Um cristão pode ser gay? Ou ter atrações homossexuais? | VE Entrevista

Um cristão pode ser gay? Ou ter atrações homossexuais? Essas perguntas podem parecer iguais, mas distinguir quem assume uma identidade homossexual com orgulho e aquele que luta contra atrações homoafetivas irá ajudar muito a mantermos a fidelidade bíblica, sem perdermos a compaixão, também bíblica.

O erro mora nos extremos, então devemos tomar cuidado com formas simplistas de tratar o assunto. Por um lado, temos uma igreja despreparada para ajudar compassivamente quem sofre com um problema que corta tão profundo como a própria identidade sexual. Por outro, temos alguns querendo distorcer o claro ensino de ambos os Testamentos e repetido por Cristo: que Deus criou homem e mulher (este livro é ótimo sobre neste ponto).

É um assunto polêmico, mas o pastor Alexandre Mendes, mestre em aconselhamento, dá uma resposta compassiva e sábia. Veja o vídeo abaixo.

Por: Alexandre Mendes. © 2017 Voltemos aos Evangelho. Original: Um cristão pode ser gay? Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

4 Comentários
  1. Ewerton Ds Diz

    Ótimo vídeo, finalmente alguém falando de maneira “sóbria” sobre o assunto

  2. Paulo Diz

    Penso que hoje existe uma tendência de produzir nos sermos explicações a respeito do que pode ou não ser feito por cristãos, o evangelho não se trato disso, mas de uma boa notícia, notícia de que Deus reconciliou consigo mesmo o mundo por meio de Cristo, quem procura saber o que pode ou não fazer busca limites, alguns inclusive na intensão de romper com os mesmo. No ato de ensino ou exortação deve ser feito com amor, ao irmão, porém o pecado não pode ser acariciado, aliás tampouco amado.

  3. Glória Branco Diz

    Há pessoas em conflito com a sexualidade exatamente porque existe uma construção em torno de um padrão sexual. Com certeza, se isso não existisse o ser não binário não seria um problema em si. De verdade, a igreja não está MESMO preparada para tratar o assunto e sempre terá uma abordagem preconceituosa, pois pela fé definitivamente entende a homossexualidade como pecado. É um debate que não terá fim nunca! Mas deixo claro aqui, se há dúvida ou culpa é porque existe um ensino de que sexo fora homem e mulher é errado. Há um conceito social sobre o assunto. Se existem pessoas procurando ajuda para tratar o assunto é porque elas receberam uma educação que diz que fora da heterossexualidade só há anormalidade. Infelizmente, não há uma conversa dessa forma. Mas me pergunto se realmente é isso que Jesus Cristo diria se estivesse aqui hoje. Não sei…

  4. Cláudio dos Anjos Diz

    Ótimo artigo!

    Como ser um cristão homossexual e não fantasiar sobre suicídios para fugir da solidão e depressão?

    😔💔✝🐟

Comentários estão fechados.