[Finalmente Vivos] Parte V: Como podemos ajudar os outros a nascer de novo?

Veja todas as postagens e os novos sorteios deste especial.

John Piper – O Novo Nascimento e a Evangelização

“Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade, tendo em vista o amor fraternal não fingido, amai-vos, de coração, uns aos outros ardentemente, pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente. Pois toda carne é como a erva, e toda a sua glória, como a flor da erva; seca-se a erva, e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente. Ora, esta é a palavra que vos foi evangelizada.” (1 Pedro 1:22-25)

Esta é a verdade (imensamente importante, se você ama alguém ou alguns milhares de pessoas e deseja vê-las nascer de novo para uma viva esperança): se pessoas têm de nascer de novo, isso acontecerá pelo ouvir a Palavra de Deus, centrada no evangelho de Jesus Cristo. Elas serão regeneradas “mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente…”a palavra que vos foi evangelizada”. A obra de Deus e a obra que você realiza andam juntas deste modo:

– Deus produz o novo nascimento mediante a semente da Palavra, o evangelho.

– Deus realiza o novo nascimento por meio da sua pregação do evangelho às pessoas.

– Deus regenera as pessoas mediante as notícias a respeito de quem Cristo é e do que Ele fez na cruz e na ressurreição.

– Deus concede vida nova a corações mortos por meio das palavras que você transmite, quando fala o evangelho.

As pessoas nascem de novo depois de ouvir essas notícias,  jamais nascem de novo sem ouvi-las [1]. “A fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo” (Rm 10.17). Então, quando perguntamos: o que devemos fazer para ajudar as pessoas a nascer de novo? A resposta bíblica é clara: fale às pessoas as boas-novas, com um coração amoroso e uma vida dedicada a servir.

Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus. Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo.

No capítulo 14, Piper começa falando sobre nossa reação diante da verdade de que é Deus que causa o novo nascimento. Se você fica desmotivado e se sentindo inútil ao saber dessa verdade bíblica, então você precisa ler este capítulo. Após, tanto no capítulo 14, como no 15, Piper mostra como se encaixam duas gloriosas verdades: o papel de Deus na realização do novo nascimento é decisivo e, o nosso papel, essencial. No capítulo 15, ele dá, também, 10 encorajamentos para aqueles que falam do Evangelho. E não, isso não é só para evangelistas e pastores, mas seria muito bom se estes lessem esse livro para não caírem em decisionismo (o evangelho do poder da decisão humana e não da graça soberana de Deus).

Veja o vídeo abaixo e entenda melhor como nossa participação no novo nascimento é essencial:

Vídeo disponibilizado por: Editora Fiel

[1] Saiba mais sobre a pergunta: “E Quem Nunca Ouviu o Evangelho?”

Por: John Piper © Desiring God. Website: desiringGod.org

Resumo extraído da Parte 5 (capítulos 14 e 15) do livro Finalmente Vivos, com trechos do mesmo.

Comentários estão fechados.