um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Martinho Lutero: Linha do Tempo

Hoje se completa 501 anos desde que Martinho Lutero, um monge agostiniano, pregou suas 95 teses na porta da igreja em Wittemberg. Nestes breves vídeos de duas partes e no formato de cartoon em parceria com o projeto PictoBíblia, conheça, através de uma linha de tempo, um resumo da vida e feitos realizados pelo reformador alemão.

Nascido Escravo

Lutero considerou a doutrina da escravidão da vontade como a pedra angular do evangelho e o verdadeiro alicerce da fé cristã. Em Nascido Escravo, um resumo de sua obra suma, `A Escravidão da Vontade`, temos uma refutação clara e definitiva dos argumentos em favor do livre-arbítrio apresentados por Erasmo em sua defesa da posição humanista da Igreja Católica Romana.

CONFIRA

Por: PictoBíblia. © Voltemos ao Evangelho e PictoBíblia. Website: voltemosaoevangelho.com. Traduzido com permissão. Original: Martinho Lutero: Linha do Tempo.

2 Comentários
  1. patricia Diz

    q bela parceria. lindo trabalho histórico e artístico. parabéns

  2. Hermógenes Diz

    A expressão “temos uma refutação clara e definitiva dos argumentos em favor do livre-arbítrio” significa tão somente que seu autor já morreu e não pode refutar mais nada.
    Não existe refutação definitiva em assuntos que se mantêm sob controvérsia histórica, ainda mais porque a argumentação é muito bem elaborada em ambos os lados.
    Alguém aí gostaria de ler um “post” de irmãos na fé dizendo que Fulano, um dos mais renomados e aclamados doutores da Igreja no século XVIII, escreveu uma refutação clara e definitiva contra a predestinação proposta por Calvino?
    Se o livro “Nascido Escravo” foi escrito por Calvino, Paulo de Tarso, Eisenhower, Agostinho de Hipona, Paul Washer, Luís Inácio Lula da Silva, Tiago, Hemifumarato de Quetiapina, João Crisóstomo… não importa. O que deve interessar ao povo do Senhor é se o comentário está de acordo com a vontade dele.
    Em assuntos sobre predestinação e livre arbítrio, apenas Jesus Cristo tem a palavra definitiva e não tem nada mais a aprender.

Comentários estão fechados.