Pastor, ajude seu filho a valorizar seu trabalho

Recentemente conversei com um amigo cujas dificuldades pastorais em sua igreja atingiram a sua família. Muitas vezes essa situação é inevitável, mas quando os seus filhos começam a perguntar: “Papai, por que a nossa igreja nos odeia?”, isso chega a um nível completamente diferente de preocupação. O que um pastor deve fazer? Eu tenho várias ideias, mas começarei com esta e postarei outras no futuro, se Deus quiser.

Ajude os seus filhos a perceberem o quão importante o seu é trabalho para Deus. Deus diz por meio do apóstolo Paulo que o trabalho do pastor é excelente (1Tm 3.1). Trata-se de uma obra que nos mantém constantemente nos limites da vida e da morte; do temporal e do eterno. O pastor lidera o principal meio (a igreja local) pelo qual Deus escolhe inaugurar o seu reino vindouro no mundo. O trabalho do pastor é importante, diferente de qualquer outro labor nesse mundo. Os pastores devem primeiro perceber isso, ser lembrados disso em meio à dificuldade e depois ensiná-lo a seus filhos. Sofrer, até mesmo por causa daqueles que você cuida, é parte desse trabalho.

O pastor precisa ajudar os seus filhos a perceberem que quando o pai deles está trabalhando e distante em momentos diferentes, ele não está brincando. Ele não está desperdiçando tempo e desejando estar afastado deles. Quando o pai deles está ausente, ele está fazendo um trabalho belo e singular de edificação do reino que serve a Cristo de uma maneira especial.

Pastores, ensinem a seus filhos o quanto o seu trabalho é importante para Deus, como é essencial para o cuidado do povo de Deus, e que vale a pena sofrer por esse labor. A questão é: Você pastor, crê nisso, especialmente quando as nossas famílias sofrem por causa disso?

Por: Brian Croft. © Practical Shepherding. Website: practicalshepherding.com. Traduzido com permissão. Fonte: How can a pastor help his children appreciate his work, not resent it?

Original: Pastor, ajude seu filho a valorizar seu trabalho. © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados. Tradução: Camila Rebeca Teixeira. Revisão: William Teixeira.

1 comentário
  1. Eva Freitas Diz

    Contexto como esses honestamente , são de extrema importância. Existem homens que “fazem” questão de título do que a verdadeiro Pastoreio, aquele que começa dentro de casa. Filhos só vão “desvalorizar” o que o pai faz, se ele perceber, se ele viver o contrário daquilo que é pregado com o que é vivido. A família é o melhor “pastoreio” antes de pastorear outras vidas, famílias. Graça e paz.

Comentários estão fechados.