Fazei discípulos de todas as nações!

O que a Grande Comissão Exige das Igrejas Locais?

Para cumprir o mandamento de Jesus de fazer discípulos de todas as nações (Mt 28.19), as igrejas devem:

1. Pregar inexoravelmente o evangelho. Se uma  igreja deseja evangelizar o mundo, ela deve começar  evangelizando os seus vizinhos. Primeiro passo: pregar  claramente o evangelho em cada culto público da  igreja.

2. Ensinar as pessoas a obedecerem tudo o que  Jesus ordenou. A Grande Comissão é um  mandamento de fazer discípulos de Jesus, pessoas que  o seguem, imitam e obedecem. Discípulos que crescem se tornam melhores testemunhas.

3. Equipe cada membro para evangelizar  pessoalmente. O pastor não pode ser o único  evangelista. Uma igreja deve treinar e encorajar todos  os seus membros à evangelização. Mantenha classes  de escola dominical que ensinem a evangelização. Dê  destaque a materiais evangelísticos (como a  Christianity Explored) para serem usados em evangelização pessoal. Ore regularmente com a igreja  pelo zelo evangelístico.

4. Busque oportunidades de parceria com  missionários em outras nações. As igrejas devem  não apenas lutar para evangelizar seus vizinhos, mas  também os lugares onde cristo não é conhecido (Rm  15.20). Portanto, busque parcerias com irmãos e irmãs  que tenham o mesmo sentimento e já estejam  labutando em outro país.

5. Ore para que Deus levante membros que levem o evangelho a outras nações. Cada igreja tem uma situação diferente, mas cada igreja deve orar para que  Deus levante alguns de seu próprio povo para irem às  missões mundiais.

O que é Sucesso em Missões e Como se Pode  Medi-lo?

A Bíblia ensina alguns pontos com inegável clareza.

1. Os resultados em missões vêm de Deus, não do instrumento humano. “Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus. De modo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento” (1Co 3.6-7).

2. O nosso papel é proclamar o evangelho com fidelidade e confiar em Deus quanto aos resultados. “Agora, eu sei que todos vós, em cujo meio passei pregando o reino, não vereis mais o meu rosto. Portanto, eu vos protesto, no dia de hoje, que estou limpo do sangue de todos; porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (At 20.25-27).

3. Por conseguinte, o verdadeiro sucesso em missões é medido pela fidelidade à tarefa, não pelos resultados imediatos e visíveis. “Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora,  além disso, o que se requer dos despenseiros é que  cada um deles seja encontrado fiel.” (1Co 4.1-2).

4. A própria natureza das missões cristãs depende da fé. “Andamos por fé e não pelo que vemos” (2Co 5.7). A tentativa de medir resultados é, muitas vezes, uma tentativa de viver por vista. Definir sucesso como “fidelidade” é difícil de aceitar porque requer total dependência de Deus.

Extraído do site www.9marks.org. Copyright © 2013 9Marks. Usado com Permissão. Original: What does the Great Commission require of local churches? e What is success in missions and how do you measure it?

Tradução: Vinícius Silva Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website: www.MinisterioFiel.com.br / www.VoltemosAoEvangelho.com. Original: Fazei discípulos de todas as nações!

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

9marks-logo2

5 Comentários
  1. Marilene Teixeira Diz

    Isso é maravilhoso, pois Missões está no meu sangue, estudei no Seminário Teológico do Betel Brasileiro!

  2. Marilza Meyer Diz

    Fazer missões- dever de todos nós cristãos!

  3. Adriano Queiroz Diz

    eu compartilho do amor de Cristo.

  4. luiz Diz

    Boa noite, na verdade não gostaria de fazer um comentário e sim fazer uma pergunta…. com total respeito, minha companheira é membro de uma igreja e, ela; se transformou da água pro vinho, como uma loucura, desesperada por casamento, e sempre trabalhei a noite, e tive que sair pois ela me infernizou tanto, que não aguentei mais, porém hoje, estamos separados porque na última ela queria me impedir de voltar para trabalhar, só não entendo o fato dela tanto reclamar de mim, do meu trabalho, do horário, do fato de que eu não frequento a igreja que ela segue, …..mas o meu dinheiro, serve pra tudo isso … inclusive para patrocinar as idas e vindas dela da igreja, fato que não me incomoda, …….em contrapartida, tem alguns fatores que me deixam muito triste e não consigo compreender. Primeiro o fato do sistema que ela participa, onde as pessoas vivem dentro da nossa casa, algo que me irrita profundamente, pois não tenho nada contra nenhum dos chamados irmãos, porém sou um homem, não compartilho da ideia de que estas pessoas, tenham livre acesso a minha casa, pois sou daqueles que não visito ninguém para que justamente as pessoas não me perturbem na minha casa. Sou capaz de ajudar, o irmão, mas elas não precisam esta na minha casa, como ja o fiz por várias vezes, e faria novamente. Pois ela ja foi de um outro ministério, que tinha o mesmo sistema da visão celular, talvez parecido, e hoje , vivo o mesmo, dilema, saliento que nesta última a discipuladora levou até meu tapete, pois tudo ela pedia, ficava melhor na casa dela.,… noutra ocasião esta mesma pessoa; queria uma queria uma máquina de fazer temperos, sabe um situação totalmente desagradável. NA VERDADE GOSTARIA DE SABER QUAL O INTUITO E OBJETIVO DESTA VISÃO OU SEJA , O OBJETIVO DESSE ESTUDO, PORQUE HOJE VEJO QUE REALMENTE EU ABRINDO , ESPAÇO PARA ESTA PARTICIPAÇÃO MINHA VIDA DESMORONOU…. E O PIOR ELA VIVE NA CASA DAS OUTRAS IRMÃS? POR FAVOR ENVIE UMA RESPOSTA DE ACORDO COM A PALAVRA DE DEUS…..

    Reitero meus protestos de elevado estima e admiração.

    Luiz.

  5. luiz Diz

    boa noite

Comentários estão fechados.