nos a vida de Jonas e suas decisões enquanto profeta.
      O desejo de Deus é que todo o homem se salve em outras palavras estaria falando da felicidade que há na vontade do Senhor! Vejam o confronto interior de Jonas. As vezes eu quero casar com a Mulher mais bela do Bairro ou da cidade, mais o Deus que eu sirvo não quer que me case com ela e assim vice-e-versa.
      Porquê o Senhor não querer que me case com ela, por que ela é um jugo desigual e entre eu ela não há cooperação. Mais também o Senhor pretende que me relacione com essa pessoa porque por intermédio de mim ELE quer resgatar a senhora do mundo pervertido.

      Como compreender a vontade de Deus em nós?
      Por essa e outras razões é bom buscarmos nos altos céus, antes de começarmos uma relação para ouvir a opinião de Deus.

      Sei que descontextualizei o assunto. Apenas compreendam a minha intenção!

    10. Sabrina Lima Diz

      A paz do senhor, tenho dúvidas exatamente sobre o termo que você impôs acima, desde que nasci estou na igreja, sou jovem mas já aceitei jesus em minha vida e me batizei mas vamos falar sobre minha duvida, bom conheci um rapaz, filho do pastor , por ele ter os mesmo princípios que eu, ser criado na mesma igreja entre outros motivos acabei me apaixonando por ele mas descobri que fora da igreja ele é totalmente diferente totalmente descrente, quem olha jamais diria que ele sequer um dia pisou dentro de uma igreja porém eu conheci o outro lado dele, a pessoa que ele é dentro da igreja eu sinto que ele tem temor de Deus e desejo de mudar mas não se esforça nem um pouco pra que isso aconteça, já entreguei nas mãos de Deus mas não sei o que fazer, penso que ele não é a pessoa certa pois ele está totalmente no mundo mas também penso que Deus pode ter um propósito pra tudo isso tipo ter me colocado no caminho dele para que através de mim ele volte para os caminhos do senhor, Ja pedi sinais para deus e nada , não sei oque fazer, será que alguém poderia me ajudar? Que Deus abençoe a todos!

    11. Keize Santos Diz

      Ele é filho de pastor mas não quer dizer que seja cristão, pense primeiro se isso vai valer a pena biblicamente, Pq a bíblia diz uma coisa sobre “..julgo desigual..” e o coração diz outra “..mas eu gosto dele..” mas a bíblia também diz que o coração do homem é enganoso. O que posso lhe dizer é que procure falar com Deus sinceramente, sem esconder nada Pq Deus sabe de tudo.
      Confie em Deus sempre e será feliz ;)

      Que frutos ele tem mostrado dar?
      Se forem mals, provavelmente não teme a Deus.. E isso não é bom!
      Mas boa sorte na sua jornada como nova na fé rs fico feliz que uma moça apesar de jovem dar valor pra palavra rs abraços ;)

    12. Joci Diz

      Também penso desta mesma maneira, que o próprio Deus não se contradiz ou iria contra o que Ele mesmo nos ensina, não faria sentido mudar de ideia assim…se não não seria lei/regra…
      Já que a questão é Deus “colocar” um espírita na vida de quem quer que seja, não vejo Deus e sim o inimigo, diabo, tentando nos confundir…
      Espero ter ajudado👍🏻

    13. Michel Alves Diz

      vai se converter, rapá…vc nao tem DEUS nenhum…o MEU DEUS VIVE E REINA E SABE DE TODAS AS COISAS…VC NAO SABE DE NADA!

    14. Fabricio Gouvea Diz

      Nao e preconceituoso e sim bom para com aqueles que o teme , se em relaçao a deus (coloquei minuscula pq foi assim que voce posto ) voce pensa A e outra pessoa pensa B e voces tem um relacionamento , oque acontecera quando 2 doutrinas oposta de cada religiao se depararem de frente ? Ja nao basta o fato de que temos os problemas de relacionamento do dia-a-dia , como resolver doutrinas opostas de diferetes religioes , sabendo que religiao e algo indiscutivel . Meu amigo creio que voce nao chega numa sala de aula na frentede muitos estudantes , esses compromissados com a verdade e a procuram de dia e de noite , e comece a falar suas teorias sobre determinado assunto sem antes ter se preparado , estudado e visto ate outros comentarios do mesmo assunto , voce veio aqui e falo algo que nao conhece . Duvidas ? [email protected] , oque puder ajudar sobre o Deus Verdadeiro mande um e-mail .

    15. livia Diz

      Literalmente Deus sabe oq faz, e se ele colocasse uma pessoa assim da linhagem espirita seria para vc juntamente com ela mudarem de vida e servir a um so Deus, Deus nao deixa uma folha de uma arvore cair se nao for permissao dele entao se ele fizesse isso seria para muda-la e mudar a vc tbm!

    16. Andressa S. Pereira Diz

      Eu entendi muito bem o que o Davi quis dizer. Uma pessoa não ser praticante de uma religião ou ser de outra religião não significa que é um descrente, pervertido, mundano, imundo ou uma prostituta. Existem muitas pessoas que não estão dentro da Igreja todos os domingos, ou todos os dias, mas que tem um coração muito mais cheio de amor, compaixão, piedade e humildade que muitos que estão lá todos os dias. E eu não digo isso em minha defesa, pois eu sou uma que estou dentro da igreja participando de várias coisas, mas reconheço essa verdade que acabei de dizer. Deus pode sim colocar em nossa vida uma pessoa que ainda não esteja no caminho perfeito, mas que mesmo assim tenha muitas virtudes. Assim, um pode aprender com o outro sem que seja ferida a nossa fé cristã e para que nós também possamos ser canal de graça na vida de alguém levando-a cada vez mais para perto de Deus.

    17. Pedro Oliveira Diz

      “Uma pessoa não ser praticante de uma religião ou ser de outra religião não significa que é um descrente, pervertido, mundano, imundo ou uma prostituta.”
      Vc, agr, poderia me dizer, em primeiro lugar, que bases bíblicas vc tem pra dizer isso? Eu n conheço nenhuma que diga que aqueles q não seguem ao nosso Deus não são incrédulos.
      “Existem muitas pessoas que não estão dentro da Igreja todos os domingos, ou todos os dias, mas que tem um coração muito mais cheio de amor, compaixão, piedade e humildade que muitos que estão lá todos os dias.”

      Então vc está dizendo q o crente verdadeiro n tem como caracteristica o amor de Cristo, e que uma budista pode ter o coração mais cheio de amor, compaixão, piedade e humildade que os verdadeiramente cristãos, transformados por Deus, para espelharem sua glória?
      “Deus pode sim colocar em nossa vida uma pessoa que ainda não esteja no caminho perfeito, mas que mesmo assim tenha muitas virtudes.”

      isso q vc disse é o mesmo que dizer que a salvação é pelas obras e virtudes, e isso contraria a palavra de Deus, pois em Efesios 2.8,9 diz:
      “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.” Efésios 2.8,9
      “Assim, um pode aprender com o outro sem que seja ferida a nossa fé cristã e para que nós também possamos ser canal de graça na vida de alguém levando-a cada vez mais para perto de Deus.”
      Então vc está dizendo que nosso Deus é um Deus imperfeito, pois Ele nos impõe uma regra, e Ele mesmo se contraria, colocando, assim, uma coisa que desobedeceria sua própria regra. “Não vos ponhais em julgo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? Ou que comunhão tem a luz com as trevas?” 2Co 6.14

    18. Pedro Oliveira Diz

      Brother, se a gnt ficar especulando sem a Biblia a gnt pode tirar conclusões precipitadas. Primeiro= A biblia diz “Não vos ponhais em julgo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? Ou que comunhão tem a luz com as trevas?”

      Deus salva pecadores sem distinção, mas Ele ordena que não nos ponhemos em julgo desigual com os incrédulos. De acordo com o texto bíblico, se Deus quiser que eu me case com uma budista, ele teria que convertê-la primeiro, para que eu não me coloque em julgo desigual.

      Tem mais: esse negócio de ficar dizendo que é Deus que escolhe, no fundo é pra tirar as nossas responsabilidades das nossas escolhas dos nossos ombros. Deus é soberano, mas nós somos responsáveis pelas nossas decisões. Gen. 28. 6-9 “Vendo, pois, Esaú que Isaque abençoara a Jacó e o enviara a Padã-Arã, para tomar de lá esposa para si; e vendo que, ao abençoá-lo, lhe ordenara, dizendo: Não tomarás mulher dentre as filhas de Canaã; e vendo, ainda, que Jacó, obedecendo a seu pai e a sua mãe, fora a Padã-Arã; sabedor também de que Isaque, seu pai, não via com bons olhos as filhas de Canaã, foi Esaú à casa de Ismael e, além das mulheres que já possuía, tomou por mulher a Maalate, filha de Ismael, filho de Abraão, e irmã de Nebaiote.”

      Esse texto mostra, primeiro, que Isaque não aprovava o julgo desigual, porque as filhas de Hete eram idólatras. E, segundo, que Esaú que escolheu, o texto diz que ele foi responsável pelas escolhas dele.
      Segundo= De fato, Deus dá o pão em vez da pedra. Ele dá uma esposa crente, em vez da incrédula (que vai perverter o coração do crente).

    19. Missionário Thiago F. Alves Diz

      Sem fundamento bíblico a sua tese irmão.
      Que Deus ilumine a seu coração em nome de Jesus.

    20. cacaupaula Diz

      Deus abençoa as coisas mas…
      Muitas das vezes pedimoys cyoisas e não recebemos…
      Nao pq ele nao nos ouve mas p Ele sabe o que é melhor para nós. Tenho certeza que você ja deve ter pedido varias coisas a Ele. E nao as recebeu. Certo?
      Pedides e recebereie ou desde quando um pao daria pedra a um filho que pede um pão.. Mas se o filho não estivesse confome aquele hora ou nao era a hora certa para comer ou o que Eçe o Pai preparou pra você nao foi s9mente um pã mais muito mais que isso?
      Muitas das vezes nao entendemo a vontade de Deus em nossa vida em nossa caminhada. Apenas vemos o que quermosbno momneto. Pq é facil e obvio aquio se se esta vendo

  12. Anônimo Diz

    se posicione: http://bit.ly/141G7JH

  13. Henry Felipe Diz

    E nós Cristãos, o que será que os SOLTEIROS pensam ?

  14. Jéssica Rocha Diz

    Bom dia [email protected], gostei muito do artigo. Meditei muito no item- namorar um incrédulo. Alguns meses atrás aceitei ir ao cinema com um incrédulo e tudo ficou só na amizade. Nesse mesmo dia, fui dormir e o Senhor me revelou em sonho algo que eu já previa, mas que foi necessário ele me alertar outra vez. Nosso pai me alertava que só poderei ter união com alguém que tem aliança com Cristo.

  15. Raissa Benites Diz

    Uma reflexão mais que abençoada e inspirada por DEUS nos nossos dias…. Buscar as coisas lá do alto… Amei <3 :)

  16. Heloise Rosa Diz

    O melhor mesmo é fazer corte /o/

  17. Matheus Borcarte Diz

    Muito legal ! Só não gostei do final. Acho que de certa forma pode-se levar o descrente a crer levando a palavra e tudo mais. Se caso não aceitasse… aí tudo bem… realmente é melhor se afastar para não corromper o real sentido do casamento: viver em comunhão com Deus. E Deus promete que sou filho dEle se eu crer em Cristo, por meio da fé. É a minha opinião. Mas ainda assim gostei muito! Parabéns! É bem construtivo

  18. kamila Diz

    não sou evangelica, mas leio muito para entender onde devo chegar…mas fiquei com uma duvida,quando falam “temem a Deus” oque quer dizer???

    e também quando dizem ” então você deve deixar todo e qualquer namoro com um não-convertido, afastar-se dele, não tocá-lo, não andar mais com ele.”

    é só no caso de namoro, ou evangelicos não podem ter relacionamento algum com não evangelicos?!
    obrigada

    1. Hugo Melo Diz

      Oi Kamila…

      Que bom que você lê bastante (creio que sobre tudo) para saber qual é o caminho verdadeiro. E que bom que você admite que Cristo possa ser de fato a verdade (Senão você não estaria lendo o VE…rs). O meu desejo é que isso seja confirmado através de seus estudos, mas também através do próprio Deus, que é vivo e ativo em abrir os olhos dos homens.

      Sobre o termo ‘temer a Deus’, aqui nós consideramos o termo temer com um sentido de reverência, e não de pavor. Afinal, a própria bíblia nos ensina que ‘o verdadeiro amor lança fora todo o medo’. Mas, de fato, o que não é cristão e não é redimido pelo sacrifício de Cristo tem motivos para temer (O Deus bíblico também é justiça e juízo, e eu não posso omitir isso de você).

      Sobre a expressão “não andar mais com ele”, o conselho é especificamente para o namoro, dado o contexto do texto do Pr. Wilson, contudo se formos pegar a origem desse aconselhamento na bíblia o texto está em 2 Co 6, e ele tem sim um caráter mais abrangente, entretanto, ele tem um caráter mais íntimo (tanto para namoro quanto para amizades) também. De fato, nós sabemos que não dá para termos relacionamentos íntimos com qualquer um (Exemplo: Se o meu melhor amigo é um satanista, e eu for procurá-lo em busca de conselhos, certamente ele me guiará em caminhos diferentes do que a bíblia ensina, e eu me sentirei constantemente confuso e perdido).

      Conquanto o cristão é aconselhado a não manter relacionamentos íntimos com idolatras, filhos de Belial, infiéis… o cristão é chamado para amar e se relacionar com todos (Jesus orou: Não os (cristãos) tire do mundo, mas livra-os do mal). O cristão tem o DEVER de criar vínculos e estabelecer amizades com não cristãos (nós protestantes, geralmente, não cremos na legitimidade de uma vida monástica).

      Espero ter te ajudado.

  19. Rian Laurentino Diz

    Cristão só pode namorar cristão.Cristão só pode andar com cristão.Cristão só pode ser amigo de cristão.Devo me afastar da minha família então,dos meus amigos que eu cresci junto?Sou eu que vou escolher uma pessoa com quem irei me casar ou Deus apontará uma pessoa que me complete?Existem erros graves nesse artigo,erros sérios dignos de um religioso comum.Fora isso,eu apoio e digo que o artigo é edificante.

  20. Wendel Lima Diz

    gostei muito da Orientação ..

  21. Kelvin Prado Diz

    ^~ PALAVRA FORTE.

  22. PUREZA&piedade Diz

    Muito Edificante. =) PUREZA&piedade

  23. fabio Diz

    O PROBLEMA É QUE IGREJA SÓ TEM BARANGA POBRE ENQUANTO QUE NAS BOATES TA CHEIA DE GATAS FILHA DE BACANA. FUI!!!!!

  24. mariana Diz

    bons conselho

  25. vyvytex Diz

    Concordo que o cristão deve preferir se relacionar com pessoas de mesma fé, principalmente em se tratando de relacionamento íntimo. Mas não concordo com a atitude de alguns cristãos que apontam o dedo na cara de quem está em jugo desigual. Acho falta de sabedoria. Deus opera na vida das pessoas de várias formas… Não cabe a nós julgar ninguém. Digo isso porque tenho um exemplo vivo em minha casa: meus pais. Pois é, minha mãe casou em jugo desigual. E somente uns 10 anos depois, meu pai se converteu – e Deus usou exatamente minha mãe. Ela fez uma cirurgia e chegou à beira da morte, e Deus usou esta situação para tocar e transformar a vida do meu pai. Hoje meu pai é uma verdadeira bênção, participa ativamente da igreja, de missões, etc. Então, para finalizar: sei que esta não é a regra, e concordo que é muito fácil a pessoa se desviar do caminho estando em jugo desigual. Mas como alguns colocaram em comentários anteriores, não temos como saber o plano de Deus para aquelas vidas. Por isso, penso que os cristãos devem ter bastante cuidado e sabedoria em suas colocações, na forma de abordar estas pessoas, etc. Creio que a oração em favor do casal seja mais eficaz.

  26. Sthefani Adriane Diz

    éé vivemos em um tempo em que os jovens mal se converteram e já estao pensando na pessoa que Deus preparou ra ela…digo isso por ver e tmb por experiencia propria…

  27. Merison Hipper Diz

    concordo, nosso caminho é em outra direção (DEUS) melhor obedecer a Deus do que se magoa com a pessoas errada, que o Senhor nos abençoa em nossas escolhas. :-D .

  28. Ripplin Jco Junior Diz

    Sendo assim, o que me dizem da passagem de I Cor 7-
    12Aos outros, eu mesmo digo isto, não o Senhor: Se um irmão tem mulher descrente e ela se dispõe a viver com ele, não se divorcie dela.
    13 E, se uma mulher tem marido descrente e ele se dispõe a viver com ela, não se divorcie dele.

  29. Gabriel Souza Diz

    o assunto central é namoro, não casamento. 1 cor… 7:12 e 13 trata-se de um casamento entre uma serva e um descrente, porém, de uma união não começada após conhecer a graça e sim antes .

  30. Gustavo Diz

    “Eu costumo colocar o namoro na mesma categoria do noivado. A Bíblia não me dá a categoria “namoro”. Logo, eu a defino com aquilo que há de mais próximo dela, o noivado.”

    Wilson, em meu limitado entendimento, esta sua relação é equivocada. É razoável relacionar o noivado com o compromisso daquele contexto, pois eram preparativos para o casamento, no entanto, namoro não tem relação nenhuma com este ponto. Por mais que você tenha esta concepção em tese, sabemos que na prática, o namoro é um relacionamento mais frágil do que um noivado, isto em qualquer comunidade da sociedade. O namoro é apenas um status contemporâneo que não tem associação nenhuma com o contexto bíblico. Além do mais, e isto também serve para o noivado, estas etapas “precasamentais” dos dias de hoje, são completamente fora do padrão bíblico, ou podemos dizer que naqueles dias os noivos se beijam, saiam juntos de mãos dadas, e tinham encontros reservados? Aliás, em nossa própria sociedade em tempos remotos, um beijo na boca antes do casamento era motivo de escândalo, beijos entre casais era quase considerado como ato sexual. Se um casal não casados daquela época, se beijasse antes do cassamento, o que aconteceria? O que a lei diria? Neste sentido, acho uma hipocrisia esta separação de etapas para um relacionamento. Cobramos dos casais a abstinência do sexo, mais liberamos relacionamentos não bíblicos com beijos e postura que afomentam a vontade da carne. Deixamos o cão diante da comida, mas encurtamos a coleira para ele não chegar até ela. O relacionamento bíblico, até onde eu sei, é o casamento, que independente de qualquer cerimonia ou ou status social, é a união do homem com a mulher… E neste ponto tenho que concordar com o criticado Ed René, um casal de namorados é uma família em crise, vivendo um mal casamento. Como tampamos o olho à isto e nos preocupamos apenas em condenar o pecado sexual, tem vários casais por ai se prostituindo e se divorciando frenquentemente.

    Não que eu esteja certo em minha posição, postei aqui justamente para entender melhor sobre o assunto e mudar de minha concepção, se for preciso. Abçs, o Senhor nos abençoe.

    1. josé armindo Diz

      Irmão, fique com o que o Senhor disse: “FOJE DAS PAIXÕES DA MOCIDADE”! Namoro é paixão, então você obedece ou desobedece. No namoro a base é a fornicação, embora isso seja áspero de se dizer. Mas, melhor as feridas da verdade, do que as falsas maquiagens da mentira, i.é., de tudo o que não é a Palavra de Deus. Deus é amor, amor não é paixão, atração sexual, sentimento de carinho, mas se expressa EM CRISTO CRUCIFICADO!

  31. Sandra Ferreira Diz

    Cristãos não namoram para se conhecer. Cristãos namoram porque já se conhecem o suficiente para caminhar um tempo, rumo ao matrimônio. Eu costumo colocar o namoro na mesma categoria do noivado. A Bíblia não me dá a categoria “namoro”. Logo, eu a defino com aquilo que há de mais próximo dela, o noivado.Eu concordo plenamente com esse paragrafo…

  32. Aloísio Diz

    “Vamos pensar”…

    Deus colocou Eva na vida de Adão, teoricamente ele ficou feliz por não estar sozinho…
    Mas a minha pergunta é: A sua companheira errou ao comer o fruto do conhecimento do bem e do mal? ou não?. Trazendo o pecado original ao mundo, e por consequência a queda de todos??
    Resposta: > sim simnãoSim<
    Sempre ou quase sempre teremos opção de escolha, porém devemos sempre pedir discernimento a Deus para entendermos ou não os fatos, se não entendermos pode ser um momento de crescimento ou queda. (Para isso precisamos usar as armas e dons que Deus nos da ex: Fé, obediência, mansidão, oração, confiança, consagração, humilhação, clamor entre outros. Pois isso verdadeiramente irá determinar e mostrar nosso amor por Deus; que é o maior de todos os mandamentos).
    O que quero dizer com isso irmão?
    Muitas vezes nos preocupamos em dizer o que é e o que não é, e esquecemos o que Deus quer….
    Muitas coisas são reveladas e outras ocultas, mas todas elas são da vontade ou permissão de Deus para as nossas vidas.
    Deus é onisciente e sabe de todas as coisas e o que precisamos na verdade é: Estar em conexão suprema com Deus, para ELE nos guiar pelo seu ESPÍRITO SANTO que sempre irá nos levar a verdade… e essa verdade nada mais nada menos é ELE mesmo, nos ensinando a sua soberania e mostrando o que é misericórdia e arrependimento e amor.
    Peço aos irmãos que se preocupem em seguir a (verdade) e não usar a palavra de Deus para se sentir Deus, pois pela palavra de Deus até o diabo tentou a Cristo. Sei também que a palavra de Deus nos corrige, ensina, nos faz viver, mais o que quero resumir é que cada um tem uma experiência diferente com Cristo e por ELE somos salvos, nos levando ao crescimento do que é certo e errado.
    Deus nos deu sentimentos e se olharmos para ele verdadeiramente ele não nos deixará enganados, vivam intensamente com Cristo, observando suas atitudes e feitos e sejam seus (imitadores), pois não seremos o (próprio), perfeito, justo e reto.

    Conheço pessoas que estão sem o entendimento de Cristo e porém trazem em seu carácter mais retidão do que crentes. De igual modo conheço verdadeiros Cristãos que trazem todas as características de um verdadeiro filho de Deus nascido de Deus. Mas isso tudo não nos faz ser perfeitos (sem pecados), erros, imperfeições.
    A pessoa que não conhece a Deus, Deus o sabe em sua ignorância (desconhecimento).
    Os que conhecem a Deus, Deus sabe a suas fraquezas e imperfeições… e por isso creio que o o seu poder se aperfeiçoa em nossas fraquezas, mas em tudo Cristo é nosso Senhor, pois Deus faz o sol nascer sobre justos e injustos.
    Deus se revelou ao homem não para o condena-lo e sim para salvar todo aquele que nele Crer de coração e o adora em espírito e em verdade, reconhecendo a sua soberania sobre todos as coisas as quais foram criadas por ELE e para ELE.
    Então busquemos intimidade com Deus, vivamos com ELE, e ao errarmos… nos lamentemos, voltemos e procuraremos fazer melhor, certo… pois isso é se (arrepender), e Deus nos assiste e nos perdoa, pois a sua misericórdia dura para sempre….
    Pois Jesus Cristo é o concerto perpétuo… Amém.

    Espero ter contribuído com os irmãos, pois cada um trás uma certa verdade!
    Mas de todas elas é que: Deus é fiel e misericordioso e veio para nos dar vida e vida abundante.

  33. Darci Giovanetti Lasso Diz

    Graça e paz, irmão.
    A igreja de Corinto não era judia, mas convertidos. Se hoje eu fosse casado, fosse do mundo como minha esposa e resolvesse me converter, mas minha esposa não, deveria me separar? Obvio que não! É isso que Paulo fala.

  34. Sharon Alves Arenson Diz

    isto é para os casais que uma das partes se converteu após o casamento

  35. sharon Diz

    quando se trata de casamento e namoro percebo uma tendencia das pessoas a querem interpretar e até mesmo adaptar versiculos isoladamente ao que lhe convem sejamos honestos conosco mesmos e vamos parar de justificar a fraqueza da nossa natureza humana a biblia é bem clara quanto a pureza ,virgindade e sexo e isto é bem claro tanto para homens e mulheres somente após o casamento e ponto final ,a escolha é nossa Deus aponta o caminho quem obedece só tem a se dar bem se é facil ou não isso é de cada um agora com certeza a desobediencia não nos trara beneficio simples assim….

  36. Jonathan Faustino Diz

    O namoro Cristão possui o mesmo peso do noivado, e além do mais os Cristão não devem ser levados pela cultura secular e sim pelo que a Bíblia diz, e a Bíblia não relata sobre namoro e sim sobre noivado, pois estão por isso que os Cristãos devem orar e esperar no Senhor a pessoa certa para não haver equívocos .

  37. Isis Diz

    Gostei muito do texto! Estou muito confusa, eu era firme na igreja até que um dia eu me desviei, passou um tempo comecei a namorar, e ja se fazem dois anos e três meses! E agora estou voltando para a casa de Deus, mas meu namorado é de outra religião, ele esta disposto a ir para a igreja comigo mas ele continua sendo ímpio pois ainda não entendeu a palavra e o amor do Senhor, e não sei o que devo fazer! Se devo me afastar, ou tentar leva-lo para a igreja. Podem me ajudar?

  38. Inho Diz

    Aconteceu comigo, eu descrente e minha atual noiva, crente. Ela antes de começarmos a namorar, orou e pediu direção ao senhor e antes de começar o namoro eu aceitei a Jesus. Aí sim depois de um mês conversamos, fui pedi aos pais dela. Acredito que tudo devemos pedir direção ao senhor, ninguém entende os mistérios de Deus. Tb acho certo julgo desigual, até pq é bíblico. Temos livre arbítrio para escolher, acho que todos sabem o que é certo ou errado.

  39. Daniel Mendes Diz

    Tenho uma grande duvida, junto de um situação… Bom tenho uma amiga q disse q recebeu uma palavra que o marido dela oa ser de uma outra cidade. ela mudou pra essa cidade foi em um restaurante viu um cara que ficou olhando pra ela (apenas viu) sentiu algo q disse que era Deus falando no seu intimo. desde entaum nem conhece o cara nunca mais viu na vida, nem sabe se é cristao, ou solteiro kk. e se torna refem disso pq diz q tem Promessa de Deus pra o casamento. ela realmente é muito devota, e de oração msm. mas eu jah a pedi em Namoro e ela me disse isso. gosto muito dela. mas não sei sr acredito nisso… isso existe???? é biblico???? por favor é uma grande duvida! me ajudem!! Tenho uma grande duvida, junto de um situação… Bom tenho uma amiga q disse q recebeu uma palavra que o marido dela oa ser de uma outra cidade. ela mudou pra essa cidade foi em um restaurante viu um cara que ficou olhando pra ela (apenas viu) sentiu algo q disse que era Deus falando no seu intimo. desde entaum nem conhece o cara nunca mais viu na vida, nem sabe se é cristao, ou solteiro kk. e se torna refem disso pq diz q tem Promessa de Deus pra o casamento. ela realmente é muito devota, e de oração msm. mas eu jah a pedi em Namoro e ela me disse isso. gosto muito dela. mas não sei sr acredito nisso… isso existe???? é biblico???? por favor é uma grande duvida! me ajudem!!

  40. Daniel Mendes Diz

    Tenho uma grande duvida, junto de um situação… Bom tenho uma amiga q disse q recebeu uma palavra que o marido dela oa ser de uma outra cidade. ela mudou pra essa cidade foi em um restaurante viu um cara que ficou olhando pra ela (apenas viu) sentiu algo q disse que era Deus falando no seu intimo. desde entaum nem conhece o cara nunca mais viu na vida, nem sabe se é cristao, ou solteiro kk. e se torna refem disso pq diz q tem Promessa de Deus pra o casamento. ela realmente é muito devota, e de oração msm. mas eu jah a pedi em Namoro e ela me disse isso. gosto muito dela. mas não sei sr acredito nisso… isso existe???? é biblico???? por favor é uma grande duvida! me ajudem!! Tenho uma grande duvida, junto de um situação… Bom tenho uma amiga q disse q recebeu uma palavra que o marido dela oa ser de uma outra cidade. ela mudou pra essa cidade foi em um restaurante viu um cara que ficou olhando pra ela (apenas viu) sentiu algo q disse que era Deus falando no seu intimo. desde entaum nem conhece o cara nunca mais viu na vida, nem sabe se é cristao, ou solteiro kk. e se torna refem disso pq diz q tem Promessa de Deus pra o casamento. ela realmente é muito devota, e de oração msm. mas eu jah a pedi em Namoro e ela me disse isso. gosto muito dela. mas não sei sr acredito nisso… isso existe???? é biblico???? por favor é uma grande duvida! me ajudem!!

  41. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Daniel, em nenhum lugar da Bíblia Deus nos instrui a revelações sobre quem casar. Deus nos dá princípios de como escolher um esposo ou uma esposa e nos dá liberdade para exercermos essa escolha. Sugiro o livro Tomando Decisões – Segundo a Vontade de Deus do Heber Campos Jr. (http://fiel.in/1qUnpNw) e o livro Faça Alguma Coisa do Kevin DeYoung.

    Veja estes vídeos do Heber Campos Jr. também: http://fiel.in/1aN70ZB

  42. Ingrid Diz

    Queridos.

    No meu caso, comecei a namorar um rapaz que é de família Cristã, porém que não era convertido. Depois de um ano de namoro, nos batizamos juntos. Nosso propósito, sempre foi o casamento e logo após, o conhecimento da palavra, amor e temor a Deus. Creio que seja conveniente para aqueles que já aceitaram Jesus como seu único Salvador, procurar companheiros que compartilhem do mesmo pensamento. Mas não podemos deixar de apontar também os novos convertidos e os que se converteram depois de começarem a namorar. Eu, como Cristã, me vejo como uma nova pessoa em Cristo. Mas não posso me esquecer, que não somente eu, mas outros jovens casais, passaram pela mesma situação. Além disso, está na bíblia, que Deus não leve em conta o tempo de ignorância. Atos 17:30

    Aproveito para agradecer pelo material, apesar de achar que casos como esse que expus deva ser citado, ele foi muito edificante e construtivo.

    Obrigada e que Deus abençoe o trabalho de vocês.

  43. Kathleen Diz

    Eu descordo completamente,eu conheci a Jesus Cristo através do meu parceiro que era convertido e eu não. Quando todos mandaram ele me largar e ela não desistiu da minha vida,eu pude perceber o amor de Cristo na vida dele,não só por ser meu namorado,mais por se tratar de uma vida. Jesus diz na biblia que veio para os doentes e não para os sãos. Acho extremamente egoista a visão marginalizada de quem não conheceu a Jesus,acredito que com açôes como estas eles nem venham a conhecer… O segundo maior mandamento de Cristo é: ame ao proximo como a ti mesmo…sera que com tal atitude estariamos fazendo isso…meditem irmãos pois não há maior exemplo na vida de um conjuge do que nós mesmos.

  44. john baptisa Diz

    um crente namorar? cada qual tem a sua forma de entender a palavra de Deus mas eu achoque esta palavra namoro não tem na Biblia Sagrada, logo não podemos envetar oque não esta escrito no livro da vida.

  45. Zancanela Diz

    Se quisermos saber como viver uma vida saudável e fiel a cristo, procuramos todas base na bíblia.
    Mais como todos sabem, e tem a conciencia.

    Todos tem seu “livre-arbítrio”, viver com suas escolhar, e ai sim, você escolhera o Caminho de Deus, ou o caminho de sua própria conciencia.

  46. A Diz

    eu nunca ouvi tanta retardadice na minha vida… caramba.

  47. Amador Goncalves Diz

    Acho que poderia verificar a história nas culturas judaicas, etc, para ver como funcionava isso, namoro, noivado, casamento, não apenas a Bíblia em si. Poderia ajudar mais dessa forma.

Comentários estão fechados.