Não é possível ser um evangelista sem saber ensinar o evangelho

No artigo “Ensinando-os a observar”, Victor Cruz nos fala um pouco mais sobre a Grande Comissão. Confira:

Ser um evangelista é mais do que simplesmente falar às pessoas a respeito de Jesus; é preciso que nos tornemos mestres do evangelho. O evangelho é proclamado pela pregação das boas novas. Esse é o princípio. Mas nós também precisamos explicar aos novos crentes as implicações e as conseqüências de crer no evangelho. Isso é necessário para fazer verdadeiros discípulos.

A autoridade para ensinar

R.T. France observa que, quando Jesus disse aos seus discípulos que eles deveriam ensinar, ele estava lhes transferindo a autoridade para serem mestres. No verísculo 28.20, Mateus usa pela primeira vez o verbo “ensinar” – didask? –, o que implica que os discípulos então tinham a autoridade recebida de Cristo para ensinar outros.

Crer no evangelho exige que o crente nascido de novo se submeta ao ensino e receba instrução a fim de viver de acordo com a vontade de Jesus. Fazer discípulos começa com a confissão de fé em Cristo (Romanos 10.9); então, segue-se o batismo no nome do Pai, Filho e Espírito Santo, de modo que possamos fazer parte da igreja a fim de aprender a observar tudo o que Jesus nos ordenou no contexto de uma comunidade de crentes.

[dt_call_to_action content_size=”normal” text_align=”left” background=”fancy” line=”true” style=”2″ animation=”right”]

Artigo Completo

Veja o desenvolvimento completo do texto lendo o artigo completo:

Clique aqui para ler o artigo completo[/dt_call_to_action]

Por: Victor Cruz. © 2014 Ministério Ligonier. Original: Teaching Them to Observe.

Este artigo faz parte da edição de abril de 2014 da revista Tabletalk.

Tradução: Vinícius Silva Pimentel. © 2014 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: Ensinando-os a observar.

Veja mais artigos desta revista