Como disciplinar os filhos quando o pecado é recorrente?

Transcrição

Eu acho que se uma criança persiste no mesmo tipo de mau comportamento, é evidente que há algo de errado. Algumas coisas dependem da idade da criança. Se você está lidando com uma criança pequena com idade de pré-escola e você está lidando com a rebeldia através da disciplina física, é óbvio que você não deve aplicar a disciplina física seis, oito ou dez vezes por dia.

Então, há situações que você pode escolher deixar passar algumas coisas que normalmente não deixaria passar ou, às vezes, você pode sentar com a criança para conversar sobre a importância de obedecer, especialmente quando você entende que a disciplina física naquele dia já foi o suficiente. No caso de uma criança mais velha, você pode sempre conversar com a criança e dizer: “Olha, nós já falamos sobre isso duas ou três vezes hoje, sobre a mesma coisa. Eu já falei com você sobre isso, já mencionamos algumas consequências que seriam apropriadas, mas você continua insistindo nisso”.

É uma questão de simplesmente sentar com a criança e dizer: “O que está acontecendo? Que parte da instrução não entendeu? Como você enxerga o fato de que você continua a desobedecer?” Creio que essa é uma maneira apropriada de chamá-los à responsabilidade. Eu sempre na passagem de Gálatas, capítulo 6, que diz: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se nсo desfalecermos”. Às vezes, os pais desistem antes do tempo da ceifa e nós precisamos ser consistentes, diariamente lembrando nossos filhos do chamado de Deus em suas vidas, erguendo o estandarte diante deles, apontando para Cristo e para a cruz e sendo consistentes na aplicação da disciplina e da correção. Então, não acho que precisamos tentar um método novo, mas somente perseverar com consistência e fidelidade.

Por: Tedd Tripp. © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Traduzido com permissão. Original: Como disciplinar os filhos quando o pecado é recorrente?

Comentários estão fechados.