um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Heber Campos Jr. – Como é o Chamado de Deus Para o Ministério?

Embora todos os cristãos sejam chamados a servir a causa de Cristo, Deus chama certas pessoas para servir a Igreja como pastores e outros ministros. Ao escrever ao jovem Timóteo, o apóstolo Paulo confirmou que se um homem aspira ser um pastor, “excelente obra almeja.”(1 Tm 3.1) Da mesma forma, é uma grande honra ser chamado por Deus para o ministério da Igreja. Como você sabe se Deus está te chamando?

Semana passada no artigo de Kevin DeYoung, Como posso saber se sou chamado para o Ministério Pastoral?, analisamos algumas marcas na vida daquele com um chamado pastoral. No artigo, Deus tem te chamado?, Albert Mohler Jr. aponta que existe um chamado interno e outro externo, sendo o interno o chamado de Deus para aspirar ao episcopado e o externo a confirmação da igreja sobre esse chamado. Ele fecha com as seguintes perguntas:

Considere o seu chamado. Você sente que Deus está te chamando para o ministério, seja como pastor ou como outro servo da Igreja? Você queima com uma compulsão de proclamar a Palavra, compartilhar o Evangelho, e cuidar do rebanho de Deus? Esse chamado tem sido confirmado e encorajado por aqueles cristãos que melhor te conhecem?

Contudo, esse chamado interno tem muitas vezes sido superdimensionado, como se para alguém ser chamado para o ministério pastoral, um episódio como o de Paulo tivesse que ocorrer. No vídeo abaixo, Heber Campos Jr. desafia esse conceito, mostrando que esse “poderoso chamado interno” não é normativo nas Escrituras, mas o chamado externo (a confirmação da igreja) é.

Por: Heber Campos Júnior. Website: www.ipalimeira.com.br.

Disponibilizado por Escola Charles Spurgeon. Website? www.escolacharlesspurgeon.com.br. Lá você encontra Pregações em Áudio, Vídeo e Texto e Curso de Teologia Online.

13 Comentários
  1. Caetano Nicoli Diz

    Descordo em partes pelo seguinte motivo…hoje podemos observar que nas igrejas na questão de presb´teros são eleitos não aqueles com clareza teológicas, mas sim aqueles que a igreja julga ser o mais bonzinho, bonito, maior tempo de igreja coisas destes gênero, bem sabemos que nestes últimos dias você pregar ou ensinar a sã doutrina virou algo insulportavél aos ouvidos da maioria, quero dizer você passa a ser visto como uma pessoa pessoa radical, intolerante simplismente por ter a bíblia e seus ensinamentos como verdade absoluta sobre tudo e todos, isto porque hoje temos até mesmo pastores vendo a bíblia com um certo relativismo e aceitam, ensinam e pregam com padrões extrabíblicos.
    Portanto hoje temos dentro de nossas igrejas tanto pastores quanto presbíteros despreparados, ateus e liberais simplesmente, porque foram pessoas que sempre compartilharam aquilo que o povo quer ver e fazer dentro das igrejas, sendo este o motivo hoje vivido de um forte distanciamento da palavra de Deus.
    sou presb

    1. Edson Correa Diz

      Olá Caetano, faço minha as suas palavras. Infelizmente é assim mesmo que acontece, as vezes fico pensando se DEUS não tem algum propósito que eu desconheço, se não, como poderia permitir essa politicagem dentro das igrejas locais?

  2. Thiago Carvalho Sousa Diz

    Irmão Caetano entendi sua colocação e te apoio. Agora no que diz respeito à sua discordância, o problema não está no que foi explicado, pois de fato o pastor Heber está correto, a dificuldade reside na falta de cristãos sinceros dentro das igrejas.

    Uma igreja séria, com membros sérios, pelos menos teoricamente, escolheriam seus presbíteros por estes princípios abordados. Sobre a questão das más escolhes, aí o problema já é outro, e não no padrão bíblico.

  3. Jefersson Cunha Diz

    Acredito na Bíblia, até na sua capa. Deus é onisciente e sabe das intenções dos homens.
    O nosso Senhor Jesus foi taxado como louco, radical, blasfemo, enfim, por aqueles conhecedores da lei, pelos religiosos. Se somos de Cristo, seremos perseguidos mesmo, se somos fiéis a Sua Palavra, não pregando preceitos de homens, seremos condenados, taxados como radicais, perseguidos pela nossa "busca pela santidade", ou pelo menos, é isso que os outros irão pensar de nós. Isso é bom, porque se estamos incomodando, é porque estamos fazendo diferente dos demais, mas se somos iguais aos outros, se não andamos na contramão, certamente iremos agradar a muitos, desagradando a Deus.

  4. Irineu Romão Romão Diz

    A paz do Senhor meus irmões; eu discordo em algumas coisas que o nosso presbitero, relata porque eu recebi o chamado por duas vs.é muito forte, quando o servo recebe a convocação, temos que ter muito cuidado no que falamos;Sou pastor amém.

  5. Paulo Paiva Diz

    Aí Leandro Martins que legal. Ele foi meu orientador de tese, e um dos melhores professores que tive no SPS. Acho que vc vai ter aulas com ele também. Abraço.

  6. Paulo Paiva Diz

    Aí Leandro Martins que legal. Ele foi meu orientador de tese, e um dos melhores professores que tive no SPS. Acho que vc vai ter aulas com ele também. Abraço.

    1. Leandro Martins Diz

      valeu meu amigo! sensacional!

  7. Paulo Paiva Diz

    Aí Leandro Martins que legal. Ele foi meu orientador de tese, e um dos melhores professores que tive no SPS. Acho que vc vai ter aulas com ele também. Abraço.

  8. Eduardo Diz

    Estar no ministério integral/servir a igreja em posições de liderança tem muito mais haver com o chamado interno do que externo, em minha opinião. Davi já era Pastor de Ovelhas e tinha um ótimo relacionamento com Deus quando ele derrotou Golias. O que quero dizer com isso? Antes de estar à frente de um congregação precisamos ter vidas retas e justas com Deus, um caminhar santo que independe de pretensões ou vontades pessoais. Ser um discípulo de Jesus, como Ele nos chamou nas Escrituras, é muito mais difícil do que assumir um papel de Pastor(nome que se popularizou como alguém que prega ou assume responsabilidade pela igreja, mesmo sem ter um vida santa e justa diante de Deus). Nem sempre o testemunho dos homens está de acordo com a vontade de Deus, por essa razão devemos, antes de tudo, nos prostar diante do Senhor em jejum e oração para que Ele confirme se temos algum chamado da parte Dele, ou se estamos enganados e cegos, pensando que a nossa vontade ou dos homens é a Dele.

  9. Maria Lucy Freitas Godinho Diz

    a Igreja é mercenária.. os que tem Dons para falar de Deus.. são atores…nada mais… Jesus disse "Dê a Cesar (dinheiro) o que é de Cesar… ou seja ja deixava bem claro que Igreja e Dinheiro eram opostos.. e o que vemos hoje são igrejas protinhas para convencer voce de dar o Dizimo.. e convenhamos esse pastor com Laptop isso nada tem a ver com a ideia de Jesus.

  10. caetano nicoli Diz

    somente arrumando um mal entendido,quado fiz meu comentário acima eu ia dizer que sou presbiteriano,porem excedeu o numero de palavras então ficou a seguinte frase sou presb,na verdade não sou presbítero,não sou ninguém apenas fiz o curso de teologia tanto no instituto bíblico e um seminário teológico apenas para obter melhores conhecimento no tocante a palavra e assim poder servir melhor ao meu único Deus,criador de todas as coisas.

  11. Rogerio Correa de Castro Diz

    Muitos querem ser pastor ou líderes, mas poucos se preparam para isso. O fator aceitação da igreja é muito importante, porque o povo sabe a vida da pessoa, ve como ela se relaciona e como trabalha dentro da comunidade. O chamado interno é muito subjetivo para ser levado tão em conta pela liderança. Não existe como medir isso. É cada um que eu vejo querer ser pastor… muitos sem a mínima condição.
    Fora os muitos que querem o presbitério porque nao tiveram êxito profissional, e vêem o pastorado como um meio de ganhar a vida fácil. Conheço vários exemplos e vi todos naufragarem rapidamente,

Comentários estão fechados.