um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Como foi a Conferência Fiel Mulheres 2019?

Hoje estamos completando um mês da realização de 4ª Conferência Fiel Mulheres – Acima de Todos os Deuses (assista a reprise aqui), e temos o privilégio de compartilhar em nosso blog as impressões de uma amada irmã, Elisabeth Portela, que participou com entusiasmo de nosso evento. Betty nos revela os detalhes que, muitas vezes, nem percebemos.

Esperamos que você fique motivada para participar conosco da nossa Conferência Fiel Mulher 2020Aconselhai-vos Mutuamente – e que você seja mais uma mulher com tenha a vida em Cristo enriquecida e volte para sua vida cotidiana mais cheia da graça e do amor de nosso Senhor.

Reflexões Sobre a Conferência Fiel Mulheres 2019

FIEL MULHERES! Faz três anos que esta designação virou parte do vocabulário feminino no mundo evangélico brasileiro. Até então já sabíamos da Conferência FIEL Pastores e Líderes para a qual era convidada a liderança masculina. Muitas esposas acompanhavam os cônjuges, com bastante proveito e deleite porque os estudos sempre são relevantes e derivados da Bíblia. Eu mesma estive na primeira destas, há 34 anos, ao lado do meu marido Solano. Viajamos de Recife para Atibaia para ele participar como intérprete e como palestrante.

Olhando a foto que tirei do grupo inteiro num gramado, naquele ano de 1985, conto somente 57 pessoas, incluindo os palestrantes. Ninguém imaginava que o investimento ousado de trazer dois palestrantes batistas do exterior e um irmão presbiteriano do nordeste para ministrar a um grupo muito menor do que era sonhado seria transformado por Deus em algo muitíssimo maior. Pela sua graça, o ministério já iniciado, de produção e promoção de livros, foi mesclado com o do ensino oral por pessoas preparadas para tal, beneficiando assim milhares e milhares de pessoas, se não milhões (com a chegada e aproveitamento eficaz da Internet e das mídias sociais).

Depois, em 2003, chegou a vez dos Jovens receberem tratamento específico.

Finalmente, em 2016, o Ministério FIEL enfrentou o desafio de produzir um evento para as Mulheres, recebendo muita aprovação. Pude participar do 1º, depois do 3º e, agora, do 4º. Desta vez, mais de 1200 mulheres se reuniram em Águas de Lindóia no interior de São Paulo, vindo de longe e de perto, de avião, ônibus, caravana e carro… Algumas chegaram sozinhas, outras vieram trazidas por seus esposos ou parentes, ou dividiram os custos do percurso em um carro com amigas. Igrejas contrataram vans ou ônibus… Compareceram das regiões Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste, Sul… A maior caravana teve 77 pessoas de uma só região.

Com a orientação da FIEL, eu consegui pegar uma carona num ônibus contratado por uma igreja presbiteriana coreana em São Paulo. Saímos ao redor das 15 horas. Conversei, cochilei, trabalhei numa carta que estava devendo… Enfrentamos trânsito pesado, e chegamos ao hotel da conferência após o horário do início oficial. Corri para pegar o kit-conferencista (um caderno informativo bem elaborado, um livro grátis de John Piper – Deus é o Evangelho, e um cupom de desconto de 30 reais na livraria). Depois colocaram uma pulseira plástica de identificação no meu braço para eu poder entrar nos recintos do evento. Para minha surpresa e alegria, também recebi um crachá que permitia sentar bem na frente.

Quando entrei naquela primeira noite, o Pr. Hernandes Dias Lopes já estava bem adiantado nas suas reflexões como introdução ao tema do evento: ACIMA DE TODOS OS DEUSES. Apenas pude apreciar os pensamentos finais sem conseguir pegar o fio da meada. Fiquei triste, mas sabia que foi o que Deus permitiu… De fato, assimilei tão pouco que estranhei bastante quando, na manhã seguinte, o Pr. Jonas Madureira pareceu ter escolhido, como base do seu ensino, a mesma história que o Pr. Hernandes, pois também falou de uma mulher derramando perfume sobre Jesus. Aí pensei, “acho que ele chegou depois do culto ontem à noite e não sabe que está falando da mesma passagem”! Mas, fiquei contente que as lições que ele tirou não foram repetitivas e igualmente substanciais.

No entanto, posteriormente, quando pude ouvir todo o sermão do Pr. Hernandes no site do evento, entendi que os dois haviam falado de dois incidentes diferentes. Ele nos levou a meditar sobre 8 atitudes de Maria de Betânia (irmã de Lázaro e Marta) em Marcos 14.1-9 quando ela resolveu derramar perfume sobre a cabeça de Jesus. Atitudes que demonstraram como ela não colocou nada ou ninguém acima de Deus. Se nós também adotarmos estas atitudes, existirão reflexos para o nosso presente e para a eternidade, como ocorreu com ela.

O Pr. Jonas, recriou o contexto e o cenário, vividamente, de outro momento, desta vez do evangelho de Lucas (7.6-50). Uma “mulher pecadora”, ajoelhada diante dos pés de Jesus sentado ao lado de uma mesa de banquete, rega aqueles pés com suas lágrimas, os beija e unge com perfume, e os enxuga com seus cabelos. Aquilo, parecia um escândalo. Mas o incidente foi transformado por Jesus em um exemplo. Várias irmãs ao meu redor comentaram a bênção que havia sido para elas, refletir com um e com o outro pastor sobre o ensino divino por meio destes dois incidentes.

O tema da Conferência, “Acima de Todos os Deuses”, é baseado na declaração de Salmo 95.3 (Porque o Senhor é o Deus supremo e o grande Rei acima de todos os  deuses), e os palestrantes continuaram se empenhando de manhã, tarde e noite, em palestras, devocionais e workshops para manter a convergência com este tema maior. Foram momentos especiais – com dois pastores, uma senhora americana, e quatro irmãs brasileiras, abrindo a Palavra para nos ajudar a vislumbrar por que e como nosso Deus precisa ser adorado e servido em todos os momentos e situações das nossas vidas

Eu não conhecia a palestrante Kathleen Nielson, mas logo que mencionei o nome daquela que nos falou 3 vezes, para minha irmã nos Estados Unidos, ela imediatamente a reconheceu. Disse-me que sabia quem era e que ela é sua escritora favorita para livros indutivos de estudo em grupo. Depois vi que ela também irá falar em um evento na Indonésia do qual meu marido deve participar, Deus permitindo.

Assim, foi um privilégio para nós termos esta senhora experiente e piedosa, nos levando a repensar, de maneira serena, ponderada e lógica, o que estamos crendo e praticando com respeito aos nossos corpos e nossos casamentos, e como podemos adorar o nosso Deus de corpo e alma, desde já.

A compreensão das suas mensagens em inglês foi muito bem facilitada pelo conhecimento bíblico e espiritual, como também pela capacidade técnica, da jovem intérprete, Ana Márcia Castillo. Ocorreram várias vezes que, enquanto eu ainda vasculhava a minha mente para encontrar o termo certo (estava anotando em português), a Ana Márcia traduzia correta e claramente, com poucas interrupções no fluir do raciocínio e na transmissão da mensagem. Assim, o que Deus tinha para nós naqueles dias foi carreado das nossas mentes para o nosso coração. Por mim, podem chama-la novamente!

Em retrospecto após, pela primeira vez, ter assistido a TODAS as preleções, percebo que aquelas pessoas que resolveram pular devocionais ou workshops e “frequentar” apenas as palestras principais, saíram perdendo. Creio que as que decidiram ignorar o seu legítimo cansaço físico para estar em alguns dos workshops e devocionais, acabaram sendo abençoadas duplamente. (E ponha cansaço nisto – não foi fácil para a maioria deixar tudo em ordem para poder ausentar-se do seu lar e dos afazeres regulares dos fins-de-semana da sua vida!) De fato, as nossas irmãs brasileiras batistas, Wanger Campos, Laíse Oliveira e Marilene Ferreira, ao lado da palestrante Renata Gandolfo (todas ligadas ao Ministério FIEL) contribuíram para alertar e encorajar a muitas.  E o bate-papo entre os três principais palestrantes, no sábado à noite, ajudou bastante para responder a perguntas de várias e para internalizar as implicações do ensino ministrado.

O nosso banquete espiritual foi completado por outros elementos especiais:

  • Para muitas, poder escolher e saborear alimentos variados, atraentes e saborosos, comendo sem ter que planejar refeições ou cozinhar, foi algo maravilhoso. Nada de mexer em panelas e colocar a mesa antes! Nada de tirar a mesa e lavar a louça! E isso por dois dias!
  • O convívio e a confraternização durante as viagens e nos quartos, e os bate-papos nas refeições (e, até, nas filas); como também os reencontros com amigas do passado, as brincadeiras ao redor dos registros em fotos, especialmente com o nome do evento como pano de fundo; a formação de novas amizades; momentos de receber ou oferecer aconselhamentos valiosos de maneira inesperada e oportuna; de orarem juntos e perceber Deus trabalhando na vida de outros, como também na nossa, guiando, acudindo e transformando…
  • Mais de mil vozes melodiando a Deus, lideradas por um excelente grupo de instrumentistas e vocalistas, formado especialmente para o evento por pessoas jovens de várias igrejas batistas reformadas de São José dos Campos.
  • Acesso visual (e financeiro) aos bons livros, de várias editoras, oferecidos numa enorme livraria. É tão bom poder pegar e folhear as páginas para “sentir” o todo de um livro. Para mim, além de visualizar a natureza do conteúdo, é muito importante poder examinar o índice, perceber o tamanho (e nitidez) das letras, checar se os capítulos são formatados de um jeito que dá vontade de ler e facilidade de entender (É necessário parar para respirar no meio das frases? Os parágrafos facilitam o raciocínio lógico? Se for um livro para criança, qual é o diferencial com relação à outra história de Davi, que já tenho, por exemplo? Ela vai apreciar a colocação e aparência das ilustrações?) Pessoalmente, creio que editoras e vendedores perdem muitas vendas quando não deixam pelo menos uma amostra sem plástico – eu, pelo menos, desisto na hora. Especialmente, porque gosto de dar livros de presente e não compro sem ter certeza…

Em conclusão, quero parabenizar os muitos maridos que facilitaram a participação das suas esposas. Tenho certeza que a maioria delas voltou ao lar encorajada e renovada na sua disposição de glorificar a Deus em todos os aspectos da sua vida. Prestem atenção para não serem empecilhos, ou críticos demais, nas tentativas delas de criar novos hábitos e mudar atitudes e situações para que a família inteira possa colocar Deus em primeiro lugar, acima de todas as outras prioridades e necessidades (reais ou auto-impostas).

Vocês, esposos que são pais de crianças, ou filhos de pais ou parentes dependentes, pensem em ir se preparando e treinando desde já para permitir que sua esposa tenha este tempo de refrigério de alma, mente e corpo no ano que vem. Procurem fazer disto prioridade, em oração diante do Deus de ambos. Vão descobrindo maneiras para se “virar” melhor da próxima vez, interrompendo pouco para saber isto ou aquilo, ou para compartilhar as suas frustrações e cansaço em mensagens de texto ou voz. O alvo deve ser de não atrapalhar ou estragar momentos tão preciosos. É uma oportunidade única de colocar em prática a ordem divina de amar a sua esposa como a si mesmo (Efésios 5.28).

Reflitam também que pode ser, até, que o resultado seja uma esposa que deveria (e poderia) ser encorajada e liberada mais vezes para transmitir o ensino e as aplicações da Palavra de Deus para outras e outros – crianças, idosos, adultos, doentes, atribulados. Assim, ela ficará mais e mais parecida com a “mulher virtuosa” de Provérbios 31 (cujo marido, com certeza, a estimulou para vislumbrar como servir a Deus com os talentos que Ele a concedeu, dentro e fora do lar).

O tema do Congresso FIEL Mulheres 2020 já foi escolhido. “Aconselhai-vos mutuamente”. Vem de Colossenses 3.16 e é precedido por uma ordem: Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos… Agora que aprendemos e sentimos a necessidade de colocar o nosso Deus acima de tudo e de todos, vamos, desde já, nos esforçar diariamente para crescer no conhecimento bíblico (a Palavra de Cristo) para pensar sobre um importante aspecto dos nossos relacionamentos – o dever e o privilégio de nos aconselhar mutuamente.

Esperamos, assim, rever muitas irmãs, e conhecer outras, entre os dias 27 e 29 de março de 2020, se assim permitir o nosso Deus.

Assista o vídeo da chamada da Conferência Fiel Mulheres 2020:

Por: Elizabeth (Betty) Portela. © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados. Original: Como foi a Conferência Fiel Mulheres 2019?

Comentários estão fechados.