Qual é o objetivo do pastoreio?

Os presbíteros pastoreiam os membros da igreja a fim de ajudá-los acrescerem em Cristo. Os presbíteros cuidam do rebanho de tal modo que os crentes se desenvolvem da infância espiritual à completa maturidade na semelhança a Cristo. Os bispos labutam na esperança de que as ovelhas passarão da infância de um cristianismo necessitado e focado em si mesmo para a fase adulta de servir a Jesus e conduzir outros a Jesus.

Paulo identifica a maturidade cristã com o motivo pelo qual Jesus deu vários líderes à igreja, incluindo pastores (i.e., aqueles que cuidam de ovelhas):

E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo. (Efésios 4.11-13)

Quando os presbíteros cumprem bem seus deveres, os crentes “não mais” serão “como meninos”, mas, em vez disso, crescerão “em tudo naquele que é a cabeça, Cristo” (vv. 14-15). Os presbíteros devem dizer com Paulo: “Nós anunciamos [a Cristo], advertindo a todo homem e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo” (Colossenses 1.28).

Em outras palavras, o alvo do pastoreio é fazer discípulos maduros. O que é fazer discípulos, senão ajudar as pessoas a progredirem até a maturidade em Cristo?

Então, enquanto pastores da igreja, os presbíteros devem liderar o caminho e estabelecer o ritmo do fazer discípulos. Todos os crentes são chamados à tarefa de fazer discípulos, mas os presbíteros carregam uma responsabilidade geral pelo trabalho de discipulado da congregação.

Quando os presbíteros compreendem o objetivo do pastoreio enquanto fazer discípulos e amadurecer discípulos, isso transformará o seu ministério. Considere como o objetivo de fazer discípulos maduros deve impactar cinco aspectos comuns do trabalho pastoral de um presbítero.

[dt_call_to_action content_size=”normal” text_align=”left” background=”fancy” line=”true” style=”2″ animation=”right”]

Artigo Completo

Aprenda mais sobre “Presbíteros: Os Principais Discipuladores da Igreja” lendo o artigo completo.

Clique aqui para ler o artigo completo[/dt_call_to_action]

Por: Jeramie Rinne. © 2012 9Marks. Original: The Heart of a Disciple-Making Pastor.

Este artigo faz parte do 9Marks Journal.

Tradução: Vinícius Silva Pimentel. Revisão: Vinícius Musselman Pimentel. © 2015 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: Presbíteros: Os Principais Discipuladores da Igreja.

Veja mais artigos do 9Marks Journal