4 Falsos Evangelhos: Cuidado!

O que É o Evangelho?

O evangelho são as boas novas acerca do Jesus Cristo fez para reconciliar pecadores com Deus. Aqui está a história toda:

  1. O Deus único, que é santo, nos criou à sua imagem para que o conhecêssemos (Gn 1.26-28).
  2. Todavia, nós pecamos e nos separamos desse Deus (Gn 3; Rm 3.23).
  3. Em seu grande amor, Deus enviou o seu Filho Jesus para vir como rei e resgatar o seu povo dos seus inimigos – sobretudo do próprio pecado (Sl 2; Lc 1.67-69).
  4. Jesus estabeleceu o seu reino ao atuar, de uma só vez, como um sacerdote mediador e um sacrifício sacerdotal – ele viveu uma vida perfeita e morreu na cruz, assim cumprindo ele mesmo a lei e tomando sobre si a punição devida ao pecado de muitos (Mc 10.45; Jo 1.14; Hb 7.26; Rm 3.21-26; 5.12-21).
  5. Ele agora nos chama ao arrependimento dos nossos pecados e à fé em Cristo somente, para o nosso perdão (At 17.30; Jo 1.12). Se nos arrependermos  e confiarmos em Cristo, nascemos de novo para uma nova vida, uma vida eterna com Deus (Jo 3.16).

Então, essas são boas novas.

Uma boa maneira de resumir essas boas novas é descortinar biblicamente as palavras Deus, homem, Cristo, resposta.

  1. Deus. Deus é o criador de todas as coisas (Gn 1.1). Ele é perfeitamente santo, digno de toda adoração, e há de punir o pecado (1Jo 1.5; Ap 4.11; Rm 2.5-8).
  2. Homem. Todas as pessoas, embora criadas boas, tornaram-se pecaminosas por natureza (Gn 1.26-28; Sl 51.5; Rm 3.23). Desde o nascimento, todas as pessoas estão separadas de Deus, são hostis a Deus e estão debaixo da ira de Deus (Ef 2.1-3).
  3. Cristo. Jesus Cristo, que é plenamente Deus e plenamente homem, viveu uma vida sem pecado, morreu na cruz para suportar a ira de Deus em lugar de todos aqueles que haveriam de crer nele, e ressuscitou do sepulcro para dar vida eterna ao seu povo (Jo 1.1; 1Tm 2.5; Hb 7.26; Rm 3.21-26; 2Co 5.21; 1Co 15.20-22).
  4. Resposta. Deus chama todos os homens, em todos os lugares, para que se arrependam de seus pecados e creiam em Cristo a fim de serem salvos (Mc 1.15; At 20.21; Rm 10.9-10).

(Parte deste material foi adaptado de O Evangelho e a Evangelização, de Mark Dever, p. 55, publicado pela Editora Fiel)

Quais São Algumas das Mensagens que as Pessoas Falsamente Chamam de “O Evangelho”?

  1. Deus quer nos tornar ricos. Alguns pregadores atualmente dizem que as boas novas são que Deus deseja nos abençoar com abundância de dinheiro e possessões – e tudo o que nós precisamos fazer é pedir! Mas o evangelho é uma mensagem sobre bênçãos espirituais (Ef 1.3): Deus enviou Jesus Cristo para morrer e ressuscitar por nós, a fim de nos justificar, reconciliar com Deus e nos dar vida eterna com Deus (Rm 3.25-26; 6.23; 2Co 5.18-21). Além disso, a Bíblia promete que os cristãos não terão prosperidade material nesta vida, mas tribulação (At 14.22), perseguição (2Tm 3.12) e sofrimento (Rm 8.17), sendo que um dia todas essas coisas darão lugar a uma glória indizível (2Co 4.17; Rm 8.18).
  2. Deus é amor e tudo está bem conosco. Algumas pessoas pensam que o evangelho significa que Deus nos ama e nos aceita exatamente como somos. Mas o evangelho bíblico confronta as pessoas como pecadores que enfrentarão a ira de Deus (Rm 3.23; Jo 3.36) e então mostra-lhes a solução radical de Deus: a morte de Jesus na cruz, pela qual ele carregou os pecados do povo de Deus. Este evangelho chama as pessoas a uma resposta igualmente radical: a se arrependerem de seus pecados e crer em Cristo para a salvação.
  3. Nós devemos viver corretamente. O evangelho não é uma mensagem que nos ensina a viver uma vida melhor e, assim, nos tornar justos diante de Deus. Na verdade, o evangelho nos ensina exatamente o oposto: nós não podemos fazer o que agrada a Deus e nós jamais poderemos nos tornar aceitáveis a ele (Rm 8.5-8). Mas as boas novas são que Jesus fez por nós o que jamais poderíamos fazer por nós mesmos: ao viver uma vida perfeita e suportar a ira de Deus na cruz, ele assegurou a salvação de todos aqueles que dão as costas para o seu pecado e creem nele (Rm 5.6-11; 8.31-34).
  4. Jesus veio transformar a sociedade. Algumas pessoas acreditam que a missão de Jesus era transformar a sociedade e fazer justiça ao oprimido por meio de uma revolução política. Mas a Bíblia ensina que este mundo só se tornará justo quando Jesus vier novamente trazendo novos céus e nova terra (2Ts 2.9-10; Ap 21.1-5). O evangelho é, fundamentalmente, uma mensagem sobre a salvação da ira de Deus por meio da fé em Cristo, não a transformação da sociedade nesta era presente.

(Parte deste material foi adaptado de Nove Marcas de Uma Igreja Saudável, de Mark Dever, p. 82-102,  publicado pela Editora Fiel)

 

Extraído do site www.9marks.org. Copyright © 2013 9Marks. Usado com Permissão. Original: What is the gospel?What are some messages that people falsely claim are the gospel?

Tradução: Vinícius Silva Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website: www.MinisterioFiel.com.br / www.VoltemosAoEvangelho.com. Original: 4 Falsos Evangelhos: Cuidado!

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

9marks-logo2

44 Comentários
  1. Nilza Merlin Diz

    Que Deus ajude a todos a entender os propósitos de Deus!

  2. Jean Basilio Basilio Diz

    Jamais podemos perder a essência do primeiro amor, temos sempre que estarmos resgatando o princípio, a base do Evangelho, que é as boas novas em Jesus Cristo Senhor.

  3. Carlos Élder Pedroso Diz

    Glória a Deus !!!

  4. Carlos Élder Pedroso Diz

    Glória a Deus !!!

  5. Ubiraci Albuquerque Diz

    forte!! ;)

  6. Letícia Novais Diz

    Que o Espírito Santo nos de todo o entendimento :)

  7. Ricardo Martins Diz

    Graça e paz! Acredito que os 4 evangelhos falsos citados no texto são apenas fragmentos das imensuráveis riquezas de Cristo. Todo ser humano tem uma percepção limitada do mundo a sua volta, baseada em sua experiência própria e na quantidade de informações sobre o que ele vê. Por exemplo, posso ir a um culto totalmente direcionado para Curas e Milagres. Sem conhecer BEM aquela denominação, posso sair dali falando que não pregam o evangelho verdadeiro e que são “falsos profetas” roubadores, que estão apenas atrás das lã das ovelhas. Percebe o quanto somos parciais?! Pode ser que eles preguem o evangelho durante 350 dias por ano e usem os outros 15 dias para cultos sobre Cura (justamente o dia em que fui), Bençãos financeiras, Transformação da sociedade e etc… Ouvir comentários de terceiros, ver videos no YouTube, avaliar frases isoladas, assistir alguns cultos não te dão base suficiente para julgar segundo a reta justiça qualquer ministério que seja.

    1. Wagner Diz

      Irmão não existe Culto de milagres, todo culto deve ser direcionado a Deus, o que passar disso é idolatria. Somente ao Senhor teu Deus prestarás culto, e somente a ele serviras.

    2. Ricardo Martins Diz

      E a multidão dos que criam no Senhor, tanto homens como mulheres, crescia cada vez mais.
      De sorte que transportavam os enfermos para as ruas, e os punham em leitos e em camilhas para que ao menos a sombra de Pedro, quando este passasse, cobrisse alguns deles.
      E até das cidades circunvizinhas concorria muita gente a Jerusalém, conduzindo enfermos e atormentados de espíritos imundos; os quais eram todos curados.
      Atos 5:14-16

      Então estava havendo idolatria na igreja primitiva, e em todo o ministério de Jesus…
      Não é bem assim mano, quando nos reunimos em determinada ocasião para buscar algo de Deus, sejam milagres, curas, libertação, provisão financeira, não estamos idolatrando, seria idolatria viver em busca do que Jesus tem e não de quem ele é.

      Obs: Culto de milagres é um culto normal, onde o SENHOR é o centro, mas o assunto da Palavra será relacionado a milagres, as orações serão por milagres e no final, Deus será glorificado pelos milagres. Assim como existem cultos evangelísticos, cultos de libertação, etc…

    3. RobsonRojas Diz

      Mas o foco nao deve ser nessa forma de culto. O culto n~ao ‘e para o homem, mas para a gl’oria de Deus. E nem sempre Ele manifesta sua gl’oria na forma de curas e milagres. Al’em disso, essas coisas n~ao podem ser consideradas como ind’icios de que a igreja conhe’ca a Cristo, podemos ver isso em Mateus 26, onde Jesus mostra que as caracter’isticas dos salvos s~ao os atos de caridade, bondade, amor, compaix~ao e miseric’ordia. Ali’as, existe uma const^ancia nas ep’istolas com rela’c~ao ‘a pratica de boas obras e do amor ao pr’oximo. Mas isso j’a foge ao tema…

    4. Victor Diz

      E se dos 365 dias do ano, 300 foram cultos de cura?? (não que isso seja errado, muito pelo contrário, mas, com certeza, não deve ser o foco da igreja, estou pegando seu exemplo).

      Acho que uma boa parte dos cristãos conhece bastante as igrejas que dizem coisas desse tipo (das 4 citadas), para basearem as suas percepções em apenas um culto aleatório. Some-se a isso que a própria bíblia disse que, no fim dos tempos, as pessoas se desviariam da sã doutrina, fazendo mestres para si, segundo seus desejos. Penso que os 4 pontos citados estão certíssimos. São distorções do evangelho e baseiam-se nos desejos humanos, não no de Deus. Tirei essa certeza lendo toda a bíblia, e vendo como Deus se trata e trata os homens.

    5. Victor Diz

      Corrigindo, talvez não concorde totalmente com a terceira. Porque, mesmo sabendo que somos totalmente injustos perante Deus, ainda penso que devemos viver corretamente, afinal, devemos passar nossa vida cristã crescendo em santidade para nos parecermos com Cristo, mas não no sentido de fazer disso o próprio evangelho, senão viraria legalismo ou “farisaismo”.

    6. Ricardo Martins Diz

      Concordo plenamente. Cristo em nós é a esperança da glória!
      Sempre tento temperar as situações para não incorrer em extremismos, sou extremamente exigente comigo, mas tento ser longânimo e brando com os demais, por isso ando como pisando em ovos quando o assunto é apontar erros alheios… e outra coisa, a trave no meu olho é tão grande que tenho dificuldade de ver o argueiro no olho da galera hehehe. Obs: Devemos sim exortar em amor, com paciência e longanimidade, lembrando sempre o quanto somos falhos e perdoados diariamente… Graça e paz!

    7. Victor Diz

      Verdade! Isso é importantíssimo, ser brando com os outros. Perdoe-me se pareci nervoso no comentário, mas não era minha intenção. Nem cheguei a isso. Não se vê muita longanimidade e mansidão nos blogs, ultimamente. Fica em paz!

    8. OTÁRIO DISIMISTA Diz

      concorde ou não .mas existes (n) denominaçôes que só visam os lucros

      financeiros,pra mim o mundo esta cheio de igrejas que usam e usurpam das palavras do grandioso DEUS (EU SOU) para galgar posições e patamares melhores na sociedade com falsas promessas de vida prospera. agora irmãos lhe convido para fazer uma visita a um leito de hospital onde pessoas agonizam e até rogam para que sua morte seja breve devido tal sofrimento pessoas esta que na sua grande maioria não tem sequer um parente para segurar sua mão.

      A fome ,caro queridos cresce a cada dia e ele é impiedosa

      procure no fundo da sua consciência se possível peça ajuda ao ESPIRITO SANTO,UMA razão que me convença que DEUS ouvirá as suplicas de quem buscas tais coisas materiais das quais a traça e a ferrugem destrói

      esse meu pequenino e indefeso manifesto dedico a todos os lideres de igreja que USAM A PALAVRA DO MESTRE para confundir é enviar seu
      próximo para bem longe de DEUS

      TAIS LIDERES ESTES QUE SE OLHASSEM NO ESPELHO DA JUSTIÇA QUE ESTA RELATADO NAS INSCRIÇÕES DA BÍBLIA VERIAM SOMENTE O SEU PRÓPRIO REFLEXO DE SEPULCROS CAIADOS

      POR PREGAR INÚMERAS BLASFÊMIAS SEM RESPALDO BÍBLICO

      LUDIBRIANDO O O POVO A OFERTAR EM TROCA DE BENS ,SAÚDE,SALVAÇÃO E VIDA ETERNA

      E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim. Mateus 27.14

      PELO VISTO O FIM VAI DEMORAR MUITO POIS O QUE ESTA SENDO PREGADO
      HOJE TRAZ-ME A MEMÓRIA A CENA DOS MERCADORES NO TEMPLO SABER QUE ALI TAMBÉM JESUS CHOROU
      FICA AQUI REGISTRADO MINHA INDIGNAÇÃO COM OS POBRES DE ALMA QUE FICAM BUSCANDO NAS ESCRITURAS RAZÕES E DESCULPAS PARA SUAS SUPLICAS DESNECESSÁRIAS E INDEVIDAS
      CRENDO QUE FINANCEIRAMENTE DEUS IRA RESPONDER
      DAR TUDO AOS POBRES E ME SIGA DE PREFERÊNCIA Á PÉ (NÃO DE JATINHO) PARA PREGAR AS BOAS NOVAS NINGUÉM QUER
      E QUE DEUS TENHA PIEDADE DESSAS ALMAS.

      .

    9. Victor Diz

      Irmão, eu disse que discordava, em parte, somente da terceira proposição. Você deve ter confundido com a primeira. Mas concordo inteiramente com o que você disse.

    10. Rodrigo Lopes Gonçalves Diz

      Gostaria de tecer alguns comentários:

      1. Não vi abordagens indicando essa ou aquela igreja, mas orientando a discernir quanto ao Verdadeiro Evangelho.

      A Bíblia diz que:
      i- Deus, não necessariamente, quer nos tornar ricos, ele quer nos dar a salvação independente das nossas condições aqui na terra, grana não importa, somos forasteiros aqui, basta o suficiente pra viver.

      ii- Deus é amor, mas esse não é o único atributo dEle, é também justiça. Logo, se vivemos em pecado nada estará bem conosco, principalmente se estivermos falando de salvação eterna.

      iii- Nós devemos viver corretamente, mas isso não traz salvação por nosso méritos, Deus não tem nenhum motivo para nos receber no céu (somos pecadores), a não ser pela misericórdia e sacrifício de Jesus na cruz, para salvar os que se arrependerem.

      iv- Jesus veio se fazer de maldição em nosso lugar, pagar o preço por nós.

      Contudo, é possível concluir que os 4 pontos colocados pelo irmão como fragmentos das riquezas de Cristo são: nada mais, nada menos que, O Falso Evangelho.

      2. Gostaria de dizer também que, culto como instituído desde o velho testamento, é sacrifício e adoração ao Senhor. É como uma oferta viva e agradável, sincera e verdadeira de nós, homens ao ÚNICO digno de ser adorado. Com todo respeito, culto “de cura”, “de libertação”, são as mais evidentes provas do egoísmo humano dos dias de hoje, onde as pessoas vão para receber e não para ofertar.

      Quanto à época de Jesus, que os enfermos andavam atrás de Jesus, não era culto, não podemos confundir, cura é uma coisa evangelho da salvação é outra. Também é certo que nem todos que foram curados entraram no céu, muitos dos que curaram e “curam” até hoje também não entrarão no céu.(Mt 7)

      Curas e milagres Deus pode e faz em qualquer momento e hora, não podemos marcar data nem hora para ELE agir, tipo “quarta da cura” ou “quinta da libertação”.

    11. Ricardo Martins Diz

      Paz mano, obrigado pelo comentário. Compreendo seu ponto de vista e acredito que realmente não consegui me expressar com clareza nessas poucas linhas. Não sou adepto de qualquer evangelho diferente deste: Cristo pagou na Cruz o preço que eu nunca poderia pagar e me concedeu gratuitamente a vida eterna nEle. O que tentei expressar no meu comentário é que somos rápidos demais para ver a dificuldade alheia enquanto escondemos muito bem as nossas…
      E com relação ao culto, como você citou, acredito que nossa vida, como cristãos, deve ser um culto constante, a igreja somos nós, no nosso trabalho cultuamos a Deus, no casamento, nos estudos, no transito… E as reuniões no prédio da igreja são apenas mais um momento especial de adoração, aprendizado e ministração coletiva. E podemos marcar data e hora para clamarmos por determinado assunto sim, qual problema nisso? Ou você acredita que devemos chegar na hora da reunião e simplesmente fazer aleatoriamente o que nos vier ao coração? Sempre há um tempo de preparo anterior, mas também devemos ser sensíveis ao Espirito para dirigir a reunião na direção que o Senhor nos levar. Mas se eu estiver realmente errado ore por mim, não quero ter razão, quero servir a Deus! Paz amado!

    12. Rodrigo Diz

      Quando você diz:

      “somos rápidos demais para ver a dificuldade alheia enquanto escondemos muito bem as nossas…”, eu digo que. principalmente quando estamos falando do EVANGELHO GENUÍNO, devemos julgar sim, veja o que Paulo diz em 1Ts 5.21 “julgai todas as coisas, retende o que é bom;” não podemos julgar ninguém, no que diz respeito a salvação, quem julga para salvação é somente Deus, nesse caso, o autor não levantou bandeiras denominacionais, a não ser a do evangelho bíblico.

      “nossa vida, como cristãos, deve ser um culto constante (…), no nosso trabalho cultuamos a Deus, no casamento, nos estudos, no transito…”, concordo com você, mas esse é o culto devocional, que é individual, afinal somos templo do Espírito Santo e servimos a Deus conforme os exemplos que o irmão citou, mas há o culto PÚBLICO a Deus, que é diferente, embora o irmão considere que “as reuniões no prédio da igreja são apenas mais um momento especial de adoração”, eu tenho uma divergência, leia/estude todo o livro de Malaquias e verá Deus tratando com muito rigor e ordem as deturpações que o povo de Israel fazia no culto público naquela época, caso tenha dificuldade de entender o que estou falando, sugiro ver os vídeos do Rev. Augustus Nicodemus no youtube – digite o nome dele e malaquias.

      “E podemos marcar data e hora para clamarmos por determinado assunto sim, qual problema nisso?” O problema é que Deus age quando ele quer, não quando marcamos para ele agir veja o que Paulo diz em Rm 9.20 “Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim?”. Ele é que é SOBERANO, além do que, como eu disse antes, muitos estão “vendendo” benefícios (cura, milagre, riquezas, etc.) à custa do Evangelho, com isso ao invés de falar as verdades que as pessoas precisam ouvir, principalmente quanto aos nossos pecados, atraímos pessoas que estão interessados na benção e não no compromisso com o Deus da benção, muitos nem são curados e acabam, erroneamente, se frustrando com Deus, julgando-O por não tê-lo abençoado.

      Prezado irmão, não sou dono da verdade, mas os princípios que creio são estes e me fundamento na Bíblia (a VERDADE), se o irmão tiver outros argumentos com base na Bíblia, podemos continuar a conversa, que com todo amor, acho muito saudável, se quiser me enviar um email ([email protected])

    13. Juizes Diz

      OREMOS POR ESTE RAPAZ… TÁ VIAJANDO! CONFUNDE ALHOS COM BUGALHOS… FREI DAMIÃO COM “FREI” DE CAMINHÃO!!!

  8. Diogo Oliveira Diz

    Muito bom este post.

  9. Maximiliano Gama Diz

    Vamos "bereiar"?

    1. Maximiliano Gama Diz

      Confere aê!

    2. Maximiliano Gama Diz

      Luani Eliseu

  10. Otniel Diz

    Resta saber se, por algum motivo, alguém trouxer gravado 350 dias de cultos só de pseudo curas e pseudo libertações, já que a única e derradeira libertação a cruz proporciona de forma completa, haveria admissão da total falta de direcionamento destes cultos a única e exclusiva adoração a Deus e pregação da Salvação em Jesus.

  11. Gentil Alves Diz

    Concordei com 3 itens integralmente, porem o terceiro concordo parcialmente, porque a palavra de Deus nos ensina a vivir corretamente, viver corretamente nada mais é do que observar o que diz a Sana Escritura. Bíblia Sagrada. Este é meu penssamento mas posso esta equivocado. fiquem todos com Deus..

    1. Felipe Diz

      Gentil, acredito que o autor esta se referindo as pessoas que usam a palavra de Deus como manual de bom comportamento, buscando através desse comportamento alcançar justificação ou “posição” espiritual diante de Deus. Então o autor explica que sermos aceitos diante de Deus ou justificados por ele não depende do nosso bom comportamento, mas unicamente da Sua graça e da nossa fé em Cristo e no evangelho sempre confiando na graça como suficiente para nos achegarmos a Deus. Logo os esforços humanos de viver corretamente seriam nulos no sentido de nos aproximar de Deus, porém, uma vida justa em atitudes e comportamentos é o reflexo do amor de Deus em nós e da nossa obediência a Ele. Deus preparou as boas obras para que, nós os que cremos, andássemos nelas.

  12. Wilson Lourenço de Souza Diz

    Devemos ficar atentos ao esboço acima, pois logo após mostrar o falso evangelho, o escritor está mostrando, o evangelho, correto como está escrito nas Sagradas Escrituras, usando inclusive textos bíblicos para melhor entendimento do leitor.

  13. Rodolfo Belchior Diz

    Esse merecia um infográfico.

  14. Cláudia Diz

    Se através da igreja (seja ela qualquer) curar pessoas é errado, por que então Jesus vivia curando pessoas? Tem alguma incoerência aí! E Jesus não é incoerente! Ele quer sim que as pessoas sejam curadas, porque Ele levou as doenças por nós, só que algumas pessoas não entendem isso. Outra questão: Deus não quer que sejamos ricos! Por que, então, Abraão, Isaque, Jacó, Davi eram ricos? Ser rico não é o problema, o problema é o”amor” ao dinheiro! Deus nos ama (João 3:16), mas não aceita as atitudes erradas que temos, e devemos sim ser corretos, apesar de que nunca agradaremos Deus, como Ele merece. Só concordo com os itens 2 e 4, porque tenho consciência de que não tenho que aceitar tudo o que os grandes “evangelistas” dizem! Citando “tudo devemos levar à luz das escrituras” e ” maldito é o homem que confia no homem”! Então, seja quem quer que diga, eu posso discordar porque só Deus pode ver o que está no coração do homem!

    1. Rodrigo Lopes Gonçalves Diz

      Querida irmã, com todo amor. O autor não diz que cura é errado, o errado é promover o evangelho com ênfase na cura e nas riquezas, porque isso é consequência ao servo fiel, isso se for da vontade de Deus curá-lo ou não, conheço homens de muita intimidade com Deus que num certo momento não foram curados, Deus os levou. A bíblia não nos assegura que Deus quer que as pessoas sejam curadas? Qual a base bíblica? O que me diz de Paulo quando clamou por uma cura (espinho na carne) e Deus respondeu: – A minha graça te basta?

      Quanto as riquezas, a irmã citou alguns exemplos, mas também há inúmeros outros exemplos de servos que não tinham recursos em abundância, posso citar os discípulos pescadores de Jesus, o próprio Jesus.

      De uma forma resumida, o autor quer dizer que a ênfase deve ser na Salvação, que somos pecadores e o alvo é a vida eterna, não os benefícios aqui da Terra, somos só forasteiros e quando enfatizamos outras coisas que não isso, chamamos pessoas para serem abençoadas e não para se arrependerem de seus pecados.

    2. SERGIO Diz

      PESSOAS DEVEM ESTUDAR AS ESCRITURAS MAIS, DE OLHO EM SEUS CONTEXTOS, PARA NÃO FICAREM DECLARANDO COISAS INCOERENTES.
      PELO QUE VEJO HJ, QUANTO MAIS SE PREGA O ” EVANGELHO” DA PROSPERIDADE, MAIS AS PESSOAS SE VOLTAM PARA O MATERIALISMO, QUANTO MAIS SE PREGA O “EVANGELHO” DA CURA E MILAGRES FICA MAIS EM EVIDENCIA O “EU”

    3. Helio faria Diz

      Antes de comentar a irmã precisa fazer um curso de interpretaçao de textos, se não existe tem que criar um, sò pra voce. Em nenhum momento o texto da entender o que vc entendeu e comentou.

  15. Renato de Souza Diz

    Que bom seria se o verdadeiro Evangelho fosse pregado e vivido.

  16. Marcus Antonio de Almeida Diz

    A questão é simples: A Palavra de Deus não nos foi dada para interpretação e sim OBEDIÊNCIA. Você OBEDECE quando entende o que ouve e isto só é possível para os que QUEBRANTADOS receberam o ESPÍRITO SANTO de DEUS que nos direciona e protege de todo engano. Em tempo: Isto não partiu de mim, mas de DEUS. Veja: "Ora, nós somos testemunhas destes fatos, e bem assim o ESPÍRITO SANTO, que DEUS outorgou aos que lhe OBEDECEM" > At 5:32. Fora disto não há entendimento, muito menos aceitação!
    O problema da "riqueza" tem entendimento no momento em que DEUS quis voltar ao relacionamento quebrado por ADÃO e EVA, toda terra foi criada pra NÓS, perdemos esta riqueza por DESOBEDIÊNCIA, então DEUS fez um conserto a partir de ABRAÃO, ou seja: "Me OBEDECE E TE DEVOLVO AS TERRAS QUE POR HERANÇA JÁ ERAM PRA TI". O pecado da DESOBEDIÊNCIA de ADÃO continuou até os dias de HOJE e por isso sempre seremos punidos. Mas, as MISERICÓRDIAS são para SEMPRE e SE RENOVAM A CADA MANHÃ. Não esquecer que somente para os poucos que vão lutando para negar-se a si mesmo, ou seja: Não é o que penso, mas o que DEUS DIZ. Infelizmente agora mesmo, alguns DESOBEDIENTES estão MORRENDO E INDO PARA O INFERNO. (Fico muito triste diante disto, mas é a REALIDADE). Outro tempo: "Palavras BRANDAS aplaca o FUROR, isto só nas relações entre HUMANOS, pois a DESOBEDIÊNCIA, mesmo que PRATICADA com todo CUIDADO e EDUCAÇÃO provocará a IRA DO DEUS VIVO, até porque INFELIZES DOS QUE CONHECENDO A VERDADE VOLTAM-SE CONTRA DEUS!
    Consequências do PECADO nos levou novamente para o APRISIONAMENTO no EGITO. DEUS se antecipou e providenciou JOSÉ para de nós CUIDAR. MOISÉS foi escolhido para nos libertar deste aprisionamento TERRENO e APONTOU para JESUS que seria o próximo a receber a MISSÃO de NOS CONDUZIR AO PONTO DE CHEGADA.(Mundo ETERNO e ESPIRITUAL, nossa real CONDIÇÃO) Diante disto, só nos resta darmos GLÓRIA a um DEUS que pensando diferente de mim só nos traz PAZ, FELICIDADE e PRIVILÉGIOS, infelizmente não RECONHECIDO pelos muitos REBELADOS e mortos em seus PECADOS. Que DEUS continue a nos CONSERVAR em OBEDIÊNCIA e FELICIDADE ETERNA, derramando BÊNÇÃOS sobre VOCÊ e SUA CASA.

  17. Dytto Chicuele Diz

    porque o fim da nossa fe e ganhar almas para Cristo e nao para as riquezas, tranquilidade social oucoisas semelhantes! Deus julgara os falsos mestres.

    1. Antonio Justino Gune Diz

      Isso mesmo meu querido, só conversão que implica em Conhecer a Verdade (Cristo), Confiar na Verdade e Seguir a Verdade. Nao ha espaço de manobra! Estou orgulhoso de você! forca, estamos juntos e por esta tudo bom!

  18. Pedro Lyra Diz

    Nós devemos viver corretamente, viver para Deus e pregar o evangelho algumas vezes com nossas obras, não somente com a Palavra, mesmo que nossas obras não sejam suficientes para agradar a Deus, seremos conhecidos pelos nossos atos, pois somos Cristãos e como cristãos devemos ser a imagem e semelhança de Cristo, Ele diz que devemos nos tornar santos, apesar da nossa natureza pecaminosa, negar ao mundo é tornarmos livres do pecado e disser sim a Deus. Santo não é aquele que não peca, mas sim aquele que quando peca, vê que errou, e pede perdão a Deus, e de todas as formas luta para não cometer o mesmo erro, pois somente assim conseguiremos misericórdia, confessando e deixando nossos pecados.
    O problema em si é que muitas pessoas pensam que viver corretamente, significa se deixar o mundo ou deixar de se relacionar normalmente com as pessoas do mundo, devemos sim se relacionar com elas, e mostrar que somos diferentes com nossos atos, em viagens missionários, muitos missionários pregam através de sua vida e não logo sobre Cristo, somos cristãos e como cristãos imitadores de Cristo. Devemos tornarmos semelhantes a Ele.

  19. Erika Diz

    Eu acho que está correto apenas em parte, porque a coisa não acaba na fé. Não discordo que somos salvos pelo arrependimento e pela fé somente, e que mesmo que tentássemos pegar a cruz e seguir Jesus, sem arrependimento e fé de nada adiantaria, pois nossas justiças são trapos de imundície. Mas o texto deixa de incluir o morrer para si mesmo e tornar-se semelhante a Cristo, que ocorre após nos tornarmos cristãos. Isso não é automático, caso contrário Jesus não diria “quem quiser vir após mim, tome cada dia a sua cruz, e siga-me”. E isso com certeza produzirá efeitos tanto no nosso viver diário, que se tornará mais correto, e no modo como agimos na sociedade, o que também deve transformar a sociedade à nossa volta, especialmente considerando que, como cristãos, NÃO PODEMOS nos calar diante da injustiça feita a outros.
    Ademais, Deus é efetivamente amor, e nos amou quando ainda estávamos em pecado. O ponto ali é que ele não nos ama porque merecemos, mas porque somos feitura sua, e logo, parte de Sua Glória, e porque Ele é amor.

    1. Lucas Yahn Diz

      Resposta. Deus chama todos os homens, em todos os lugares, para que se arrependam de seus pecados e creiam em Cristo a fim de serem salvos (Mc 1.15; At 20.21; Rm 10.9-10).
      Tem que ler melhor, irmãzinha.

  20. Theodoro Caliari Diz

    amém!

  21. Cleodir Franco Diz

    Romanos

    1.16 Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego;
    ——————————————————————————–

  22. Cristiano Diz

    posso ser rico e ter vida em abundancia tambem financeiramente pedindo a Deus sem que isso seja pecado…todos que serviram a Deus na biblia eram ricos…

    1. Donno Donno Diz

      COITADO DE CRISTO QUE NÃO TINHA ONDE DEITAR ACABEÇA…COITADOS DOS APOSTOLOS QUE NÃO TINHAM NEM OURO NEM PRATA,TUDO QUE TINHAM ERAM JESUS…COITADOS

Comentários estão fechados.