um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Missões: acrescentando sabedoria ao zelo

Mark Dever recentemente iniciou um sermão sobre o assunto de missões com esta ilustração:

Havia uma deliciosa bebida com efeitos colaterais positivos e poderosos. Todos que a bebiam amavam aquilo. Era uma bebida não somente gostosa, mas também saudável.

Os consultores de vendas viram maravilhosas possiblidades. Essa bebida poderia ir a qualquer lugar! Então, eles convenceram o homem que havia criado a bebida a deixar os planos de expansão do negócio nas mãos deles.

Dentro de semanas, garrafas da bebida começaram a aparecer em grande número, primeiro nas cidades mais próximas e, então, por todo o país. Uma larga campanha publicitária foi unida aos boatos espalhados pelas poucas pessoas que beberam o produto original.

Contudo, quando as pessoas pegavam, abriam e bebiam as garrafas, elas ficavam desapontadas.  Era uma boa bebida. Mas não era aquilo que elas haviam ouvido de seus amigos ou visto nos outdoors. Era… mais uma bebida, como tantas outras nas prateleiras das lojas.

Quando o proprietário original soube a resposta das pessoas, ele não podia acreditar. Seu produto nunca havia falhado. Como isso pode ter acontecido? Ele foi a uma loja, onde várias prateleiras estavam enfileiradas com todos os tamanhos de garrafa da sua bebida, abriu uma e bebeu.

Então, ele entendeu.

Para produzirem e venderem sua bebida tão rapidamente e em escala tão vasta, os consultores haviam mudado e barateado o produto. Aquilo não era mais sua bebida original.

Mas agora sua oportunidade de introduzir a bebida à nação estava perdida. Ele havia começado com um único problema – ninguém conhecia a bebida. Agora ele tinha um problema muito pior – todos a conheciam. Ou, pelo menos, pensavam que conheciam. Mas aquilo que eles haviam bebido era falso. A oportunidade daquele homem havia sido perdida para sempre?

Mark concluiu sua parábola com esta lição para missões:

Não há dúvida de que a comissão de Jesus de levar as Boas Novas ao redor do mundo se tornou mais desafiadora devido àqueles que – em nome do alcance de mais números mais rapidamente – acabaram substituindo o produto real por um produto aguado. Eles tiveram sucesso em fazer crescer algo rapidamente, mas não está inteiramente claro o que é esse algo.

Zelo sem conhecimento prejudica missões; esse zelo pode até levar à condenação (veja Romanos 10.1-3). Contudo, muito frequentemente, igrejas assumem que a sinceridade de seus esforços compensa quaisquer deficiências em seus métodos. O senso de urgência leva especialmente a uma obra de missões apressada, não saudável e insensata.

O que é necessário são igrejas saudáveis, além de uma visão para o papel crucial das igrejas em fazer a obra de missões. Nesta Revista 9Marcas, nós iniciamos apresentando alguns dos problemas em missões hoje, particularmente em relação ao papel das igrejas.

Então, nós fazemos a seguinte pergunta: o que exatamente as igrejas devem fazer para se engajarem sabiamente em missões? Nós tentamos responder a essa pergunta na segunda parte.

Nós poderíamos ter tratado de muitos assuntos nesta Revista, mas esperamos que ele ofereça um ponto de partida útil ao assunto para os pastores. Comece, talvez, com Aubrey Sequeira. Ali é oferecida uma figura útil sobre o que pode dar errado. Mack Stiles, então, oferece um contraponto: com o que se parece o engajamento de uma igreja saudável.

E ore para que Deus venha a usar esta Revista para ajudar igrejas a cumprirem mais fielmente a Grande Comissão, particularmente até aos confins da terra.

 

© 9Marks. Website: 9marks.org. Traduzido com permissão. Fonte: Missions: Adding Wisdom to Zeal : Fall 2015

Original: Missões: acrescentando sabedoria ao zelo. © Ministério Fiel. Website: MinisterioFiel.com.br. Todos os direitos reservados. Tradução: Felipe Prestes. Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva.

Comentários estão fechados.