um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Jesus nasceu, mas o que há de especial neste nascimento?

Essa pergunta pode ser brevemente respondida ao prestarmos atenção em quem nasceu (sua natureza) e porque ele nasceu (sua missão). O Evangelho de Mateus nos dá essas respostas ao falar sobre o nome desta criança.

Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. (Mateus 1:21)

O primeiro nome relatado é JESUS, porque Ele veio salvar-nos do pecado. Jesus mesmo disse que Ele veio “buscar e salvar o que se havia perdido”. A importância do Natal está em que esta criança um dia entregou sua vida em uma cruz em prol de pecadores. Pecadores são pessoas que não amam a Deus na infinita medida que Ele merece ser amado, ou mesmo que não amam seu próximo como a si mesmo. Quem de nós pode afirmar fazer isso em todo tempo? Até nos nossos melhores momentos somos falhos e, portanto, pecadores.

“A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel” que significa “Deus conosco”. (Mateus 1:23)

O segundo nome relatado é EMANUEL, pois esta criança não é simplesmente outro ser humano qualquer, mas é Deus conosco. O próprio Deus veio estar conosco na pessoa de Jesus Cristo para nos salvar. Este menino que nasceu é tanto homem, quanto Deus. E é por isso que a morte dele na cruz é não é uma tragédia, mas, salvação.

Clique para compartilhar este texto no facebook.

Meu caro amigo, considere estas coisas: que aquele que nasceu, do qual celebramos nesta data emblemática, era o próprio Deus encarnado, vindo para estar conosco e vindo para nos salvar, para reconciliar nos reconciliar com Deus.

Olhe para si mesmo, você vê alguma razão para tamanho ato de amor e bondade vindos de Deus? Quem mereceria sequer um sorriso do Criador. “Então, o que devo fazer?” você pode se perguntar.

Saiba que você é indigno de estar com Deus, mas que Deus enviou Seu Filho para nos reconciliar com Ele. Olhe para Jesus com olhos de fé, confiando que Ele é Deus conosco e que Ele veio para nos salvar e seja salvo. Então, você poderá celebrar com grande alegria como fizeram os magos ao verem o Salvador.

Um feliz Natal, ao olharmos para nosso Belo Salvador, são os votos do Voltemos Ao Evangelho.

Por Vinícius Musselman Pimentel © Voltemos Ao Evangelho  voltemosaoevangelho.com

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

5 Comentários
  1. Edimar Teles Diz

    Olá Graça e Paz…

    Estou aqui pensando sobre essa matéria de natal, visto que adimiro o trabalho de vcs e tenho grande respeito, mas acho que esta questão natalina que se comemora no fina de cada ano não e uma VOLTA AO EVANGELHO, visto que essa geração apos o ano de 250-300 da igreja e que foi criado essa ideia de aniversario de Jesus, pela igreja romana. Os Evagelhos não faz citação a festas de aniversario de Jesus, e eles tiveram tempo para isso 33 anos para fazer, não fizeram por que nos temos que fazer todos os anos? isso não e voltar ao EVANGELHO e sim sair dele.

    Quero que os irmãos me perdeo se caso disse algo que chateasse, mas não posso me calar amo vcs em Cristo Paz..

    Voltemos ao Evagelho, mesmo.

    1. Vini Diz

      Discutimos isto em uma postagem dias atrás: http://voltemosaoevangelho.com/blog/2011/12/redimindo-o-natal/

      O irmão leu?

    2. Marco Tulio Diz

      O interessante é que a cultura judaica diz:que Yeshua nasceu na festa de tabernáculo ‘sucot’ no dia 29 de setembro.Mas não devemos levar em conta a estimativa de celebrar o nascimento de Yeshua em dezembro.O importante é que o natal é troca de presentes entre o céu e a terra.Pois os céus nos deu Yeshua para salvação,e nos devolvemos nossos frutos como forma de gratidão.

  2. VoltemosAoEvangelho Diz

    Então, é Natal…

    Natal é tempo de relembrar a Graça de Deus derramada em nosso favor na “plenitude dos tempos”. O nosso Salvador, o nosso Redentor, o nosso Senhor nasceu. Hosana no mais alto dos céus. Deus se fez carne e visitou com misericórdia a terríveis pecadores como eu e você. Glória a Deus por isso. É tempo de sentir a miséria dos outros em nossos corações, assim como Jesus, e por isso, o Natal verdadeiro dura o ano inteiro, não é apenas a festa de dezembro.

    1. otavio Diz

      so vejo idolatria e uma falta de conhecimento da palavra de Deus e da historia do cristianismo eo pior usar o nome de Deus em vao por isso essa nacao e tao devagar em relacao ao evangelho.

Comentários estão fechados.