um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

FUJA de um Líder Abusivo se Você Puder!

Trecho do livro “A Igreja e a Surpreendente Ofensa do Amor de Deus”, futuro lançamento da Editora Fiel, do autor Jonathan Leeman:

Conheço muitos cristãos cujas vidas e cujo discipulado foram sensivelmente prejudicados por um pai opressor, um pastor abusivo ou uma igreja legalista. Eu oro para que nada do que escrevi classifique qualquer líder como abusivo, seja consciente ou inconscientemente. O melhor corretivo não é desprezar o que é essencial junto com o que é ruim, por assim dizer, mas reformar o que está ruim. É por essa razão que fiz uma breve tentativa de reformar o nosso conceito de autoridade.

As igrejas e os líderes de igreja continuarão a abusar, tragicamente, da autoridade que Deus lhes deu até que Cristo volte. Ao fazerem isso, eles mentem horrivelmente a respeito do próprio Cristo que alegam servir. Como eu aconselharia um cristão que está sofrendo nas mãos de uma igreja abusiva ou de um líder de igreja abusivo? Em primeiro lugar, eu o aconselharia a escapar dessa situação abusiva, se possível. Ao falar aos escravos, Paulo escreve: “Se ainda podes tornar-te livre, aproveita a oportunidade” (1 Co 7.21).

O uso piedoso da autoridade gera vida; o uso abusivo e explorador da autoridade não gera vida. E eu aconselharia a maioria das pessoas de uma igreja assim a deixá-la, a fim de protegerem a si mesmas e de não serem culpadas de apoiar essa ação na vida dos outros. Os pastores devem proteger suas ovelhas, não espoliá-las, e aqueles que fazem isso serão julgados individualmente (por exemplo, Ez 34.1-10)

Avaliar se uma igreja ou líder é verdadeiramente abusivo ou explorador não é algo fácil. Conforme acabei de dizer, pode ser difícil discernir qual projetor de filme está lançando a imagem que estamos contemplando, e um cristão nunca deve confiar totalmente em seu próprio coração para realizar essa obra de avaliação. Na multidão de conselheiros, há sabedoria.

Assista também ao vídeo de Tiago Santos falando sobre o assunto:

Jesus afirmou que a porta era estreita e o caminho apertado, mas ao mesmo tempo Ele é aquele que vai buscar a ovelha desgarrada, demonstra paciência para com os seus discípulos e amor. Como lidamos com esta dualidade? Como apresentar que o Evangelho é caminho apertado e ao mesmo tempo carregar as ovelhas ao colo? Como ser ousado na confrontação e na demonstração das exigências do Evangelho e ao mesmo tempo ser terno e paciente? Como ser um pastor zeloso sem ser dominador? Como lidamos com este tipo de dualidade?

Artigo por: Jonathan Leeman. © 2014 Trecho do livro “A Igreja e a Surpreendente Ofensa do Amor de Deus”, © Editora Fiel

Vídeo por: Tiago Santos. © 2014 Original: Como lidar com a dualidade da exigência do Evangelho e com o amor gracioso? via Ministério Soli Deo Gloria

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

14 Comentários
  1. FranEpaulo Gonçalves Diz

    Ele é aquele que vai buscar a ovelha desgarrada, demonstra paciência para com os seus discípulos e amor.

  2. FranEpaulo Gonçalves Diz

    Ele é aquele que vai buscar a ovelha desgarrada, demonstra paciência para com os seus discípulos e amor.

  3. Weslen Oliveira Diz

    Excelente explicação Pr. Tiago Santos , adorei :) , que Deus continue abençoando sua vida, família e ministério.

  4. Donato Silva Diz

    Maravilhoso…

  5. Donato Silva Diz

    Maravilhoso…

  6. Ivone Vilella Diz

    É para refletir…!!

  7. Dione Dalbemgreen Diz

    Nos já fomos salvos pela graça e fe as pessoas precisam conhecer a palavra a verdade ,o lugar em que ela se encontra …

  8. Ivone Vilella Diz

    É para refletir…!!

  9. Ewerton Almeida Diz

    Faço parte de uma Igreja que a muito tempo (depois que trocou o pastor)perdeu seu objetivo, sua identidade, onde se prega heresia e terrorismo. Acreditem já fui pelo próprio líder da Igreja repreendido por “orar muito”, que devemos bancar suas viagens e patrocinar tudo que ele deseja. Somos proibidos de discordar, temos que obedecer sem questionar mesmo quando abrindo a palavra de Deus e citamos versículos que nos alerta, nos ensina e repreende tal ação do “anjo da igreja”, mesmo assim ele fala ” mais sou o pastor da Igreja”.

    A Igreja tem passado por tempos difíceis, mas louvo ao DEUS ETERNO, MARAVILHOSO, PRÍNCIPE DA PAZ, CONSELHEIRO, DEUS FORTE que temos a sua palavra, pois lavando sua veste na palavra aguardaremos o retorno DAQUELE que É digno de desatar os selos e abrir livro da vida que pela misericórdia e graça Dele que nos amou primeiro espero e creio que meu nome estará no livro da vida.

  10. Welerson Ferreira Diz

    Caminho ESTREITO não é o mesmo que caminho PESADO.
    O Caminho do Senhor é estreito mas é simples.

  11. Welerson Ferreira Diz

    Caminho ESTREITO não é o mesmo que caminho PESADO.
    O Caminho do Senhor é estreito mas é simples.

  12. Kairon Brito Diz

    Ótima palavra!! Estava precisando

  13. Welerson Ferreira Diz

    Caminho ESTREITO não é o mesmo que caminho PESADO.
    O Caminho do Senhor é estreito mas é simples.

  14. Manoel França França Diz

    Muito bom. Recomendo!

Comentários estão fechados.