um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Brian Abshire – A Mulher como Esposa, O Homem como Marido

A MULHER COMO ESPOSA
* As mulheres compartilham igualdade de honra com os homens, mas têm funções diferentes: “… dando honra à mulher… como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida” (1 Pedro 3.7).
* Deus pretende que a maioria das mulheres case: “E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele” (Gn 2.18).
* A mulher deve se apegar ao seu marido, deixando para trás qualquer outra pessoa: “e serão ambos uma carne” (Gn 2.24).
* A mulher deve estar disposta a se submeter à liderança do seu marido: “… assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos” (Ef 5.19ss).
* A mulher deve aprender a “amar” o seu papel como esposa e mãe e ser treinada nisso: “As mulheres idosas… [devem] ensinar as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos” (Tito 2.2-4).
* A maioria das mulheres encontrará o seu chamado no lar: “… boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada” (Tito 2.5).
* A mulher deve conquistar um marido pecador por meio do seu comportamento dócil e sereno: “Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres, considerando o vosso procedimento casto e com temor” (1Pe 3.1-2).
* A mulher tem o dever de ter intimidade sexual com o seu marido: “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência” (1Co 7.3-5).
* Mulheres podem trabalhar fora de casa para ajudar a família financeiramente: “… ela examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos. Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores” (Pv 31.16, 24).
A Mulher como Mãe
* A mulher deve (até onde Deus lhe der a graça) ter muitos filhos, produzindo assim uma semente santa: “Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a” (Gn 1.28).
* A mulher tem um papel importante no treinamento espiritual dos seus filhos: “Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti” (2 Tim 1:5).
* Para a maioria das mulheres, cuidar do seu esposo e filhos será o seu chamado principal na vida: “Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva” (Pv 31.10, 28).
A Mulher na Igreja
* Mulheres não podem pregar, ensinar ou exercer autoridade sobre homens na igreja: “A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio” (1 Tim 2:11-12).
* Mulheres não devem falar na assembleia pública: “As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei” (1Co 14.34)
* A mulher deve buscar liderança espiritual em seu marido: “E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja” (1Co 14.35).
* As mulheres podem servir na igreja de outras formas: “Tendo testemunho de boas obras: Se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra” (1Tm 5.10)
Conclusão
“Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada” (Pv 31.30).
O HOMEM COMO MARIDO
* Deus pretende que a maioria dos homens case: “E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele” (Gn 2.18).
* O homem deve se apegar à sua esposa, esquecendo qualquer outra mulher: “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne” (Gn 2.24).
* O marido deve ser a “cabeça” de sua esposa, provendo liderança e assumindo responsabilidades pela direção de toda a família: “… Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja… De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos” (Ef 5.19-24).
* O marido deve amar sacrificialmente a sua esposa, estando disposto a abdicar de todos os seus interesses em favor da santidade dela: “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela” (Ef 5.25).
* O marido deve amar e cuidar da sua esposa: “Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo” (Ef 5.28).
* O marido deve ser compreensível e gentil com a sua esposa: “Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco” (1Pe 3.7).
* O marido deve conceder à sua esposa plena honra como “co-herdeira” em Cristo: “… sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações. ” (1Pe 3.7).
* O marido tem o dever de ter intimidade sexual com a sua esposa: “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência” (1Co 7.3-5).
O Homem como Pai
* O homem deve (até onde Deus lhe der a graça) ter muitos filhos, produzindo assim uma semente santa: “Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a” (Gn 1.28).
* O homem tem o dever primário na disciplina dos seus filhos: “Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos” (Hb 12.9 com Dt 6.6ss, Ef 6.4).
* O homem não deve exasperar ou frustrar seus filhos sendo arbitrário, inconsistente ou injusto em sua liderança: “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos” (Ef 6.4).
O Homem como Líder Espiritual
* O homem tem responsabilidade primária pela santificação da sua esposa: “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” (Ef 5.25-27).
* O homem tem responsabilidade primária pela educação cristã dos seus filhos: “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor” (Ef 6.4). “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te… ” (Dt 6.6ss).
* O homem tem responsabilidade primária de exercer liderança na igreja: “Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio” (1Tm 2.11ss). “As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja” (1Co 14.34-35).
Pensamentos Finais
O homem foi criado à imagem de Deus para refletir a sua glória, honra e domínio. Porque os homens pecadores estão em rebelião contra Deus, eles não podem senão atacar a Sua imagem, especialmente em termos do que significa ser um homem.
No mundo moderno, talvez não haja doutrina mais ofensiva hoje (além daquela de Jesus ser o único caminho para Deus) do que o dever das esposas piedosas respeitarem, honrarem e se submetem à liderança dos seus maridos.
Contudo, que nunca entreguemos ao Adversário qualquer munição, mas sim nos foquemos no homem como sendo líder piedoso, amoroso e abnegado no lar. Não somente isso desarmará os ataques contra a verdade da Palavra de Deus, mas também assegurará que os nossos lares sejam pacíficos, gratificantes e alegres para todo membro da família.

Por Brian Abshire. © Highlands Reformed. Website:highlands-reformed.com
Tradução: monergismo.com

36 Comentários
  1. Anonymous Diz

    Bom dia, gostei bastante do Texto, apenas não gostei muito, quando o texto
    relata o papel das mulheres na igreja. Creio eu, que mulheres podem assumir cargos.

    Paz.
    Abraços

    1. Diz

      SE NAO FOSSE AS MULHERES DA ÉPOCA E DOS DIAS DE HOJE AS COISAS ESTARIAM BEM PIORES ,PORQUE NAO ENCONTRAM VERSICULOS BIBLICOS QUE FALAM DAS MULHERES QUE FORAM DE UMA GRANDE IMPORTANCIA NA BIBLIA E QUE NOS SERVEM DE EXEMPLO NOS DIAS DE HOJE? SE OS HOMENS NAO FASEM O QUE FOI ENTREGUE A ELES ENTAO AS PEDRAS CLAMARAO.

  2. Heloisa Lima Diz

    Discordo de algumas colocações expostas no artigo acima por me parecerem muito simplistas. Vejamos: ao falar que a mulher deve ganhar o marido incrédulo e se submeter a ele com uma atitude dócil e serena. Não se pode aplicar esse princípio sem levar em conta as circunstâncias. Muitas mulheres tem sido aconselhadas a se sujeitar a um marido violento e opressor, sem que possam reclamar, sob a alegação de que "è asim que a Biblia ensina". Outro ponto duvidoso é quanto ás mulheres só poderem trabalhar fora para ajudar financeiramente a família. Hoje em dia vemos mulheres exercendo seu papel como mães e esposas mas também seguindo uma carreira profissional. Creio que seria mais justo, em vez de limitar a mulher aos afazeres domésticos, conscientizar os homens a colaborarem nessa tarefa. Essa visão das mulheres como únicas responsáveis pelo trabalho doméstico é mais um produto da cultura americana do que um ensinamento bíblico. Em relação à igreja, não consigo entender como alguém pode defender que a mulher fique calada na igreja. Não creio que essa seja uma posição bíblica (vide o exemplo de Áquila e Priscila). Os dons foram distruidos igualmente entre homens e mulheres, portanto há muitas mulheres com dom de ensino Proibi-las de exercerem seus dons ou negar às mulheres o direito de ensinar é fazer acepção de pessoas. Estas são apenas algumas restrições sobre o texto acima, mas procurei me ater aos pontos mais importantes.

  3. Blog do Dumane - Duarte Rego Diz

    Graça&Paz!!
    Muito bom este artigo e concordo plenamente com a visão bíblica aqui exposta.
    Sobre esta temática, aconselho vivamente a lerem o livro: Homem e Mulher, John Piper e Wayne Grudem, Ed.Fiel
    Neste livro tem uma secção muito bem fundamentada sobre a "não" Liderança da mulher em ministérios de liderança eclesiástica. Vale a pena a leitura.

    Abraços

    http://oblogdodumane.blogspot.com/

  4. Flecha Polida e Guardada Pelo Pai Diz

    A parte de ser proibido às mulheres pregar ou ensinar não é verdadeira!
    Muitas mulheres tem sido usadas por Deus nessa e em gerações passadas.

  5. pastorjoaovictor Diz

    Heloisa Lima – Não é produto americano a mulher desenvolver-se como dona de casa, pelo contrário é Bíblico. 2 Tm 5:14 "Quero portanto que as viuvas mais novas se casem, criem filhos, sejam BOAS DONAS DE CASA e não dêem ao advsersário ocasião favoravel de maledicência." Tito 2:3-5 "Quanto às mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias em seu proceder, não caluniadoras, não escravizadas a muito vinho; sejam mestras do bem, a fim de instruírem as jovens recém-casadas a amarem a seus maridos e a seus filhos, a serem sensatas, honestas, BOAS DONAS DE CASA, bondosas, sujeitas a seus próprios maridos, PARA QUE A PALAVRA DE DEUS NÃO SEJA DIFAMADA." Isso é bíblico

    1. Lilian Diz

      Pastor João Vitor,
      Impressionante é a quantidade de pastores que levam a palavra de Deus ao ‘pé da letra’ e acabam entendendo tudo errado. Com uma afirmação dessas o senhor acaba de me deixar muito triste e se eu não estivesse firme em meus propósitos, quem sabe até desmotivada de seguir o caminho da fé.
      E tudo o que já fiz? Deus me condena por ter pregado nas igrejas, ter exortado homens e ajudado muitas famílias com conselhos?
      ‘Ai daquele que fizer cair um pequenino do Senhor!’
      E para quem pensa como o senhor, pastor, pequeninas são as mulheres. Amém!

  6. pastorjoaovictor Diz

    Flecha Polida e Guardada Pelo Pai – Não sei se você leu o post corretamente mas o que você se refere não ser verdadeiro? Porque o autor deixou bem claro com o verso das Escrituras "A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio” (1 Tim 2:11-12). Tomemos cuidado com o feminismo "gospel".

  7. heloisa michele Diz

    Concordo com o pastor Joao Victor, mas acima de tudo com Deus!
    Não devemos nos (nós mulheres) influenciar com pensamentos mundamos em que a mulher deve buscar sua idependencia financeira, amorosa, tomar o papel do homem na igreja, etc. A biblia é clara nao devemos interpretala como nos convem. Mas sim com a verdade. Deus é perfeito e se seguirmos os seus ensinamentos (homem e mulher) tudo ira bem.
    Não devemos justificar dizendo que a mulher deve ir atras de seus interesses por que existe maridos (homens) que nao cumprem seu papel e pecam perante a DEus.

    Devemos sim fazer a nossa parte. Pedir pra Deus nos ensinar, nos mostrar como devemos agir, para nao nos desviarmos da sua presença.

    Querida Heloisa Lima, peça ajuda a Deus e Ele irá te mostrar a verdade! Leia a bíblia nao procurando justificativas para seu pensamento. Mas a resposta correta.

    Existe excessões mas devemos seguir a regra! A bíblia.

  8. Eduardo S. Barros Diz

    Muito boa frase, Heloisa Michele!

    "Existe excessões mas devemos seguir a regra! A bíblia."

  9. Anonymous Diz

    A Heloisa falou tudo sem comentarios

  10. Anonymous Diz

    Será que se na época de Paulo e Timoteo aquela cultura (a do oriente) permitisse a mulher trabalhar fora e cuidar da familia o conselho bíblico não seria diferente também?
    alan
    Fortaleza ce

  11. Yago Martins Diz

    Alan,

    Não seria, pois Paulo não baseia suas argumentações em circunstancias sociais, como ele faz em alguns casos. No caso dos papeis do homem e da mulher ele baisea-se na Criação e a usa como argumento. Assim, não são apenas concelhos circunstanciais, mas regras eternas.

    Em Cristo,

  12. Heloisa Lima Diz

    Sobre a mulher estar limitada às tarefas domésticas, veja a mulher de Pv31.Ela exercia inúmeras atividades,tanto dentro de casa como fora do ambiente doméstico(ela cuida de sua família, é boa comerciante, provê o sustento da casa).Seu marido reconhece seus dons e louva-a por suas habilidades (ao contrário de muitos maridos de hoje, que impedem que suas esposas se realizem em outras áreas). Sobre a submissão da mulher, veja o que diz Charles Swindoll, um respeitado autor cristão: "Submissão é a disposição de cooperar com alguém e adaptar-se aos desejos e necessidades de quem se ama.Observe que a submissão deve ser mútua ("sujeitai-vos uns aos outros")…não existem regras rígidas e inflexíveis para a submissão…os dois princípios, "submeter-se' e "amar como Cristo amou", representam os dois lados de uma mesma moeda e não são exclusivos ao homem ou à mulher. Como seguidores de Jesus,nossa caracteristica deveria ser a submissão mútua e o amor altruísta". Cara Heloisa, conheço várias mulheres que deixaram de exercer suas profissões por exigência do marido. Depois de algum tempo, o marido saiu de casa e elas não tinham como se sustentar, pois a pensão que recebiam deles não era suficiente… Note que eram maridos cristãos! VC diz para seguir a "regra", ou seja, a Biblia, mas a Biblia não é um livro de regras, e sim de principios. Pense nisso..

    1. Anderson Diz

      Na verdade o texto expôs Pv 31:
      * “ Mulheres podem trabalhar fora de casa para ajudar a família financeiramente: “

  13. (-V-) Diz

    Heloísa,

    O texto não afirma o contrário:

    * Mulheres podem trabalhar fora de casa para ajudar a família financeiramente: “… ela examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos. Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores” (Pv 31.16, 24).

    Paz,
    Vini

  14. Heloisa Lima Diz

    Desculpe a insistência, mas não é isso que o texto diz… Pelo contexto, ela não precisava ajudar o marido, pois tudo leva a crer que ele dispunha de recursos suficientes para manter a família.

  15. pastorjoaovictor Diz

    Só pra constar, uma doutrina ou prática não se baseia somente em 1 versiculo. Ainda sim sua visão deve ser apoiada por uma boa parte das Escrituras.

  16. Jimmy Deyglisson Diz

    Eu ri quando li que diz que os homens têm de ter muitos filhos (dentro das possibilidades que Deus conceder)… rssrs.

    Ora, não seria mais sensato afirmar que era para os homens terem filhos somente, sem acrescentar "Muitos"? Dá pra ver com apenas esse exemplo que o blog, digo, o autor da postagem, não foi feliz ao expor esse texto.

    Enfim..

    Paz..

    1. Vcehbobaojimmy Diz

      tanta coisa para reter-se e o cidadão se prende a pequenas coisas que não diferencia o teor da mensagem.

    2. jimmy Diz

      Sim, sou bobão, rs.

    3. Vcehbobaojimmy Diz

      tanta coisa para reter-se e o cidadão se prende a pequenas coisas que não diferencia o teor da mensagem.

  17. Suyane Diz

    Não sabia que o VE compartilhava do entendimento de que as mulheres, nos dias atuais, não podem exercer cargos de liderança nas igrejas e autoridade sobre homens. Por favor pessoal vamos nos atualizar! Os homens não querem nada, Deus levanta as mulheres! Mas a obra de Deus precisa acontecer!

    1. Vini Diz

      Suyane, paz.

      Atualizar com base no que?

      Temos duas postagens que mostram a razão teológica de tal posição:

      http://voltemosaoevangelho.com/blog/2010/07/pve-thomas-schreiner-mulheres-podem-ser-pastoras/

      http://voltemosaoevangelho.com/blog/2010/07/pve-mulheres-podem-ser-pastoras-2/

      Pedimos que leia e se desejar conversar sobre, estamos a disposição.

      Em Cristo,
      Vini

    2. Suyane Diz

      Olá Vini. Creio no que a bíblia sagrada diz e me levanto para aplaudir vocês pelo trabalho que vem dsempenhando através do VE, porém, como já devem esperar uma idéia ou outra será motivo para debates. A atualização é com base na “renovação do nosso entendimento”.
      Deus tem levantado mulheres como pastoras, bispas, e não há como argumentar sobre o fato de ser esta a vontade de Deus.
      Eu tenho visto Deus realizar grandes feitos através de mulheres em liderança. E como vou negar isso?
      Deus faz coisas que nem eu nem você pode entender. E vamos perder muito tempo discutindo sobre.
      Se por acaso, nos dias que vivemos hoje, Deus ordenasse que um jovem cristão, de Deus, se unisse a uma prostituta em casamento, o que você diria sobre isso?
      Iria usar muitos versículos para dizer que este jovem estava errado, comprometendo seu futuro, sua vida. Talvez eu também diria que ele estava errado, COM BASE na palavra de Deus.
      Mas foi isso que Deus mandou o profeta Óseias fazer, como você já sabe da história.
      E vamos discutir sobre isso? Claro que não, havia um propósito naquilo tudo, e hoje também há. Importa que as almas sejam salvas. E muitas mulheres estão ganhando muitas almas para Jesus através de seus cargos de liderança.
      Os homens estão deixando a desejar!
      Ha. Desculpe pelo que escrevi. Eu não disse nada sobre os escritos e nem acrescentei, nada. Só reafirmei o que já tinha falado.
      E vamos acabar com este machismo. Deus é humanista. Não é machista e nem feminista.

    3. Vini Diz

      Suyane,

      Não posso afirmar que algo provém de Deus se isto contradiz algo expresso nas Escrituras. A bíblia não proíbe casar com uma prostituta. Portanto, permaneço com a postura bíblica de que primeiro Deus criou Adão e depois Eva.

      Peço que você leia os artigos.

      Paz

    4. prado Diz

      mulher deve ser submissa ao seu próprio marido, como diz a palavra e não a outros homens, a mulher quando exerce um ministério na igreja não significa que esta se exaltando acima dos demais homens não, por que aquele que ensina, ensina com amor, para edificação das almas,
      DEBORA JUIZA em israel, profetisa do Senhor, ate ganhou uma guerra ( por que um rei fraquejou )
      ESTER RAINHA salvou uma nação inteira pelo seu clamor a Deus e não amou a propria vida, mas se propos a entrega-la em favor de muitos.
      a mulher não deve, eu creio, tomar o lugar do homem, como pastora, pois isso foi dado por Deus aos Homens,e essa carga é muito pesada para nós carregarmos, no entanto a mulher pode ensinar, como uma professora por ex. de escola dominical..dando estudos nos lares de outras irmas, estudos na igreja quando convidada.
      Deus usa os pequenos para confudir os grandes.
      outro ex que vale a pena conferit: Amy Carmichael
      para quem não conhece, foi uma das primeira mulheres a ser missionaria e evangelista em outro pais que não fosse seu. confira a historia dela,

    5. Gabriela Diz

      Na realidade, liderança pastoral e espiritual nada tem a ver com o dom de pregar a palavra de Deus, pois o “Ide” foi designado a todos os discipulos de Jesus, caso contrário tantas mulheres não teriam tido papéis tão fundamentais no projeto de salvação.
      Este estudo confunde pregação, com autoridade pastoral que está acima disto, e envolve muitas outras responsabilidades. Além do que o versículo que pede para que as mulheres estejam caladas na igreja, e falem em casa, nada mais é que um pedido comum de Silêncio, visto que as mulheres costumavam (como hoje) questionar e conversar durante o culto, o que não era e continua não sendo agradável, não se trata portanto de pregar no púlpito.

  18. Banda Adorai Diz

    falou tudo 100 comentarios

    1. Banda Adorai Diz

      otimo tudod

  19. luisa helena de camargo Diz

    amei essas palavras e concordo com tudo que nosso senhor nos deixou mas mas infelismemte hj ninguem quer seguir um caminho bom ninguem pensa em coisas boas

  20. Antonio Diz

    Gostei dessa matéria, principalmente por se tratar da verdadeira palavra, na qual não há engano, sendo fruto da verdade, na qual todo homem ou mulher (casados),devem nela se inspirar.

  21. Gabriela Diz

    Na realidade, liderança pastoral e espiritual nada tem a ver com o dom de pregar a palavra de Deus, pois o “Ide” foi designado a todos os discipulos de Jesus, caso contrário tantas mulheres não teriam tido papéis tão fundamentais no projeto de salvação.
    Este estudo confunde pregação, com autoridade pastoral que está acima disto. Além do que o versículo que pede para que as mulheres estejam caladas na igreja, e falem em casa, nada mais é que um pedido comum de Silêncio, visto que as mulheres costumavam (como hoje) questionar e conversar durante o culto, o que não era e continua não sendo agradável.
    Outras questões podem ser levantadas, como estar de baixo da autoridade espiritual do marido, o que fazer então quando o marido não espitual?

    Fiquem na paz.

    1. Wesley Leal Diz

      Glória a Deus pelo artigo! É uma palavra dura que chama aos homens à assumirem sua responsabilidade como o cabeça e para as mulheres descansarem na submissão.
      O Artigo é totalmente bíblico, reformado e histórico.

  22. E. A. MIRANDA Diz

    AMADOS IRMÃOS, EM DEUS, NÃO EM RELIGIÃO, É COM MUITA DECEPÇÃO QUE SE VER TANTA GENTE DISCUTINDO ASSUNTOS QUE SÓ AGRADAM AO PAGANISMO DE BAAL. AO ENVÉS DE SE PREOCUPAREM COM COISAS QUE EDIFICAM O HOMEM, COMO AJUDAR OS DOENTES E OS FAMINTOS DO MUNDO INTEIRO, E FICAM DISCUTINDO QUEM EDIFICA UMA BABILÔNIA MAIOR.

  23. Juliana jesus Diz

    Eu como mulher farei uma sugestão: Se a interpretação é essa, de que a mulher deve ficar calada então que assim seja! Que as mulheres fiquem caladas e que os homens evagelizem, façam missões, eduquem as crianças no ministério infantil, chamem de volta às missionárias que estão no Campo, que criem o “ministério das donas de casa” e os Santos homens de Deus que tem chefes mulheres, peçam demissão de seus cargos para que se cumpra a doutrina, porque o mandamento não se restringe aos que creem mas a todos não é?? Que os “líderes espirituais” lutem para mudar as leis trabalhistas para proibir que as mulheres ocupem cargos de liderança em qualquer setor! Que proíba que mulheres estudem, porque qual seria a razão de obter conhecimento se é proibido ensina-lo? Eu me pergunto,porque então Deus chamou a sua assembleia de igreja? Noiva? Foi para que ela ficasse calada? Como Marta cuidando da máquina de lavar pratos? Eu acho que João ouviu errado quando escreveu: ” o Espírito e a noiva DIZEM VÊM eu acho que ele devia ter escrito : o Espírito e o MACHO,CABEÇA ALFA,PASTOR,ADÃO Dizem vem. Pra terminar: porque será que o seminário Martim bucer aceita mulheres ? Será que lá eles ensinam as mulheres a fazer torta de maçã??

Comentários estão fechados.