[Catástrofe no Japão] John Piper – Desastres Naturais são um Design Inteligente?

veja todas as postagens sobre o assunto

veja notícias sobre o Japão

Este artigo foi escrito na época do furacão Katrina em 2005.

Contudo o aviso nele escrito torna-o necessário e atual.

 

O Katrina foi um Design Inteligente?

Em seu 89 º aniversário (31 de agosto), NPR News Analista Sênior, Daniel Schorr, observou que o presidente Bush tinha “demarcado um não-posicionamento” sobre o debate entre evolução e design inteligente. Bush havia dito que, “ambos os lados devem ser devidamente ensinada nas escolas da América.” Em seguida, com manifesto desprezo, Schorr ligou a devastação do furacão Katrina, com o conceito do design inteligente: “[Bush] pode muito bem ter pensado que, se este foi o resultado de um projeto inteligente, então o designer tem algo a responder”.

Não, Sr. Schorr, você que tem algo a responder e, não Deus. Deus não responde a nenhum homem. Vinde, Daniel Schorr, tome o seu lugar com o Jó e responda ao seu Criador: “O Senhor respondeu a Jó [e Daniel Schorr] de um redemoinho e disse: ‘Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento? Cinge, pois, os lombos como homem, pois eu te perguntarei, e tu me farás saber.. . . . Ou quem encerrou o mar com portas, quando irrompeu da madre; quando eu lhe pus as nuvens por vestidura e a escuridão por fraldas? Quando eu lhe tracei limites, e lhe pus ferrolhos e portas, e disse: até aqui virás e não mais adiante, e aqui se quebrará o orgulho das tuas ondas?” (Jó 38:1-3, 8-11).

Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus? Porventura pode o vaso dizer ao oleiro: “Esta é uma maneira inteligente de mostrar a sua justiça e seu poder? Vem, Criador do céu e da terra, sentar-se aos meus pés, eu vivi 89 anos e tenho obtido muita sabedoria e eu vou ensinar-lhe – O Eterno Deus, – como governar o universo”?

Não. Pelo contrário vamos colocar nossas mãos sobre a boca e chorar tanto para os que perecem e para nós mesmos que os seguiremos em breve. Qualquer julgamento que tenha vindo, somos nós que o merecemos, nós todos. E o que quer de misericórdia que esteja misturado com o julgamento em Nova Orleans nem eles nem nós merecemos.

Deus enviou Jesus Cristo ao mundo para salvar os pecadores. Ele não sofreu enorme vergonha e dor porque os americanos são pessoas muito boas. A magnitude do sofrimento de Cristo é devido ao quão profundamente nós merecemos Katrina – todos nós.

Nossa culpa em face do Katrina não é que não podemos ver a inteligência no desígnio de Deus, mas que não podemos ver a arrogância do nosso próprio coração. Deus será sempre culpado dos maiores crimes para aqueles que pensam que nunca cometeram nenhum.

Mas Deus não comete crimes, quando ele traz a fome, enchentes e epidemias na Terra. “Sucederá algum mal à cidade, sem que o SENHOR o tenha feito?” (Amós 3:6). A resposta do profeta é não. O testemunho do próprio Deus é o mesmo: “Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.” (Isaías 45:7). E se perguntar, há design inteligente em tudo isso, a Bíblia responde: ” Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou [projetou] em bem”(Gênesis 50:20).

Isto sempre será ridículo para aqueles que colocam a vida do homem acima da glória de Deus. Até nossos corações estarem quebrantados, não apenas para miserável destruidora dor da vida humana, mas para a insultante rebelião contra Deus do pecado humano, não veremos o design inteligente na forma como Deus mistura misericórdia e julgamento neste mundo. Mas para aqueles que se curvam diante graça soberana de Deus e dizem: “Proque dele, po meio dele e para ele são todas as coisas. A ele a glória eternamente, Amém “, eles são capazes de afirmar,” Ó profundidade da riqueza, da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis ​​são os seus juízos e quão inescrutáveis ​​os seus caminhos! “(Romanos 11:36, 33). E a sabedoria é outro nome para o design inteligente.

Não, Daniel Schorr, Deus não responde a nós. Nós respondemos a ele. E nós temos apenas uma resposta: “culpado das acusações.” Toda boca é calada e o mundo inteiro é responsável diante de Deus. Há apenas uma esperança de escapar da inundação da ira de Deus. Não é a barragem de virtude humana, mas o terreno elevado chamado Calvário. Todos os saqueadores de coração quebrantado e analistas de notícias e pastores são bem-vindos lá.

 

Por John Piper. © Desiring God. Website: desiringGod.org

Tradução: Voltemos ao Evangelho.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que adicione as informações supracitadas, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

1 comentário
  1. Markinhos Falcão Diz

    Sim,que mensagem maravilhosa,que a cada dia nós possamos declarar como o apóstolo Paulo:
    “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;
    Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo;” 2 Coríntios 10:5

    Mensagem em momento oportuno,amados do VE!
    SOLI DEO GLÓRIA!

Comentários estão fechados.