O que não faz uso da vara odeia seu filho

[dt_call_to_action content_size=”normal” text_align=”left” background=”fancy” line=”true” style=”2″ animation=”right”]

Leia também

[/dt_call_to_action]

O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga.

Assim diz a sabedoria do Provérbios 13.24 (Almeida Corrigida Fiel). “Odiar” certamente soa forte aos ouvidos modernos. Em hebraico o termo é “śânê’”. Em Provérbios, ele é usado 25 vezes para mostrar a atitude daquele que desprezou o conhecimento (1.22, 29) e a disciplina (5.12), a atitude de desprezo e rejeição de Deus para com o pecado (6.16), a atitude do homem piedoso para com o pecado (8.13) e outros usos. Veja que em Provérbios 13.24 o termo é contrastado com amar. Ou seja, o texto diz que quem ama seu filho tem uma atitude (disciplinar fisicamente) e quem não faz isso, tem o sentimento oposto ao amor: desprezo, ódio.

Eu amo meu filho, jamais bateria nele

Mas alguém pode falar: “Odiar meu filho? Eu não bato nele porque o amo! Como eu  poderia infligir dor a ele?” John Piper, no vídeo abaixo, entende que essa concepção é fruto da cultura atual e que ela não considera que o próprio Deus nos disciplina através da dor (Hebreus 12).

Porém, não é só isso que Provérbios fala sobre o uso da vara. Provérbios 29:15 afirma que “A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe”; e é justamente a consequência dessa sabedoria proverbial que a Suécia está enfrentando, na prática, hoje em dia, por proibir as palmadas: uma geração de crianças mimadas.

Cabe ressaltar que a defesa da palmada não é uma defesa do abuso físico. Como John Piper coloca no vídeo, “Bater é uma aplicação controlada de um ato não danoso de dor branda que faz a criança ver a seriedade do que ela fez”. Além do mais, é importantíssimo ressaltar que a base da educação de filhos cristã não está na disciplina corretiva (vara), mas formativa (ensino e diálogo):

“Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR.  Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te.” (Deuteronômio 6.4-7)

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” (Provérbios 22.6)

Por: Vinícius Musselman Pimentel © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados. Original: O que não faz uso da vara odeia seu filho.

186 Comentários
  1. Andréia Azevedo Dias Diz

    Jesus bateria em uma criança? Isso soa um tanto polêmico, vale a pena ler o artigo e assistir o video.

  2. Andréia Azevedo Dias Diz

    Jesus bateria em uma criança? Isso soa um tanto polêmico, vale a pena ler o artigo e assistir o video.

  3. Joao Marinho Diz

    Acho tão curioso. Critica-se a falta da palmada por ser um mal da "cultura atual" – e escolhe-se, como solução, algo praticado há 3, 4 ou 5 mil anos?! Está claro que, se tudo de bom tivesse sido escrito ou legado por essas culturas, não teria sido substituído por valores outros nos tempos modernos. Sou contra a palmada, sim. E sei que o Livro de Provérbios se encontra desatualizado, ainda que fosse bastante light para uma época em que Deus mandava conquistar terras e matar as mulheres grávidas cortando-lhes a barriga ao fio da espada, como registra entre os livros de Josué e Juízes. Se tal tipo de guerra jamais passaria sem ser criticada hoje em dia, por que razão deveríamos aceitar, de livre e bom grado, a questionável ideia de que "só ama quem faz uso da vara"?

  4. josiani Diz

    Cada vez que eu leio algo do tipo me sinto enojada, porque só as crianças merecem castigo com vara? Porque sua esposa quando faz algo que desagrada, ou quando um idoso faz algo errado, por que ninguém dá umas varadas num pastor quando erra, por que as mulheres não saem com uma vara batendo no marido, por que? Porque isso não se faz, porque violência é errado, mas com uma criança, que tão pouco sabe sobre o mundo, que tem pais que mesmo adultos continuam errando, que não podem se defender aí é certo. E não me venha com o discursinho barato que agradece seus pais pela surra que levou, agradeça seus pais porque colocaram limites em você, e peça a Deus que lhe dê sabedoria para que seus filhos LHE respeitem, e não o respeite apenas porque está com uma vara nas mãos. Como assim John Piper, minha filha de 13 anos não precisa mais levar varadas? Qual é a lógica disso, quando a criança ainda é bem imatura, apanha depois que consegue discernir sobre o que é certo e é errado, não precisa mais apanhar, duvido que seus erros agora são menores dos que quando tinha 5 anos. Educação, disciplina, correção não precisa de violência, mas sim, pais incautos que não tem sabedoria para educar seus filhos vão partir pra maldita vara.

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Josiani, você considera que o texto de Provérbios está errado?

    2. João Marinho Diz

      Eu considero. Erradíssimo.

    3. josiani Diz

      Acredito que a versão é desatualizada, que tenha uma tradução ou um contexto que possa ser melhor exposta.

    4. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Qual é a melhor tradução para “šêḇeṭ” então?

      Ah, e Provérbios não considera a vara exclusividade das crianças:

      O chicote é para o cavalo, o freio, para o jumento, e a vara, para as costas do tolo! (Provérbios 26:3, NVI)

      O chicote foi feito para o cavalo, o freio, para o jumento, e a vara, para as costas de quem não tem juízo. (NTLH)

      Duas traduções modernas que traduzem o termo “šêḇeṭ” por “vara”.

    5. Joao Marinho Diz

      Só para constar, quem pôs “erradíssimo” fui eu. E, ainda que Provérbios não considere “vara apenas para crianças”, o fato é que ninguém sai dando “varadas” ou “chicotadas” em ninguém adulto, homem ou mulher, até sob pena de processo. Então, estou com a Josiani. Se não desatualizada pela tradução, desatualizada pelo contexto histórico. Depois de 5 mil anos, faz parte a humanidade, ou parte dela, ter evoluído em algumas coisas: não matar mulheres grávidas ao fio da espada em guerras, nem sob as ordens de Deus, não manter servos e escravos e não bater em crianças, que são as mais indefesas dentre os seres humanos.

    6. Drika de Jesus Diz

      Apoiado! Ou segue todo o VT literalmente, ou não segue nada!
      Seguir somente o que convem, não é nada ético e muito menso cristão! ;)

    7. Joao Marinho Diz

      Estou no Brasil, e pelo que me consta, matar grávidas é crime, assim como manter uma pessoa em regime de escravidão.

      Exatamente como agora é ilegal a violência contra a criança.

      Confere?

      Então, se este for o argumento, você está me dizendo que é a favor da escravidão e da morte das grávidas também, apenas porque “existem”?

      Curioso.

    8. Roseane Diz

      Você disse que o texto estava descontextualizado, pois não se mata mais grávidas em guerras, Sim, mata-se e muitas, vide a guerra na Síria. Mas falamos de Brasil, então vamos lá. Estou gestante de 7 meses e há menos de 2 meses fui assaltada e a primeira coisa que o bandido me disse que atiraria na minha barriga (parecido com o lance do fio da espada, né?) graças à Deus nada aconteceu, fiz o BO chamei a polícia e tudo, mas até hoje não prenderam o assaltante. Roseane, mas vc não morreu.. eu não, mas há 2 semana uma grávida foi esfaqueada na barriga por não ter o que entregar para o bandido, não prenderam o assaltante. Me responda você: Pode ou não matar grávidas? A lei diz que não, mas na prática acontece. E quantos e quantos trabalhadores no Brasil são contratados e tratados como escravos? É legal? Não, mas são e o estado sabe. A questão é que o texto bíblico não está descontextualizado, talvez você deva lê-lo sob a orientação do Espírito Santo, pq eu acredito que vc seja um cara da Bíblia, e deve saber que Jesus não desautorizou nenhum texto do velho testamento.

    9. Stela Diz

      Deixe que o senhor João Marinho crie seus filhos, se é que os tem, completamente sem limites, pois assim serão crianças que ninguém suporta, e adultos egoístas que só fazem o que querem, e com isso na maioria das vezes se tornam dependentes químicos e marginais. E não adianta jogar pérolas a porcos, discutindo com quem só aceita as partes da Bíblia que lhe são convenientes.

    10. Joao Marinho Diz

      Não vou criar meus filhos sem limite, Stela. Simplesmente vou criá-los sem bater neles. Aliás, uma questão de respeito que dedico a qualquer pessoa. Se não acho que se deve bater nem em um ser humano adulto para que “aprenda uma lição”, não é na criança, que é mais indefesa, que direi o contrário. E sobre o que eu disse, Roseane, o “não” está ali como imperativo. Não significa que todos o pratiquem, mas significa que é visto como algo errado e condenável. Mesma coisa se sucede à palmada.

    11. SaibaDaVerdade Diz

      O que aconteçe é que muitos que se dizem Cristãos pegam o que querem na Antiga Aliança para justificar a agressão física em seres indefesos.que não pediram para nascer.

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança,

      E tem mais, a maioria desses agressores não passam nem 20 minutos ao dia orando (clamando) para que “suas” crianças cheiam cheias do Santo Espírito de Deus.

      Existe o castigo, e varias outras formas para se educar. Mas o covarde prefere descontar a raiva agredindo um ser que não tem como se defeder. E ainda falam que estão seguindo a Cristo.

    12. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte na antiga aliança. Simples assim!

    13. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Drika, Jesus afirmou dois mandamentos do AT (amar a Deus e o próximo). Paulo os repetiu. Eles defendiam seguir todos os mandamentos literalmente? Ou eles entendiam que há coisas que são eternas e há coisas que são sombras (sacrifício, comidas impuras, etc.)

    14. Roseane Diz

      num mata grávidas em guerra, não? Também não há escravos legalizados? Você tá no Brasil?

    15. Karina Diz

      Boa tarde,

      Me preocupa tanta discução…
      E digo por que:
      Francamente eu não sei se é certo ou errado punir minha filha utilizando a palmada.
      Eu me conheço e sei que se eu não cuidar posso em vez de educar posso estar descontando o dia frustrado de trabalho que eu tive, ou aquela preocupação com grana…
      Como ter certeza de que a minha motivação é correta?
      Como ter certeza?
      Francamente, descordo e muito de toda essa discussão acima.
      Pouco me interessa como um teólogo ou seja la quem for acha que é a melhor forma de criar minha filha.
      A minha pergunta é como Deus quer que eu crie ela?
      Todos esses comentários só me fazem perceber o que existe em comum entre nós.
      Orgulho!
      Todo mundo acha que sabe o que esta dizendo. Usam a Palavra pra atacar um ao outro, só isso.
      Ai a pergunta que fica pra mim é essa:
      Como Deus quer que eu crie a minha filha?
      E sinceramente, pobre de nós se acreditamos que podemos nos comparar com Deus. Não temos nenhum direito de justificar as nossas atitudes dizendo que Deus faz assim ou faz assado.
      Deus é Deus e ponto.

    16. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte na antiga aliança.

    17. Josiani Maria Carvalho Diz

      Realmente não entendo a palavrinha em hebraico grego ou sei lá o que, o que entendo e defendo é que sou contra a violência contra crianças e se vamos levar o texto ao pé da letra que pegar uma vara e sair batendo nas costas dos tolos.

    18. Roseane Diz

      Vc tem filhos?!

    19. Josiani Maria Carvalho Diz

      Não tenho filhos Roseane.

    20. SaibaDaVerdade Diz

      Roseane: o Apóstolo que mais escreveu sobre casamento não era casado,
      Jesus não era casado… o fato de uma pessoa ter ou não filhos não diz nada quando se refere ao criador.

      A verdade pura e simples é que o Cristão não tem parte na Antiga Aliança.

      E na antiga aliança pouquíssimos podiam ter o Espirito Santo.

    21. Pedro Henrique Aires Diz

      Se não entende a “palavrinha”, tenha temor (santa reverência) ao interpretar o texto bíblico. Se a bíblia for reinterpretada cada vez que a sociedade “evoluir”, isto significa que ela não tem autoridade em si mesma, mas a cultura social sim. Este é um erro grave de interpretação bíblica. Para interpretarmos corretamente um texto bíblico, DEVEMOS saber o seu verdadeiro significado no tempo em que foi escrito e, então, somente depois disto contextualizá-lo.Sei que hoje este tema tornou-se polêmico, porém como cristãos devemos procurar compreender, como salientou John Piper, o âmago da polêmica: qual a cosmovisão das pessoas que são intransigentes quanto ao castigo físico? Como o homem é visto: como pecador inato ou bom originalmente (isto é, desde a sua concepção), no entanto, “corrompido pela sociedade”? Nossos filhos, a despeito da pretensa aparência, não são anjinhos. A Bíblia diz que “a estultícia está atrelada ao coração da criança”. O castigo físico comedido é útil, sobretudo na fase egocêntrica da criança (na qual a sua capacidade de abstração, especialmente para o outro, ainda é um tanto limitada), para mostrar-lhe de maneira vívida e, assim, compreensível que os seus atos rebeldes redundam, mais cedo ou mais tarde, em dor real (espiritual e física) para si mesmos e/ou às vezes para outros.

    22. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte na antiga aliança. Simples assim.

    23. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança!

      Caso contrário (alguns exemplos): *Assim como Davi, Salomão,
      Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

      *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

      *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

      *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

      *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    24. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte da Antiga Aliança.

      Caso contrário (alguns exemplos):

      *Assim como Davi, Salomão, Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

      *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

      *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

      *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

      *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    25. Júlio Fontoura Diz

      Vocês leram o Artigo realmente? Leram a Palavra de Deus, oraram pedindo por sabedoria (não a da a do Mundo e da Xuxa).
      Realmente espancamento é condenável, inclusive por lei, e nem precisaria de
      ocupar o Judiciário. Mas no Brasil é assim…estar na mídia e garantir votos
      (poder) é o que vale.

      A
      CORREÇÃO é papel dos Pais, e se for preciso com “vara” (A estultícia
      está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela.
      Provérbios 22:15), nós responderemos perante Deus, pela condenação ou não de
      “nossos” filhos, pois nos foram dados por Deus (Eis que os filhos são herança
      do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.Salmos
      127:3). Então Cuidado para que suas atitudes levem seus filhos para o inferno. não devemos “mimar” nossos filhos, temos que mostrar-lhes o caminho que o conduzira à Deus, à Vida Eterna!!!

    26. Roseane Diz

      Isso mesmo Julio, depois que a pessoa cresce, a pessoa cresce e se responsabiliza pelos seus atos de outras formas: é presa, perde amizades, perde convívio, perde casamentos…. Não entendo essa lógica de não pode dar palmada na criança pq vc não dá palmada num adulto…

    27. Josiani Maria Carvalho Diz

      Boa resposta Roseane, e porque não responsabilizar a criança da mesma forma que os adultos? Por que não discipliná-la e castigar tirando coisas que ela gosta, por exemplo, mas sabe por que não, porque é mais fácil bater do que realmente educar. Ai os pais moralistas cristãos se baseiam num versículo para bater. Porque quando uma criança está fazendo birra por exemplo, é mais fácil dar umas varadas do que aplicar uma correção real, e outra, pais que apanharam, mesmo que odeiem a forma como isso aconteceu, provavelmente vão repetir o mesmo com seus filhos. Infelizmente….

    28. john Bennet Diz

      E se você estiver errada, e a bíblia não estiver “desatualizada”? E se, por causa de uma opinião pessoal, condenarmos nossas crianças à perdição e ao verdadeiro sofrimento? Você estará com meu filho quando ele estiver sofrendo porque ouvi seu conselho e não o diciplinei? Por fim, e se, por um acaso, ele for parar na cadeia exatamente por causa do dia no qual resolvi escutar os homens e deixei de obedecer a Deus, o que eu faço?

    29. Joao Marinho Diz

      Palmada e disciplina são coisas bem diferentes.
      E devolvo a pergunta, John Bennet. E você estará com seu filho se ele se tornar violento porque aprendeu isso com o próprio pai “calcado na Bíblia”?

    30. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Você tem estudos provando que “palmadinhas” (não estou falando em espancamento) leva ao espancamento?

    31. Guest Diz

      Aviso aos agressores de Crianças.

      ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
      física em crianças?

      Então hão de concordar que:

      *Assim como Davi, Salomão,
      Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

      *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

      *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

      *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

      *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

      Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração!

    32. Filipe Moura Diz

      O curioso é que Hebreus 12, no Novo Testamento, não questiona a legitimidade das palmadas, não é? Aliás, parte do pressuposto que causam dor em um primeiro momento, mas que se mostram valiosas posteriomente, tal qual a correção do Senhor.

    33. SaibaDaVerdade Diz

      Violência mesmo são os “Pais” irresponsáveis que colocam crianças no mundo sem terem condição para tal.

      Deixam assistir o que não presta, deixam ir a escolas do Governo que não presta etc. São “Pais” agressores que ao invés de usarem o castigo preferem a violência (agressão física). São irresponsáveis, fazem sexo antes do Casamento, não oram nem 20 minutos por dia para seus filhos serem cheios do Espírito Santo.

      Ou seja, são verdadeiros irresponsáveis, covardes, e mentirosos…

    34. Filipe Moura Diz

      De fato, as escolas públicas do Brasil são ruins. De fato, orar para que nossos filhos sejam cheios do Espírito é algo indispensável. De fato, há muita porcaria pra se assistir por aí. Mas de fato, a Bíblia ensina a corrigir os filhos com vara.

    35. SaibaDaVerdade Diz

      Filipe: A bíblia não ensina corrigir (agredir) filho com vara.

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança.

      Caso contrário: *Assim como Davi, Salomão,
      Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

      *É olho por olho, dente por
      dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

      *O sacrificio de animais pelo
      seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

      *Circuncidem o seu pênis, e não
      o seu coração. Romanos 2:28-29

      *Odeie o seu inimigo. Mateus
      5:43-45

      Portanto não faça mal uso da Palavra de Deus para justificar a falta de paciência (amor), e sabedoriapara com uma criança.

    36. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Os dois maiores mandamentos estão no Antigo Testamento.
      Paulo diz que o amor é o cumprimento da Lei, que a Lei é boa e que TODA Escritura é útil ao homem de Deus.
      Tiago chama a Lei de a lei da perfeita liberdade.
      Jesus disse que não veio abolir a Lei (você diz o contrário), mas cumprir.

      Aparentemente, você discorda de todos eles. Se você não sabe fazer bom uso do Antigo Testamento, sabendo discernir a sombra do eterno, então não culpe o escrito inspirado por Deus, mas a si mesmo.

    37. Adriano França Diz

      Pelo que sei, o único livro que menciona o usa da vara para corrigir um filho, é o livro de provérbios que compõem os ensinos do rei Salomão, só que antes de publicarem seus ditos, antes mesmo dele existir, Abraão já tinha obedecido á Deus, e até hoje o consideramos o Pai da Fé , Jacó lutou pra ser abençoado e alcançou de Deus a recompensa, o jovem José foi fiel á Deus, e de escravo passou a governador do Egito, entre outros, todos esses existiram antes que Salomão reinasse sobre israel, e na história deles não vejo recomendação alguma para fazer uso da vara como ferramenta corretiva e/ou preventiva, agora, na época de moisés foi adotado a lei acerca dos açoites, que previa uma pena de no máximo 40 açoites para o culpado de um crime, era proibido ultrapassar o limite máximo, pois Deus não queria que a vítima ficasse envilecida, ou em outras palavras, humilhada.

    38. Adriano França Diz

      A criação de um filho não pode contrariar o ensinamento descrito em Efésios 6, verso 4: “E vós, pais, NÃO PROVOQUEIS à ira a vossos filhos, mas CRIAI-OS NA DOUTRINA E ADMOESTAÇÃO DO SENHOR.”, como a PALAVRA ensina, não é do jeito do pai, nem da mãe, muito menos de terceiros, é como DEUS quer, e também tá escrito no livro de Colossenses 3, verso 21, o seguinte ensinamento: “Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo.”, o que mais uma vez comprova, que se um pai faz o que quer, ele pode prejudicar o filho, além de pecar contra DEUS.

    39. Adriano França Diz

      Foi mencionado o livro de Aos Hebreus 12, mas já lhe aviso que estes versículos não servem para embasar a ideia de que os pais sempre estarão certo, ou de que tudo que fazem se transformará em benção, até porquê no texto o pregador fala que eles(pais) criavam como queriam, criação essa que pode contrariar o ensinamento descrito em Efésios 6, verso 4: “E vós, pais, NÃO PROVOQUEIS à ira a vossos filhos, mas CRIAI-OS NA DOUTRINA E ADMOESTAÇÃO DO SENHOR.”, como o a PALAVRA ensina, não é do jeito do pai, nem da mãe, e como DEUS quer, e também tá escrito no livro de Colossenses 3, verso 21 o seguinte ensinamento: “Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo.”, o que mais uma vez comprova, que se um pai faz o que quer, ele pode prejudicar o filho, além de pecar contra DEUS. É importante esclarecer que no texto de Aos Hebreus 12, no verso 10, a comparação entre o modo de correção do homem e o de Deus, não é feita de forma análoga, ou seja, ambas descrições de prática são separadas pela conjunção adversativa (MAS), esta com sentido de porém, fazendo com que a ideia de uma frase seja diferente da outra.

      Examine o texto abaixo, referente ao livro de Hebreus 12:9,10

      Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos?
      Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade.

    40. Júlio Fontoura Diz

      Podemos até privar nossos filhos de coisas que eles amam, mas isso não ajuda muito…devemos mostrar-lhes que é mais importante o que é eterno (E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. 1 João 2:17). Meus pais não eram “pais moralistas cristãos”, apanhei muito pouco (devia ter apanhado mais), e o objetivo em questão não é para utilizar a “vara” com ira, quem a utiliza desta forma (com ira) certamente deve buscar o arrependimento e ajustar o ocorrido.

      Por fim, não quero convencer ninguém, pois não sou capaz…Só DEUS! (Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:8)

      .Termino por aqui…

    41. Adriano França Diz

      Não entendo quando você diz, que devia ter apanhado mais, rs, se mesmo supostamente apanhando pouco você foi capaz de entender o que é certo, então o pouco foi o suficiente, é lógico que você não precisou apanhar mais, além do mais em provérbios 26:3, está escrito:
      “3 O açoite é para o cavalo, o freio para o jumento, e a vara para as costas dos tolos. 4 Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia, para que também não te faças semelhante a ele. “

    42. Filipe Diz

      Porque o adulto é um ser humano independente, não está sob a sua ou a minha tutela, ao contrário dos nossos filhos. Por isso se pode dar palmadas em crianças sobre as quais tenhamos responsabilidade e não em adultos.

    43. SaibaDaVerdade Diz

      Não é verdade, você covardemente agride um ser indefeso (que não pediu para vir ao mundo) porque sabe que não vai revidar. Você é um covarde mesmo.

      E não existe ser humano independente, todos são dependentes!

    44. Edson filho Diz

      Agredi é uma coisa corrigir é outra…… A Bíblia não fala bata no seu filho….. E sim… Não tire a vara da correção…. Vc que é o pai… Vc é quem sabe como deve corrigir…. Deus quando olha pra vc, ele não ver oque o mundo te tornou, ele ver quem vc realmente é, porque ele te formou, ninguém poderá mudar a tua identidade celestial….. E isso vc sabe…. Atente para o que o teu Deus está falando para vc, para não se perder em discussões e ideias alheias….. Que a graça paz do nosso querido Senho Jesus Cristo seja sempre sobre vc e toda a tua família…

    45. Jose Gesilane Mota Diz

      Uma vez lí que um indivíduo tem seu caráter formado até aos 7 anos de idade, após isso fica complicado implantar qualquer principio de valor em sua mente, então acho q isso responde pq ñ se bate em adult. p corrigí-los.Uma vez lí

    46. Nina Maia Diz

      Onde você leu?

    47. Edson filho Diz

      O filho imita a sua criação, se vc ensina na retidão, ele honrará o reto, desde que ensine tambem em exemplos…
      Só ressaltando que nas sagradas escrituras Deus recomenda ” não tirar de seus filhos a vara da correção”. Amados, a vara é pra corrigir e nao pra bater…. Vc já viu em algum lugar uma foto de um pastor, simbolizando ou Jesus ou Moisés com um cajado na mão….. Pois é, para guiar as ovelhas nos caminhos corretos e não bater nelas… Corrigir é isso tá… É isso que nosso amado Senhor está nos ensinando.

    48. Albérico Diz

      Tenho dois filhos, um de 9 anos e outra de14. Amo-os profundamente. A mais velha levou ao longo de sua vida 3 palmadas e o menor 1. Meus filhos são totalmente equilibrados, felizes e amados. Minha esposa e eu sempre conversamos com nossos filhos, preferimos mostrar-lhes a consequência de seus atos em todos os seus aspectos e não só o de ameaça física. Ainda assim, cada uma das palmadas foi aplicada em momento oportuno, sem ira e isso é cumprir a determinação bíblica, muito distante do que possa ser entendido como espancamento. Tenho uma responsabilidade com meus filhos que me será cobrada por Deus, creio nisso. Não fora isso suficiente, tenho uma obrigação com a sociedade, preparar dois indíviduos para saberem se posicionar, pesar, raciocinar e agir, não como crianças ou adultos mimados, não vou me eximir desta responsabilidade e, se e quando for necessário, usarei da palmada, embora todos os dias trabalho na educação de ambos, de modo não ter que chegar a este ponto.

    49. SaibaDaVerdade Diz

      Aviso aos agressores de Crianças.

      ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
      física em crianças?

      Então hão de concordar que:

      *Assim como Davi, Salomão,
      Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

      *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

      *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

      *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

      *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

      Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

    50. Filipe Moura Diz

      Essa sua posição chega perigosamente perto do marcionismo. O que o apóstolo Paulo fala a respeito é: “Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei” (Rm. 3 31).
      Os textos do Antigo Testamento não perdem validade por estarmos na nova aliança, salvos os textos de conteúdo cerimonial e civil/penal.
      Em corroboração, a Confissão de Fé de Westminster diz no capítulo XIX: “VI. Embora
      os verdadeiros crentes não estejam debaixo da lei como pacto de
      obras, para serem por ela justificados ou condenados, contudo, ela lhes
      serve de grande proveito, como aos outros; manifestando-lhes, COMO REGRA DE VIDA, a vontade de Deus, e o dever que eles têm,[…]. Ela é também
      de utilidade aos regenerados, a fim de CONTER SUA CORRUPÇÃO,
      pois proíbe o pecado; as suas ameaças servem para mostrar
      o que merecem os seus pecados e quais as aflições que por
      causa deles devem esperar nesta vida, ainda que sejam livres da maldição
      ameaçada na lei. Do mesmo modo as suas promessas mostram que Deus APROVA A OBEDIÊNCIA DELES e que bênção podem
      esperar, obedecendo, ainda que essas bênçãos não
      lhes sejam devidas pela lei considerada como pacto das obras – assim o
      fazer um homem o bem ou o evitar ele o mal, porque a lei anima aquilo
      e proibe isto, NÃO É PROVA de estar ele debaixo da lei e
      não debaixo da graça [ênfases acrescentadas].”
      E ainda: “VII. Os
      supracitados usos da lei NÃO SÃO CONTRÁRIOS À GRAÇA DO EVANGELHO, mas suavemente condizem com ela, pois o Espírito
      de Cristo submete e habilita a vontade do homem a fazer livre e alegremente
      aquilo que a vontade de Deus, revelada na lei, requer se faça [ênfases acrescentadas]”.
      Meu caro, você disse bem: “pessoas controladas […] usam sabedoria […]”. Que tal a sabedoria do livro de Provérbios.

      Romanos 3:31

    51. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte alguma na antiga aliança.

      Simples assim.

    52. Jose Gesilane Mota Diz

      Serve-nos cm rgra de vida caro amigo, ñ o cumprimento das palavras da antiga l. Si.
      alomiHão foi o homem mais sábio do mundo e nos deixou estes ensinamentos para nos ajudar a viver de forma mais tranquila perante Deus.

    53. SaibaDaVerdade Diz

      Errado, não ser como regra.

      ►Na Antiga Aliança tinham que levar o filho para ser morto pelos
      sacerdotes quando o filho continuava rebelde ; então você é a favor disso?

      Será que até hoje não sabe que na Antiga Aliança pouquissímos tinham o Espírito Santo? E que hoje qualquer um pode ter, e até as crianças por intermédio da oração dos Pais?

      → Portanto o lugar de todo aquele que é a favor de agressão física é ná CADEIA!

      Ainda mais se tratando de crianças, seres indefesos.

    54. Adriano França Diz

      sabedoria por sabedoria, Salomão tinha sim o dom da sabedoria, mas e quanto a Cristo que foi e continua sendo a PRÓPRIA SABEDORIA, que através do seu SANTO ESPÍRITO, usou de Paulo, Pedro, entre outros? Este Cristo, tem o poder de fazer o que um rei jamais pode, este Cristo é capaz de curar a loucura de um homem, pois JESUS CRISTO pode enxergar além do campo de visão limitado de um sábio, pois o homem tendo a sua natureza frágil, não poderia compreender a grandeza das coisas celestes, mas uma vez sendo necessário, o verbo se fez carne.

      Todos nós sabemos, que por mais sábio que foi Salomão, ele não conseguiu impedir a própria ruína, e se embaraçou com as coisas dessa vida, ficou cego, ou não quis enxergar, grande loucura fez Salomão, se sujeitou á um povo estranho a fé, que desastre, quase pôs tudo a perder, virou um rei sem domínio próprio, quase que literalmente perde o reino, se tornou um homem idoso sem respeito, tudo isso porquê não temeu á DEUS, e está escrito que o temor é o princípio de toda sabedoria.

      I Re 11:6 Assim fez Salomão o que parecia mal aos olhos do SENHOR;
      e não perseverou em seguir ao SENHOR, como Davi, seu pai.
      I Re 11:7 Então edificou Salomão um alto a Quemós,
      a abominação dos moabitas, sobre o monte que está diante de
      Jerusalém, e a Moloque, a abominação dos filhos de
      Amom. I Re 11:8 E assim fez para com todas as
      suas mulheres estrangeiras;
      as quais queimavam incenso e sacrificavam a seus deuses.

    55. SaibaDaVerdade Diz

      ►Na Antiga Aliança tinham que levar o filho para ser morto pelos
      sacerdotes quando o filho continuava rebelde ; então você é a favor disso?

      Será que até hoje não sabe que
      na Antiga Aliança pouquissímos tinham o Espírito Santo? E que hoje qualquer um
      pode ter, e até as crianças por intermédio da oração dos Pais?

      → Portanto o lugar de todo
      aquele que é a favor de agressão física é ná CADEIA!

      Ainda mais se tratando de
      crianças, seres indefesos.

    56. João Victor Diz

      Deus perde a paciência e o amor quando ele disciplina os seus filhos? Leia Hb 12.

    57. SaibaDaVerdade Diz

      Castigar não é agredir fisicamente.
      Pais que não passam nem 20 minutos do dia orando para que seus filhos sejam cheios do Espirito Santo, automaticamente vão usar a violência pois não estão cumprindo a função de Pais em Cristo.

      Lembre-se: o Cristão não tem parte alguma na antiga aliança.

    58. João Victor Diz

      Vamos por partes:

      1 – Você não respondeu a minha pergunta?

      2 – Você é pai?

      3 – Eu citei um texto do “do lado” da nova aliança, Hebreus 12 e até agora você não me respondeu.

    59. SaibaDaVerdade Diz

      *Disciplinar não é agredir fisicamente, ainda mais um inocente.

      *Colocar de castigo não é agredir fisicamente.

      *Hebreus 12:6 pois o Senhor disciplina a quem ama, e
      castiga todo aquele a quem aceita como filho”.

      ► Castigar não é agredir fisícamente. Somente covardes agridem fisicamente seres indefesos.

      Como ja disse: Existe o castigo, e varias outras formas para se educar. Maso covarde prefere descontar a raiva agredindo um ser que não tem como se defeder.
      E ainda falam que estão seguindo a Cristo.

    60. julliav Diz

      Inocente? Gênesis: 8. 21. Sentiu o Senhor o suave cheiro e disse em seu coração: Não tornarei mais a amaldiçoar a terra por causa do homem; porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice; nem tornarei mais a ferir todo vivente, como acabo de fazer.
      Não se esqueça que nós somos depravados e inclinados a fazer o mal. Por isso é necessário a vara e a repreensão. E sim oração pra que você saiba levar seu filho ao arrependimento dos seus pecados e depois o Espirito Santo produzir frutos. :)

    61. SaibaDaVerdade Diz

      Vai continuar distorcendo a Palavra de Deus?

      Estamos falando de crianças!

      Se não fossem inocentes estariam todos no INFERNO!

      Lucas 18:16-17 Mas JESUS chamou a si as crianças e disse: “Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas.

      Lucas 18 Digo a verdade: Quem não receber o Reino de Deus como uma criança, nunca entrará nele”.

      Concordo que humanos são depravados e mal, por isso agridem fisicamente ao invés de colocarem de castigo. Isso acontece por você é mal. Isso disse bem, o ser humano é mal (e muito COVARDE) também.

    62. João Victor Diz

      Que tal isso?

      A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela. Provérbios 22:15

      Até a criança se dará a conhecer pelas suas ações, se a sua obra é pura e reta.Provérbios 20:11

      A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe. Provérbios 29:15

      Pela lógica do seu pensamento, já que todas as crianças são inocentes e salvas é melhor matar todas elas para irem para o céu de uma vez, não vamos deixar elas crescerem pois ai “podem perder sua salvação” e deixarem de ser inocentes.

      Leio o texto que você colocou, Lc 18:16-17, Jesus diz “aos que são SEMELHANTES a elas” e não COMO elas. Tem uma diferença abismal entre essas duas palavras.

      Por favor siga o conselho das Escrituras:

      Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido. Provérbios 17:28

    63. ricardo77 Diz

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança!

      Marcos 10:14 Jesus,porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque DE TAIS É O REINO DE DEUS.

      Marcos 10:15 Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele.

      1Corintios 13:4-10 O AMOR é sofredor, é benigno; o amor não é
      invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios
      interesses, >>NÃO SE IRRITA<<, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, TUDO SUPORTA.

    64. João Victor Diz

      Leia novamente o que escrevi, por favor.

    65. Adriano França Diz

      ONDE ESTÁ ESCRITO que Abraão, Isaque, Jacó, precisaram ser repreendidos através de uma vara para aprenderem o que é certo? E o que dizer de Moisés, que mesmo nascendo em terra estranha, repleta de ídolos, mesmo sendo criado pela filha de faraó, porventura ele se corrompeu com a maldade do Egito? Até onde li, ele arriscou o seu próprio pescoço por amor do seu verdadeiro povo !! E quanto a José, que foi vendido por seus próprios irmãos, mas ainda sim não se vingou quando teve oportunidade? Ora, este José, mesmo sofrendo no Egito, não cedeu as paixões da carne, antes, sendo jovem resistiu á tentação de uma mulher, e no tempo oportuno Deus o elevou ao posto de governador sobre todo Egito. Precisou José ou Moisés apanhar de uma vara? Até onde sei, NÃO.

      E só pra deixar bem claro, esses homens viveram antes do livro que defende o uso da vara(provérbios) fosse escrito, e mesmo assim não tiveram deficiência na educação, JÁ Salomão, que por sinal escreveu o livro de provérbios, depois de velho passou a trilhar caminhos tortuosos, não sendo um exemplo vivo daquilo que defendia !! (I Reis 11)

    66. João Victor Diz

      Visto que não está escrito segue-se que você não pode fazer a afirmação que você fez. Como você tem certeza de que eles não foram disciplinados se não está escrito? Argumentar no silêncio da Escritura não é fazer dela a regra de fé e prática.

    67. Adriano França Diz

      Cuidado com o que diz !!
      ONDE ESTÁ ESCRITO que Abraão, Isaque, Jacó, precisaram ser repreendidos através de uma vara para aprenderem o que é certo? E o que dizer de Moisés, que mesmo nascendo em terra estranha, repleta de ídolos, mesmo sendo criado pela filha de faraó, porventura ele se corrompeu com a maldade do Egito? Até onde li, ele arriscou o seu próprio pescoço por amor do seu verdadeiro povo !! E quanto a José, que foi vendido por seus próprios irmãos, mas ainda sim não se vingou quando teve oportunidade? Ora, este José, mesmo sofrendo no Egito, não cedeu as paixões da carne, antes, sendo jovem resistiu á tentação de uma mulher, e no tempo oportuno Deus o elevou ao posto de governador sobre todo Egito. Precisou José ou Moisés apanhar de uma vara? Até onde sei, NÃO.

      E só pra deixar bem claro, esses homens viveram antes do livro que defende o uso da vara(provérbios) fosse escrito, e mesmo assim não tiveram deficiência na educação, JÁ Salomão, que por sinal escreveu o livro de provérbios, depois de velho passou a trilhar caminhos tortuosos, não sendo um exemplo vivo daquilo que defendia !! (I Reis 11)

    68. Gatito Gimenez Diz

      tu é tão ignorante que não foi capaz de interpretar a palavra de Deus..então oque me resta é orar por ti..

    69. Luan Henrique Prates Diz

      josiani •
      Acho que sua forma de endendimento sobre o texto e sobre o video esta um pouco equivocada.
      Educar uma criança na vara não é um atentado a violência contra a criança e sim uma forma de educação para que a mesma compreenda a gravidade de seus atos,desde que seja na devida moderação e até uma certa idade definida o que não afetara em nada seu psicológico , mas sim positivamente sendo importante educar a criança na vara até uma certa idade, onde na adolecencia a melhor forma de educação sera o dialogo com o jovem.

      Nao se pode relacionar a educação de uma criança com os atos de pessoas adultas por que estão em estados totalmente diferentes, seu texto denuncia um pensamento dramatico, e desprovido de conhecimento logico além de uma visão muito geral desprovida de detalhes importantes, uma criança que não foi educada corretamente na vara podera ter problemas na idade adulta ,onde se encontrara em situações e estados em que não estara preparada, e não sabera lidar, também podera ter problemas como mimos e falta de limites em seus atos, ou semsibilidade fora da medida , o que não é bom, embora não seja o caso de todas as crianças que não foram educadas na vara , mas muitas crianças podem sofrer com isso por causa da falta de conhecimento e compreensão de muitos pais insensatos e sem sabedoria.
      È ilógico querer comparar o mal carater de pessoas adultas, com uma mentalidade adulta, com a educação de uma criança até por que se um adulto comete um crime não sera a varadinha que o castigara até por que isso não funcionara, a melhor forma de castigo dele sera a prisão , não tem sentido nenhum associar isso , você estara se levantando contra milhares e milhares de familias que educaram seus filhos tradicionalmente na vara e seus filhos cresceram fortes e saudaveis e muito bem preparados para o mundo , muito bem educados, eu fui educado na vara quando pequenino e em minha juventude meus pais me ensinaram no dialogo e eu digo com todas as minhas palavras que agradeso sim aos meus pais pela boa educação, tudo que fizeram para min foi de estrema importancia
      e se voltase no tempo, aceitaria que eles “fizesem tudo de novo” pelo meu bem.

    70. Josiani Maria Carvalho Diz

      Estou a 4 meses de me formar psicóloga e trabalho na vara de infancia do forum, não sendo dramàtica e sei com muita fundamentação o que é violencia e o que não é. Triste é pensar que cristãos tem um pensamento tão retrógrado.

    71. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Josiani, existe correção física que não é violência?

    72. Joao Marinho Diz

      Mas óbvio que existe. Por acaso você apanha de outra pessoa para cada erro que comete hoje em dia, Vinícius?

    73. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      João, minha pergunta foi sobre correção física. E não sobre correção de forma geral.

    74. SaibaDaVerdade Diz

      Josiani, você está certa. O que aconteçe é que muitos que se dizem Cristãos pegam o que querem na Antiga Aliança para justificar a agressão física em seres indefesos.que não pediram para nascer.

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança,

      E tem mais, a maioria desses agressores não passam nem 20 minutos ao dia orando (clamando) para que “suas” crianças cheiam cheias do Santo Espírito de Deus.

      Existe o castigo, e varias outras formas para se educar. Mas o covarde prefere descontar a raiva agredindo um ser que não tem como se defeder. E ainda falam que estão seguindo a Cristo.

    75. Luan Henrique Prates Diz

      SaibaDaVerdade quando escreveu ” Cristãos pegam o que querem na Antiga Aliança para justificar a agressão física em seres indefesos” acho que você esta um pouco equivocado nesta frase” com que direito você tem de se levantar contra milhões de teológos , pastores, educadores cristãos muito bem formados e estudiosos da Biblia no Brasil, EUA e no mundo usando esta acusação tao ? é valido ressaltar que seus filhos foram bem educados e se tornaram pastores , educadores, evangelistas, teólogos e educaram seus filhos da mesma maneira ”

      CUIDADO COM O QUE ESCREVE
      VOCÊ NÃO É NEM DE LONGE O MAIS SÁBIO DELES .
      e cuidado ao afirmar que eles não passam 20 minutos orando
      por que muitos cristãos que educam seus filhos da maneira que você discorda horam muito pelos seus filhos podes ter Certeza.
      e Não esta provado que todos os pais que educam seus filhos na vara descontam raiva,não é raiva e sim educação , se seus pais talvez bateram em você descontando raiva, fico triste e lamento, mas os meus me educaram com amor .

    76. SaibaDaVerdade Diz

      Os seus milhões de teólogos, as sinagogas, religião da época, e o povo em sua grande maioria tinha ódio de Jesus, vários dos seus dícipulos o deixaram, e mandaram soltar um ladrão ao invés do Senhor Jesus Cristo, e ainda mandaram o matar.

      Hoje não é diferente.

      Repito: o Cristão não tem parte na antiga aliança, e se agride um ser inocente e indefeso é porque é COVARDE…!

    77. SaibaDaVerdade Diz

      Os seus milhões de teólogos, as sinagogas, religião da época, e o povo em sua grande maioria tinha ódio de Jesus, vários dos seus dícipulos o deixaram, e mandaram soltar um ladrão ao invés do Senhor Jesus Cristo, e ainda mandaram o matar.

      Hoje não é diferente.

      Repito: o Cristão não tem parte na antiga aliança, e se agride um ser inocente e indefeso é porque é COVARDE…!

      Existe o castigo e vários outras maneiras sadias para se corrigir uma criança.

      * O amor não se irrita! O amor tudo suporta! Agora gente nervosa agride mesmo, e o pior é que agride até seres indefesos como no caso de uma criança. COVARDES!

    78. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Só você ama a Cristo, né?

      Deus é amor e Deus afirma no Novo Testamento (Hebreus 12) que usa a dor para disciplinar seus filhos. Deus está errado?

    79. Luan Henrique Prates Diz

      Hora Josiani Maria Carvalho se és psicóloga não discordo, é ótimo, admiro muito pisicólogos, mas nem todos os psicólogos possuem a sua visão , ou pensam como você pensa , e muitos são cristãos , não digo que estas errada na sua forma de educar seus filhos , até por que não esta mesmo, mas não é a unica e nem de longe a melhor forma de educação.

    80. Albérico Diz

      af!

    81. SaibaDaVerdade Diz

      Porque o ser humano é ruim.

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança, mas esses covardes não dão o braço a torcer por causa do orgulho, e o nervoso que há dentro deles.

      É a lei do toma aqui leva lá.

      Existe o castigo e vários outras maneiras sadias para se corrigir uma criança. Nem um animal merece ser agredido com pretexto de educar, quanto mais uma criança, um ser inocente.

  5. Rogerio Lopes Diz

    É um assunto espinhoso, mas sem entrar muito na questão me questiono o porque sempre consideram os textos religiosos de forma literal,ainda mais um livro como provérbios, cheio de metáforas. A despeito dos costumes da época não creio que o texto original exatamente defenda o espancamento.. E ainda que defende-se por que as pessoas só seguem aquilo que julgam conveniente? Essa "crença seletiva" é no mínimo interessante para não dizer questionável.

  6. Dany M. Fonseca Diz

    Achei ótima explicação!!!Sou totalmente de acordo!

  7. Joao Marinho Diz

    Acho tão curioso. Critica-se a falta da palmada por ser um mal da “cultura atual” – e escolhe-se, como solução, algo praticado há 3, 4 ou 5 mil anos?! Está claro que, se tudo de bom tivesse sido escrito ou legado por essas culturas, não teria sido substituído por valores outros nos tempos modernos. Sou contra a palmada, sim. E sei que o Livro de Provérbios se encontra desatualizado, ainda que fosse bastante light para uma época em que Deus mandava conquistar terras e matar as mulheres grávidas cortando-lhes a barriga ao fio da espada, como registra entre os livros de Josué e Juízes. Se tal tipo de guerra jamais passaria sem ser criticada hoje em dia, por que razão deveríamos aceitar, de livre e bom grado, a questionável ideia de que “só ama quem faz uso da vara”?

  8. Danielli Araujo Preto Diz

    Rogerio Lopes basta observar a vida de crianças que não são disciplinadas, se tornam egoístas e mimadas que consequentemente vão sentir muito mais dor pelos tropeços na vida, ninguém tolera. agora se vc quer ver seu filho sofrer pelas mãos de estranhos ao invés de corrigi-lo no tempo certo, creio que sofrera junto com ele. sou totalmente a favor da disciplina,com sabedoria claro! mas se vc é cristão de verdade pedirá ao Senhor sabedoria e Ele te dará

  9. Danielli Araujo Preto Diz

    creio que ninguém defenda o espancamento, está se falando em disciplina, para não se arrepender mais tarde, quando a criança estiver totalmente sem limites e praticando tudo que for prejudicial para vida dela mesmo. Deus abençoe e ilumine a todos.

  10. Andréia Azevedo Dias Diz

    Jesus bateria em uma criança? Isso soa um tanto polêmico, vale a pena ler o artigo e assistir o video.

  11. Rosita L Andrade Diz

    O meu pai sempre fala que as vezes é preciso subir o nível do fundo do poço. As vezes é necessário que uma pessoa chegue ao fundo do poço com a possibilidade de sair dele. Acho que a palmada é isso. Se eu dou uma palmada em meu filho com amor e calma, entendendo a importância da disciplina, estou trazendo o fundo do poço pra cima. Estou mostrando pra ele que as atitudes dele podem causar dor.

  12. Joao Marinho Diz

    Acho tão curioso. Critica-se a falta da palmada por ser um mal da “cultura atual” – e escolhe-se, como solução, algo praticado há 3, 4 ou 5 mil anos?! Está claro que, se tudo de bom tivesse sido escrito ou legado por essas culturas, não teria sido substituído por valores outros nos tempos modernos. Sou contra a palmada, sim. E sei que o Livro de Provérbios se encontra desatualizado, ainda que fosse bastante light para uma época em que Deus mandava conquistar terras e matar as mulheres grávidas cortando-lhes a barriga ao fio da espada, como registra entre os livros de Josué e Juízes. Se tal tipo de guerra jamais passaria sem ser criticada hoje em dia, por que razão deveríamos aceitar, de livre e bom grado, a questionável ideia de que “só ama quem faz uso da vara”?

  13. Rosita L Andrade Diz

    Danielli Araujo Preto Exatamente, me sinto assim em relação ao meu filho. Odeio quando alguém o corrige. Odeio quando alguém o expõe. Ele sofre muito mais com a vergonha de ser chamado a a atenção pelos outros. Eu tenho um entendimento muito claro que tem horas que a conversa não adianta. Uso o castigo de ficar sem TV ou brincar, uso o cantinho do pensamento, a conversa, mas existem momentos (principalmente aqueles momentos em que ele ele está fazendo algo que pode levá-lo a se machucar seriamente ou a alguém) que necessário dar uma palmada, pra que ele pare imediatamente.

  14. Joao Marinho Diz

    Acho tão curioso. Critica-se a falta da palmada por ser um mal da “cultura atual” – e escolhe-se, como solução, algo praticado há 3, 4 ou 5 mil anos?! Está claro que, se tudo de bom tivesse sido escrito ou legado por essas culturas, não teria sido substituído por valores outros nos tempos modernos. Sou contra a palmada, sim. E sei que o Livro de Provérbios se encontra desatualizado, ainda que fosse bastante light para uma época em que Deus mandava conquistar terras e matar as mulheres grávidas cortando-lhes a barriga ao fio da espada, como registra entre os livros de Josué e Juízes. Se tal tipo de guerra jamais passaria sem ser criticada hoje em dia, por que razão deveríamos aceitar, de livre e bom grado, a questionável ideia de que “só ama quem faz uso da vara”?

  15. Rafael da Trindade Silva Diz

    O programa da “supernanny” mostrou que existe outras maneiras muito mais eficazes de educar uma criança (crianças essas que provavelmente apanhavam e não aprendiam) do que batendo na mesma. Se a bíblia ensina que deve se ensinar com vara, e a vara gera dor, então retirar o brinquedo que ela mais gostar vai gerar dor também, a dor da perda. A lei é necessária para que um pai não passe dos limites na hora de bater em uma criança e depois para não ser processado, diga que só bateu para educar.

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Como está claro na postagem, não se está defendendo abuso físico.

    2. Pedro Henrique Aires Diz

      Rafael, a questão que vc e outros não querem enxergar e admitir é que o próprio Deus utilizar a dor para disciplinar seus filhos, Veja que esta dor (instrumentalizada por Deus) não é, por vezes, apenas espiritual (emocional), mas também física. Esta forma de disciplina que vc referiu-se acima,apesar de útil, contempla apenas um tipo de dor. Creio que se a Bíblia salienta é porque, em alguns contextos, a dor física comedida é valiosa para ensinar sobre a seriedade das consequências de nossos atos. Como cristãos, não podemos nos render ao utilitarismo, por mais atraente que este seja, mas tão somente às Sagradas Escrituras.

    3. fernanda Diz

      Quando comecei ler os comentários infelizes da irmã Josiane já sabia que ela não tem filhos. Sabe nada inocente…

    4. Denise Diz

      Pensei na mesma coisa!! kkkk

    5. Roseane Diz

      Por isso eu perguntei… nem discuto com quem não tem filhos. Tem gente que fala: “ah, mas eu tenho sobrinhos!” Mas aí eu pergunto: “a guarda é sua?”, se a resposta for negativa eu digo pra pessoa ter seus próprios filhos e continuar com discurso se algum dia alguém responder que tem a guarda, pois isso nunca me aconteceu (rsrsrs…) eu vou puxar uma cadeira e ouvir deslumbrada como a pessoa faz.

    6. SaibaDaVerdade Diz

      E nem ouse a ler o que o Apóstolo Paulo diz sobre casamento, e nem Jesus. Pois não eram casados, e foram os que mais falaram sobre casamento.

    7. Filipe Moura Diz

      Só tem uma diferença pequenina: Jesus e Paulo falavam de casamento divinamente inspirados, o que flagrantemente não é o caso da cara irmã que ainda não tem filhos.

    8. Rafael da Trindade Silva Diz

      Pedro, não quero dizer que bater talvez não eduque, ai seria necessário um estudo para saber a porcentagem de crianças que aprenderam com palma e o percentual de crianças que foram educadas com outros métodos sem palmadas. O que estou questionando não eh se bater educa ou não, mas sim se não existe métodos mais eficazes para educar do que dando palmada na criança como deixar a criança sem vídeo game ou passar dois ou três dias sem poder ir brincar. Pra mim a bíblia não esta preocupada e vai bater ou não na criança, e sim se ela vai ser educada… Agora falando sobre Deus, conheço um pouco a bíblia mais não consigo lembrar de Deus ensinando seus filhos com dor física, vc poderia me citar um exemplo? (lembrando que estamos na dispensação da graça certo, então tente me mostrar alguma passagem no novo testamento também).

    9. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Hebreus 12: Deus disciplina através da perseguição.

    10. Joao Marinho Diz

      Para mim, essa questão é bem simples de ser resolvida. Estou com o Rafael, e não me recordo de no NT haver qualquer menção a “educação com vara”. A passagem que mais fala diretamente das crianças é Jesus solicitando que deixassem ir a ele os pequeninos (e não bater nos pequeninos).

      No entanto, para além disso, Deus é Deus. Segundo a crença cristã, conhece o hoje, o ontem, o amanhã e o sempre. É perfeito. Deus ordena o nascimento e ordena até a hora da morte, porque é soberano.

      Querer usar o que Deus faz e pode fazer para justificar o “direito de bater no filho” para mim soa quase como blasfêmia. Deus ordena a morte. Por isso, você, ser humano, pode ordenar também? Se for assim, então, como fica o crime de assassinato e, para muitos cristãos, o aborto?

      Deus pode disciplinar da forma que ele quiser. Ele é Deus. Assim como Deus pode retirar e dar a vida.

      Não significa que VOCÊ possa fazer o mesmo…

    11. leandro Diz

      Homens não querem obedecer a palavra soberana de Deus, porque conflita com o que lhe apraz, e ai usam seus argumentos apelativos e elaborados, na tentativa de desautorizar os ensinamentos bíblicos.

    12. SaibaDaVerdade Diz

      O que aconteçe é que muitos que se dizem Cristãos pegam o que querem na Antiga Aliança para justificar a agressão física em seres indefesos.que não pediram para nascer.

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança,

      E tem mais, a maioria desses agressores não passam nem 20 minutos ao dia orando (clamando) para que “suas” crianças cheiam cheias do Santo Espírito de Deus.

      Existe o castigo, e varias outras formas para se educar. Mas o covarde prefere descontar a raiva agredindo um ser que não tem como se defeder. E ainda falam que estão seguindo a Cristo.

    13. SaibaDaVerdade Diz

      Você está certo Rafael, o Cristão não tem parte na Antiga Aliança.

    14. SaibaDaVerdade Diz

      O que aconteçe é que muitos que se dizem Cristãos pegam o que querem na Antiga Aliança para justificar a agressão física em seres indefesos.que não pediram para nascer.

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança,

      E tem mais, a maioria desses agressores não passam nem 20 minutos ao dia orando (clamando) para que “suas” crianças cheiam cheias do Santo Espírito de Deus.

      Existe o castigo, e varias outras formas para se educar. Mas o covarde prefere descontar a raiva agredindo um ser que não tem como se defeder. E ainda falam que estão seguindo a Cristo.

  16. Herica Santos Diz

    As pessoas confundem disciplina com palmada. A Lei da Palmada nao proíbe os Pais de disciplinarem ou educarem seus filhos ela diz respeito aos maus tratos.

  17. Herica Santos Diz

    O artigo a que ele se refere com relacao a Suécia nao fala de palmada. Infelizmente o sentido foi distorcido. O Autor se refere à falta de disciplina e nao a falta de palmadas.
    É sempre bom se informar mellhor.

  18. Joao Marinho Diz

    Não se pode misturar alhos com bugalhos. Defender o fim da palmada não significa defender o fim da disciplina – mas o fim de uma atitude que, a rigor, não deixa de ser uma agressão física. Considerem vocês, duas mulheres que estão comentando. Existe alguma outra forma de considerar, enquanto adultas que são, um tapa que levem na cara ou em outro lugar, de seus parceiros, pais ou irmãos, de outra forma que não uma violência doméstica, MESMO que estejam histéricas, fora de si e o tapa as tenham trazido de volta à razão? Então, por que com as crianças é diferente, sendo que, dentro de uma hierarquia de força física, são elas ainda mais frágeis que qualquer mulher adulta? Existem formas e formas de se disciplinar alguém, e conheço pais que nunca encostaram um dedo em seus filhos e nem por isso deixaram de ensinar-lhes o melhor caminho, de discipliná-los e nem por isso seus filhos se tornaram maus cidadãos. Descobrir a maneira de disciplinar sem agredir é difícil. Mas ninguém nunca disse que ser pai e mãe era fácil. Meus pais me deram palmadas, sim, quando eu era criança. Até cintadas. Mas não os louvo por isso. Foram ótimos pais – mas, NESSE PONTO, erraram e erraram feio. Não se recorre à violência para ensinar. Não – se o que se pretende é um mundo menos violento. Acho curioso que os pais nunca se perguntem onde as crianças aprendem a bater umas nas outras. Ora, se uma criança apanha porque contrariou, por que exatamente vai deixar de recorrer ao mesmo expediente, quando for contrariada? Essa cultura de violência tem de acabar.

  19. Joao Marinho Diz

    Mas disciplina e palmada nunca foram sinônimos.
    Disciplina é ensino.
    Bater é agressão.
    Ensinar batendo é questionável.

  20. Vanusa Guimaraes Diz

    Também concordo, no sentido de não espancar, mas disciplinar, pq a própria palavra de Deus nos orienta a fazer.Nós nos arrependeremos amargamente se deixar-mos nossos filhos crescerem da forma q o mundo ensina. Eu creio e acredito em tudo q está escrito na BÍBLIA SAGRADA.

  21. Flávio Bachot Diz

    Sabe realmente o que é violência contra crianças..? Nosso Governo supostamente democrático, aonde jogam no fundo do poço direitos básicos de um indivíduo: No Brasil cria-se programas um deles: Fome zero, não sou contra, porém levaram a sério, vamos lá aos outros: Saúde zero, Educação zero, Segurança Zero, cumprimento das leis Zero.. Enfim, o Governo não edifica nada nossa sociedade e ainda vem querer educar nossas crianças? Bom se nosso País fosse moralmente ético, mesmo com poucos casos de falhas, políticos éticos enfim… Agora querer ditar regra dentro das famílias? Fala sério… Porque uma apresentadora, que realmente não precisou usar em casos a palmada corretiva em sua filha, porque? Tem dinheiro, a menina tem o que quiser a hora que quer, e ela tem para oferecer… E vem querer falar de família, aonde nem ela dá o exemplo de instituição familiar…

    1. Roseane Diz

      Nossa!!! Falou e disse!!!

    2. Roseane Diz

      Aqui, quem defendia no congresso o PL7672/2010, lei Menino Bernardo? Marta Suplicy… Cara se eu tivesse um filho igual ao Supla choraria de vergonha.

    3. SaibaDaVerdade Diz

      Violência mesmo são os “Pais” irresponsáveis que colocam crianças no mundo sem terem condição para tal. Deixam assistir o que não presta, deixam ir a escolas do Governo que não presta etc. São “Pais” agressores que ao invés de usarem o castigo preferem a violência (agressão física). São irresponsáveis, fazem sexo antes do Casamento, não oram nem 20 minutos por dia para seus filhos serem cheios do Espírito Santo.

      Ou seja, são verdadeiros irresponsáveis, covardes, e mentirosos…

  22. SaibaDaVerdade Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança.

  23. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança.

  24. Ricardo Nogueira Diz

    João, os agressores (covardes) não querem entender que o Cristão não faz parte da antiga aliança. Por isso ao invés de dobrarem seus joelhos todos os dias na presença do Senhor clamando pelo bem (proteção) Espirito Santo na vida dos filhos, preferem descontar toda a raiva agredindo os pequeninos com o pretexto de estarem educando.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança.

    http://www.SaibaDaVerdade.com

  25. Leonardo Custodio de Jesus Diz

    a questão é se bater como forma de disciplina ela tem que estar desvinculada do sentimento de raiva e com o único objetivo de ensinar e disciplinar a criança. Será que nós realmente conseguimos fazer essa distinção? fica a pergunta de alguém que sinceramente não tem a resposta!

  26. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Título da reportagem:
    Após proibir palmadas, Suécia "sofre" com geração de crianças mimadas – A proibição das punições físicas a crianças foi incorporada ao código penal da Suécia em 1979

  27. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Ricardo Nogueira que compreensão rasa do Antigo Testamento. Jesus afirma que não veio anular a Lei e os Profetas e afirmou que todo o AT aponta para ele. Jesus e Paulo citavam extensivamente o AT. Os dois principais mandamentos (amor a Deus e ao próximo) encontram-se no AT.

    Por fim, se você quer algo no NT, considere que o próprio Deus nos disciplina através da dor (Hebreus 12)

  28. John Bennet Diz

    Contra a lei sim, mas creio que o direito de liberdade de religião é um valor constitucional, logo, se “disciplinar meu filho com a vara” é um dogma cristão, a lei, nesse caso, é hierarquicamente inferior à constituição (antinomia aparente). Esse seria o argumento jurídico, agora, o religioso seria: antes a lei de Deus que a dos homens. Já o pessoal, podem falar o que quiser EU sou a melhor pessoa para educar os meus filhos, obrigado Estado, não preciso de conselhos de calhordas.

    1. Joao Marinho Diz

      Num Estado democrático de Direito, os direitos se sobrepõem e, por vezes, concorrem entre si. A liberdade de religião é um direito – mas a integridade física também.

      Por isso, embora dogmas religiosos defendam uma série de absurdos, como apedrejamentos ou, por exemplo, circuncisão femininas, estes são limitados e, portanto, proibidos, em nome do direito da integridade física da outra pessoa. O direito de um não pode se sobrepor, afinal, ao direito do outro, notadamente quando este diz respeito ao corpo e vida desse outro.

      Desse ponto de vista, portanto, o direito de acreditar no Antigo Testamento fica limitado pelo direito de integridade física da criança. Quer acreditar na Bíblia e no Antigo Testamento? Seguir seus ditames? Muito bem, direito seu. Mas o seu filho tem o direito de NÃO seguir, e de não acreditar – e este tem de ser igualmente preservado, assim como o direito à integridade física dele – e você já possui o seu.

      Logo, num Estado democrático de direito, a religião de forma alguma se sobrepõe à laicidade do Estado. Religião é de foro íntimo. O Estado cuida da coisa pública. E, de novo, nada de misturar alhos com bugalhos.

      O Estado não está dizendo como vc deve educar seu filho e nem quais valores você deve ensinar. Está dizendo que você não pode atentar contra a integridade física dele – ponto. E isso por um motivo bem simples. Seu filho tem tanto direito à integridade física quanto você à religião. São direitos concorrentes.

    2. Filipe Diz

      Integridade física? Quem aqui está falando de esfolar uma criança?

    3. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Vamos usar o seu argumento da sobreposição de direitos de outra forma. A criança tem o direito de ir e vir? Então, colocá-la de castigo também é uma violação de direitos. Concorda?

  29. Rogerio Lopes Diz

    Danielli Araujo Preto Bom para começar seu argumento é falho, disciplinar e bater são coisas bem distintas, e conheço bastante pais que "usam a tal vara" com os filhos e eles são não só indisciplinados, como rebeldes e respondões. Além disso se fosse por falta de apanhar eu seria um transviado, nunca recebi sequer uma palmada de minha mãe o que não a impediu de educar a mim e a meus irmãos. E até hoje receber elogios pela educação que nos deu. Outra coisa disciplina com sabedoria, sei.. pedir ao Senhor..sei.. De forma alguma questionando o poder da oração, mas sou obrigado a duvidar da capacidade de discernimento de muitos "cristãos" por aí sobre o que eles entendem por "inspiração" do Espirito. ainda mais no que tange a educação dos filhos.

  30. Rogerio Lopes Diz

    Rosita L Andrade Tem horas que a conversa não adianta..que tipo de conversa? Outra coisa cantinho do pensamento?? Seu filho vai pensar sobre o que? Sobre o quanto a mãe dele é injusta em obrigá-lo a ficar parado meditando sobre o que fez, sendo que talvez nem entenda o pq é errado? Me desculpe falo como futuro pedagogo, é ineficaz e ingênuo essa técnica de cantinho do pensamento. A questão é demonstrar autoridade, e isso não se consegue com violência. Ok seu filho terá medo de apanhar, sim terá, mas isso não significa que ele vá te respeitar, e que não chegue o dia em que ele for forte o suficiente pra isso e revide.

  31. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  32. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  33. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  34. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  35. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  36. Herica Santos Diz

    Vinícius Musselman Pimentel, "Você, que leu a matéria, só não sabe de uma coisa: ela é uma matéria originalmente publicada na França. E, por incrível que possa parecer: o texto original mencionado não fala sobre palmadas…
    Fala em educação familiar.

  37. Herica Santos Diz

    "O fato é: Dr. Eberhard (psiquiatra sueco) NÃO está argumentando que se deva reintroduzir o uso de palmadas nas famílias suecas, como muitas pessoas estão interpretando.

    Ele está criticando, isso sim, o modo de educação sueco de uma maneira generalizada. Mais importante ainda: ele não realizou absolutamente NENHUM estudo científico epidemiológico sobre o tema, portanto a matéria é opinativa, não científica."

  38. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Herica Santos igualmente não foi realizado NENHUM estudo científico ligando a palmadinha (e não o abuso físico) a inúmeros males, dentre eles o comportamento violento.

  39. Herica Santos Diz

    Perdao mas, em que momento eu afirmei isto Vinícius?

  40. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Herica Santos , você não afirmou. A postagem que você citou desmerece o Dr Eberhard usando este argumento, falando que não passa de uma opinião. O mesmo é válido para a concepção de que palmadas aplicadas com amor e brandura levam a um comportamento violento.

  41. Herica Santos Diz

    Vinícius, "em 2012, o Disque 100 – Disque Direitos Humanos – registrou um recorde de denúncias de maus tratos contra crianças no Brasil. Foram mais de 130.000 novos casos, o que representa mais de 70% de todas as denúncias feitas, um aumento de 50% comparativamente ao ano de 2011.
    Não podemos dizer, com base nesses dados, que as crianças estão sofrendo mais violência. A única coisa que se pode dizer sobre isso, com alto grau de certeza, é: as pessoas estão denunciando mais. Isso mostra que sim, vale a pena falar sobre isso. Sempre valerá."

  42. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Herica Santos, apoio totalmente a denúncia de maus tratos. Mas onde foi que esta postagem encorajou maus tratos?

  43. Herica Santos Diz

    Eu sei que a palmadinha é diferente de espancamento. Mas quando eu levava uma palmadinha só e quando eu levei uma surra de cinto (que deixaram minha costas feridas), o sentimento foi o mesmo, a dor e as cicatrizes psicológicas foram as mesmas.
    A diferenca de palmada para o espancamento é o Peso da mao e quem controla o Peso da mao na Hora do nervoso/da frustacao?
    Tanto a palmada como o espancamento sao a mesma coisa: violencia.

  44. Rafael Nobre Ravazzi Diz

    Joao Marinho você é cristão? como Deus te disciplina? dói?

  45. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  46. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  47. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  48. Fellyp Cranudo Diz

    Como ouvi certa vez: Meus pais me bateram quando eu era criança e agora sofro de um mal chamado educação(!!)

  49. Rosita L Andrade Diz

    Rogerio Lopes Vou perguntar o que eu perguntei pra outra pessoa aqui: Você tem filho?

  50. Rogerio Lopes Diz

    Rosita L Andrade Não, mas tenho o exemplo de minha mãe que me educou e muito bem sem precisar recorrer a violência física e ela nunca precisou falar duas vezes se vc quer saber. Isso é ter autoridade e respeito. Inclusive até hoje tenho profundo respeito por ela o que não vejo em filhos que foram "disciplinados na base da vara" por aí. E outra esse argumento mas vc não vive vc não sabe do que está falando é tão fajuto, como te disse estou cursando pedagogia, meu objeto de estudo é a criança. Não estou me baseando em achismos, e digo mais se fosse preciso bater para disciplinar e educar eu estaria encrencado, afinal como educador infantil é um recurso que eu jamais poderia adotar, ou será que vc é favorável a volta da palmatória e do ajoelhar no milho??

  51. Rosita L Andrade Diz

    Rogerio Lopes Meu pai também sabia usar autoridade comigo. Ele tinha olhar que queria dizer: Chega! Mas ele me bateu tb, uma só vez. Foi a pior e a melhor surra de toda a minha vida. Ele tinha uma necessidade de me fazer entender com muita clareza que o que eu fiz poderia machucar de verdade. Eu entendi. Sofri, mas entendi. Eu o agradeço até hoje. Não tinha outra forma de eu entender, e nunca mais repeti o feito. Ele me explicou o porque eu estava apanhando… Não saio distribuindo tapas e nem descontando minha raiva em meu filho, isso não é disciplina. Isso é descontrole e falta de amor, de paciência, de afeto. Meu filho tem 3 aninhos e diz que me ama, me beija, me trata com carinho, me chama pra brincar e eu carinhosamente vou. Quando estou cansada, explico e ele entende. Se eu puder só me relacionar com meu filho dessa forma, vou me relacionar. Mas sou mãe. E eu vou fazer o que for necessário para que ele não sofra de coisas piores. O meu papel é garantir que torne-se um homem. Agora, vc ainda não tem filhos… que bom que a sua mãe não precisou de te dar palmadas. Quando você tiver filhos, você deve retomar essa discussão. Quem sabe como pai e educador que será vc poderá escrever um livro nos ensinando como fazer isso. Ainda não posso escutar seus conselhos… me desculpe.

  52. Fellyp Cranudo Diz

    Como ouvi certa vez: Meus pais me bateram quando eu era criança e agora sofro de um mal chamado educação(!!)

  53. Joao Marinho Diz

    Esse é um argumento "ad hominem" no fim das contas. "Você tem filhos?!". Se não tiver, não pode opinar?

    Ora, ora. Ninguém nasceu de chocadeira. Já foi filho de alguém e tem pleno conhecimento do "outro lado" da palmada – de quem recebe. Então, ninguém deixa de ter autoridade para falar do assunto.

    Meus pais me criaram com palmadas. Foram excelentes pais. Mas nisso ERRARAM, a meu ver. Não agradeço a NENHUMA das vezes que apanhei, porque sei que poderia ter aprendido de outra forma.

    E, quando tiver meus filhos, vou seguir o exemplo de amigos e amigas que conheço e que os criaram muito bem, obrigado. E não encostar um dedo em nenhum deles.

    O fato de existirem pessoas como o Rogério já prova, pura e simplesmente, Rosita, que não apenas a palmada não é fundamental, como também sequer é necessária.

    Se fosse, pessoas como ele não existiriam.

  54. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  55. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  56. Rogerio Lopes Diz

    Rosita L Andrade Primeiro eu já havia respondido esse argumento fajuto de "ah vc não é pai, vc não entende" isso é tão ridículo e infantil, como o João disse tem a questão do exemplo, também se ser mãe e pai desse automaticamente condições para saber educar uma criança não teríamos tanta mãe jogando o filho no lixo. Também não teríamos tanta mãe de bandido por aí, e desculpe não é por falta de "palmada" ou de conhecer a "lei de Deus" o que mais tem na cadeia é filho de evangélico, pode pesquisar. Outra coisa não pretendi te dar conselhos, suas respostas deixam claro que vc não está aberta a eles, apenas emiti minha opinião sobre algo que considero totalmente errado e sem sentido. Como já disse não sou pai, e muito provavelmente por motivos particulares não o serei. Isso todavia não me impede como profissional ligado a Educação a me preocupar com a forma como pais com a mentalidade como a sua e que defendem ideias fundamentalistas e não embasadas em argumentos preparam as crianças que eu e outros profissionais como eu iremos encontrar lá na frente. Como te disse não estou me baseando em achismos. Se julga que eu não sou gabaritado para questionar sobre o assunto te aconselho a ler Julio Groppa Aquino, ele discuti muito essa questão de indisciplina. Vc poderia ainda pesquisar um pouco sobre o que Piaget falou sobre o desenvolvimento infantil. Dai vc vai entender o pq essa ideia de "cantinho de pensamento" é uma estupidez, o pq dessa noção de educação pela "palmada" é ineficaz, ainda que possamos nos basear nas ideias de Skinner ou antes numa deturpação das ideias dele, nós humanos somos mais complexos que ratinhos para podemos ser condicionados na base da recompensa e do castigo.
    Por fim desnecessário o sarcasmo final da resposta, absolutamente não está em meus interesses a escrita de livros ou fama, pelo menos não baseado em opiniões duvidosas, achismos e argumentos falaciosos, destinados a agradar e justificar atitudes questionáveis.

  57. Joao Marinho Diz

    Rafael Nobre Ravazzi, não me recordo de Deus me dando uma palmada em nenhum momento de minha vida. Você já teve uma experiência assim?

  58. Joao Marinho Diz

    Ademais, leia minha resposta abaixo. Deus é Deus, meu caro. Você é humano.

    Deus, segundo a fé cristã, é soberano: pode disciplinar da forma que lhe aprouver, assim como pode dar e pode retirar a vida.

    Não significa que nós, seres humanos, possamos fazer o que Deus faz.

    Não podemos dar e nem retirar a vida, diz a fé cristã. Porque não somos Deus.

    Por que razão poderíamos disciplinar usando as ferramentas de Deus, então, se também não o somos.

    Por acaso temos seus poderes? Sua perfeição? Sua justiça infinita?

    Acredito que não.

    Tentar usar Deus para justificar um "modo de educação", bem entre aspas, anacrônico soa, para mim, como uma quase blasfêmia.

  59. João Victor Diz

    Me parece que os que estão comentando contra as Escrituras tiveram um encontro com o senhor sábio segundo o mundo da cidade de prudência carnal, ele ofereceu para o peregrino um caminho mais fácil sem obstáculos.

    O que temos aqui não são cosmovisões distintas entrando em choque, mas uma enorme fraqueza em como interpretar as Escrituras. E o pior estão usando a própria Escrituras para justificar a sua desobediência à ela.

    Me faz lembrar do que Satanás fez com os nossos primeiros pais: “É assim que Deus disse?”

    NINGUÉM está incentivando o abuso, e os maus tratos com o fim de simplesmente prejudicar as crianças. E há muitos que infelizmente não disciplinam mas se vingam dos filhos. Quando deixam para corrigir somente quando explodem de raiva, isso não é disciplina e sim violência.

    Prefiro ficar com a loucura de Deus que é mais sábia que a estultice dos homens.

    E não me venha com essa conversinha de que temos que seguir literalmente o Velho Testamento, vá ler Hebreus 12.

    Por acaso você vai reclamar ou denunciar a Deus quando Ele te visita com disciplina? Leia o texto de 1 Co 11:27-32 lá diz que Deus disciplina com fraqueza, doença e MORTE isso mesmo morte!

    Pois bem quero propor aos pos modernos e relevantes deste século, aquilo que vc julgar estar arcaico na BIblica, faça um favor, rasgue ela, tira o que vc acha não serve mais para os dias de hoje.

    Mesmo que exista certos trechos que entendemos que não estão mais em vigor por causa da obra de Cristo, não significa que não podemos aprender com o PRINCIPIO que está por detrás do texto.

    II Tm 3:16-17

    Paz a todos.

    1. SaibaDaVerdade Diz

      O Cristão não tem parte na Antiga Aliança!

      Hebreus 12:6 pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga
      todo aquele a quem aceita como filho”.


      Castigar não é
      agredir fisícamente.

      Hebreus 12:7 diz correção, e não agressão física.

      Corrigir não é agredir físicamente! Para tal existe o
      castigo e varias outras formas de correção saudavel. * Não é preciso usar a
      violência física para educar um ser nenhuma instância (o mesmo serve para com os
      animais domésticos).

    2. João Victor Diz

      POR FAVOR LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE RESPONDER, E SE FOR RESPONDER, RESPONDA BIBLICAMENTE.

      Se eu estiver errado, por favor me corrija com argumentos bíblicos e não com “achologias”.

      Vamos por parte.

      1 – Leia nas demais traduções. O termo “castigar” pode ser traduzido por “açoitar” também

      Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Hebreus 12:6 ACF

      pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho. Hebreus 12:6 Almeida Revisada da Imprensa Bíblica

      pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho”. Hebreus 12:6 NVI

      Pois o Senhor castiga ao que ama, E açoita a todo o filho que recebe. Hebreus 12:6 Sociedade Biblica Britanica

      pois o Senhor corrige a quem ama e castiga todo aquele que reconhece por seu filho. Hebreus 12:6 Biblia Catolica

      2 – Vale citar que o autor aos Hebreus está fazendo uma menção do texto de Provérbios 3:11

      3 – Uma outra questão é a seguinte.

      O quinto mandamento é acompanhada de um aspecto positivo e outro negativo

      Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá. Êxodo 20:12 ACF

      Positivo – Trata-se da longevidade que seria um sinal da benção de Deus por se honrar pai e mãe.

      Negativo – Trata-se do abreviamento dos dias da pessoa por violar o quinto mandamento, ou seja, por não honrar pai e mãe.

      4 – Temos isso sendo tratado no Velho Testamento, quando um filho que não se sujeitava aos pais e nem demostrava resultado mediante a disciplina dos pais, este filho (a) era trazido junto à porta da cidade, diante dos anciãos do povo e quando constatado o coração contumaz e rebelde (vale lembrar que rebeldia é pior que o pecado de feitiçaria) do filho (a), o mesmo era apedrejado até a morte pelos próprios pais e os demais da cidade, com fim de “tirar o mal do meio de ti”

      “Quando alguém tiver um filho contumaz e rebelde, que não obedecer à voz de seu pai e à voz de sua mãe, e, castigando-o eles, lhes não der ouvidos, Então seu pai e sua mãe pegarão nele, e o levarão aos anciãos da sua cidade, e à porta do seu lugar; E dirão aos anciãos da cidade: Este nosso filho é rebelde e contumaz, não dá ouvidos à nossa voz; é um comilão e um beberrão. Então todos os homens da sua cidade o apedrejarão, até que morra; e tirarás o mal do meio de ti, e todo o Israel ouvirá e temerá.” Deuteronômio 21:18-21

      No Novo Testamento o quinto mandamento é relembrado por Paulo:

      Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.
      Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa;
      Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra. Efésios 6:1-3

      O que podemos extrair disso tudo é o seguinte. Se os pais falharem na educação dos filhos, e especialmente no que se refere aos filhos praticarem a justiça que Deus espera, ou seja, serem justos ao darem a honra que é devido aos pais, porque a lógica do texto é a seguinte, se o filho não honra a autoridade imediata diante dele, não honrará e não temerá as demais autoridades constituídas por Deus e consequentemente não honrará o próprio Deus.

      Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? 1 João 4:20

      Se não honra ao pai e mãe que está diante de ti, como honrará a Deus a quem não viu?

      Prosseguindo com o pensamento, se os pais falharem, Deus ainda sim cumprirá a sua promessa que está tanto em Ex 20:12 e Ef 6:1-3, os dias da pessoa rebelde em questão serão encurtados e vejo pelo menos dois meios pelos quais Deus cumpre o que prometeu:

      1 – Pelo Estado:

      Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus.
      Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a potestade? Faze o bem, e terás louvor dela. Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador para castigar o que faz o mal. Portanto é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas também pela consciência. Romanos 13:1-5

      2 – E pela lei da semeadura.

      Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Gálatas 6:7

      Conclusão:

      1 – A disciplina dos pais sobre os filhos é visto como um meio da graça de Deus, como prova da paciência e longanimidade de Deus sobre o pecador.

      2 – Está claro que se os pais não disciplinarem Deus o fará! E pais que não disciplinam também serão disciplinados por Deus.

    3. SaibaDaVerdade Diz

      Até quando vai continuar distorcendo a Palavra de Deus?

      Hebreus 12:6 Você disse que algumas traduções dizem açoitar, só por aí você já deveria ter percebido o erro!

      Deus é Espírito! Você já viu ele açoitar alguém?

      ►Na Antiga Aliança tinham que levar o filho para ser morto pelos sacerdotes quando o filho continuava rebelde ; então você é a favor disso?

      Será que até hoje não sabe que na Antiga Aliança pouquissímos tinham o Espírito Santo? E que hoje qualquer um pode ter, e até as crianças por intermédio da oração dos Pais?

      → Portanto o lugar de todo aquele que é a favor de agressão física é ná CADEIA!

      Ainda mais se tratando de crianças, seres indefesos.

      Você quer se fazer de Judeu sendo Gentio, quer seguir a Antiga Aliança sabendo que o Cristão não tem parte alguma no Antigo Pacto.

    4. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      “Porque o Senhor corrige o que ama, e AÇOITA a qualquer que recebe por filho.” (Hebreus 12:6, ACF)

      Veja a concordância em grego para este termo: 3146 μαστιγοω mastigoo – de 3148; TDNT – 4:515,571; 1) açoitar.

      Certamente, está sendo usado no sentido figurado. Não obstante é um termo que implica dor.

      Qual era a disciplina do Senhor em Hebreus 12? Perseguição por causa da fé. Eles devem considerar 2 coisas: (1) que o próprio Jesus passou por perseguição e suportou: “Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos” (Hebreus 12:3); e (2) que Deus está disciplinando eles.

      Deus disciplina através da perseguição. Vai me dizer que isso não envolve dor?

      Sem contar que o autor de Hebreus, que você está usando erradamente para destruir o Antigo Testamento, cita uma passagem de Provérbios: “Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem” (Provérbios 3:12).

      Considere reavaliar sua leitura bíblica, pois os próprios autores bíblicos não liam o Antigo Testamento como você.

    5. SaibaDaVerdade Diz

      Até quando vai continuar distorcendo a Palavra de Deus?

      Hebreus 12:6 Você disse que algumas traduções dizem açoitar, só por aí você já deveria ter percebido o erro!

      Deus é Espírito! Você já viu ele açoitar alguém?

      Maria agredia fisicamente Jesus com pretexto de estar educando?

      ►Na Antiga Aliança tinham que levar o filho para ser morto pelos sacerdotes quando o filho continuava rebelde; então você é a favor disso?

      Será que até hoje não sabe que na Antiga Aliança pouquissímos tinham o Espírito Santo? E que hoje qualquer um pode ter, e até as crianças por intermédio da oração dos Pais?

      → Portanto o lugar de todo aquele que é a favor de agressão física é ná CADEIA!

      Ainda mais se tratando de crianças, seres indefesos.

      Você quer se fazer de Judeu sendo Gentio, quer seguir a Antiga Aliança sabendo que o Cristão não tem parte alguma no Antigo Pacto.

    6. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Meu caro, encerro meu debate com você, pois você está com complexo de papagaio e não dá para conversar com quem fica repetindo as mesmas coisas e não interage com o que o outro fala.

      Afirmei claramente: “Certamente, está sendo usado no sentido figurado. Não obstante é um termo que implica dor.”

      Que o Espírito Santo lhe ilumine para que você entenda que TODA ESCRITURA É BOA E ÚTIL.

    7. SaibaDaVerdade Diz

      Não implica dor alguma, a verdade é que você é a favor da agressão física e eu não. E pior, é a favor da agressão física em crianças, que covarde!

      Ainda tenta distorcer o evangelho de Cristo para justificar essa covardia.

      ‘Toda escritura é boa e útil’, então você quer seguir a antiga aliança?

      Cristão segue a Cristo, seus ensinamentos e ponto final.

    8. João Victor Diz

      Vini já deu o que tinha que dar.

  60. Nat Diz

    Ignorar estes versículos pq são do VT pode, mas ignorar Salmos 23, 91, Isaías 41.10, Jeremias 29:11-14, aí não pode…

    De fato vivemos dias em que a bíblia é utlizada como convêm, partes que são aplicáveis, parte que não. Partes que fazem sentido, partes que não… Tudo de acordo com suas próprias necessidades e não mais na soberania de Deus e na fé de que TODA ela foi inspirada pelo seu Santo Espírito, tendo discernimento para entender contexto, sem se abster de obedecê-la.

  61. Singela Flor Diz

    Francamente, que ideia tosca é essa de cristão espancar filhos? temos que educar nossos filhos para esta sociedade corrompida pelas perdas de valores morais e éticos.
    Devemos sim usar toda exortação bíblica válida. AMAR, EDUCAR COM AMOR, COM O DOMÍNIO DE PAIS QUE SÃO AUTORIDADES MÁXIMA NA EDUCAÇÃO DE UMA CRIANÇA.
    Deixar de corrigir os filhos para fazerem o que querem, já pensou que futuramente poderá ser mais uma das vítimas de espancamento (não de correção) pela polícia?
    A polícia deveria adotar também essa nova Lei. Conversar com delinquentes e bandidos que por sua vez não tiveram uma correção digna no seio familiar e hoje se comportam como animais incontroláveis dentro dessa sociedade.

  62. julliav Diz

    Problema aqui é que os pais não entendem que todos nós nascemos inclinados para o MAL! Mesmo que seus filhos pareçam ser indefesos. Será que vcs nunca viram? Uma criança quando quer o brinquedo ou alguma coisa faz de tudo por aquilo. E se a gente pudesse dar a força de uma pessoa de 20 anos pra ela, seria provavel que ela ate te matasse pra ter aquilo. Como a palavra mesmo diz:
    2 Coríntios: 7. 10. Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, o qual não traz pesar; mas a tristeza do mundo opera a morte.
    Provérbios: 22. 6. Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.
    Hebreus: 12. 6. pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho. 7. É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija? 8. Mas, se estais sem disciplina, da qual todos se têm tornado participantes, sois então bastardos, e não filhos.
    Então entendam o que a palavra do Senhor diz! Isso é uma forma de disciplina bíblica. ” A vara e a repreensão dão sabedoria..” Não só a repreensão, mas a vara tbm.

  63. Rafael Nobre Ravazzi Diz

    Joao Marinho Qual o significado da palavra "disciplina"?

  64. Rafael Nobre Ravazzi Diz

    Joao Marinho não somos Deus. Graças a Deus.
    Mas muitos, creem que são como Ele. Uma prova disso é colocarem a experiência acima da revelação Divina, escrita, quando se trata de saber o que é certo e o que é errado. Quando se fala sobre a palmada ferir a integridade física de uma criança não se considera o que a bíblia ensina sobre disciplina, sobre ensino, sobre aprendizado, sobre formação de caráter. Só se considera o que o próprio umbigo acha das coisas. Ou seja, pensando ser um deus.

    Paulo teve sua integridade física ferida pelo espinho na carne que o acompanhou até a morte.
    Estevam também, e quase todos os outros apóstolos. São experiências talvez piores do que uma palmada.

    Ou Deus é Deus e nos ensina, ou nós somos deuses de nós mesmos e fazemos o que der na telha. Reinventemos definições de casamento, família, educação, artes e tudo mais.

  65. Ruth Freitas Diz

    Me desculpem…..mas essas discussões cegas e cheias de pecados me causam náuseas. Cada um diz o que pensa, o que achnãosuas experiências …..menos o quê a bíblia diz. Pior…..fica distorcendo o assunto com outros textos bíblicos, isso vai ser cobrado no último dia.
    quem não sabe deve ficar calado
    Quem não aceita a bíblia deve mudar de religião e criar a sua própria religião com achismos pessoais e ser o seu próprio deus.
    Jesus bateria numa criança ?
    Deus diz na biblia sobre a vara e o uso dela. Quem não crer nisso dê a biblia para outra pessoa que crer nela
    agora a pergunta é :Jesus como filho de Deus que morreu na cruz chorando…..que levou uma varada mortal em nosso lugar iria desobedecer a biblia ( Deus) ?
    Por favor…..vão orar enquanto se pode.
    Digam a Deus que ainda estão com o pé no mundo….e que precisa da misericórdia Dele para aceitar a verdade mesmo que não concordem.
    Deus nos abençoe.
    Ruth

  66. Dany M. Fonseca Diz

    Achei ótima explicação!!!Sou totalmente de acordo!

  67. Ricardo Nogueira Diz

    Aviso aos agressores de Crianças.

    ►Querem usar o Antigo Testamento (velha aliança) para justificar agressão
    física em crianças?

    Então hão de concordar que:

    *Assim como Davi, Salomão,
    Jacó… os homens de hoje em dia podem ter várias mulheres. 1Timóteo 3:2,12

    *É olho por olho, dente por dente… toma aqui, leva lá! Mateus 5:38-42

    *O sacrificio de animais pelo seu pecado é necessário. Hebreus 10:9-18

    *Circuncidem o seu pênis, e não o seu coração. Romanos 2:28-29

    *Odeie o seu inimigo. Mateus 5:43-45

    Portanto não façam mal uso da Palavra de Deus para justificar a sua falta de paciência (amor), e sabedoria para com uma criança. *Pessoas raivosas agridem, usam a violência… enquanto que pessoas controladas colocam de castigo, usam a sabedoria e o poder da oração.

  68. Joao Marinho Diz

    Provérbios não é um livro revelado. Trata-se de um compêndio de citações consideradas sábias e que teriam sido inspiradas por Deus, à medida que vieram de pessoas que viveram sob sua proteção, louvando-o.

    No entanto, é sabido que essas pessoas também são falhas, e sempre o foram, como nós. Portanto, a Bíblia tem de ser lida tendo em vista esta realidade, a fim de saber o sentido e o ensinamento de Deus por trás dos dizeres humanos em toda a sua imperfeição.

    Esse modo de ver a Bíblia de forma alguma destoa do que se vê na Igreja. Creio que ninguém hoje acha correto vender suas filhas como escravas, definir como um servo trata seu senhor (sequer temos esses personagens hoje) e nem defende o apedrejamento de adúlteros ou a exclusão, da assembleia, de uma pessoa que tem lepra.

    Todos esses casos encontram-se citados na Bíblia. Alguns via revelação direta, do dedo do próprio Deus, na lei mosaica, diferente dos ditos do livro de Provérbios… Mas soubemos entender o que era lei e graça e nos esforçamos por entender o sentido dos ensinamentos por trás de práticas que, hoje, soam anacrônicas e até bárbaras para os dias atuais. Essa forma de visão de forma alguma destoa do próprio Jesus Cristo, que esclareceu vários sentidos da lei quando questionado, por exemplo, sobre o sábado (este foi feito para o homem, e não o homem para o sábado), não sem causar histeria entre os religiosos conservadores e zelosos de seu tempo.

    Assim sendo, não vejo nenhum motivo para considerar que por ser defendida em um livro que não foi um livro diretamente revelado, como as profecias, Apocalipse ou o Pentateuco, não se considere a palmada de igual forma. Se você não vende sua filha como escrava e não concorda que uma mulher seja apedrejada por ter sido adúltera ou seja punida por não ter gritado o suficiente durante um estupro, coisas que estão na Bíblia também, não vejo motivo para a defesa da palmada em um ser, a rigor, indefeso – quando os adultos são protegidos, inclusive legalmente.

    De resto, prefiro ficar com o exemplo de Cristo, que solicitou que deixassem ir a ele os pequeninos – e não tem uma linha sobre disciplinar os pequeninos com varas, palmadas ou qualquer coisa que o valha. E creio que o exemplo de qualquer cristão deve ser Cristo, acima de tudo – e não o rei Salomão.

  69. Rafael Nobre Ravazzi Diz

    Joao Marinho A Bíblia é a revelação de Deus. O que tá lá, tá por quê Deus quis nos revelar. Toda ela. "Toda a Escritura é útil…"
    Cristo é a chave hermenêutica. A revelação inteligível, o logos.
    Tudo o que está lá foi inspirado pelo Espírito, foi o que Deus quis que fosse dito, escrito, de acordo com regras gramaticais e semânticas.

    Usar as correções de Jesus para os mestres da lei, para justificar tudo quanto é desentendimento não é honesto. Nem tudo o que está na bíblia é ensinamento, nem tudo que está lá significa que Deus quer que façamos igual, ou que ele aprova. Há livros históricos, livros poéticos, livros normativos, livros "jornalísticos" como o de Atos.

    Na bíblia está escrito que as pessoas comeram os próprios filhos por causa de uma severa fome, não significa que é correto comer nossos filhos quando estivermos com fome?
    Algumas crianças foram devoradas e estraçalhadas por ursos por terem zombado de um profeta, isso significa que devemos orar pra que tal coisa aconteça quando um pastor gente boa for humilhado?

    Há diferença entre as palavras de Jesus, a Lei ditada por Deus e escrita nas tábuas, as palavras dos profetas e dos apóstolos e dos pecadores, registradas nas Escrituras? Umas são mais verdadeiras do que as outras? Como você pode avaliar isso? Qual o padrão utilizado para saber se um texto da bíblia vale e se outro não?

    Seu 5º parágrafo mostra a falta de entendimento sobre os acontecimentos descritos, sobre as prescrições da lei judaica e tudo mais. Sua insubordinação à doutrina da Revelação das Escrituras, e Cristo como chave hermenêutica, mostra que não adianta mais discutir. Você pensa o que você pensa e pronto, julgando tudo a partir da sua própria autoridade final epistemológica e não Cristo.

    Julgar os acontecimentos bíblicos como bárbaros, a partir de um ponto de vista atual, de certa forma cristão, e humanista, não faz de você um bom seguidor dos exemplos de Cristo, que era totalmente Cristocêntrico (pleonasmo pra dar ênfase, centrado nele mesmo), e que certa vez, explicou a partir dele mesmo, que toda a bíblia se referia a ele, para alguns discípulos sortudos caminhando para Emaús.

    Ademais, "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." 2 Timóteo 3:16-17

  70. Meire Ferracine Diz

    Certa ouvi alguém dizer: Um prisioneiro condenado a morte nos EUA, estava diante dos seu executores e lhe permitiram um ultimo pedido, e ele pediu que queria ver seus pais, no que prontamente foi atendido; seus pais já diante dele, ele olhava firmemente para eles quando de repente deu-lhes uma bofetada em cada um deles; e disse eu já mais estaria aqui se vocês tivessem feito isso quando eu era criança.

  71. Nair Ferreira de Oliveira Diz

    O meu filho já é casado e tem duas filhas e já tem quarenta anos e tive que castigá-lo certa vez. Ele havia mentido pra mim, chorou, me abraçou, e pediu desculpas. É LINDO E EMOCIONANTE!
    Quando ele era criança, tive que usar a vara apenas duas vezes . É conversando que se educa! A vara precisa sr usada apenas quando há teimosia e persistência no erro.. Mas nunca devemos usar a vara com raiva! Nem por fôrça nem por violência; mas por amor.

  72. Joaquim do santos Diz

    A principal razão que leva pais a bater nos filhos, a única realmente
    consistente, é o fato dos filhos não poderem se defender da agressão.

    Simplesmente isso (apanham porque são mais fracos).

    Adultos cometem falhas o tempo todo e nem por isso se tenta
    reeducá-lo batendo neles.

    Alguém poderá afirmar coisa do tipo:

    Mas são situações diferentes.

    Não é verdade.

    É o mesmo tipo de situação.

    A explicação que faz a única diferença aceitável é que crianças,
    com raríssimas exceções, são mais frágeis fisicamente que seus tutores.

    Essa a única razão aceitável.

    Complementação:

    Nas leis penais brasileiras não se admite qualquer tipo de
    castigo físico direcionados a presos (não importa o crime praticado).

    Se não se admite castigos físicos e degradantes
    em presos adultos menos razão ainda se pode admitir

  73. Joaquim do santos Diz

    Essa coisa de bater pra educar é um mito miserável.

    Eu apanhei pra caramba e isso pouco ou nada acrescentou a minha
    vida.

    Conheço pessoas que apanharam pra caramba e isso pouco ou
    nada acrescentou a suas vidas.

    O que realmente faz diferença é:

    Amor, afeto e cuidado.

    Dialogar, estar próximo, ouvir, ensinar, restringir, ser bom
    exemplo, e etc.

    Isso realmente faz a diferença.

  74. DÉLIO ANTUNES DE SÁ Diz

    NA SOCIEDADE NÃO EXISTE UM PADRÃO DE ENSINO OU MESMO DE CRIAÇÃO DE FILHOS, MAS A PALAVRA DE DEUS QUE O GUIA DE REGRA E PRÁTICA DO CRENTE, NOS ENSINA INCLUSIVE ISSO, COMO DEVEMOS ENSINAR NOSSOS FILHOS…
    TE UM DITADO QUE DIZ: ” QUEM NÃO FAZ SEU FILHO CHORAR HOJE, CHORARÁ SEM DUVIDAS NO FUTURO. APRENDA A DIZER NÃO AOS SEUS FILHOS, ENQUANTO ELE AINDA É SUBMISSO AOS PAIS.

  75. Charles Silva Diz

    Acho que o Sr João Marinho precisa ler mais o antigo testamento e procurar estuda-lo antes de falar que algo que está escrito na biblia está do e falar de um Deus que manda matar mulheres, crianças e idosos.

  76. Larissa Barreto Gonçalves Diz

    Mais eu fico triste com isso, um querendo ser mais sábio que o outro e não querendo abaixar a cabeça quando um ta certo e outro errado…
    Meus pais vieram de familias que aprendia na base de batessao.
    Tenho 23 anos, minha irmã de 21 anos e meu irmão de 7 anos e nunca levamos uma palmada e continuamos na presença de Deus e meu irmão que faz parte da geração “y” ele ainda é uma criança sem maldade, estava de boca aberta que minha mãe contou que as menininhas da idade dele jogando cantada e meu irmão saindo de perto e perguntou o pq elas estavam ajindo assim….
    Não sou mãe, sou filha e irmã dos meus irmãos, sou grata pelos meus pais nunca ter levantadao a mão para nós 3 e estarmos servindo a Deus por amor e não por medo de nossos pais brigarem ou medo de ir para o inferno… Eles tem autoridade na palavra sem ameaçar e que logo obedecemos sem contrariar. Todos deveriam pedir sabedoria para o Pai quando ler a bíblia, Deus é o dono da sabedoria e conhecimento, mestre é só Jesus gente, vamos amar mais uns aos outros e aceitar que nem sempre estamos certos.

  77. Wellington Mendes Dias Diz

    É como sempre ouvi falar e digo, eu e minha casa serviremos ao Senhor.
    Agora querer mudar a palavra de Deus pro dias de hoje , se analisarmos como era a 35 anos atrás e como está nosso “Brasil” hoje ?
    Hoje os manés dos pais que não sabem dizer não a uma criança mimada não soube educar ela quando era preciso , não tem o respeito da Própria e digo mais qts país não está no vermelho só pra satisfazer a vontade de uma criança.
    Espancar é uma coisa bater para disciplinar é outra prefiro bater pra disciplinar do que ver meu filho preso, traficando , roubando ou até mesmo morto por um policial..

    Na minha casa a disciplina sempre prevalecerá com Deus em primeiro lugar…

Comentários estão fechados.