um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

[PVE] Sexo antes do casamento, toques, masturbação e pornografia… É pecado?

Quando falamos sobre sexo antes do casamento, toques, masturbação e pornografia, a pergunta principal que muitos fazem é: “Isso é pecado?”. Creio que esse questionamento é bastante comum, embora uma resposta convincente seja negligenciada geração após geração. Então, humildemente, quero tratar disto de um modo intelectualmente honesto e indo direto ao ponto, sem enrolação, usando quatro textos-chaves, crendo que não há quem possa negar a verdade da Escritura.

“Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu; mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se” (1 Co 7:8,9).

O raciocínio de Paulo é bem simples. Ele está argumentando sobre a possibilidade de solteiros e viúvas abraçarem o celibato – o não-casamento. Em meio ao seu ensino, ele deixa um conselho curto e importantíssimo sobre desejo sexual. Mesmo que ele ansiasse que estas pessoas não casassem, ele sabia que alguns iriam sentir fortes desejos, correndo o risco de alguém não conseguir “conter-se”. O que essas pessoas deveriam fazer? Que atitudes aqueles que não têm força para conter sua sexualidade devem tomar? Masturbação para aliviar? Pornografia para relaxar um pouco? Dá uns “pega” na namorada? Nada disso. Paulo só apresenta duas escolhas para os que não conseguem vencer seu desejo: ou casa, ou se “abrasa” – o que outras traduções põem como “arder de desejo”.

O texto é bem claro, embora não o leiamos com a atenção devida na maioria das vezes. Você, jovem, tem desejos sexuais incontroláveis? Você se sente um poço de luxúria e está a ponto de explodir de vontade? Deus só te permite fazer duas escolhas: ou continuar assim ou se casar – suprindo todo o seu desejo do modo que Ele ensinou.

“Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará” (Hb 13:4).

Esse texto requer um pouco mais de atenção. O escritor usa uma linguagem que pode passar despercebida aos nossos olhos se não formos cuidadosos. Esse texto fala, basicamente, sobre sexo. Temos uma clara ordem para venerarmos, ou seja, prestarmos honras a dois ambientes sexuais intercambiáveis. Primeiro, ao matrimônio; segundo, ao leito sem mácula. Então, ele expõe que Deus julgará os que vivem uma sexualidade oposta ao que deveria ser honrado, ou seja, os que vivem em prostituição e os que vivem em adultério. Podemos perceber, sem muito esforço, que matrimônio é contrastado com prostituição e leito sem mácula, com adultério. Vamos olhar para essas duas oposições.

A segunda oposição é simples: percebemos que quando adulteramos, ou seja, traímos nossos cônjuges, pecamos contra o leito sem mácula – que, pelo texto, só pode ser o leito de um casal devidamente casado. Ou seja, toda relação sexual fora do leito de seu parceiro é um adultério (até mesmo as que não saem do campo da mente e do coração, segundo Mateus 5:27,28). Já a primeira oposição é o que chama nossa atenção de um modo mais específico: as atividades sexuais fora do matrimônio são consideradas como um ato de prostituição. Todo sexo que não ocorre dentro de um casamento é uma atitude prostituta – e digna do julgamento de Deus.

Amigo, toda atitude sexual que ocorre fora do casamento é considerado, neste trecho da carta aos Hebreus, como um ato de prostituição. A Santa Escritura ordena: “Fugi da prostituição”, e completa: “Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo” (1 Co 6:18). Fuja de toda atitude prostituta, fuja de todo ato sexual que acontece fora do matrimônio.

“Filho do homem, existiam duas mulheres, filhas da mesma mãe. Elas se tornaram prostitutas no Egito, envolvendo-se na prostituição desde a juventude. Naquela terra os seus peitos foram acariciados e os seus seios virgens foram afagados” (Ez 23:2,3).

O texto é muito simples. Deus está narrando para Ezequiel a história de duas irmãs por parte de mãe que se entregaram à prostituição nas terras egípcias, mesmo quando ainda jovens. O pronto principal que Deus ressalta sobre a prostituição daquelas moças é que “seus peitos foram acariciados e os seus seios virgens foram afagados”. Garotas, se o Senhor trata os “toques” de seu namorado como um ato de prostituição, que tal lutar contra isso como você luta contra o sexo em si? Diante de Deus, é o mesmo pecado.

“Fiz um acordo com os meus olhos de não olhar com cobiça para as moças” (Jó 31:1)

A Escritura testemunha sobre Jó, dizendo que ele era um “homem íntegro, reto e temente a Deus”, que “desviava-se do mal” (1:1). O próprio Senhor Jeová proferiu que não havia “ninguém… na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal” (1:8). Conhecendo as qualidade que Deus entregou a esse servo, vemos um exemplo disso no capítulo 31 do livro que conta sua história. Jó, expondo as próprias obras de justiça, diz que fez um pacto com sigo mesmo de “não olhar com cobiça para as moças”. O texto de Mateus 5:27,28 deixa claro que o cobiçar alguém já é, em si, um ato de adultério.

Como, diante deste ato de Jó, podemos tentar defender a pornografia como aceitável? Não podemos, de modo algum, ceder à nossas vontades carnais que pregam à nossa mente, dizendo que só observar não produz mal algum. Que digamos como o Salmista: “Não porei coisa má diante dos meus olhos” (Sl 101:3).

O que nós aprendemos com esses quatro textos bíblicos?

Vemos na primeira carta de Paulo aos cristãos da cidade de Corinto que só temos duas escolhas com relação aos nossos desejos: ou casar (que é o recomendado) ou arder em desejo. Masturbação, pornografia ou toques não são opções; ou casa, ou se abrasa.

Podemos perceber, pelo texto de Hebreus, que todo ato sexual que ocorre fora do casamento é uma prostituição; e que todo ato sexual que ocorre sem ser com seu cônjuge, é adultério. Então, todo auto-erotismo, sexo pré-matrimonial, preliminares e até masturbar-se quando sua esposa não está afim de ter relações são atitudes dignas do julgamento do Santo Deus.

Percebemos pela profecia de Ezequiel que tocar indevidamente em moças é um pecado de prostituição, mostrando, no mínimo, que o relacionamento entre um casal não-casado nunca deve passar de beijos e carinhos comportados.

Por fim, Jó nos ensina, com a própria vida, a não cobiçarmos as moças (ou os moços, conseguintemente); levando-nos a perceber que a pornografia ou o voyeurismo são atos pecaminosos que precisam ser mortificados em nossas vidas.

Então, amigo, gaste um tempo para lidar com tudo isso. Talvez você já considerasse esses atos como pecaminosos, então medite mais nestes textos e confirme mais as verdades que você já conhecia; se você não tem os pecados sexuais que foram apresentados aqui como realmente pecaminosos, leia os textos bíblicos apresentados aqui com cuidado e oração. Renda-se às verdades apresentadas nas Escrituras e viva a vontade do Pai.

Nota: Sei que esse tema é doloroso para a maioria dos jovens. Tratar esses pecados de um modo indiferente e com pouca compaixão é irresponsável e é uma atitude digna de julgamento severo. Não use essas verdades sem amor e nem use o amor como desculpa para diminuir a verdade. Talvez esse texto caia nesta condenação, mas é culpa de seu caráter mais técnico. Vide regra, mansidão é a melhor maneira de tratar escravos desta pecaminosidade. Não esqueça isso.

Por Yago Martins © Voltemos ao Evangelho.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

166 Comentários
  1. Thiago Diz

    Vejo que a questão do relacionamento com o sexo oposto é um ponto crítico na vida do cristão. Por viver em um mundo cercado de sensualidade, corpos expostos, prostituição, pornografia presente em todos os meios (filmes, musicas, internet), relacionamentos visando somente ao prazer e várias outras coisas que incita ao sexo, parece que o “celibato” não é opção hj em dia. Todos querem se relacionar

    E gostaria de saber a opinião dos irmãos a respeito do modelo de relacionamento adotado antes do casamento. Existe o namoro nos moldes atuais e existem pessoas que adotam o relacionamento de “corte” que basicamente elimina os toques, guardando estes momentos para o casamento. Não sei se existe outras opções.

    O que vcs acham? Qual o modelo de relacionamento onde poderemos nos manter santos e puros diante de Deus e ainda cumprir a sua vontade em nossas vidas? Será que é possível com o namoro nos dias atuais? Será que com uma “corte” é possível? Qual o opinião de vcs?

    1. Vini Diz

      Em minha opinião, não vejo nenhum direcionamento claro nas Escrituras sobre isso. Usa-se “corte”, pois este era a cultura da época bíblica. Mas só este fato não atesta que este é o modelo ideal. Contudo, temos preceitos claros de pureza e amor. Se um casal de namorados tem sido tentado fortemente em relação a questão sexual, “migrar” para corte pode ser um ato de amor a Deus, a igreja, ao Evangelho e ao parceiro(a).

      Este é um tema (um pouco) controverso, então esta é a minha opinião sobre ele.

    2. Thiago Diz

      Justamente por ser um tema controverso e (pelo menos a princípio) não existir um direcionamento claro é que gostaria de ouvir a opinião dos irmãos.

      Sei que não existe um “modelo ideal” de relacionamento, assim como creio que não se pode, por exemplo, usar um pouco de cada, pois ambos tomam caminhos inversos.

      A questão é poder cumprir a vontade de Deus e obedecer a sua palavra através de nossos relacionamentos.

      Sei que este tópico trará muitos esclarecimentos para uma questão que, como falei anteriormente, é crítico na vida de muitos cristãos

    3. Jennifer Diz

      Thiago, tem uma pregação do Pr. Paulo Junior sobre o namoro cristão que certamente tirará todas as tuas dúvidas, ele ensina corretamente http://www.youtube.com/watch?v=4trXtR2oslAconforme a Palavra!

    4. Tiago Souza Diz

      Em relação ao namoro de corte, eu acho que entra nesse versículo:

      “E, se o teu olho te escandalizar, lança-o fora; melhor é para ti entrares no reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno” Mc 9:47

      Eu entendo que , se vc não se garante de beijar, se isso lhe traz tentação, melhor adotar a corte.
      Não deve se arriscar a relação com Deus por nada!

    5. Gabriel Lucas Diz

      com certeza nao existem Regras especificas sobre o que fazer e nao fazer, pois na na cultura biblica nao tinha esse negocio de namorar. Mas a gente aprende por Principios Biblicos.

      Dou um conselho como namorado: Ir no Limite da Sua Liberdade é Libertinagem.

      Nao fique tentando ver ateh onde pode ir sem pecar. Tente ter um namoro agradavel, que nao te induza a tentacao e nem induza o outro.
      Se algo de incomoda, faz pecar ou acha errado: “Corte” sem medo, no namoro vc vai perder a oportunidade de se excitar, de transar,mas lembre-se de que está a caminho do Casamento, entao, Escolha esperar pra fazer essas coisas no tempo certo.

      PazZ e Graça ^^

    6. Cláudio Neto Diz

      Como diria Paulo, se tem dúvidas é melhor não fazer (Rm 14). Como as Escrituras não parecem muito claras com relação a relação do namoro então usem o conselho de Paulo. Se vc tem dúvidas se pode beijar, abraçar ou dar a mão para a sua namorada é melhor nem fazer isso pois correrá o risco de pecar por falta de fé.

      Por outro lado não vejo a “corte” como a solução do problema. Jesus salientou que o pecado não está no ato em si, mas na motivação e nas intenções (ver Sermão do Monte). Portanto, de que vale você se privar das carícias se em sua mente você já pensou toda sorte de pecados? A corte pode funcionar para alguns, mas não deve ser usada como regra.

      Prá mim nada substitui um relacionamento sincero e duradouro primeiramente e principalmente com Deus para resistir as tentações sexuais.

      Abraços.

    7. Filipe Teixeira Diz

      Queridos :)maninhos,

      Citação Vini: “não vejo nenhum direcionamento claro nas Escrituras sobre isso”

      Penso que a razão de ser é porque de facto a Bíblia não fala em namoro e que namoro é uma :) invenção dos homens.

      A baixo deixo-vos algumas conclusões a que com a graça de Deus cheguei e que penso que poderão ser úteis:

      1ª – Paulo recomenda ao jovem Timóteo que trata-se as irmãs com “toda a pureza…” 1Ti 5:2

      Para 2 pessoas se conhecerem não precisam de contacto físico (beijos e outros toques)… Pois se assim fosse então não teríamos amigos do nosso sexo, ou não poderíamos conhecer pessoas casadas, ou outros familiares como as nossas próprias irmãs/irmãos de sangue.

      Se beijos fossem uma coisa tão banal, porque é que um homem casado se escandalizaria se visse a sua esposa beijando um outro homem? Ou seja, até casarmos não sabemos se estamos a beijar a pessoa que vai ser esposa/esposo de outra pessoa. E estamos a ter intimidade precipitada com a pessoa errada. E se pensarmos bem, um beijo já é um início de intimidade que leva a outras intimidades “mais avançadas”

      “Sem lenha, o fogo se apagará” Pro 26:20

      Se nem de um beijo se dá, dificilmente haverão outros tipos de contacto físico. É uma forma de os dois se protegerem. E como fundamentei acima podem conhecer-se perfeitamente sem beijos ou outros tipos de contacto físico.

      2ª – “Porventura tomará alguém fogo no seu seio, sem que suas vestes se queimem?” Pro 6:27

      As pessoas devem conhecer-se em grupo e não isolados. Jovens de sexo oposto que se gostem são naturalmente atraídos, não adianta achar que se consegue resistir, pois estaremos a brincar com o fogo. Pois o início da intimidade de um casal dá-se precisamente quando estão a sós. E ficar nessa situação é abrir a 1ª porta que leva a tudo o resto que queremos evitar para não ferir a nossa consciência e desrespeitar quem mais amamos, Deus.

      Vemos o exemplo de José do Egipto: quando a mulher de Potifar o tenta para se deitar com ela, o que fez ele? Fugiu! E porque razão, um dos homens mais íntegros de toda Bíblia precisou de fugir e simplesmente não se achou suficientemente forte para permanecer e resistir-lhe? Acho que ele sabia que era humano e como tal não deveria brincar com a sua natureza.

      Conclusão

      Creio que duas pessoas devem-se conhecer e tratar-se como tratariam um irmão/irmã de sangue, sem toques e conversas mais sensuais. E penso que apenas deve ser assumido um compromisso de noivado, quando ambas têm perspectivas de que poderão assumir um casamento num espaço de um ano.

      Deus vos abençoe!

    8. Filipe Teixeira Diz

      Desculpem, esqueci de mencionar na conclusão…: E conhecerem-se em grupo, com outras pessoas à volta e não a sós…

    9. Jefferson Peixoto Diz

      Quem aborda muito bem a questão de forma excelente é Augusto Nicodemos em seu artigo sobre do dia do namorados http://tempora-mores.blogspot.com/2011/06/sobre-o-dia-dos-namorados.html

      Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação (1Tess 4:3-7).

    10. Tiago Souza Diz

      “Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu; mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se” (1 Co 7:8,9).

      ….

      O texto é bem claro, embora não o leiamos com a atenção devida na maioria das vezes. Você, jovem, tem desejos sexuais incontroláveis? Você se sente um poço de luxúria e está a ponto de explodir de vontade? Deus só te permite fazer duas escolhas: ou continuar assim ou se casar – suprindo todo o seu desejo do modo que Ele ensinou.

      Eu discordo da interpretação feita em cima desse texto. Entendo que Paulo fala mais da questão do celibato. O contexto mostra isso. Paulo está querendo dizer: O celibato é uma coisa boa, porém, se você não tem dom para o celibato, é melhor você buscar se casar. Caso contrário, você vai atrair tentações para você.

      Esse texto da forma que foi interpretado, coloca o casamento como uma forma apenas de suprir as necessidades sexuais. Embora o sexo seja muito importante no casamento, tem várias outras parte importantes, como responsabilidade, companheirismo, etc. Se a pessoa se casa apenas porque não aguenta as tentações na área da sexualidade, pode trocar uma tentação, por várias, por conta de um casamento precoce, ou talvez, um casamento baseado apenas no desejo sexual.

    11. Yago Martins Diz

      Mano, obrigado pelo cometário!

      Sobre isto, concordo que Paulo está falando do celibato, mas no que isso modifica a interpretação do texto? A verdade extraída dele continua correta: se você tem desejos sexuais ao ponto de não poder ser celibatário, ou você se casa ou se abrasa. Ou seja, o único modo exposto por Paulo para que não nos abrasemos é nos casando.

      Além disso, nem este texto paulino nem o meu texto estão dizendo que o casamento é apenas para suprir desejos sexuais. Você que está adicionando isso. Eu disse (e paulo também) que APENAS O CASAMENTO pode suprir nossos desejos de um modo correto, e não que o casamento é apenas para suprir estes desejos.

      Qualquer coisa, vamos nos falando aqui.

      Grande abraço.

    12. Tiago Souza Diz

      Além disso, nem este texto paulino nem o meu texto estão dizendo que o casamento é apenas para suprir desejos sexuais. Você que está adicionando isso.

      Isso é verdade. Tinha entendido errado.

      Mas ainda ficou uma dúvida:

      Muitos jovens usam esse texto para justificar o porquê estão se casando. Dizem: Estou sendo tentado na sexualidade dentro do meu namoro, então vou apressar meu casamento, pois é melhor se casar do que viver abrasado. Só que acabam se casando sem conhecer direito um ao outro, sem ter estabilidade financeira, sem ter conhecimento do propósito do casamento, sem ter nenhuma extrutura para se casar. Mas a pessoa vai se casar por conta dos seus desejos sexuais. Este texto se aplica a essa situação?

  2. Kohelet Diz

    Shalon Adonai!. É SIM. PECADO GRAVÍSSIMO. PORÉM, o que vemos na sociedade atualmente, pelos canais de comunicação em TV, é um sucesso que nem o cego congênito escapa das boas armadilhas sexuais. A mídia tem mostrado cenas que não podem ser sugeridas nem por Paulo, então os filhos silenciosamente e na ausências dos pais trabalham rápido e o resultado não precisa nem falar. O que fazer? até o governo vai destribuir instrumentos que vão ajudar nesse mergulho sexual do nunca arrependimento. Não se esqueça dos CONSELHOS TUTELARES, das detenções educativas e da sociedade de homoafetivos, esse são os despertadores de uso de drogas e passeios ecológicos sexuais. Eu me casei com uma virgem, mas não consegui em certas horas vencer as tentações de tocar, apalpar aiaiaiaiaiaiaiaiia. QUE BOM! As minhas filhas se casaram virgens (tres), mas os dois homens, hoje pastores pucharam ao pai, aos avós e eram e são MACHOS XY. HALLELUJAH. RAÍZES DE INIQUIDADES SEXUAIS.

    1. Fellyp Cranudo Diz

      Graça e Paz,

      Glorifico a Deus por este excelente artigo, mas devo fazer uma resalva quanto ao comentário do irmão (tentarei discordar em amor!!!):

      ¹ “machos xy” é de uma grosseria tremenda e até uma exaltação ao ato de chafurdar no pecado sexual.

      ² Hallel em hebraico é “maldito seja (anátema)” e creio que não combina nada com JAH (nome de Deus).

      Peço que me perdoe se o tom impressos nas palavras pareçam ofensivos, porém não pude me omitir quanto ao que percebi em suas palavra (sei que, provavelmente, não tenha sido a intenção do amado, por isso peço que explique, realmente o que você quis dizer?).

      Abraços, no Senhor Jesus Cristo,
      na oração e fé por uma vida sadia e madura,

      Cranudo

    2. Fellyp Cranudo Diz

      Onde se lê: “…mas devo fazer uma RESALVA…”

      Leia-se: “…mas devo fazer uma RESSALVA…”

      Obrigado.

    3. Fellyp Cranudo Diz

      Peço que disconsidere a ² observação.

      Cometi um terrível engano ao ler o “H” como se fosse “R” (como? não sei, mas fiz!)

      Abraços.

  3. Gabriel Lucas Diz

    Otimo Texto. Muito bom Juntarem varias Questoes e responderem Todas em conjunto. Vai “desafogar” bastante assim rsrsrs.
    Me Fez Ver o Texto de 1Co 7.8,9 de outro modo .. Boa Interpretacao.
    PazZ

  4. anonimo Diz

    Boa tarde, é difícil de falar isso, para mim, mas o desespero fala mas alto, namoro a 2 anos, eu e minha namorada somos membros de uma igreja firmada na palavra…
    Eu já li vários textos bons como este, porem o meu problema é fraqueza e covardia…

    Não encontrei uma “matéria” que diga a respeito de casos como o meu, sexualmente ativo a um bom tempo a tortura é a mesma já não sei nem a quanto tempo.

    Resumidamente minha semana é corrida, trabalho e estudo, geralmente vejo minha namorada no final de semana, nesse final de semana geralmente acontece relações sexuais e masturbação, vou ao culto no domingo, sempre envergonhado de mim mesmo pois esse pecado me corrói me tira a alegria e me sufoca, no culto eu sou abençoado peço perdão a Deus e clamo por um milagre uma mudança de vida definitiva, depois do culto eu e minha namorada não nos tocamos (ela quer tanto quanto eu OU até mais do que eu mudar esse quadro), na segunda feira ela volta para cidade dela, e mais uma semana de trabalhos e estudos começa, segunda e terça eu me sinto confiante que tudo mudou, a palavra do culto ainda esta em minha mente, porem com o passar dos dias parece que isso vai diminuindo na sexta feira quando a cordo sei que verei minha namorada e nesse dia eu peço que nada de errado aconteça, mas ja estou sentindo que na verdade eu quero que aconteça ou minha carne quer não sei…ao vela depois do trabalho na sexta feira, não demora muito e tudo que se passo no último culto ja nem me vem a cabeça…e acaba acontecendo novamente…a angustia tomou conta…ao ponto de eu acreditar que realmente talvez seja um grande hipócrita, ja passei periodos de 15 dias sem aparecer na igreja de vergonha de mim mesmo…Bom espero que alguém que ja tenha vivido isso ou convivido com essa situação possa me ajudar dando um conselho ou indicando alguma coisa…Acredito que ainda tenha vida em mim pois se não fosse assim porque estaria aqui dizendo isso ? em fim se vc puder apenas ler e dizer estarei orando por esse casal onde o rapaz escreveu esse texto e Deus sabe quem é pode acreditar que ja vai ser de GRANDE ajuda. Deus os abenaçoe.

    1. Vini Diz

      Anônimo,

      É difícil falar tratar de coisas tão pessoais assim por meio de uma resposta tão impessoal como um comentário.
      Gostaríamos de ajudá-lo e aconselhá-lo. Temos um canal para isso, onde você pode mandar um email e um pastor colaborador do VE poderia entrar em contato com vc por email ou até msn.
      Não queremos forçá-lo a nada, pois imaginamos a dor e a vergonha que acompanham este pecado. Mas realmente estamos dispostos a ajudá-lo.
      Se quiser, envie-nos uma mensagem por aqui: http://voltemosaoevangelho.com/blog/aconselhamento-biblico/

      Mas, só quero apontar algumas coisas:
      1) Reconheça que sua aceitação diante de Deus está na perfeição das obras de Cristo e não nas suas. Creia em Cristo e receba o perdão divino. Viva o Evangelho todo dia.
      2) Reconheça que para fugir da satisfação da luxúria, você deve estar satisfeito em Deus. Veja este vídeo: http://voltemosaoevangelho.com/blog/2010/02/estao-minhas-maos-limpas-john-piper-pecado-sexual/
      3) Reconheça sua fraqueza e busque formas de não se expor a ela. Uma boa sugestão é confessar o pecado a um irmão maduro (tanto em relacionamentos, como em Cristo) e buscar não ficar sozinho com sua namorada. Saia com outros casais e se você tiver que levar sua namorada para casa, peça para algum irmão ir junto. Provavelmente, seria bom vocês cortarem todo contato físico (inclusive beijos) para diminuir o “abrasamento” e planejar logo se casarem.

      Espero que você possa ser ajudado por Deus, se através de nós ou não, não faz tanta diferença. Mas queremos seu bem.

      No amor de Cristo,
      Vini

    2. anonimo Diz

      Obrigdo irmão, agora no momento esta difícil responder a sua mensagem pois tem pessoas olhando o que digito, mais o brigado pela atenção sou um frequentador nato do VE. Deus continue abençoando teu ministério e ajudando outras pessoas
      abração

    3. Amanda Diz

      Não peça opinião de NINGUÉM, ainda mais desconhecidos ne mesmo?! O qur seu CORAÇÃO DIZ??? Escute ele e leia a biblia, pois MUITA gente interpreta mal a biblia

    4. Anonimo2 Diz

      Kra, passo pela mesma situação que a sua. Frequento há alguns uma igreja reformada muito boa e nela me batizei há pouco. Me interesso bastante pelo estudo da palavra e além de ler a Biblía, leio livros e visito com freqüência este ótimo site dentre outros, como o do Rev. Nicodemus. Antes eu encarava que o sexo antes do casamento, se feito com um amor legitimo, seria tolerado numa sociedade em que as pessoas se casam cada vez mais tarde, devido à série de exigências que ela nos cobra (alguns pensadores cristãos liberais, que lia, pensam dessa forma). Deus todavia me mostrou que essa forma de pensar é errônea e a Palavra quando nào distorcida é clara quanto às nossas prioridades, como o artigo do Pastor Yago aborda bem, mas a transição do discurso à pratica tem sido extremamente tortuosa. Como você, meu irmão, não consigo escapar da tentação de ter eventualmente relações com minha noiva. Nos arrependemos ao estar na igreja, choramos depois do ato, conseguimos segurar durante algum período mas eis que num momento de vacilo, caímos de novo. Isso angustia, machuca, fere nossa comunhão. Também vejo minha garota aos fins de semana e a vontade acumulado certamente ajuda a cegar o entendimento. Mas meu amigo, não vamos deixar o Inimigo nos abater com nossa queda na carne, vamos continuar lutando depositando nossa esperança em Cristo, que irá nos dar forças para resistir à tentação mas penso que devemos, firmados em Nele, evitar as caricias, os momentos à sós, como alguns relataram, e tentar antecipar o casamento (difícil isso, mas necessário). Além disso, penso que um dos pontos mais difíceis seja transformar nosso olhar, que por convivermos nesse mundo ímpio, é cheio de malícia e de impureza. Amigo, cheio de tristeza e arrependimento escrevo essas palavras… mas sei que Jesus Cristo levou também este meu pecado, pela sua imensa misericórdia. Espero Nele, que vencerei este pecado que me dilacera e continuarei a ser aperfeiçoado por sua graça. Minha oração é a mesma para você, meu irmão. Espero que logo possamos postar que Cristo nos deu vitória sobre o pecado e nos alicerçou mais na fé. Nele espero, que vamos agir firmados na Palavra. Abraço!

    5. anonimo Diz

      Amado, como eu te compreendo, graças a Deus, tenho orado e buscado, estamos indo para quinta feira, vejo minha namorada na sexta, orem por mim e eu estarei orando por vcs…Que essa seja uma semana de benção para nós, e que um dia em nome de Jesus possamos ajudar pessoas com o mesmo problema que um dia tivemos, amém. Deus abençoe

    6. anonimo Diz

      cara já tive uma vida sexual ativa e graças a DEUS  me libertei,será que não seria melhor da um tempo na vida a dois,pois se essa vida a dois te leva pra tão longe de DEUS(O PECADO NOS LEVA PRA FORA DA PRESENÇA DO SENHOR)eu consegui passar por isso e hoje sou muito feliz,espero que você consiga passar pelo seu problema,não se esqueça que(apesar de sermos fracos,covardes,pecadores e vários etc…)quem luta por nos e DEUS  e que ele nos deixou o espirito santo para que,possamos agir com sabedoria peça a DEUS sabedoria e veja se essa moça e mesmo de DEUS pra sua vida,sei que será muito difícil,mais DEUS te sustentará 

      um grande abraço espero ter ajudado e vou orar por ti 
      fica na paz  

    7. Servo de Deus Diz

      Sei como e dificil,ja tive problemas como este,mas apenas confie em Deus,medite sempre na palavra dele,leia Corintios 7,vai ser mto bom,e ore a Deus tds os dias pedindo a mudança dele em sua vida,e apenas confe estou orando por vc,e pode te certeza q essa situaçao chegou aom im,Deus ta dando forças para vc e sua futura esposa,eu abeçoo vcs em nome de Jesus,e diga ai na sau casa:Demonio eu te rejeito em nome de Jesus,e vc vai ver o q Deus vai fazer..A paz…Abraços

    8. oi Diz

      irmao se tu gosta dela o unico jeito pra vc se sntir melhor é vc se ksar com ela…

    9. nica Diz

      Verdade..

    10. Gisele Santos Diz

      Irmão passei muitos anos com esse problema…e o q vc tem a fazer é cortar o mal pela raiz. Seja firme em sua decisão. Converse com sua namorada, combine com ela de fazerem jejum no mesmo dia apresentando isso á Deus, orem e leiam a bíblia juntos. Tenha certeza q td dará certo. Deus verá q vcs estão se esforçando para viver segundo a vontade Dele.

    11. estéfane Diz

      vcs conhecem a côrte?? é um ótimo caminho…

    12. Anonima Diz

      Como assim.?

    13. dANI Diz

      oi tambem sou uma jovem passei pela mesma situaçao que vç igual sem diferença nenhuma ai conversamos e vimos que amava ele e ele me amava e que o povo ja sabia que nos tinhamos relaçoes antes do casamento que resolvemos morar juntos moramos a 5 meses juntos mas noo total e um ano que estamos juntos namoro etc ai tamos em diciplina conversamos com o pr e estamos buscando em deus e esperando eu fazer 18 para poder casar ok

    14. ANOMIMATO Diz

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, tem nem 18 ainda??

    15. GabriEL Peregrino ex krasti Diz

      Vc deve ser de ferro ou dos anos 70, hoje ta tudo difícil, hoje as mulheres andam nua na rua, a gente abri uma pagina na net e do nada aparece um cookie com pessoas fazendo sexo no canto da tela então não veim aqui não é lugar de hipócrita.

    16. unknold Diz

      casar so pro sexo e ainda pior que isso, pois vc nao vai durar muito tempo casado, e alem do mais vc estara casando pra saçiar seu desejo e nao por que a ama

    17. Metamorpho Diz

      Man, Bom dia! Imagino a sua dor e a sua angustia de entrar no templo, ver o ajuntamento da igreja e se sentir fora disso por estar nesse pecado! sei muito bem oq é isso pois passo ainda por uma situação parecida; eu minha namorada namoramos a corte, eu nem a beijo mais para não dispertar desejos… No começo foi dificil, eu ainda tinha uma mão boba, mas com o tempo fui me acostumando a nova situação, tiramos até nossas alianças de prata que usavamos para não confundir ainda mais nossas cabeças. Mas com o tempo fui despejando todo o desejo que eu tinha nela sobre pornografia e masturbação que mais tarde me levou a outro pecado: me relacionar com outras mulheres pela internet (sexo virtual). cara isso é muito pesado pra mim, posso dizer q é ainda mais pesado doq se eu ainda estivesse me relacionando com a minha namorada. pra ser sincero me sinto muito mais acusado pois ainda pratico isso. é automático… quando tenho desejo procuro esses meios para saciar minha vontade. o fato é que vou orar as 5 da manha no templo ja tem umas duas ou tres semanas para ver se consigo me livrar disso, e começei a ver algumas mudanças, mas o dia em que eu não vou orar, parece que fica mais dificil de me controlar. Então cheguei a brilhante conclusão (kkkkkk a mesma q sempre ouvi dos meus líderes) de que orar é a solução e não tem escapatória e não há outro meio para vencermos isso. Leia Salmo 51: Davi pedi perdão a Deus pelo pecado do adultério. e ele só cometeu esse pecado porque optou em ficar fora da guerra q estava acontecendo naquela época. Precisamos entender q estamos em guerra todos os dias, lembre-se nossos desejos começam a partir da nossa mente e satanás e seus demonios tentam todos os dias lançar pensamentos em nós para que essa vontade se aflore novamente e partirmos para o pecado. nossa guerra é contra principados e potestades e eles já sabem que essa é a nossa fraqueza e vão trabalhar por essa brexa. Por isso precisamos estar em guerra todos os dias e na guerra precisamos nos vestir com todas a armadura de Deus pois as flechas e lanças são muitas e para entrar na guerra e se levantar como um guerreiro de Deus basta apenas ajoelhar e entrar em comunhão com o nosso Pai.

      Uma excelente batalha para nós. e lembre-se de que é lei da selva, apenas os fortes em Deus sobreviveram.

    18. apenas servo falho. Diz

      minha situação era parecida, eu sou evangelico e minha namorada não, ao final eu quiz parar mas ela não, então acabei o namoro com muito pesar pois gosto muito dela mas escolhi a Deus. final da historia acabei o namoro ja se passaram algum tempo e estou com uma namorada na igreja benção de Deus e não sofremos mais com isso, me controlo e ela não tem nenhum problema em se conter ela sempre foi muito correta e de familia, ja estamos a messes juntos e não aconteceu nada para a honra e gloria do Senhor, mas eu as vezes me deparo com pornografia e masturbação, sempre tentando lutar e me abster disso pois sei que a quero honrar e honrar a Deus até o casamento e no casamento também.

      não seria o caso de você se afastar dela e manter um tempo pra esfriar se forem pra continuar juntos se preparem para casar mas um pouco afastado um do outro. ore, fale com seu pastor.

    19. Carllean Martins Diz

      Também sou pecador, talvez vc deva fazer igual a José do Egito, fuja; abandone-a. Um dia eu fiz isso e deu certo. Sofrir mas passou, melhor viver aqui sem sexo do que ir ao inferno co sexo; ou então casa com ela. Deus te ajude, no quesito sexual #é muito difícil mesmo. Mas Emanuel é mais forte.

    20. fran Diz

      Caro amigo, tudo que começa mal, termina mal, vcs já começaram pecando contra deus, pois vivem em total prostituição, na verdade vcs precisam ter um real e verdadeiro encontro com deus pois isto nunca aconteceu, vcs não são convertidos e sim convencidos, de cristo,precisam se batizar nas aguas, pois se já o fizeram não valeu de nada, entrou pecador seco e saiu molhado essa é a verdade..se vcs querem realmente segui o senhor jesus, o primeiro passo é terminar esse namoro, depois se consertar diante de deus…pois como uma coisa que começa errada vai terminar certa!!deus os abençõe…

    21. um pecador qualquer Diz

      Caro irmão, se tudo que começa mal terminasse mal, então paulo não seria salvo (2 Tm 4.7). Pois começou matando cristãos e terminou pregando aquele a quem antes perseguia (At 9.5). Você dizer isso, acaba limitando o poder do Deus como nosso oleiro (Jr 18.4-6). Não é porque cometemos pecado após o batismo nas águas que devemos nos batizar de novo. Isso não é bíblico. Não existe nenhum relato nem sequer um ensinamento parecido. Paulo nos diz para não pecarmos, MAS… se fizéssemos, temos um advogado fiel (1 Jo 2.1). A palavra de Deus jamais nos orientou a um novo batismo, mas sim a buscar por um arrependimento sincero (At 3:19)

    22. samuk Diz

      aff para de ser dramatico… … se vc trabalha estuda chega casnado , namore com sua namorada , depois case!… adulterio , que é basicamente ferir uma pessoa , é pecado grave… prositutas tambem… agora uma pessoa que praticamente é da sua vida vc vai ir em sites ler? Nâo tem opinião propria? O que você acha? se voce esta aqui dizendo isso é pq vc é um grande bobão. se vc quise se guardar tudo bem , mas se ja transou continua…. e não é so sua carne mas seus sentimentos , depois de velho vc vai ter querido voltar a traz pra transar, mas vai dizer que não pra todo mundo se ferrar tambem..

      Se vc ler na biblia a palavra é PORNEIA que significa Sexo com prostitutas…
      A biblia tem varios textos que encorajam o ”sexo” com amor , logico , naquela epoca , a uns 50 anos atras nao existia nem camisinha , ai tinha essa desculpa q causava doença sexualmente transmissivel, que engravidaria , ai teria que se casar mesmo. Hoje não é mais assim. Use camisinha e pronto… e quando se casar, vc tira a camisinha e transa normal pra ter filho.. olha só? Você vai tar guardando do mesmo jeito… vai tar guardando um momento pra vc ter filho não é?

    23. Gabi Diz

      Amigo, PORNEIA se refere à qualquer tipo de relações sexuais ilicitas. Ou seja, toda e qualquer relação que não esteja inserida dentro do casamento conforme deixado por Deus. Pesquisa um pouquinho mais antes de falar ;)

    24. Tufas Diz

      Eu estarei orando pelo casal.

    25. Vivendo o novo de Deus Diz

      Querido Estarei orando por vc e por todos nessa mesma situação

    26. Eliézer Zagonel Diz

      Comigo é semelhante irmão, to nesse pecado me sinto mal todos os dias :( todo dia to lendo a Bíblia e orando a deus pra Ele me ajudar, olhei a data dessa sua pergunta faz um bom tempo que você fez essa pergunta amigo. Queria apenas perguntar, você ja casou com ela? Se sente bem? Conseguiu se livrar desse pecado quando tava namorando? Por favor me ajuda!

  5. Ruan Diz

    Amados, se fomos falar a a respeito da ciência, o que é o beijo??
    O beijo, nada mais é do que uma preparação para o ato sexual. Durante o beijo, tanto o homem quanto a mulher produzem substâncias preparatórias para o ato sexual em seus corpos. Logo, é viavél considerarmos que o simples ato de beijar um parceiro, ja é a entrada para um caminho pecaminoso…
    Considerando isso, creio que a opção pelo namoro não é a melhor. Você está incitando em alguem um desejo que você não poderá suprir (defraudação, que é pecado), e que se você suprir (com o sexo), também estará pecando…
    E possível concluirmos que a corte é um caminho melhor, pois mantem o casal longe do toque e das “caricias” que causariam um desejo pecaminoso no parceiro.
    Com certeza, o amar não é querer apenas a pessoa, mas é querer o melhor para ela… sabendo que algo é pecado, se você incita seu parceiro a faze-lo, você certamente não o ama, pois com suas atitudes, o está prejudicando

    1. Paulo Victor Diz

      Concordo plenamente, Ruan,

      Não se trata de lascívia casando-se. Muito pelo contrário, destrói-se uma família inteira.
      O problema é a lascívia nos corações. Estou a 7 anos e meio sem tocar em uma moça e estou tranquilo pra glória de Deus.
      A razão disso: a lascívia do meu coração foi devidamente tratada por Jesus Cristo.

      Indico:

      > Curso “Relacionamento à Maneira de DEUS”, Universidade da Família, Pr. Craig Hill;
      > Curso Veredas Antigas, Universidade da Família, Pr. Craig Hill;
      > “Quando Deus escreve a sua história de Amor”, Eric e Leslie Ludy, ed. UDF;
      > “Garoto encontra Garota” Joshua Harrys, Ed. Atos

      Deus vos abençoe,
      Paulo Victor.

  6. Paulo Victor Diz

    Sem falar em:

    > “Eu disse adeus ao namoro”, Joshua Harrys, ed. Atos;
    > “Sua perfeita fidelidade”, Eric e Leslie Ludy, ed. UDF;

    Sem falar no último lançamento de Joshua Harrys > “Sexo não é problema, Lascívia sim!”

    Certamente, livros que são bastantes edificantes e bíblicos!
    Não percam a oportunidade de lerem essas obras!

    Lamento o meio cristão estar tão desinformado sobre essa questão.
    Lamento, nós, discípulos de Jesus, deixarmos nossos desejos embotarem nossas consciências.

    Voltemos rápido às VEREDAS ANTIGAS!

    Paulo Victor.

  7. Romildo lima Diz

    bem, tenho falado um pouco sobre isso no meu blog. tenho minha opinião sobre tais questões:

    1- casamento não é aprovação do clero ou da igreja. é algo que acontece no coração de um casal que se uni, pois o que Deus unio o homem não separe, isso é macho e fêmea. então sexo é pecado quando não a amor. pois a sexo dentro do casamento tão pecaminoso quanto fora dele ( segundo o casamento religioso cultural)
    2- toque é bom. so um retardado não tocaria na sua pessoa amada. e vocÊ pergunta não seria uma porta de entrada para uma queda sexual? sim isto é de pessoas maduras e responsaveis, cheias de consciência de vida
    3-tanto a mastubação quanto a pornografia acaba virando dissolução…

    romildo lima
    evangelho1.blogspot.com

  8. Cristão Diz

    Graça e Paz!
    Bom artigo!
    Agora só mais uma coisinha. Na atualidade o que mais tem influenciado aos jovens a chegarem ao pecado sexual (se de qualquer foma mencionada no artigo) é a mídia (internet, televisão e alguns outros), os olhos são bombardeados por uma série sem fim de pornografia de todos os tipos, desde as mais simples, até a atos grotescos, sem duvida, é necessário que haja uma reformulação de valores e conceitos sobre a sexualidade, não apenas de um casal de namorados, mas sim no que diz respeito a sexualidade em geral. O individou começa a ser desfigurado (receber uma visão errada do ato sexual) desde sua infância, que mais tarde, alcançará de forma desastrosa sua puberdade, adolescencia, juventude, estendeno-se pela sua fase adulta, e por mui vezes até mesmo na melhor idade, é lamentável. Contudo a mais dura e seca verdade é essa, uma discarga de pornografia é jogada sobre alguém e a vida dela passa a ser um campo de batalha na mente e principalmente no mundo exterior, pois passar a ter o dominio do individuo, assim como uma droga narcótica tem sobre o dependete quimíco, a diferença é a penas por que uma atua diretamente no sistema nervoso e consequenteme no espiritual, e outra atua no espiritual e após isso domina o sistema nervoso e todos os sentidos do corpo. A solução é a mesma que Jesus usou para libertar a mulher pega em adulterio, levar o indiviuo que é asolado pelo pecado (no caso sexual) a arrepender-se e não voltar a mesmas práticas de antes, Jesus já nos deu a mui tempo a resolução de tudo.
    Agradeço a Deus por esse maravilhoso site que ajuda a milhares de pessoas diariamente, sempre divulgo, não por dinheiro ou por honra, mas para que vidas sejam transformadas pela Palavra de Deus que aqui é pregada de maneira fidedigna.
    Um grande abraço Fraterno.

  9. levi Diz

    O que acontece é que agente tenta vencer esses desejos por nossas próprias forças.Jamais conseguiremos se não clamarmos a graça salvadora de CRISTO e Ele nos livrar de cair em tentação. Conforme JESUS ensinou na oração dominical. Por incrível que pareça o home só cai se Deus quiser, caso contrário Ele sustenta com a destra do Seu poder e não tem carnalidade que supere o poder da palavra em nós. Deus nos abençoe!!!

  10. Felipe Rech Bueno Diz

    É a mais pura verdade, sexo é só dentro do casamento, qualquer ato ou até mesmo pensamento sexual fora do casamento é pecado, devemos nos lembrar sempre que deus nos mostrou como agir e cabe a nós decidirmos se queremos obedecer, agora, pessoas que tem essas verdades como careta, ultrapassado ou não se atentam as escrituras, talvez vão achar mais na moda serem julgadas e condenadas a passar uma eternidade no inferno.
    Paz do Senhor a todos.

  11. Tomás Diz

    Depois de ler este artigo e os respectivos comentários, concluo aquilo que já havia concluído no passado: A igreja actual necessita de um “refresh” ou corre o risco de ficar a falar sozinha.

    O autor afirma: “O texto é bem claro, embora não o leiamos com a atenção devida na maioria das vezes. Você, jovem, tem desejos sexuais incontroláveis? Você se sente um poço de luxúria e está a ponto de explodir de vontade? Deus só te permite fazer duas escolhas: ou continuar assim ou se casar – suprindo todo o seu desejo do modo que Ele ensinou.”

    Isto leva-me a questionar: O casamento será porventura uma opção simples como quem necessita de uma camisa vai comprá-la? Não será porventura uma decisão que necessita de ser muito bem ponderada e maturada, dado que se pretende que seja uma decisão para o resto da vida? Escolher a companheira ou companheiro na sociedade actual, mais igualitária, exigente e complexa, e por isso completamente distinta da sociedade dos dias de Paulo, não dificulta em muito o encontrar daquela pessoa? Não será, não obstante a necessidade de casar que o Apostolo Paulo fala, uma tarefa árdua e difícil, que nem sempre tem solução? Já vimos que quem tem desejo sexual deverá casar-se, mas não faltam muitos mais requisitos para que aquele acto se possa consumar? Falo da cumplicidade entre o casal, que na minha opinião é fundamental; e não basta ser crente; não podemos ser assim tão simplistas. O mundo não funciona assim. E não deverá a abordagem sobre este tema contribuir sempre no sentido de evitar a tomada de decisões de forma prematura por parte dos nossos jovens. Não devemos relembrar o crescente número de divórcios no meio evangélico e como isso afecta a igreja dos nossos dias? Não será obrigação dos lideres da igreja actual sempre que falam neste contexto ensinar algo como: “se não podem conter-se, casem-se, mas atenção que se trata de uma decisão importantíssima, de uma união que nunca deverá ser quebrada, assim, que não seja a falta de contenção o principal móbil da união, mas sim o amor, a cumplicidade e o companheirismo ladeados por muita ponderação e por um grande e mútuo conhecimento do casal. Falar sobre este tema e não aproveitar para lançar este tipo de aviso, deixa-me triste.

    É igualmente muito bonito interpretar à letra as escrituras, mas importa também contextualizá-la e olhar para a sociedade onde pretendemos que ela seja aplicada, de outro modo, continuaríamos a proibir as mulheres de falar na igreja ou de ter o cabelo curto.

    Infelizmente, nem uma palavra para aqueles que ardendo de desejo, ainda não encontraram o seu cônjuge, não obstante a busca. Sim, porque casar não se trata de um simples convite, não obstante em algumas sociedade do passado o casamento ser visto como tal.

    Relativamente à exposição relativa a Job, faltou infelizmente referir-se um pequeno mas importantíssimo pormenor, que não deveria ter sido esquecido: o referido homem de Deus era casado e não solteiro, dai que fosse natural o seu pacto em não olhar para as moças alheias.

    Obrigado pela oportunidade de dar o meu contributo desejando que a minha critica seja vista como algo construtivo e que contribua para uma melhor compreensão deste tema.

    1. Vini Diz

      Tomás,

      O tema do artigo não é como achar uma esposa, mas se sexo extraconjugal é pecado. E foi provado biblicamente que o é.

      Quanto a Jó, concordo que ele era casado, contudo luxúria é pecado para o casado e para o solteiro. Sem contar que não há no texto de Jó nenhuma ligação explícita de que ele não ia olhar para outra mulher por que era casado. Fazendo isso você está introduzindo um elemento estranho ao texto.

      Paz.

    2. Tomás Diz

      Parece-me óbvio que o texto não é sobre “como achar uma esposa”, aliás em momento algum consegue ler no meu texto a afirmação que o autor deveria dar dicas sobre como consegui-lo, mas a partir do momento em que se apura que o sexo extraconjugal é pecado e se aponta como solução o casamento, parece-me importante e exigível sublinhar que apesar de este poder ser solução, se for tomado apenas com esse objectivo, até porque o texto do autor não indica outro, poderá tornar-se perigoso.

      Sobre Job, o que está em causa não é a luxúria, mas sim o facto do autor ter recordado o compromisso daquele perante Deus, mais concretamente que não olharia com cobiça para as outras moças, omitindo-se que o mesmo era casado, o que me parece pertinente, até porque sendo solteiro o raciocino poderá ser diferente como explicarei nos dois últimos parágrafos.

      Quando o Vini afirma que: “Sem contar que não há no texto de Jó nenhuma ligação explícita de que ele não ia olhar para outra mulher por que era casado” importa referir o seguinte:

      – em primeiro lugar nunca afirmei que ele não ia olhar porque era casado o que eu afirmei e reafirmo é que sendo um homem de Deus e casado seria natural que assumisse esse compromisso; no caso, terá sido o Vini a introduzir um elemento estranho ao meu texto, se de facto afirma que eu disse tal coisa;

      – em segundo lugar, nada nos diz, de facto, que Job assumiria uma conduta diferente se fosse solteiro, mas a realidade, e é aquilo que me parece importante, é que aquele homem de Deus assumiu esse compromisso e era um homem casado; nunca saberemos se faria o mesmo compromisso se fosse solteiro, daí a importância de referirmos o seu estado, já que ao não o fazermos poderemos estar a supor, e ai sim a introduzir um elemento estranho ao texto, que ele assumiria de qualquer forma o mesmo compromisso.

      Falando do tema “ser solteiro” e partindo do principio que a palavra “cobiça” corresponde ao significado da palavra no original, e que a mesma significa “desejo por algo que não lhe pertence”, quem poderá negar que um(a) solteiro(a) para querer começar a namorar/ casar com alguém terá que em primeira instância ter desejado algo que ainda não era seu? Aqui a cobiça, dentro de certos limites, não pode ser vista como negativo, a não ser que passemos a assumir o namoro e o casamento como algo 100% racional e contratual, desprovido da componente emocional e física, o que não faz sentido nem me parece bíblicamente correcto. Não acredito que um cristão esclarecido venha afirmar que no namoro cristão não pode haver atracção física, desde que desprovida de pensamentos sexuais, e que o homem casado não deve desejar sexualmente a sua esposa, onde a componente física tem também um papel importante. Casar com alguém por quem não se sente atracção é meio caminho andado para o fracasso, e como é que eu sei se sinto atracção se não desejar (cobiçar) aquela com quem pretendo casar? No entanto importa salientar que se a referida cobiça partir de um homem casado em relação a alguém que não é a sua esposa parece-me claro que aquela nunca será legitima, dai que interpretando a palavra “cobiça” desta forma é bastante relevante saber-se se Job era ou não um homem casado, realidade que deveria ter sido discriminada para não levar a conclusões erradas e levar o leitor a julgar que a cobiça é sempre negativa independente de quem a pratica.

      Existem obviamente outros significados para a palavra cobiça, tais como desejar algo que pertence a outro, e aí sim, independentemente de se ser solteiro ou casado, é algo que deve ser interdito ao crente. Numa outra tradução biblica a palavra “cobiça” mencionada no livro de Job é substituída pela expressão ” fixar o olhar”, pelo que me inclino mais para o primeiro entendimento da palavra referido no parágrafo anterior o que vem dar relevância ao estado civil de quem a pratica. Já a palavra “cobiçar” referida em S. Mateus 5:28, é substituída na tradução alternativa que referi pela palavra “olhar com más intenções”, pelo que me parece que a cobiça a que Job se refere é um sentimento diferente daquele que é referido por Jesus, este sim negativo em todos os casos e situações. Deste modo, parece-me que é legitimo afirmar que ao homem ou mulher solteira é permitido cobiçar, desde que não seja com más intenções. E sim é possível cobiçar uma mulher sem más intenções, assim como é possível eu cobiçar um automóvel e querê-lo para mim sem que tal signifique pecado.

      p.s. não se trata aqui de ver quem tem razão, ou quem é mais eloquente; o que me parece salutar e eu incentivo, é o espírito crítico que deverá existir em cada cristão sempre que nos deparamos com as palavras escritas e/ou faladas por aqueles que reconhecemos como homens de Deus. A única verdade indiscutível é a palavra de Deus e o Espírito de Deus que connosco habita e que fala aos nossos corações, o homem, mesmo o servo de Deus, é falível, comete erros e pode induzir em erro mesmo estando de boa fé.

    3. Max Evangelista C. Almeida Diz

      Meu caro patrício, o tempo de Jó havia poligamia( amenos que a sociedade em que ele estava inserido fosse monogâmica). Vi em outras fontes que essa donzela poderia ser uma deusa da fertilidade. Isso dá razão o texto do Thiago e, muito remoto, ao seu. O meu caro está certíssimo em dizer que ninguem iria casar sem ao menos desejar a pessoa amada. 

      Talvez o autor do artigo não tenha percebido algumas passagens dos Cantares em que a Sulamita lamenta não ter um relacionamento mais íntimo. Mas acho exagerado levar a atração sexual, visando casamento, como pecado.

    4. Lu Aparecida Diz

      Tomás, concordo plenamente com o que você diz sobre o casamento. Passo por situação semelhante ao do nosso amigo, porém já fui casada, o que dificulta mais ainda o “me conter” , pois meu namorado também já teve outro relacionamento matrimonial. Porém, o que acontece: faz apenas 2 meses que estamos namorando… Por conta disso devo me casar, para não correr o risco de “não aguentar” ????
      Não estou segura quanto a isso. E o resto? E minha vida? E a nossa convivência? Será que vai ser sustentada pelo sexo?
      Acho que deve ser muito mais condenável você se casar com uma pessoa somente para ter relação sexual com ela.

    5. anonimo Diz

      Lu Aparecida, 02 meses não tem como saber se vai dar certo ou não!!! Se o primeiro casamento não deu certo, onde esta o erro? o que você aprendeu com isso? o que vc esta fazendo para que não aconteça de novo? São as primeiras perguntas que vc tem que fazer a vc mesma! Olha, você é capaz de aguentar sim, se vc conhece a palavra e sabe o peso da mão de Deus para quem os trai, vc tem condições de suportar a tentação!!! Cuidado, busque de Deus, casamento é uma vez só, imagine, se vc casa com um namorado de 02 meses, depois separa, aí vem os anos, inicia o mesmo ciclo, namora e casa… Qtos corpos vc formará??? Se na palavra, fala que dois se formarão em um só!!! Se pegarmos dois copos com a metade de agua e colocarmos tudo em um só copo, teremos um copo cheio de agua, vc conseguirá separar as mesmas moléculas de agua, as quais estavam separadas antes??? Nosso corpo perante Deus é assim, um homem e uma mulher, qdo um possui o outro no matrimônio, é como se fosse um só!!! Resista a tentação que ela fugirá de ti! Amada Lú Aparecida, fique na paz do Senhor Jesus Cristo!

  12. Moisés Pacheco Diz

    Achei muito bom esse tema sendo abordado pelo VE, muitos comentários interessantes.
    Que tenhamos sempre em mente sobre a total importância de priorizar o que, de fato, tem que ser priorizado, ou seja busquemos sempre ser extremamentes zelosos no comprimento dos santos ensinos da Palavra de Deus.

    ”Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?” (Jeremias 17:9).

    Ao tratar desse tema cuidadosamente, também é necessário destacar alguns pontos:
    1. Não se basiar em justiça própria;
    2. Não tentar enganar a si próprio e achar que de alguma maneira pode enganar a Deus.
    3. Santidade ao SENHOR!

    1. Quando tentamos agir de acordo com nossa própria justiça, caimos no erro de estar nos opondo a tudo que a palavra claramente nos ensima, ou seja, o que é certo… é certo, e o que é errado… é errado, não há meio termo.

    2. O que muitas vezes acontece, é que por vergonha, orgulho ou não querer estar livre desse pecado ou até mesmo ”achar” que não tem nada demais, acobertar o pecado é a solução. Sabemos que aos homens as coisas podem ficar em oculto , mas para Deus isso não é possível, Deus é soberano e sabe de absolutamente todas as coisas.
    Achar que pode tentar enganar a si próprio é um terrível engano, quanto mais a Deus.

    3. Vida de santidade, tem que ser o empenho de todo cristão genuíno, ”… e a santificação, sem a qual ninguém verá o SENHOR”.

    Quiz colocar esses pontos,mas tendo em mente que tudo que aqui foi explanado pelos irmãos foi claro e de grande avalia, Honra e Glória somente a Cristo!

    Abraços.

  13. Matheus Carlos Diz

    Bom, gostei do artigo, e concordo. De fato não há um modelo ideal como se foi dito ai, mas devemos ver que existi um principio biblico que precisa ser aplicado tbm, que é o temor do Senhor. O temor do Senhor é nada mais que vc respeitar, reverenciar e reconhecer a soberania de DEUS na sua vida. Bom, se vc’s se interessarem, vc’s podem buscar mais estudos a respeito do que é a relação sexual diante de DEUS, e vão ver que para DEUS a relação sexual é um ato de adoração a ELE tbm, tão legitimo como vc cantar um louvor a ele. Com relação aos toques, é uma questão não só de respeito a DEUS mas tbm a sua namorado ou namorado. Uma das coisa que satanas gosta de fazer é cauterizar nossa mente. Ele fica dizendo que aquilo é normal, já que vc’s são jovens, que vc’s se amam. E concordo com o lance de que se vc não tem controle, e se um beijo já deixa vc todo abrasado então adote a corte, seja aberto com seu namorado ou namorada, seja transparente.

  14. Romulo Diz

    E se eu nunca me casar? eu vou ter que morrer virgem?
    e eu não entendi uma coisa também: se até o fato de cobiçar uma moça ja é adulterio, como eu posso conseguir me casar? (já que pra me casar, eu tenho que cobiçar a pessoa com a qual eu vou estar me casando)

    1. Yago Martins Diz

      Se você nunca se casar, você vai morrer virgem. Se não consegue manter-se puro, é bom que se case. Honrar a Cristo é muito mais prazeroso que todo o sexo do mundo.

      Sobre a cobiça, você não precisa alimentar pensamentos impuros com a moça que você pretende casar para ser atraído por ela. Cobiçar é diferente de sentir atração.

      Grande abraço.

    2. Felipe Diz

      O pecado tras um mal estar, tremendo, na minha vida e abstinencia sexual involuntaria me deixa com vontade de me excluir da sociedade, se afastar de todos e me fechar nos meus proprios pensamentos.Parece que alguns tem facilidade para lidar com isso e outros nao!
      A paz do senhor Jesus para os irmaos(a)…

  15. Romulo Diz

    Então tem duas soluções: ou casa, ou se abrasa, mas oque significa abrasar-se? significa “aguentar”?

    1. Bruno Diz

      Então Abraçar siginifica Ficar exitado, então quando os namorados se tocam eles estão sujeito a ser exitado palo contado do corpo, por isso que no livro de Corintios o Apostolo Paulo fala: 1 Corintios 7:1.2 Ora, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher;

      Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido. Então nos devemos tocar em uma mulher ou em um Homem so quando nos estivermos casados!

  16. Alexandre Diz

    Não li todas as respostas, mas o meu pensamento é bem simples: o ato de beijar faz parte do sexo, então, beijos somente depois de casado. O ideal é que se casem o mais rapido possível.

    1. samuk Diz

      XD… >.< O ideal é se amar

  17. Fábio Diz

    Olá queria saber a opinião dos irmãos a respeito do assunto a seguir.

    Em alguns momentos me pego a pensar em alguem que me despertou algo diferente, alguem que vi que tem alguns requisitos basicos para um namoro. e as vezes chego a conclusão que seria uma boa escolha ou melhor um bom relacionamento. E desejo ter um relacionamento com essa pessoa mas algo justo diante de DEUS sem pecado.

    e gostaria de saber se algo como esse pensamento é pecado??

    Desde já agradeço

  18. Pedro Henrique de Oliveira Diz

    Prezados, gostaria que alguém me explicasse o conceito de prostituição, pois é aonde reside uma dúvida sobre o assunto. Uma pessoa que namora com a intenção de casar prostitui-se? Gostaria que me tirasse essa dúvida.

    1. Att. Diz

      Tenho a mesma dúvida.
      Por mais que esteja extremamente claro, “casem-se e não abrasem-se”, todos sabemos que não é tão simples assim. Na maioria dos casos (como o meu) falta grana e sobra vontade.
      Namoro a 3 anos, e, por mais que ainda não tenhamos caído em tentação sexual explícita, já rolaram alguns toques. No começo era o fim do mundo, meses longe um do outro, agora quase que nem achamos errado… Honestamente, não sei o que fazer.
      Opinião minha: creio que tudo isso de sexo só dentro do casamento seja para se certificar que você só o faça com uma pessoa – aquela que Deus escolheu para você. Se, em todo esse tempo, jurei amparar minha amada, estive com ela, foram criados laços de companheirismo, porque é que um anel no dedo tem tanta importância?Amigado em Deus casado é?
      Penso que o casamento é o melhor modo de certificar, e mostrar a sociedade, que você tem um compromisso e é responsável por ele. Mas é reamente o único meio? Sendo que no fim, casamento não é nada mais do que uma convenção social.
      Pretendo casar, obviamente, mas não sei quando vai dar. E por isso que já não acho errado esses toques. Trato minha namorada como minha esposa, e é somente esse pesinho na consciência, além da vontade de manter-me puro até o matrimônio, que me impede de levar o sexo em si além.
      Se vocês acham “só nos vemos no fim-de-semana, é muita tentação”, imagine no meu caso, que convivo diariamente com isso. Se não fossemos fortes, já poderia ter acontecido há muito tempo. Porém, como disse, não somos ”santos”, e algumas coisas já aconteceram…
      Fica aí meu comentário.

    2. Vini Diz

      Att.

      A recomendação bíblica é “deixará o homem pai e mãe e …”

    3. Augusto Schossler Soares Diz

      Olá Vinicius,

      Esse assunto realmente rende alguns comentários! Não estou querendo contradizer a Bíblia ou arranjar alguma desculpa, porém lhe pergunto:
      – Se eu continuar a morar com meus pais, inclusive dependendo financeiramente deles, porém me casar com a minha noiva, eu não estaria indo contra o padrão bíblico?

      – Se eu e a minha noiva “deixarmos” os nossos pais e não nos casarmos, porém estaríamos cumprindo o padrão bíblico, seria isso pecado?

      – E a última é: tendo eu um relacionamento estável com minha noiva, de uns 3 anos, o que mudaria o papel assinado pelo juiz de paz para Deus, no caso do casamento civil?Peço a compreensão dos amigos, por mais tolas que sejam minhas perguntas, mas busco amparo bíblico para essas dúvidas! Convenhamos que nos tempos de Isaque o casamento era uma coisa, mas hoje em dia o cara tem que terminar os estudos, arranjar um bom emprego, juntar dinheiro, ter uma situação financeira estável e lá pelos 30 anos se casar… E até os 30, haja domínio próprio! Os amigos poderiam me ajudar com as minhas dúvidas? Paz do Senhor! Grande abraço! Parabéns pelo site!

    4. Brajoao Diz

      – Sobre a primeira pergunta, acredito que quando você morar na mesma casa que os pais não significa que você não os deixou: Você agora tem uma esposa e não depende deles. Agora acho meio estranho se casar dependendo dos pais… Os pais desta pessoa devem ser muito infelizes…

      – Sobre a segunda, como descendentes dos reformadores, e não alegorizamos a Palavra de Deus e interpretamos literalmente e aceitamos as autoridades constituídas por Deus – Romanos 13. Se para o governo só é valido se o casal forem civilmente casados, para poder desfrutar de alguns direitos do casal, assim também é a igreja.

      Claro, que a união em Deus está acima de toda constituição, mas imagine um casal de namorados que querem morar juntos mas não querem casar, como se chama este pecado? – 1 Corintios 5 (Leia).

    5. Augusto Schossler Soares Diz


      Os pais desta pessoa devem ser muito infelizes…”

      Olá,

      E se forem os meus pais? Convenhamos que seu acréscimo foi infeliz e desnecessário! Ainda devem se perguntar o porque existe jovens bêbados e drogados pelas ruas. O cidadão lança uma duvida no site e vem um me dizendo que “buscar amparo com a consciência em pecado é difícil” e vem você opinar sobre a felicidade dos pais…

      Eu só peço a gentileza para que tome mais cuidado! São esses pequenos detalhes que fazem alguém voltar ao caminho tortuoso.

      A paz…

    6. Veja bem Diz

      Buscar amparo quando nossa consciência é indutiva ao pecado é difícil. Enquanto não entendermos a Gloria de Deus não iremos a canto algum. Quando Deus criou a mulher era para esta junto com o homem refletirem a imagem de Deus. Quando Deus diz que a mulher seria auxiliadora idônea, o termo original denota reflexo. Assim sendo, o namoro e noivado devem necessariamente refletirem a imagem de Cristo. Somos a noiva dele. Romanos 8:29 diz que devemos ser Sua imagem. Agira a pergunta: se eu tenho contato físico no namoro ou noivado ou até mesmo casado, é para meu prazer, mas Deus deve ser glorificado em tudo que fazemos. Mesmo casado, posso colocar o sexo num patamar maior que Deus, logo, meu coração segue meus desejos, logo peco mesmo casado.

    7. Veja bem Diz

      Contato físico no namoro e noivado não cabe. Somente casado. Tocar partes intimas quando solteiro e até mesmo o sexo são adultério, Jesus nos alerta isso mesmo sendo pensamento. Os nossos mais profundos desejos são nossos ídolos. A questão é que a pornografia escraviza e destrói sua comunhão co Deus e te faz ser egoísta. Contatos físicos não glorificam a Deus antes do casamento, e este só existe quando fazemos os votos. Sou casado há 11 anos e acredite, busque as Escrituras não para responder suas perguntas quando nosso coração não está buscando arrependimento. Se não nos arrependemos mais ou se não nos incomodamos mais com o pecado hoje, talvez vc nunca o tenha deito em sua vida.

    8. Augusto Schossler Soares Diz

      ” Buscar amparo quando nossa consciência é indutiva ao pecado é difícil. ”
      Olá,

      No mínimo você deu a entender que a minha consciência está voltada para o pecado. Você não precisa nem perder seu tempo respondendo a esse acréscimo, apenas cuide para que neófitos não se decepcionem com palavras duras. Jesus exortava com amor e se perguntei é porque tinha dúvidas quanto ao amparo bíblico e não quanto a minha consciência…

      A paz…

    9. Seminaristadovalle Diz

      Pois bem meu amigo, você já considera sua namorada como esposa e não ve nenhum problema de toca-la, pois a seus olhos de pecado acha-se na condição de esposo.

      então pergunto se sua namorada ouvocê deixasse este mundo que conta você ou ela dará  uma vez que você ou ela não recebeu a benção matrimonial, ou seja, você com certeza teria um próximo relacionamento, certo? isso não seria Pecado ou entraria na questão do nada haver?

    10. Max Evangelista C. Almeida Diz

      Me corrijam se estiver errado.

      Como o mestre uma vez falou ”deixará o homem seu pai e sua mãe e juntará a sua mulher”.

      Casamento, segundo o que entendi do verso, é muito mais que uma convenção social, mas, necessariamente, uma interação íntima entre homem e mulher. Dizer que o casamento começa após do sim é reduzir o seu significado mais belo. O casamento começa do sexo. Se após o sexo eles se separam para procurarem outros parceiro, aí o que eles fizeram constituem em pecado. Mas voltando ao versículo que citei, os sujeito tem que procurem seu rumo.

      Acredito que sexo com a pessoa amada  antes do casamento não seja pecado desde que  sujeitos assumam formalmente suas responsabilidade.

  19. Thiago Mattos Diz

    Putz!!!

    Cara! Nessa o Yago se superou! Usar Ez 23:2,3 pra dizer que “toques” nos seios da namorada é pecado, é muita “exejegue”. Tá loco!

    Depois vem dizer que está tudo fundamentado na Bíblia…
    Ah meu Deus do céu!

    1. Yago Martins Diz

      Belo argumento!

    2. Thiago Mattos Diz

      Quando eu tiver um tempinho te mostro o quanto tua interpretação está errada.

    3. Yago Martins Diz

      Se seus argumentos forem tão bíblicos e lógicos como no texto do namoro, nem precisa responder. Considere-se o vencedor e economize seu tempo.

    4. Higor Crisostomo Diz

      Graça e Paz Yago e Thiago, realmente a contextualização do texto de Ezequiel foi “forçada” o texto não diz diretamente que tocar os seios da namorada seja prostituição.
      Com toda certeza existe outros textos no Novo Testamento que sugerem que este tipo de toque é pecado, é possível entender que a lascívia se enquadra neste ato, como também o abrasar citado nas epístolas Paulinas ou até mesmo quando Jesus diz que , ” Ao olhar e desejar uma mulher cometemos adultério”, pois é impossível tocar uma parte feminina que trás tanto prazer e não desejar ela por completo.
      Quem consegue tal façanha “será louvado”  rs

      Parabéns pelo texto Yago, e Thiago se você realmente se considera cristão é imprescindível que suas correções sejam colocadas com amor, se você ultrapassar a linha do admoestar por amor entenda que está chamada pode ser tudo menos um posicionamento bíblico.

      Por favor não entende isso como pessoal, eu já cometi diversos erros neste contexto e me policio para não retornar aos delitos.

      Fiquem na paz!

      E que toda correção não glorifique ao homem, mais exalte o autor da nossa fé.

    5. Valdinei Adriano Diz

      pelo amor de DEUS irmão vai se converte não importa se esta certo ou errado a quetão em si e a forma que foi abordado o tema gostei muito

  20. Thiago Mattos Diz

    Yago,

    Sobre sua interpretação de Ez 23:2,3. Por que ela está totalmente equivocada?

    1. Por que você desconsiderou o contexto literário em que ela está inserida. Você pegou uma passagem isolada e incompleta;

    2. Por que ela é uma analogia sobre a idolatria das cidades Samaria e Jerusalém. Não fala sobre prostituição sexual, fala de idolatria;

    3. E mesmo que não fosse uma analogia, os versículos seguintes vão mostrar mais características dessa prostituição, além dos “toques nos seios” (portanto esse não é ponto principal);

    4. E agora considerando que, mesmo que se tratasse de uma história sobre prostituição sexual e, ainda assim considerando que “toque nos seios” é o ponto essencial para definir uma prostituição, ainda assim não está errado dizer que isso é bem diferente de uma relação de namoro? Tornar-se prostituta no Egito onde os homens acariciam os seus seios não é bem diferente de ter os seios acariciados pelo homem que ama?

    Como vê, sua interpretação está do início ao fim equivocada. Mesmo fazendo algumas concessões ela não se sustenta. A própria Bíblia explica a sua analogia e determina o seu ensino. O que você está fazendo é, novamente, incutir no texto uma ideia sua, e não um ensinamento bíblico.

    Se esses não forem argumentos razoáveis e bíblicos pra você, então prove pela Bíblia que estou errado.

    1. Yago Martins Diz

      Você finalmente escreveu algo que faz sentido. Agora dá gosto responder! Mas eu discordo de suas considerações:

      1. Não ignorei não, eu só achei que isso não mudaria em nada a aplicação do texto e me abstive de comentar sobre.

      2. Sim, é uma analogia; mas isso não muda em nada o que Deus diz. Ele está descrevendo a idolatria das cidades usando a prostituição como meio para explicar o caso. As considerações que Deus faz sobre pecado sexual continuam verdadeiras, mesmo que seja ilustrações – ora, Ele não vai usar conceitos errados sobre sexualidade como ilustração, vai?

      3. Ainda que ou pontos desta prostituição apareçam no texto, Deus chama sim bastante atenção para os toques nos seios: “Estas se prostituíram no Egito; prostituíram-se na sua mocidade; ali foram apertados os seus seios, e ali foram apalpados os seios da sua virgindade” (verso 3). “E as suas prostituições, que trouxe do Egito, não as deixou; porque com ela se deitaram na sua mocidade, e eles apalparam os seios da sua virgindade, e derramaram sobre ela a sua impudicícia” (verso 8). “Assim trouxeste à memória a perversidade da tua mocidade, quando os do Egito apalpavam os teus seios…” (verso 21).

      4. Me parece muito evidente que ter os seis apalpados, em Ez 23, fazia parte do ato de prostituição, como os homens terem descoberto “suas vergonhas” e “derramado algo imundo” sobre elas. Acho que esta é a leitura natural do texto: ter os seios apalpados é prostituição (e por quê? Por que aquele homem não é seu esposo!). Se este não é um modo correto de ler o texto, me mostre qual é.

      Enquanto você comentar de modo educado, estou aqui para responder.

      Abraços.

    2. Thiago Mattos Diz

      1. Se você tivesse considerado a alegoria, veria que o profeta não está preocupado em conceituar um pecado de prostituição sexual. Você perceberia que acariciar os seios de uma virgem significa o assédio da idolatria, a tentação da idolatria que Israel sofreu no Egito (quando ainda estava se formando o povo). Idolatria a qual se entregou e se corrompeu desde a sua mocidade.

      2. O profeta usa expressões condicionadas a uma situação bem diferente da qual você a aplicou (o que namoro tem a ver com isso?), e o fez dentro de um contexto cultural específico. O povo hebreu era um povo sensual e uma noite de sexo era o mesmo que uma noitada entre seios. Você acha certo distorcer a mensagem do texto, em que o profeta denuncia o pecado de idolatria historicamente presente na nação de Israel desde o seu início, para usar essa ilustração como uma regra moral absoluta sobre prostituição sexual, num contexto bem diferente do qual ele foi usado?

      3. O ponto principal da prostituição do povo que o profeta ressalta é que a nação de Israel não deixou a prática da idolatria que teve início no Egito (onde seus seios foram apalpados – leia-se – onde a idolatria do Egito os seduziu).

      4. Ter os seios apalpados não faz parte do ato de prostituição, e sim da sedução para a idolatria (as mulheres sabem bem o que uma “pegadinha” no seio pode provocar – é sedução). Israel foi tentado no Egito e cedeu. Idolatria constitui prostituição e adultério (duas figuras de linguagem muito usadas para descrever o pecado de Israel) justamente por que Israel é casada com o Senhor (essa é a metáfora da aliança de Deus com o seu povo). Israel se deitou com seus amantes (adorou outros os deuses) e por isso é descrita como adúltera e prostituta, nesse texto, a partir do exemplo das duas cidades, Samaria e Jerusalém.
      O que isso tem a ver com uma relação de namoro? Num namoro ninguém é casado (teoricamente), nem tem alinça (compromisso e fidelidade) com ninguém, a não ser (como deveria ser) com o próprio parceiro na relação de namoro.

      Esta é a maneira correta de ler um texto bíblico, considerando o estilo literário, o contexto histórico e não subjugando-o à cultura moral-religiosa (no seu caso) em que se está inserido. Portanto, como vê, você deveria tomar mais cuidado na sua leitura da Bíblia. Pois concluir de forma absoluta que “toque no seio da namorada” (uma regrinha moral) é pecado, através da leitura de um texto que não se propõe a esse tipo de situação, é muita insensatez! Cuidado, você está distorcendo aquilo que o Espírito da Escritura se preopõe a ensinar!

      Este tipo de aplicação que fizestes (além de não ter embasamento bíblico nenhum) é típico cabresteante e infantilizante, que dispensa a reflexão ética e que vê pecado no ato em si, desconsiderando todas as outras implicações.

    3. Yago Martins Diz

      Velho, pra mim, você não respondeu nada. E eu não tenho tempo pra debater intermináveis. Para mim, fim de papo. Que os leitores leiam tudo e tirem suas conclusões.

      Abraços (e até o próximo texto meu que você tiver vontade de mostrar como minhas interpretações são legalístas e cabresteantes).

    4. Thiago Mattos Diz

      ai ai ai…

      Desculpa aí, mas você tem muita coisa pra aprender…
      Acho que você deveria levar a sério aquilo que você mesmo já disse de si próprio – você não passa de uma criança, nem deveria estar dando conselhos nessa área.

      Maturidade e discernimento pra ti Yago!

      (e graça de Deus para aqueles que ouvem esses teus desconselhos).

    5. Carlos Diz

      Judgement detected.

    6. anonimo Diz

      Thiago, cresce meu filho! Você não entende, que muita das vezes, Deus mostra para alguns dos seus filhos um modo diferente para tirar os filhos de D’ele das mãos do adversário! Se a explicativa do Yago, consegue tirar alguém do pecado, foi pela inspiração do Espírito Santo! Quantas pregações a gente já ouviu ” O Senhor é meu Pastor e nada me faltará…” e quantas foram as pregações diferentes,mas sempre com a exortação do pastor, para tirar suas ovelhas do pecado! As vezes a interpretação pode estar equivocada, de acordo com o seu pensamento, mas… o efeito que ela produzirá, dará disernição a muitos de nossos irmaozinhos! Você Thiago é uma pessoa sábia, porém, temos que ver o efeito que suas palavras podem causar na igreja!!! Amado Thiago, fique na paz do Senhor Jesus Cristo!

    7. fontes Diz

      thiago eu concordo com vc,não só concernente a Ez 23:2,3, cara na verdade tudo o que está dito neste texto é baboseira de versiculos sem contexto,a pessoa que escreveu o texto é mais um daqueles fariseus julgadores da vida alheia.chamar masturbação de prostituição que piada,como pode se prostituir consigo mesmo,masturbação não é licito diante de Deus,mas daí julgar com prostituição,é tipico de farisaismo.

  21. Rogério Diz

    Por que o sexo é visto como algo pecaminoso, sendo que Jesus disse que não é o que entra, mas sim o que sai do coração que contamina o homem?

    1. Vini Diz

      O sexo não é visto como algo pecaminoso. E sim o sexo fora do contexto em que Deus ordenou o sexo: o casamento.

  22. Gleici paiva Diz

    Muito fera esse estudo,vamos emprega-lo no nosso retiro para jovens.

  23. Will Diz

    Olá,
    Será que vocês podem postar um artigo sobre polução noturna? Seria de grande utilidade pra mim, e pra muitos outros que gostariam de saber mais sobre o assunto!
    Obrigado

  24. vandressa Diz

    Muito bom…….

  25. Benjamim Diz

    Ao autor do texto:
    muito bom, e é perceptivel o temor ao Senhor em sua vida.todos nós teremos erros e acertos durante nossa vida, porém o desejo de fazer o que é certo é o que Deus vai julgar.Concordo com seu ponto de vista, mantenha-se assim, e aguarde a bençao que vira dos céus em sua vida. como diz em gálatas, que “agrado eu a homens?então nao estarei agradando à Deus”….

  26. Rogério Vieira Diz

    Yago, vc é calvinista,como harmonizar sua luta contra o erro e ,vc falou numa entrevista que se a pessoa escolhesse aquela atitude iria para o inferno,com a questão da soberania de de Deus no modo molinista,adoro este site,mas me incomoda muito o calvinismo,apesar de respeitar,se eu sou salvo por Deus,e não há como me perder,porque me preocupar com o que fazer ou crer,se Deus já decidiu a minha salvação? Minha pergunta não é provocativa quero apenas elucidar este assunto,se eu masturbo,mas sou salvo,porque me preocupar,e se eu sou um perdido porque me preocupar com isso,se masturbando ou não serei um perdido.Por favor me esclareça,gosto muito dos calvinistas ,mas não concordo com a predestinação,vcs são zelosos pelo menos no que falam e pregam.

    1. Lujefa Diz

      É muito simples meu caro. Efésios diz que fomos eleitos para sermos santos. Logo não tem como alguém verdadeiramente salvo viver sem se preocupar com tal pecado. 

    2. Seminaristadovalle Diz

      Prezado, dentro da linha calvinista existe 5 pontos a serem analisado dentre eles a PERSEVERANÇA DOS SANTOS, Na qual quando DEUS nos escolhe estaremos condicionados a fazer o bem, ou seja, você não estrá satisfeito com o pecado e nem viverá com ele ( pecado) na sua vida.
      Portanto se a doutrina da perseverança não fosse verdadeira, então, se acaso você
      se visse na glória, a glória teria que vir a você por ter-se empenhado
      em permanecer firme e seguro. Você, como muitos outros, receberam a
      mesma dádiva da salvação; os outros, tolamente, não se agarram a ela,
      mas você se agarrou e continua assim. Portanto, a glória vem a você por
      seu empenho em segurar-se à benção da salvação. Entretanto isso é uma
      completa contradição do ensino das Escrituras, de capa a capa. Não há
      quem possa gabar-se quanto a esta questão. “Aquele que se gloria,
      glorie-se no Senhor”. O homem não tem coisa alguma de que se gabar. E
      quando eu e você chegarmos ao céu, perceberemos plenamente que lá
      estamos, não porque nos seguramos firmemente quando outros desistiram, e
      sim porque Ele (Deus) nos segurou, porque estamos no propósito de D’Ele e
      porque Ele nos guardou, apesar de nós mesmos, da nossa fraqueza e da
      nossa tendência de seguir os nossos caprichos pessoais. E daremos a Ele
      todo o louvor, toda a honra e toda a glória. Veremos que esse foi o Seu
      glorioso plano do princípio ao fim, e adoraremos o Cordeiro, o Filho de
      Deus, que realizou tudo isso. A Ele cabe toda a glória. A salvação é um
      feito inteiramente Seu, e o louvor e a glória são devidos a Ele, e
      somente a Ele.

  27. Mateus Diz

    Olha vou falar uma coisa ta tendo muito bla bla bla e o que foi explicado esta sendo esquecido, porem agora a palavra de Deus passou a ser criticada? Sexo fora do casamento, masturbação,fornicação ficar de aguarra com namoradas, indeciencias, tudo fora do contexto do bom testemunho que devemos dar é pecado, a biblia fala que devemos (Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto,
    tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é
    de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

    Filipenses 4:8) então o texto aqui é pra ajudar e luz da biblia a pessoas que precisam ao inves de voces ficarem discutindo teorias e bla bla bla…. este texto sim esclareceu muitas coisas não importa como e acho que alguns ai com todo pampeiro que chega ate considerar uma heresias o que Yago disse, aprendam servir a Deus é sacrificar nossa vida, e nao apostar por ideias e tornar o pecado leve ou incobri-lo. FIQUEM TODOS COM DEUS falem menos e procurem ajudar mais as coisas aqui deste Blog é pra ajudar quem precisa nao pra ficar aplicando teologia!

  28. Willian Diz

    Acredito que sexo antes do casamento só atrapalha e te distancia de ter um casamento saudável, com amor, carinho e respeito que é o que Deus quer. Quando você se relaciona com uma pessoa você deixa nela tudo que tem em você e ela deposita em você o que há nela. Se isso se torna constante, cada vez mais as pessoas vão se sobrecarregando de mágoas, sentimentos, ás vezes ruins, e quando encontrar a pessoa certa que pretende casar-se, não vai dar certo, pois tudo isso que estava em você e no conjugue talvez, vai passar um para o outro, e o seu casamento vai se estruturar em sentimentos negativos, mágoas e erros passados.

    No caso da masturbação, isso não acontece, mesmo que seja algo parecido com o sexo em si, e havendo pensamentos pornográficos, você não vai estar se ferindo, não se sobrecarregará de sentimentos alheios, e quando encontrar uma pessoa que acredita ser a melhor pra você, por si mesmo você vai parar de fazer isso, até porque, se você realmente gosta dela, não vai querer ter pensamentos pornográficos com outras pessoas enquanto pratica a masturbação, sendo que tem uma pessoa maravilhosa ao seus olhos, que você pode tê-la quando quiser após o casamento, e também ao meu ver, se vai esperar o casamento, não tem porque pensar nela nesses momentos e nem praticar, porque o legal disso tudo é deixar as coisas acontecerem, se surpreender e aproveitar o momento toda vez que estiver com a esposa(o).

    Quanto a pornografia, acho impossivel nos dias de hoje, evitar isso, a não ser que você viva isolado do mundo, você vai pensar em sexo, vai vivenciar algumas coisas relacionadas. Mas vai caber a você se vai considerar isso, firmar isso na mente e buscar isso, ou simplesmente ignorar e seguir pra frente. Caso você conviva demais com isso, busque a Deus, ore, peça pra que Ele te dê forças que você vai conseguir.

    Uma coisa que as pessoas tem que atrapalham e muito a vida é o medo de errar, as pessoas erram o tempo todo e isso não significa que elas estão pecando, o pecado é quando você erra mesmo tendo a possibilidade de evitá-lo, isso inclui o sexo e mastarbução. Mas errar é bonito as vezes, é humano, você aprende muito mais do que se levar uma vida regrada, as vezes é preciso errar. O importante e conversar com Deus e pedir a Ele te ajude a ter sabedoria e inteligencia pra fazer desses erros, novas possibilidades na sua vida, uma forma de se tornar cada vez melhor e feliz.

    Então, independente da religião, simplesmente viva, erre, mas se apegue em Deus, busque nele ser melhor cada vez mais, esse é o legal da vida, crescer e ser melhor. Quando você quer ser certo demais desde cedo, isso não acontece, é preciso errar um pouco pra ter sentido a vida, pra poder melhorar, pra poder acertar e crescer. Peça perdão se faz algo errado, é algo tão lindo, e com certeza Deus gosta disso.

    Resumindo tudo: Não tenha medo de errar, simplesmente viva e busque ser o melhor cada vez mais. Se apegue em Deus que ele vai te mostrando o que é certo, mas isso só ocorre, depois que você erra.

  29. David Akira Diz

    É, então vai levando tudo na brincadeira e continua tocando nos seios de sua namorada e quando vc morrer vc prestará conta ao Senhor!!! Pensa que o evangelho é palhaçada???

  30. Ramon Diz

    No nome do site é Voltemos so Evangelho….. mas vocês estão iguais a todas igrejas e tentando “empurrar” a religião nelas e esquecendo do princípio básico, voltar ao evangelho puro e simples.

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Engano seu. Estamos tentando voltar ao evangelho puro e que traz pureza sexual, assim como Paulo:

      Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da prostituição; (1 Tessalonicenses 4:3)

  31. Bruno Duarte Diz

    Só acho que as pessoas hoje em dia estão respeitando cada vez menos o direito de opina sobre determinado assunto. Entendam, por favor, que o que foi descrito pelo o irmão Yago foi um ponto de vista dele sobre Ezequiel 23. Cabe a cada um concordar ou não. O que precisamos entender é que, o princípio básico é glorificar e honrar a Deus. Se em uma relação sexual existe como glorificar e honrar a Deus esta não será pecado. Não temos que ficar discutindo questões exegéticas e hermenêuticas. Temos que ter mais união e pararmos de discutir por tão pouco. E tem mais, se você praticou ou pratica sexo antes ou fora do casamento ainda há tempo para se arrepender e buscar a santificação para herdar o reino de Deus. Que a paz do Senhor esteja com todos.

  32. Luk Diz

    gostei muito do artigo, a questao thiago é que vc parece tao cego que tenta argumentar sobre algo obvio, voce consegue se imaginar acariciando sua namorada fora do casamento e Deus abençoando isso? faça-me o favor, é so ler um pouco as escrituras e ver que elas condenam a sensualidade e a lascivia, da uma lidinha na biblia e para de perder tempo com argumentos inuteis

  33. D Diz

    De onde prostituição significa relação sexual antes do casamento?

  34. Wveliton Sousa Diz

    A Paz de Deus amados. Sou jovem, tenho 17 anos, não sei nem porque estarei comentando aqui entre tantos comentáros bons, e de explicativas ótimas, mas queridos, tenho fé, que uma vez dada por Deus, o inimigo da nossa alma não abalará. Vou deixar só um resumo da minha “história” com minha namorada, e deixar minha opinião também. Minha namorada e eu, obiviamente somos da mesma doutrina, e somos muito jovens, ainda não temos conhecimento de tudo na nossa vida, e em relação a isso, não desejamos conhecer nada além do Amor de Deus na nossa vida. Moramos a, mais ou menos 434 km londe um do outro, e agradeço a Deus por ter conhecido ela, Quando estamos juntos, oramos, conversamos, rimos, entre outras coisas, e claro, ficamos a sós também, mas se existe promessa de Deus entre o casal, porque sederíamos ao pecado, e cometer fornicação? Devemos, acima de tudo, buscar e estar na presença de Deus. Pergunto a todos, alguns de vocês, conseguiram não pensar, ou como o amigo falou, “cobiçar” a sua namorada? Ou a namorada “cobiçar” o namorado? (Falo no amor, em que um tem pelo outro, sem desrespeito, sem fantasias orrentas.) Não existe isso, como a Palavra de Deus mesmo fala, em Efésios, 5: 25 – “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela.” Claro, ainda não estamos casados, mas isso é só um exemplo do que deve haver entre o casal, o AMOR, o desejo um pelo outro não é errado, não é pecado; pecado é quando os dois estão indo contra os caminhos de Deus, e o que acontece é que os dois, por não terem a presença de Deus, a Paz de Deus, o auxílio, o temor de Deus, acabam cedendo a malícia do diabo. Isso é fato! E para que vocês não achem que eu estou sendo tolo, em outra parte bíblica, I Timóteo, 5: 2 – “As mulheres idosas, como a mães; às moças, como a irmãs, em TODA A PUREZA.” De certo que na leitura completa da-se a entender mais coisas, mas distaquei ele, porque quando começamos um namoro com uma serva de Deus, ou servo, temos que agir assim, e bem-aventurado o que agi desta forma, porque Deus os dará proteção contra a carne, e se um dos dois não é assim, ai tem alguma coisa errada. Havendo Paz de Espírito, Consiência, Presença de Deus, sempre orar antes de ficarem a sós, ou forem sair juntos, isso é essêncial para que Deus os livre da condenação do pecado. Não devemos sermos tão cruéis com os argumentos, tudo se resume ao amor, Romanos, 13: 9 “… Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.” E o amor entre namorados, tem que ser o que os uni de verdade, quando a somente o desejo, o homem, ou mulher, moço ou moça, está sendendo a concupisciência, esta sendo impuro, tolo, envergonhando-se, sendo imoral. Devemos ser puros na mente, e no coração. Se Deus já separou uma moça, ou um moço, um homem, ou uma mulher para cada um de nós, o ingrediente para não pecar é: “Reconhecer que é Deus nas suas vidas, orarem juntos, sorrirem, se divertirem, conversarem sobre as coisas de Deus, servirem a Deus com todo o fervor, e Deus vos abençoará, os livrando do mal e da aparência do mesmo.” Não digo que isso é simples, mas também não é impossível. Meditem no amor de Deus, na presença do altíssimo, e as vossas vidas seram tranquilhas, porque quem vos sustentará é o Senhor, Nosso Deus. Não nos atribulemos, não nos atormentemos, porque o inimigo consegue, num piscar de olhos, nos tirar da presença de Deus, vigiai e estai sempre atentos, e, no amor de Cristo, vivam felizes, pois Deus ama cada um de nós, e se reconhecermos que somos fracos, e Ele é forte, a força de Deus estará sobre nós. O Melhor da vida está em morrer e nascer para Cristo. Só mais uma coisa, a bíblia nos ensina a nos santifcar, ai fica a pergunta, estarmos a sós com nossas pretendidas, ou pretendentes, nos tiraria da presença de Deus, da sua comunhão? Pois é, foi o que eu disse, em tudo, oreis antes de fazer qualquer coisa, porque o Espírito que está em vós, é Santo, e Ele precisa sempre estar nos planos, porque no momento que Ele é esquecido, a mente se corrompe, e o pecado toma o corpo da pessoa, e o Espírito se envergonha. E por favor, não pense que eu estou induzindo ao abrasamento não, ficar a só, se acaríciar, demonstrar afeto e, acima de tudo, demosntrar o Seu Amor, não é errado, não é pecado. O que é errado é o mesmo fazer, e ultrapassar o limite, fazer com moderação, autocontrole, e digo, isso é possível, porque foi Deus quem nos criou, foi Ele que criou esses desejos que há em nós, porém não sejamos tolos, e não façamos os que os escarnecedores fazem, se entregam por completo a carne, e se sujam mais e mais. O amor de Deus está em nós, então amemos, mas com responsabilidade. Se por causa da carne vocês se acham fracos, já estão se maltratanto, orem a Deus, “Meu Deus, estabeleça meus pensamentos.” Se vocês, se nós não recorremos a proteção de Deus, nós mesmo nos destruiremos. O pecado está na carne, está na mente, mas desde que a carne e a mente estejam impuros; mas, mantendo a mente ligada ao amor de Deus, não temeremos ao pecado. A respeito do que eu falei sobre, se acaríciar, demonstrar afeto e, acima de tudo, demonstrar o Seu Amor, quero dizer que isso já é um teste para saber se o homem, ou mulher, moço, ou moça, tem boas intenções, tem respeito, carácter, porque na nossa mocidade não devemos conhecer so o lado epíritual da pessoal, devemos estar atentos para o lado carnal da pessoal também, sendo que todos nós temos os mesmos desejos, mas só que uns são mais intensos, e até pervertidos, e tem vários por ai brincando de ser crentes para derrubarem os que estão buscando coisas de Deus. De certo que Deus nos livra dessas pessoas. Mas o conhecer, em relação a namorada/namorado, também deve requerer atenção para os desejos de cada um.
    Bem, amados, não quero que pensem que estou sendo impertinente, ou querendo fugir da bíblia, estou querendo resaltar, que o amor entre o casal seja elevado a Deus, e todas as coisas que ocorrem entre eles, seja aceito por Deus. Não pensem que estou dizendo que, se os dois se amam sela certo fazer sexo antes do casamento, NÃO! É como Paulo falou, “todas as coisas me são lícitas, mas nem tudo convém.” Da vida do casal, antes do casamente, exlui-se o sexo. Os desejos são normais, mas seder jamais.
    Bem meu amados, fiquem com Deus, perdoa se eu estou errado, mas isso não é só meu ponto de vista, é também o querer de Deus para todos nós, que sejemos Alegres, e não nos entristecemos por causa da batalha do dia a dia. Tudo vem para nos tirar do amor de Cristo, mas por Ele mesmo somos guardados.
    Amem suas futuras esposas, seus futuros esposos, busquem a Deus, orem sem sessar, vivam na eperança, na fé e na caridade.
    Deus é fiel, vai cumprir tudo aquilo que nos prometeu.
    Deus está conosco, não vamos dar liberdade para o inimigo nos causar tristeza, ele é capaz de tocar na nossa carne, mas não no nosso tesouro, que se encontra no nosso coração.
    Amados, sejem tementes a DEUS, só isso!
    Um Grande Abraço a Todos, que a Graça e a Paz, da parte de Nosso Senhor Jesus Cristo, esteja com todos. Amém!

  35. Anderson Diz

    Meu querido Thiago, por seculos as gerações pecam e muinto, o que tem demais né,passar uma mãosinha aqui outra ali ,ai vc pede um perdãosinho aqui outro ali, e DEUS perdoa sempre né amigão
    pois é cuidado só com o tempo, cada vez más fica dificil conquistar novamente o perdão de DEUS
    e se não houver mais tempo, para tudo navida existe um sacrificio, e vc está a favor ou contra esse sacrificio. FIC EM PAZ E QUE DEUS T ABENÇÕE

  36. Afonso Ventura Guambe Diz

    aki esta a verdade.. irmao nao se tape com a pineira,,,..leia e evite…

  37. Leyster Dantas Diz

    Bom a parada é a seguinte, da mesma forma que Deus criou o homem para dominar, que assim seja, o homem nasceu pra dominar seu corpo a cabeça está acima do coração, sei que as vezes parece que as "pombagiras" vem com tudo pra te tirar da Fé e cair em tentação, mas Deus fala que os Covardes não entraram no Reino dos Céus, pois bem… Auto-Controle vem quando a pessoa está conectada a Deus de tal maneira que as coisas do mundo são inúteis para ela, a prostituição não tem mais graça, e dá nojo ! É difícil de fato mas se a pessoa quiser realmente ser fiel a Deus ela consegue sim… Eu falo por mim, escolhi ser como Paulo, porque pra mim, eu estando solteiro e servindo a Deus sem ter a preocupação com a "namorada" ou com a "esposa" de fato garanto a minha SALVAÇÃO, que é muuuuuuuuuito mais importante do que TUDO neste mundo ! porque a verdade é a seguinte prefiro entrar no Céu solteiro do que ir casado pro inferno

    1. Ray Santana Diz

      eu tbm concordo com vc…

  38. Ruan Veiga Diz

    Que site!!!

  39. I'm good without god Diz

    Galera, acho que entre todas as besteiras religiosas que eu já li essa é a maior, estava a procura de uma resposta do porque as religiões consideram sexo algo tão improprio e aqui encontrei a resposta e já agradeço e esclareço, sou Ateu e não sou demonio.
    agora vocês todos me deixam meio preocupado, servir a vontade de algo irreal e se privar de uma das melhores coisas do mundo, biologicamente e cientificamente provadas como algo importante para os humanos mesmo estando solteiro é demais, eu acho realmente que se esse deus existir ele fez grandes cagadas com a humanidade e bom, acho que vocês deviam parar um pouco e refletir, orar é a melhor opção? não tem algo que eu possa fazer para ajudar em vez de orar? acho que vocês todos poderiam parar de ler a biblia um aninho só e começar a pensar um pouco mais porque esse livro já não é mais adequado a nossa sociedade atual e só serve para pastores enriquecerem, padres abusarem de nossas crianças, pessoas péssimas serem vistas como boas só por crerem em deus e ateus bons serem vistos como o demonio. até mais e que Darwin, Einstein, Newton e esses genios possam ensinar algo util a vocês

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Newton tem coisas legais para ensinar: “A gravidade explica os movimentos dos planetas, mas não pode explicar quem colocou os planetas em movimento. Deus governa todas as coisas e sabe tudo que é ou que pode ser feito.” Isaac Newton

      ;D

    2. JOSE Diz

      NAO É A RELIGIAO QUE DIZ QUE SEXO É IMPROPRIO,,,E SIM DEUS !!!

    3. Marcielly Diz

      A “cagada”, quem fez foi o homem, pois Deus é perfeito, e este não foi o plano de Deus, mas Ele nos ama tanto que nos deixa livres para escolhermos o melhor para nós, já nós somos tão ignorantes e preferimos nos ferrar dia após dia. Não coloque a culpa das suas cagadas naquele que só faz te amar dia após dia. E sexo é bom e tem que ser algo santificado ao Senhor o que só pode ser depois do casamento. Acredito que se você ama a pessoa que você está com ela o que ela tem a lhe entregar é algo precioso, pois não amamos pela metade, amamos o todo.

  40. Tenso Diz

    Vou apenas colocar um caso, Imaginem que voce ganha um presente de sua namorada, e ela fala que so pode abrir depois do casamento, e que isso dure mais ou menos 2 anos no minimo.
    Quando chega determinada data depois de casado voce abre, e odeia, nao gosta de jeito nenhum e se sente mal.
    pode se colocar sexo nisso, nada pode ser comparado com muitos anos atras,

  41. Crispino Tchípia Diz

    antes casar do viver no pecado

  42. Elias Cosme Santos Diz

    muitto rico este material.pode ser util a muito jovens

  43. verdadeirosensato Diz

    Cara.. isso é merda.. se vc tem certeza q vai casar pode ir fundo sexo é o menor dos males.. é gostoso? sim porem se vc so quiser sexo va procurar puta..

  44. Estanislav Lav Diz

    bom

  45. Carlos Diz

    ApdD a todos

    !muito bom esse Blog

    me Chamo Carlos, e tenho um caso parecido com todos abaixo, tenho 22 anos e minha namorada 18, servimos a Deus, somos batizados pelo Sr Jesus, temos muitas promessas de Deus em nossas vidas, porem eu sou recem batizado, ( ela tambem ), ela ainda é virgem mas eu nao sou , Eu gostava muito de praticar atos sexuais, mas gracas a Deus hoje vivo pra Cristo!!!

    Mas fica muito dificil quando a toco, quando a beijo, quando a abraço,( ela tem um corpo perfeito ) e isso acaba deixando meu corpo com imensa vontade…., entao quase sempre acabamos por nos acariciar fortemente, e isso me deixa muito mal com a minha vida espiritual..

    Me ajudem por favor.

  46. anônima. Diz

    Bom, sempre fui da igreja e desde pequena aprendi o que era correto e o contrário. Sempre tive uma certeza de que quando fosse namorar ia ser um namoro de acordo com a Palavra de Deus. Porém, depois, quando comecei a namorar logo recebi a confirmação de Deus (até então eu tinha muitas dúvidas em relação a este relacionamento.) e continuei firme. Porém, ele mesmo estando na igreja, num passado não muito distante estava fora e experimentou coisas das quais não pretendo praticar no nosso namoro. Mas como nos vemos poucas vezes, ele estando acostumado a sempre satisfazer suas “necessidades” acabamos nos entregando, mas só as carícias. Me sentia muito mal depois de cada momento assim. Toda vez que chegava na igreja aquilo vinha em minha mente, pesando, me chateando.. Eu na primeira vez tentei parar, disse que não iria “rolar” mais, mas novamente aconteceu no próximo encontro. Hoje, depois de pedir perdão a Jesus, de me humilhar diante dEle, ja coloquei em meu coração: Se quero ter um casamento abençoado, primeiro preciso ter um namoro digno, com orações, conversas, coisas do tipo. Hoje ja me sinto mais leve, sinto que minhas orações foram ouvidas.. Minha vida espiritual com Deus eu não troco por nada!! Se eu ver que não estamos mais conseguindo ficar juntos sem essas coisas, ainda tenho dúvidas em qual atitude tomar, mas não quero continuar no pecado. Quero continuar leve.. Porém terminar com ele não consigo.. Ainda mais depois da confirmação.. Mas casar por enquanto acho muito cedo. Ja entreguei tudo nas mãos dEle. E sei que tudo se esclarecerá. Ja fiz algumas anotações em relação aos texto e mostrarei a ele o porque de pararmos com tais coisas! Creio em Deus que tudo dará certo, e se for para casarmos mesmo, sei que ele concordará comigo, por mais difícil que seja resistir..!! Deus abençoe a cada umm e que venha nos dar força :DD

  47. rafael luiz Diz

    Amados depois de ler varios dos comentarios q foram deixados aqui acabei nao aguentando a perseguiçao sofrida pelo irmao devido a uma má colocaçao dele, o que ele disse esta correto, acariciar os seus da sua namorada é errado pois se enquadra no pecado de lascivia como é relatado em galatas 5, lascivia significa atos q induzem a sexualidade, ou seja vc esta certo so usou do texto errado, mas esteja certo foi Deus quem lhe passou a mensagem, Deus corrigi a todo a q Ele ama…. Vlw pessoal e a paz do Senhor Jesus.

  48. anonimo Diz

    eu sou batizado, e me masturbei, devo ser disciplinado?

  49. Dhenyse PaixÃo Diz

    ameiii a resposta muito bom!!! verdad verdadeira….s2

  50. anônimo Diz

    Sou frequentador de uma igreja e acredita sinceramente no cristianismo. Contudo, acabei enfraquecendo em minha juventude e me viciando em masturbação e pornografia (embora não tenha saído da igreja). Nunca namorei, beijei ou transei, mas ainda peco muito nessas duas áreas citadas acima. Me sinto sujo e incapaz de fazer alguma moça feliz. Até desenvolvi interesse por algumas meninas da minha igreja, mas sequer tenho coragem de tentar falar algo com elas. Não tenho nenhuma esperança de me casar, ou seja, de acordo com Paulo minha opção é continuar abrasado e tentando evitar esses pecados. Queria ser uma pessoa assexuada, sem nenhum interesse por sexo, aposto que seria bem mais feliz. Se não soubesse que só em Cristo há salvação, acho que já teria abandonado tudo…ou me matado ou no mínimo procurado uma garota de programa. Graças a Deus por não ter feito nada disso. Mas casamento, já desisti.

    Até mais

    1. Ana Paula Oliveira Silva Diz

      Porque você Yago, sempre tão arrogante não se importou, NINGUÉM desse blog se importou em responder a esse rapaz que está desesperado e pensando em suicídio? Vocês não tem nada de cristãos, não tem nenhum amor no coração. Irmão que esta desesperado: assista ao Caio Fábio e entre no chat ao vivo do programa dele e ele te ajudará. Eu assisto os recortes do programa no youtube, portanto não me lembro agora o link certo do canal, digite Vem & Ve TV no Google que você acha. POR FAVOR, faça isso, vc, precisa de ajuda e o Caio vai saber fe ajudar, como já me ajudou também.

    2. Ana Paula Oliveira Silva Diz

      E a você Yago, envelheça uns 30 anos para poder começar a PENSAR em TALVEZ querer orientar pessoas, principalmente sobre um assunto tão sério e que tanto perturba, confunde, machuca e até pode destruir pessoas. Daqui a uns trinta anos você começa a TALVEZ CONSIDERAR a aconselhar alguém, porque algumas pessoas não evoluem e deixam de ser insensíveis e arrogantes nem no dia de sua morte.

    3. jeanine Diz

      anonima

      Anonimo, sei que não e fácil pois passo por coisas semelhantes e ate piores mas tenho vencido pela misericórdia infinita de Jesus e nao sei como vc esta hje mas so quero te dizer pra não desistir NUNCA pq e tdo que o diabo quer,ele sabe que a nossa oração e arrependimento movem o coração de Deus (“Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus.” Salmos 51-17)

      Que Deus lhe abençoe e fortaleça. A paz

  51. Malengue Salvador Diz

    Estou a lutar com isso; Deus que cuida de mim, vai remover isso de mim se eu permanecer na companhia do Espírito Santo

  52. anonima litz Diz

    Sou evangélica , estou namorando faz seis meses…
    Meu namorado acho q como a maioria dos homens ñ sabe controlar os desejos dele, o q dificulta muito por q eu nñ sou de pedra e também tenho os meus desejos só q se ele ñ me tocasse eu ñ o faria…. ñ chegamos ainda a ter nenhuma relaçao sexual mais já tive muita vontade de me entregar a ele… já aconteceu de toques nos seios e etc… mais fico me sentindo super suja diante de DEUS …. me AJUDEM!

    1. yah Diz

      Converse com ele, se for o caso de ele não entender, termine. Eu fiz isso, meu ex-namorado era do mesmo jeito e eu acabava cedendo aos toques, então conversei e não resolveu, então eu orei e perguntei ao Senhor se a melhor coisa era terminar, e apesar de saber que ia doer, eu escolhi e escolho Deus. E pode ter certeza que vale a pena!

    2. Luiz Alves Diz

      lê o comentário que coloquei.
      Acho que a moderação vai deixar postar .rsrsrs…
      Pode ser que te ajude.
      Shalom

  53. Anonimo Diz

    Olá à todos, lendo esse texto fez-me refletir muito acerca de algo que tem acontecido na minha vida. Desde a minha infância, que tenho vontades de ver imagens, vídeos pornográficos e tenho saciado esse desejo momentâneo, mas depois disso eu sentia um grande arrependimento, me sentia envergonhada perante DEUS. Eu cresci na palavra, eu não me conheço de outra forma, fui educada acerca dos mandamentos de DEUS, acerca dos ensinamentos de Cristo, mas mesmo assim tenho continuado nesse pecado.
    Ultimamente tenho conseguido controlar esses desejos, oro para que DEUS me ajude, tem vezes que consigo ultrapassar, mas tem outras que não. E quando eu caio no pecado, eu digo é só mais essa vez, e quando dou conta do que voltei a fazer eu já nao sinto arrependimento, até da vontade de se sentir arrpendida, mas não surge arrependimento sincero. Teve um período em que prometi pra mim mesma e pra DEUS e disse basta, não quero mais, e consegui ficar cerca de 3 meses sem olhar para esses ”desvios da Palavra de DEUS”, mas actualmente acabei de cair mais uma vez.
    Eu por ter crescido na palavra, tenho fundamentos bem essenciais para continuar firme na Palavra de DEUS e garantir a minha Salvação. Mas esse desejo carnal me afasta muito de DEUS, eu tento controlar mas isso por vezes parece ser mais forte.
    Tenho conservado a minha virgindade desde pequenina, e hoje já sou maior de idade, acredito que sexo é só após ao casamento e que enquanto jovens, temos de nos ocupar e preocupar com outras coisas que possam nos aproximam de DEUS e da Sua Palavra. Peço que orem por mim, e tudo quanto fizerem por mim, que o Senhor vos dê em dobro.

    1. Jonathan Dietrich Diz

      Ouça essa pregação e saiba como enfrentar esses desejos:

      http://www.youtube.com/watch?v=KIMqIHJXQDg

      Firme-se em Cristo Jesus!

  54. Vitor Fialho Monteiro Diz

    "garanto a minha SALVAÇÃO" ???

  55. Luiz Alves Diz

    Tenho muitos problemas com a pornografia.(e sou casado.mas é algo que me acompanha desde a infância)
    Mas graças a DEUS hoje esta bem mais tranquilo,através de muita oração e meditação na palavra,o Pai tem me dado forças pra vencer.
    Meus amados irmãos,por experiência própria posso afirmar,não há meio termo.

    EX:eu e me esposa ainda quando namorados decidimos abandonar certas praticas.mas olha que interessante…sempre criávamos situações,que acabava nos levando ao ato.ai não adianta dizer…caímos!rsrs…

    Esse texto é ótimo,mas um ponto me chamou atenção.Beijo.
    Meu amigos,não tem como,pois,se um casal de namorados cristão for levar o relacionamento com bjos e abraços apertados…me desculpe,mais sempre vai acabar na cama.
    É como diz um pastor que conheço…molhou em cima,vai molhar em baixo. Isso é uma grande verdade,e não há super-crente que possa evitar essa reação.
    Como eu e minha esposa abandonamos o pecado? SANTIDADE galera!!!
    Não tem outro jeito,até o ato de beijar nós abandonamos,pois entendemos que avia algo mais importante que nossos desejos…JESUS.(Não vou dizer que foi fácil).

    Deixo um recado principalmente para as menina/mulheres.Se relacione com alguém que ame mais a DEUS do que a você,essa pessoa terá princípios e saberá cuidar de você assim como Jesus ama a Igreja.
    Se a pessoa insiste em manter relação sexual com você de qualquer maneira,caia fora.não se iluda achando que você irá mudar a pessoa.você estará apenas se convencendo para permanecer no pecado.
    Não troque a sua eternidade por um momento.
    Completo nesse ano,4 anos de casado e digo que vale apena.
    Shalom.

  56. Jonathan Dietrich Diz

    Excelente post!

    Quem quiser saber enfrentar esses desejos ouça essa pregação:
    http://www.youtube.com/watch?v=KIMqIHJXQDg

    Fiquem firmes em Cristo Jesus!

  57. Vitor Costa Diz

    tenhoo 15 anos e luto contra masturbacao e a pornografia,sempre em que passo varios meses firme eu caio e fica dificil de levantar mais Deus sabe quem meu desejo e acaba com isso,quero ser livre do pecado e
    quando penso que estou forte na verdade estou fraco

  58. Vitor Costa Diz

    tenhoo 15 anos e luto contra masturbacao e a pornografia,sempre em que passo varios meses firme eu caio e fica dificil de levantar mais Deus sabe quem meu desejo e acaba com isso,quero ser livre do pecado e
    quando penso que estou forte na verdade estou fraco

  59. Ruan Veiga Diz

    Que site!!!

  60. Lucas Silva Diz

    Pra vencer basta apenas querer, precisamos fazer a nossa parte, se santificando e nos purificando em oração, com um coração sincero diante de Deus, assim venceremos pelo sangue de Jesus.

  61. Allan Lucas da Silva Diz

    Glória a Deus! Texto muito esclarecedor, edificante; ótimas orientações bíblicas.
    Amém

  62. anônimo Diz

    Como é difícil isso…hoje estava olhando o cel do meu namorado e do nada resolvi ver o histórico dele e vi um site porno que foi visitado ontem (provavelmente por ele) fiquei chateada pq somos da igreja e sei lá nunca imaginei que ele fosse capaz dessas coisas sabe… agora nao sei oq fazer não consigo olhar para ele direito, nao comentei nada com ele quando o vejo ja lembro e fico imaginando oq o leva a praticar tal ato. Então resolvi pesquisar sobre casos do tipo né, em outras páginas dizem que isso” é normal do homem ” outras dizem que ele pratica mas nao deseja a mulher que esta vendo e sim se fosse comigo.. outros falam que é pq nao estou saciando a vontade dele… mas e a igreja onde fica nisso tudo? Não sei oq fazer :/

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Cara irmã,

      O problema não é seu, mas dele: ele está saciando a concupiscência da carne dele, a qual ele deveria estar mortificando. Ele precisa se arrepender, procurar ajuda de um irmão mais experiente e fazer guerra contra esse pecado. Seria bom, você também procurar ajuda de uma irmã mais experiente e também continuar tratando-o com amor e graça. Se você notar que não há nenhum arrependimento no coração dele, então talvez seja bom reconsiderar o relacionamento.

      Por Cristo e pelo Evangelho (Mc 8.35), Vinícius.

  63. Elizabeth Costa Diz

    AMÉM CONCORDO PLENAMENTE!!!!

  64. Lucas Silva Diz

    :-)

  65. eduardolvs Diz

    Galera passo por um momento difícil alias eu sou católico ela e evangélica eu a amo demais mas dizem q não vamos dar certo por causa das nossas religiões. Pra mim acredito q Deus botou ela no meu caminho para o bem. Pra mim ela pode ficar na religiao dela não vou a impedir ela de ir pros cultos, e eu vou pra minha q e católica. Deus já mais ia esperar um casal por religiões se ele foi oq os uniu fez se acharem.
    Não estou procurando resposta pq pra mim esse assunto sobre religiões diferentes não podem ficar juntos não e certo.

  66. LUIS Diz

    Pr. Yago, de onde você tirou que a prostituição nesse caso de Hb13:4 é qualquer relação antes do casamento?? Base bíblica ou interpretação pessoal?

    1. LUIS Diz

      Além disso, I Co 7 não fala que se abrasar seria pecado… Ele fala em duas opções e que casar é melhor que se abrasar, mas não fala que se abrasar, é pecado….

    2. LUIS Diz

      É preciso considerar que Deus é justo, e quando ele nos imputa um pecado, há um motivo para tal. Digo isto pois a nudez de Adão não era pecado, mas tornou-se ante a sua consciência, quando entendeu ser aquilo um pecado.

      Quero dizer que Deus nos delimita exatamente em relação àquilo que nos faz mal. Pecado é isso. Algo que faz mal ao homem. Deste modo, podemos entender que a prostituição (pratica sexual com diversas pessoas) é pecado pois faz mal ao homem, causando doenças, decepções morais, mas, sobretudo, pois Deus criou o homem para ter uma única esposa e com apenas esta praticar o ato sexual, e, deste modo, essa pratica sexual traz um vazio ao homem, pois ele foi criado para ter uma única parceira.

      Sei que precisamos muitas vezes ser radicais, pois qualquer pequena liberdade que se dá doutrinariamente, abre espaço para a libertinagem, mas precisamos ser, sobretudo, bíblicos.

      Digo isto, porque um dia foi me apresentada uma situação: ** Um jovem, recém casado, veio me contar que estava se sentindo muito culpado, pois quando estava noivo de sua primeira e única namorada, atual esposa, teve uma relação sexual não concretizada com ela (ou seja, sequer houve o sexo, de fato). Ele a ama, e estando completamente certo de era ela quem ele queria para toda sua vida, acabou por se descontrolar (abrasar). Um mês depois, eles se casaram, e o jovem se culpava por ter feito àquilo. De imediato pensei: Ele está arrependido, então é algo simples. Pecou, se arrependeu, é como a viúva “Quem não tem pecado que atire a primeira pedra; Vá e não peques mais”. E foi o que falei pra ele. “Fique tranquilo, você tem consciência do seu erro, confessou-o a Deus, Ele te perdoa com seu Amor”. Mas refletindo depois, pensei: “Peraí, o que ele fez de errado?? Ele se relacionou com a mulher que amava. A única que ele teve na vida e que pretende ficar para sempre. Ainda se ele tivesse consumado o ato, Ele estaria se tornando uma só carne com ela? Sim, e onde isso está errado?? Ele só fez com ela. Ele não fez nada de errado.” **

      ENTÃO, ENTENDO QUE PRECISAMOS SER CLAROS. O ERRO ESTÁ EM VOCÊ CONSUMAR O ATO SEXUAL COM MAIS DE UMA PESSOA E ISSO INDEPENDE SE VOCÊ É CASADO, SE SEPARA (tirando as excessões bíblicas de traição e viuvez) E CASA NOVAMENTE OU SE O FAZ SOLTEIRO COM MAIS DE UMA MULHER.

      ENTÃO, É ERRADO UM JOVEM FAZER SEXO ANTES DO CASAMENTO? É.
      POR QUE? PORQUE SE VOCÊ NÃO CASOU COM A PESSOA AINDA, É PORQUE VOCÊ NÃO TEM CERTEZA DE QUE É ISSO QUE VOCÊ QUER E, PERANTE À SOCIEDADE E À IGREJA, O NAMORO NÃO É UM LAÇO ETERNO. JÁ O CASAMENTO SIM.

    3. LUIS Diz

      É como a prostituta**

    4. LUIS Diz

      Digo isso, porque muitas vezes, em tempos de graça, queremos imputar pecados às ovelhas como os fariseus faziam…

  67. Charles Diz

    Olha, sou Testemunha de Jeová, assim como as minhas duas namoradas que tive também foram. Não dei valor a minha primeira namorada e ela me largou. Já a segunda eu sempre a amei, desde quando eu entendi o que é amor. A gente era bem amigos, melhores amigos, mesmo morando a distancia. Declarei-me pra ela e ela correspondeu. Um mes depois começamos a namorar. Era um sonho se realizando, mas ai foi quando eu comecei a fazer besteiras….achava que nada que fizesse estragaria a relação. Bom, ai comecei a maltratar ela, humilhar, xingar parentes e amigos, tanto dela quanto meu……e eu tenho fraqueza quanto a imoralidade, desde os 12 anos vendo pornografia e masturbando…Não achava que essa conduta me atrapalharia como pessoa na igreja e na vida……e nao me atrapalhou no meu primeiro relacionamento…..mas no segundo, que era o que eu mais queria que desse certo…..meus desejos falaram mais alto…e até mesmo antes de assumir o namoro, eu e minha namorada (também TJ), acabamos nos empolgando demais e nos acariciamos aonde nao devia……e por mais que tivessemos consciencia pesada, essas atitudes se arrastaram em boa parte do namoro, pois aproveitavamos todas as oportunidades de ficar sozinho pra namorar. Até que em janeiro, ela, ja cansada do namoro cheio de problemas, resolveu se confessar na igreja, eu numa tentativa de salvar o namoro tambem fiz o mesmo…….recebmos conselhos, orientações……mas devido ao desgaste e do excesso de autoculpa, vivia falando dos meus erros pra ela, ela me largou. To perdido, sofrendo, e ela nesses 10 dias pós-namoro parece estar se reerguendo. Ela sempre foi mais dedicada a igreja que eu…….o que fazer pra recuperar ela?

  68. Sonia Diz

    Meu nome é Sônia, eu quero aproveitar esta oportunidade para agradecer ao meu grande médico que realmente fez minha vida um prazeroso um hoje. Este grande homem DR IREDIA trouxe meu marido de volta para mim, eu tinha três filhos adoráveis ​​para o meu marido. Cerca de quatro anos atrás, eu e meu marido foi em uma briga com outro até que ele finalmente me deixou por uma senhora. Senti minha vida tinha acabado e os meus filhos pensei que nunca iria ver seu pai novamente. Tentei ser forte apenas para as crianças, mas eu não conseguia controlar as dores que atormenta meu coração, meu coração estava cheio de dores e dores porque eu estava realmente no amor com o meu marido. Todo dia e noite eu penso nele e sempre gostaria que ele volte para mim, até que um dia eu encontrei um bom amigo meu que também estava em uma situação como eu, mas o problema dela era o seu ex-namorado que ela teve uma gravidez indesejada para e seu namorado recusou-se a assumir a responsabilidade e deu o fora nela. ela me disse que o meu era um caso pequeno e que eu não deveria se preocupar com ele em tudo, então eu perguntei a ela o que era a solução para os meus problemas e ela me deu este grande homem endereço de e-mail. eu estava duvidando se este homem era a solução, então eu contactado este grande homem e ele me disse o que fazer e eu escritura todos eles, ele me disse para esperar por apenas dois dias e que o meu marido vai vir rastejando em seus ajoelha para implorar o meu perdão, então eu fielmente o que este grande homem me pediu para fazer e com certeza depois de dois dias eu ouvi uma batida na porta, na minha grande surpresa eu vi ele em suas ajoelha-se e eu fiquei sem palavras, quando me viu, tudo ele fez foi chorar e me pedindo perdão, a partir daquele dia, todas as dores e tristezas em meu coração voou para longe, desde então, eu e meu marido e nossos filhos adoráveis ​​são felizes e vivemos como uma família. É por isso, eu quero dizer um grande obrigado a DR IREDIA por sua ajuda. Este grande homem me fez entender que não há nenhum problema na terra que não tem solução por isso, se você sabe que você tem esse mesmo problema ou qualquer problema que é semelhante, vou aconselhá-lo para vir direto para este grande homem. Contacte-lo com este e-mail ([email protected]), ele está lá para ajudá-lo.

  69. Anonimo Diz

    Boa noite bom já estou ah um 1 ano com minha namorada nos dois somos batizados nunca tivemos relação sexual mais tivemos carícias bem fervorosas vejo mais aos final de semana tbm tendo de toda maneira me controlar ao lado mais é dificiu para quem já relacionou anteriormente com puras mulheres será e isso me deixa confuso pois eu consigo me controlar para não ter penetraçao mais não consigo me controlar de acariciar ela oq fazer??

    1. Marcos Diz

      O q fazer? E acho bom então fazer rápido, pois os 2 estão dando bobeira, é uma questão de tempo e oportunidade e já erahhh. Namoro cristão não deve haver essas carícias, pois chega uma hora que vcs não vão aguentar. Esse namoro é o comum mundano que todos os mundanos praticam uai, por isso acabam na cama mesmo e por isso até gravidez e até abortos e tudo começa pois não sabem evitar essas carícias…

  70. Bruno Queiroz Diz

    Estou vivenciando uma situação muito confusa e estranha. Já faz uns 5 anos que não me masturbo, mas de uns meses para cá comecei a me esfregar na cama de noite enquanto dormia. Às vezes essas “esfregações” vem acompanhadas de imagens eróticas ou elementos simbólicos sem ligação sexual. Estou confuso pois não sei se deveria encarar isso como uma forma de masturbação ou de sonambulismo sexual. É estranho, porque na maior parte das vezes lembro-me de ter me esfregado, mas ao mesmo tempo só acontece durante o sono, e em algumas vezes sem estar acompanhado de imagens sexuais, também, por ocorrer durante o sono não sei dizer bem qual o grau de controle que tenho sobre esse fenômeno. Alguém poderia me ajudar. Estou com muito medo de estar cometendo um pecado. Por mais que eu evite pensamentos impuros durante o dia esse fenômeno parece persistir. Ando acordando muito mal quando isso acontece e indo dormir com muito medo disso acontecer

  71. Bruno Queiroz Diz

    Estou vivenciando uma situação muito confusa e estranha. Já faz uns 5 anos que não me masturbo, mas de uns meses para cá comecei a me esfregar na cama de noite enquanto dormia. Às vezes essas “esfregações” vêm acompanhadas de imagens eróticas ou elementos simbólicos sem ligação sexual. Estou confuso pois não sei se deveria encarar isso como uma forma de masturbação ou de sonambulismo sexual. É estranho, porque na maior parte das vezes lembro-me de ter me esfregado, mas ao mesmo tempo só acontece durante o sono, e em algumas vezes sem estar acompanhado de imagens sexuais, também, por ocorrer durante o sono não sei dizer bem qual o grau de controle, que tenho sobre esse fenômeno (esse controle parece variar). Poderia me ajudar. Estou com muito medo de estar cometendo um pecado. Por mais que eu evite pensamentos impuros durante o dia esse fenômeno parece persistir. Ando acordando muito mal quando isso acontece e indo dormir com muito medo disso acontecer.

  72. mauricio henrique Diz

    como se faz pergunta a VE

  73. Valdir del Santi Diz

    A melhor solução para todos os problemas que enfrentamos, é uma boa transada!… Não tem coisa melhor nessa vida! Aumenta a autoestima… Relaxa… E nos deixa pronto para mais um dia.

Comentários estão fechados.