um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Ouvir: A Habilidade Essencial do Conselheiro

Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar… (Tg 1:19 ARA)

Você ouve as pessoas de forma paciente e atenciosa? Na palestra “Ouvir, A Habilidade Essencial do Conselheiro”, Randy Patten nos desafia a vivermos este texto de Tiago em nossos aconselhamentos. Pattern nos lembra de que muitas vezes os conselheiros, por serem habilidosos em ensinar, acabam se precipitando em falar. Então, abaixo seguem vários motivos para sermos prontos para ouvir e tardios para falar.

6 motivos para se tornar uma pessoa pronta para ouvir

1. Agradar a Deus por obedecer a Sua Palavra (Tg 1:19b);

2. Porque palavras podem obscurecer ou esclarecer (Pv 18:4);

3. Para tirar o que está no coração da pessoa (Pv 20:5);

4. Para evitar as dificuldades causadas pela presunção (Pv 13:10);

5. Para tornar-se mais sábio (Pv 18:15);

6. Porque ouvir pode ser uma manifestação de amor (Fp 2:3,4).

4 motivos para se tornar uma pessoa tardia para falar

1. Para agradar a Deus por obedecer a Sua Palavra (Tg 1:19b);

2. Porque quanto mais você falar o mais provável é que você vai pecar (Pv 10:19);

3. É uma evidência de crescimento moral e espiritual (Tg 3:2-12, especialmente o v.2);

4. Para evitar dificuldades desnecessárias na vida e no ministério (Pv 21:23);

Dicas práticas:

1. Uma excelente dica que tenho ouvido aqui é “faça perguntas abertas”. Perguntas abertas são perguntas que não podem ser respondidas apenas com um “sim ou não”. Exemplos:

  • No lugar de perguntar “marido, você ama sua esposa?” pergunte “marido, como você tem demonstrado seu amor por sua esposa?”.
  • No lugar de perguntar “você confia em Deus?” pergunte “como sua confiança em Deus tem o ajudo a combater sua ansiedade?”.

2. Ouvir atenciosamente uma pessoa envolve posturas corporais. Abaixo seguem seis indicações não verbais que mostram que você está realmente ouvindo.

  • Ombros endireitados encarando o indivíduo;
  • Postura aberta, relaxada como se dissesse, “você tem acesso a mim”;
  • Incline-se ligeiramente para frente, indicando interesse no que a pessoa está dizendo;
  • Fale num tom e intensidade de voz que reflita interesse e compaixão em vez de irritação;
  • Faça contato visual especialmente quando a pessoa estiver ouvindo;
  • Vá para um local mais apropriado.

 

3 Comentários
  1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Você se considera um bom ouvinte? Isso seria uma pergunta fechada (rs). Então vamos mudar.

    De quais formas você tem amado seu próximo sendo um bom ouvinte?

    1. Daniel Freitas Diz

      Engraçado Vinícius. Lendo seu texto vejo minha posição, nas vezes que precisei dar algum conselho. Como contrárias a essas que acabei de aprender. Confio no Senhor. Para Glória de seu Nome Ele vai me aperfeiçoar.

  2. Elionice Sousza Diz

    isso foi muito aproveitoso para mim, mim ajuda a desenvolver um dialogo com as pessoas com mais fresibilidade

Comentários estão fechados.