um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Não tem como cumprir a Grande Comissão sem plantação de igrejas

Ao ouvirem essas palavras, os discípulos entraram em ação. O que eles fizeram revela o que eles pensavam que Jesus queria dizer ao ordenar-lhes que fossem a todas as nações. Eles foram a todas as nações – e plantaram igrejas. E nós deveríamos fazer o mesmo.

A Grande Comissão sem um foco nas nações está perdendo de vista o seu contexto bíblico, a atitude dos discípulos e o lugar que ela ocupa na missão de Deus. A Grande Comissão sem um foco na plantação de igrejas está perdendo de vista o que eles fizeram ao ouvirem a Grande Comissão.

Quando Jesus disse: “todas as nações”, ele redirecionou a missão e enviou o seu povo para as nações. Dependendo de quem conta e de como se conta, há mais de seis mil grupos populacionais não alcançados. Pouco menos de três mil deles são povos não engajados, significando que há pouco ou nenhum testemunho presente.

As nações importam na Grande Comissão, e Deus nos chama a plantarmos igrejas entre essas (e outras) nações. Elas precisam de novas igrejas plantadas.

A sua nação, onde quer que você esteja lendo isto, está entre as nações. Onde quer que você esteja lendo isto, essa passagem se aplica. Plantar igrejas deve acontecer em sua nação, assim como em todas as nações. Algumas vezes isso ocorre porque as nações moram em nossa nação. Apenas nos Estados Unidos, há mais de quinhentos grupos populacionais não engajados, não alcançados.

Em uma pesquisa do Gordon-Conwell Theological Seminary divulgada no ano passado, o missiólogo Todd M. Johnson e sua equipe descobriram que quase vinte por cento dos não cristãos na América do Norte não conhecem pessoalmente um cristão. Mais de setenta e cinco por cento dos sikhs, hindus e jains que moram nos EUA não conhecem um cristão. O mesmo é verdade para mais de sessenta e cinco por cento de budistas, xintoístas, taoístas, zoroastristas e praticantes de religiões populares chinesas. Até mesmo quarenta e dois por cento dos mulçumanos reconhecem que não têm proximidade com nenhum cristão. Eles precisam de novas igrejas plantadas.

Mas mesmo pessoas na cultura majoritária precisam de novas igrejas. A igreja é central à missão de Deus de proclamar a história de Jesus a todo homem, mulher e criança. Ao olharmos para o Novo Testamento, vemos que a plantação intencional de igrejas, sob a condução do Espírito Santo, era um método chave usado pelas igrejas primitivas para obedecerem à ordem de Jesus. Isso deveria ser verdade hoje. E isso inclui plantar igrejas em centros urbanos, áreas nobres em crescimento, comunidades rurais e por aí vai. Eles precisam de novas igrejas plantadas.

A Grande Comissão não pode ser cumprida sem plantação de igrejas. Jesus nos disse para discipularmos, batizarmos e ensinarmos. Essas três coisas são feitas no contexto de uma igreja local. Se você deseja ver pessoas tornarem-se discípulas, serem batizadas e ensinadas na Palavra de Deus, seja em uma grande cidade americana ou em uma vila rural asiática, a plantação de igrejas deve ser um dos meios.

[dt_call_to_action content_size=”normal” text_align=”left” background=”fancy” line=”true” style=”2″ animation=”right”]

Artigo Completo

Veja o desenvolvimento completo do texto lendo o artigo completo:

Clique aqui para ler o artigo completo[/dt_call_to_action]

Por: Ed Stetzer. © 2014 Ligonier Ministries. Original: “All Nations” and Church Planting.

Este artigo faz parte da edição de Abril de 2014 da revista Tabletalk.

Tradução: Vinícius Silva Pimentel. © 2014 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: Todas as Nações e a Plantação de Igrejas.

Veja mais artigos desta revista

1 comentário
  1. Diogo Vianna Diz

    O Link da matéria completa está ruim.

Comentários estão fechados.