um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Paris Reidhead – Dez Ciclos e uma Camiseta

Você consegue ver a diferença? Você consegue ver a diferença entre um levita servindo por dez ciclos e uma camisa ou uma Mica construindo uma capela, porque Deus vai fazer-lhe bem e alguém que se arrepende para a glória de Deus? Por que uma pessoa deve vir à cruz? Por que uma pessoa deve abraçar a morte com Cristo? Por que uma pessoa deve estar disposta a, em identificação, descer à cruz e entrar no túmulo e levantar-se novamente? Eu te falo porquê! Porque é o único jeito que Deus pode obter glória de um ser humano! Se você diz que é porque a pessoa vai conseguir alegria ou paz ou bênçãos ou sucesso ou fama então não é nada mais que um levita servindo por dez ciclos e uma camisa. Há somente um motivo para você ir para a cruz, caro jovem. E esta é porque até chegar ao local de união com Cristo em sua morte você está defraudando o Filho de Deus da glória que Ele poderia obter da sua vida. Para que nenhuma carne se glorie perante Ele. E até que você tenha compreendido o trabalho santificador de Deus através do Espírito Santo levando você a união com Cristo na MORTE e no SEPULTAMENTO e na RESSURREIÇÃO, você tem que servir no que você tem e com tudo que você tem, o qual se encontra sob a pena de morte: personalidade humana, e natureza humana, e força humana, e energia humana. E Deus não obterá nenhuma glória disto.

Você que frequenta desde o início (literalmente início, pois foi a primeira postagem) o blog e lembra do jam (algo como um remix) do sermão de Paris Reidhead, intitulado A Diferença (ou mesmo se você ainda não viu o vídeo, ao qual sugiro ver), tenho boas notícia: a pregação foi inteiramente legendada. E apesar de eu não concordar com 100% do que é dito, 99,9% vale muito a pena. Então, que venha a pregação:

Agradecemos ao pessoal do 4Christ (fiso4christ.com) pela tradução e legenda.

7 Comentários
  1. Ednaldo Diz

    Vini, a Paz.

    Só por curiosidade, o que é o 0,1% de discordância?

    Ednaldo.

  2. And Diz

    Parabéns pelo teu blog!
    sou leitor! admiro o teu trabalho,
    engrandece muito a obra de Deus.
    otimo conteúdo!
    que Deus te abençoe mto!

  3. O PENSADOR Diz

    Realmente, …, já havia vindo aqui outras vezes, …, e a pregação dele tem haver com a citação mencionada…

  4. Anonymous Diz

    eu acho q o 0,1 por cento de discordância deve ser em relação a matar as baratas, hehe!!! se for isso to com ele e não abro!!!!rsrsrs!!!só pra descontrair um pouquinho!!!!

  5. Edward Diz

    Admirável a pregação do homem de Deus, Paris Reidhead. Com perfeita ressonância bíblica em I Co 10.31.

    Surgiram-me algumas indagações:
    1) Quê fazer com o arrependimento daqueles que reconhecem ser pecadores e buscam perdão em Jesus para seus pecados?

    1.1) Esse arrependimento, com benefício próprio, não glorifica a Deus?

    2) Quem se arrepende exclusivamente “para glória de Deus” busca perdão?

    2.1) Quem se arrepende exclusivamente “para a glória de Deus”, aceitando o inferno, busca perdão?

    3) Como escapar da hipocrisia:
    a) Se busca perdão, como aceita o inferno?
    b) Se aceita o inferno, como busca perdão?
    c) Se não busca perdão, como pode haver arrependimento?

    Se meu Deus me escusa comentar, parece que a pregação do irmão precisa de alguns retoques.

    1. Vini Diz

      1) Não é errado buscar o perdão de Deus. Mas este não é o fim principal. Aquele que busca se arrepender só pra ter uma consciência religiosa tranquila e não porque deseja ter seu relacionamento renovado com Deus, então não busca Deus, mas a si mesmo. Veja mais nesta postagem:
      http://voltemosaoevangelho.com/blog/2010/08/devocional-john-piper-deus-e-o-evangelho/

      2) Sim, busca. Mas sabendo que o perdão é um meio de glorificarmos a Deus estando mais satisfeitos nEle.

      3) Como eu disse, o perdão de Deus e a justificação pela fé são meios para termos nosso relacionamento com Deus restaurado. Não é simplesmente um ticket para fugir do inferno. Aqueles que assim procedem, não conhecem a Deus.

  6. Edward Diz

    Já tenho a resposta: Está inteiramente certo o pregador Paris Reidhead.

    Não haverá hipocrisia capaz de contaminar a riqueza do insondável mérito de Jesus Cristo.

    Se eu pudesse reunir todo o valor possível de ser reunido, como família, honra, dignidade, liberdade, vida, acrescido de perdão, salvação e Céu, glória celestial, eternidade e gôzo, estando tudo isso ao meu alcance, se eu pudesse reunir e renunciar a tudo isso, ao mesmo tempo, para Glorificar a Jesus Cristo, AINDA SERIA MUITO POUCO para preencher o Seu merecimento. O amor provado na cruz se expressa em eu poder deixar de fazer isso tudo sem perder o meu Salvador.

    Esta é tambem para mim a única razão de eu existir.

    QUE O CORDEIRO QUE FOI MORTO RECEBA A RECOMPENSA DO SEU SOFRIMENTO

Comentários estão fechados.