um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Procuram-se Membros de Igreja que Conspiram, para o Bem

Infelizmente, uma das figuras presentes dentro de nossas igrejas é o membro “das intrigas”. Gosta de reclamar de tudo, jogar uns contra os outros e menospreza aos semelhantes, tentando se fazer superior. Esse tipo de pessoa traz muitos problemas para a igreja. Espero que você não seja um deles. Vejamos o que Greg Gilbert nos diz sobre o assunto:

Se você é como a maioria dos pastores, a última coisa que deseja ouvir é de membros os quais, ao que tudo indica, estão continuamente conspirando contra a unidade no corpo da igreja. Em qualquer comissão em que tenham assento, em qualquer classe que ensinem, em qualquer amizade que possuam, eles parecem provocar os outros ao descontentamento, às queixas ou até às contendas.

Você talvez se surpreenda ao aprender que o livro de Hebreus convoca os membros de igreja a continuamente conspirarem e provocarem no corpo da igreja. Ele os chama a conspirarem e provocarem para o bem!

Em nossa igreja em Louisville, Kentucky, os demais presbíteros e eu frequentemente lembramos nossa congregação da instrução de Hebreus. Eis aqui o tipo de coisa que dizemos a ela.

O que o texto de Hebreus diz?

Hebreus 10.19-25 repousa no coração dessa exortação. Nesses versículos, o autor chama seus leitores a fazer três coisas: primeiro, eles devem se aproximar de Deus. Uma vez que Jesus conquistou para eles acesso ao trono de Deus, por sua morte na cruz, eles hão de adorar a Deus não com temor e tremor, mas com total e alegre confiança. Segundo, ele os chama a conservar a sua confissão; não a retroceder e ser destruídos, mas a crer, a ter fé, e, por esses meios, a salvar a sua alma. Com essas duas exortações, o autor chama esses cristãos a olhar atentamente para seu coração, mente e alma. Mas há também uma terceira exortação aqui, na qual ele os chama a olhar para fora de si mesmos e focar a sua atenção em seus irmãos e irmãs em Cristo – na igreja.

O autor escreve nos versos 24 e 25: “Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima”.

Por causa de tudo o que Jesus fez, e por causa de tudo o que ele é, os cristãos devem estimular uns aos outros ao amor e às boas obras. Mas como devemos fazer isso? Por que meios podem os cristãos impelir uns aos outros  à bondade e à santidade? O próprio texto oferece dois caminhos – não deixando de congregar e fazendo admoestações uns aos outros.

Veja o desenvolvimento completo desses dois caminhos lendo ao artigo completo:

Leia ao artigo completo

Extraído do site www.9marks.org. Copyright © 2013 9Marks. Usado com Permissão. Original: “Wanted: Plotting and Provoking Church Members” by Greg Gilbert

Tradução: Vinícius Silva Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website: www.MinisterioFiel.com.br / www.VoltemosAoEvangelho.com. Original: Procuram-se Membros de Igreja que Conspiram, para o Bem

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

9marks-logo2

12 Comentários
  1. Luiz Ribeiro Diz

    Concordo plenamente, mas o problema é que os membros das igrejas vacilam tanto e reclamam tanto com os pastores, é pelo fato de os pastores atuais não tem compromisso em detalhar a palavra, são mensagens superficiais, a preocupação do pastor ou palestrante é apenas incendiar os ânimos, provocar barulho, fazer com que os membros se sintam protegidos por um Deus que não permite os problemas da vida terem acesso á vida dos crentes, esqueceram se de que os evangelhos anunciam uma cruz a ser carregada, que a vida aqui nesta terra é passageira e que nós não somos daqui,portanto nosso descanso não esta nesta terra corrompida, mas nos céus. Quando esta mensagem voltar a ser anunciada nas igrejas, os membros conspiraram para o bem….

  2. Hebert Diz

    Sei que eu devo participar de uma igreja e gostaria muito de esta junto a um corpo de Cristo, mas devo ir em uma igreja que acredita nós principios pentecostais e neo-pentecostais? Já falei com o Pr da igreja que eu não acredito no movimento (neo) pentecostal. Ou será que devo mesmo assim está em uma igreja assim? E sobre a mulher ser Pastora é certo ou errado? Eu creio que é errado, mas qual o papel da mulher na igreja? Será só ensinar as mais novas e os jovens? Estou sem lugar pra concregar e sou totalmente a favor de congrecar em um templo, gostaria muito de achar um, sou de MG-Betim.

    “E ele disse: Como poderei entender, se alguém não me ensinar?” (…) Atos dos Apóstolos 8:31

    1. ana Diz

      Se vc qr q alguem t ensine,querido dobra teus joelhos fas uma campnha fala cm deus ele te guiara acredite

    2. ana Diz

      N dexa ninguem t ensina n devemos seguir a homens mas sim a deus,,,,eu falo cm deus todo dia e deus fala cm mgo,,,em sonhos em varios tipos

    3. sergio sergione Diz

      as suas dúvida pertencem a uma pessoa sincera…é de se estranhar que a Bíblia pregue uma coisa e as igrejas estão vivendo outra…Acredito que a obra de Deus precise de uma nova reforma tipo aquela que fez LUTERO. O CONCEITO DE CRISTO É LIBERTAR DAS REGRAS IMPOSITIVAS E VIVER LIVRE TOTALMENTE DEPENDENTE DO ESPÍRITO SANTO. OS QUE SEGUIAM A LEI NÃO ENTENDIAM ISTO E MATARAM JESUS. HOJE A IGREJA SEGUE AS LEIS DE MOISÉS… PERGUNTO.. ONDE ENTRA CRISTO ? MORTO DE NOVO?

  3. Luiz Ribeiro Diz

    Concordo plenamente, mas o problema é que os membros das igrejas vacilam tanto e reclamam tanto com os pastores, é pelo fato de os pastores atuais não tem compromisso em detalhar a palavra, são mensagens superficiais, a preocupação do pastor ou palestrante é apenas incendiar os ânimos, provocar barulho, fazer com que os membros se sintam protegidos por um Deus que não permite os problemas da vida terem acesso á vida dos crentes, esqueceram se de que os evangelhos anunciam uma cruz a ser carregada, que a vida aqui nesta terra é passageira e que nós não somos daqui,portanto nosso descanso não esta nesta terra corrompida, mas nos céus. Quando esta mensagem voltar a ser anunciada nas igrejas, os membros conspiraram para o bem….

  4. Joao Carlos Diz

    concordo plenamente com voce LUIZ, gostaria que o autor deste testo esplicase a diferença entre reclamar do que esta certo e aceitar os lobos que vem devorando as ovelhas

  5. Peti Naestrada Diz

    As pessoas estão formando facções nas igrejas ! É uma pena

  6. Edson Ferraz Diz

    Verdadeiramente precisamos buscar a Deus de uma maneira mais profunda!!!

  7. Sergio Spioni Diz

    quando se comenta um erro "espiritual", fica aquém do que se precisa comentar,,, porque são muitos, não só esse. Portanto o caminho ainda não é esse!!! o Evangelho precisa de um novo "LUTERO", A igreja precisa ainda descobrir a obra redentora de Cristo. Uns cometem os erros, outros comentam, julgam e cometem seus próprios erros… ninguém ainda entendeu a obra salvadora de Cristo e de seu apóstolo Paulo

  8. Joao Carlos Diz

    a igreja precissa de reforma exatamente como no tempo de lutero, DEUS esta mostrando como mostrou nao so para lutero mas para tantos outros ,alguns aceitarao pagar o preço ,muintos preferirao se omitir hje e o nosso tempo como eles nos tambem temos a escolha aceitar este chamado maravilhosso e agrdar a DEUS e amar nossos irmaos ou deixar como esta ,com os lobos escarnecendo, e pregando mentiras… EU PREFIRO PAGAR O PREÇO E AGRADAR A DEUS AMO O VERDADEIRO EVANGELHO. AMEM

  9. Luiz Ribeiro Diz

    Se queremos mudanças, devemos ser nós mesmos a mudança, e assim mostraremos ao mundo como se vive um evangelho verdadeiro, pois a verdadeira realidade de mudança não deve ser dita, mas demonstrada em atitudes, viver os evangelhos é dar ao mundo uma opção de vida. Nosso problema é querer sempre dar em nossos discursos um ponto final, eliminando as vírgulas da vida, quando as pessoas estiverem a ponto de querer dar fim a suas vidas, pois chegaram ao ponto final, devem olhar para nós, e enxergarem uma virgula que pode ser uma pausa para um melhor raciocínio. Isso não acontece hoje porque falamos de coisas desconhecidas para nós mesmos, anunciamos um Jesus que só ouvimos falar Dele, mas não o conhecemos, Nos sentimos atacados quando alguém fala mal de nossa religião e instintivamente nos levantamos em defesa de Cristo, como se nós não o fizermos, Deus estará desamparado. A religião apresenta suas idéias trancadas em estufas de vidros onde as pessoas as vêem, mas não podem se alimentar delas, quando deviam servi-las em pratos feitos, esta atitude é própria de religiões, pois no momento em que são servidas com facilidades de ingestão, estarão sujeitos á retaliações e questionamentos, e isto é tudo o que a religião não deseja, pois explicar as idéias dentro dum contexto bíblico é frustrante, pois o sermão foi elaborado fora das idéias de Jesus, ou sendo menos rígido, foram torcidas para poderem se enquadrarem conforme a vontade daquele que as elaborou

Comentários estão fechados.