5 Comentários
  1. Davi Diz

    Ao assistir o video abandonados por Deus, foi como se Paulo estivesse escrevendo Romanos 1. 18- 27 para ´mim. Não é só na América do Norte que isso vem acontecendo. Recentemente, mais precisamente dia 30/09/09, o Estado de Minas indicou reclamações feitas por poucos pais, que os livros didáticos ensinam a pornografia. eu já sabia disso e conheço-os muito bem. Isto é terrivel por três motivos:
    1° – Há uma cumplicidade pois o governo de esquerda é sempre muito dado.
    2° – Justifica-se isto como uma maneira de se conhecer as diversas linguagens.
    3° – A educação informal, que fala mais alto, do cristão anda tão desacreditada e os teologos liberais "desacreditaram" tanto a bíblia que poucos levantam a voz.
    Que Deus sempre os use para alertar.Parabéns ao blog e ao Pr.Jonh MacArthur.
    Oh! tempora!oh! Mores!.
    Prof Davi

  2. Analice Diz

    Tenho acompanhado vcs a pouco tempo mas tem sido de grande aproveitamento par fortalecer ainda mais a minha fé.Louvo a Deus por existirem homens e mulheres de Deus sérios e que levam a sério a Palavra de Deus.
    Shalom

    Ana

  3. Jackson Diz

    Quando é que agente vai parar de pensar que o julgo de Deus é moral?
    E o mais interessante é que não imagino palavras dessas vindas da boca de Jesus e fica parecendo que damos mais importancia ao que Paulo falou.

    Não é por via moral que Jesus aceita. O própria é amoral, se não, não teria mandado um profeta seu casar com uma prostituta e olhe que existia várias outras maneiras de mandar o recado para israel.

    E outra, maninhos, Jesus veio reconciliar o mundo com Deus. Deus não abandona niguém!

    E assim, para concluir, quando acontecer alguma coisa ruim com alguns não tente pensar se o cara fez algo de errado, se foi um erro moral, se foi o pai ou a mãe ou ele mesmo…

    1. Vini Diz

      Então, você não crê que as palavras de Paulo são inspiradas pelo Espírito?

  4. Samuel Diz

    Amigos, obrigado pelo ótimo material fornecido.

    Um abraço!

    Paz,
    Samuel.

Comentários estão fechados.