Chris Wright – Introdução (9 por dia – tornando-se como Jesus) [1/10]

Você já parou para pensar sobre as 9 características expressas em Gálatas 5, chamadas de fruto do Espírito?

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.(Gl 5:22, 23)

Nesta série de vídeos chamada “9 por dia” [9-a-day], Chris Wright, diretor internacional da Langham Partnership, nos convida a meditarmos em cada uma dessas características, afim de nos tornarmos mais como Cristo. Neste vídeo, ele medita sobre a importância dessas características serem frutos e não meras ordenanças externas.

Este vídeo foi legendando em parceria com o blog O Tempora! O Mores! – simplesmente um dos melhores blogs cristãos que existe por aí, com postagens de Augustus Nicodemus, Mauro Meister e Solano Portela.Visite!

[dt_call_to_action content_size=”normal” text_align=”left” background=”fancy” line=”true” style=”2″ animation=”right”]

Veja a série completa:

  • Introdução
  • Amor
  • Alegria
  • Paz
  • Longanimidade
  • Benignidade
  • Bondade
  • Fidelidade
  • Mansidão
  • Domínio próprio
Clique para ver os vídeos da série

(Se o vídeo não estiver na lista de postagem é porque ele ainda não foi postado. O vídeo será postado em tempo oportuno.)

[/dt_call_to_action]

Transcrição

9 por dia:  paciência, paz, alegria, amor, domínio próprio, temperança, fidelidade, bondade, benignidade.

Bem vindo ao “9 por dia – tornando-se como Jesus”. Esta é uma série trazida a você pela Langham Partnership. Meu nome é Chris Wright e eu sou o diretor internacional da Langham Partnership. O fundador da Langham foi John Stott. E você pode não saber, mas ele tinha o hábito de orar toda manhã uma oração na qual ele falava com o Pai, o Filho e o Espírito Santo. E eis aqui o que ele orava:

“Pai celestial, oro para que neste dia eu viva em tua presença e lhe agrade cada vez mais. Senhor Jesus, oro para que neste dia eu tome minha cruz e lhe siga. Espírito Santo, oro para que neste dia tu me enchas de ti mesmo, e faça com que teu fruto amadureça em minha vida: Amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, longanimidade e domínio próprio.”

Então, todos os dias, John Stott orava para que Deus o enchesse com o fruto do Espírito. Então talvez não seja surpreendente que tantas pessoas tenham dito que John Stott estava entre as pessoas mais semelhantes a Cristo que elas já conheceram.

Semelhança a Cristo. Este é o tema que analisaremos ao longo desta série. No fim de sua vida, em julho de 2007, John fez sua última palestra pública na Convenção Keswick. E ele aproveitou a oportunidade para dizer que aquilo que Deus mais quer para todos seus filhos é que nós sejamos mais semelhantes a Cristo, que nos tornemos mais como Jesus.

Então a pergunta é: como a semelhança a Cristo acontece? Uma das chaves, que John Stott nos deixa como pista, é quando cultivamos o fruto do Espírito – aquelas qualidades ou características mentais que o apóstolo Paulo menciona. Onde Paulo fala sobre elas? Em Gálatas 5:22-23.

E ao começarmos, é importante definir um pano de fundo ao que Paulo diz. Paulo ensina a esses neófitos que eles não devem ficar sujeitos à escravidão à lei do Antigo Testamento. Pelo contrário, o que conta é a fé expressando-se através do amor. Mas por outro lado, ele diz, que eles não devem se sujeitar à escravidão de seus próprios desejos e paixões pecaminosos. Pelo contrário, eles devem servir uns aos outros em amor. Então para Paulo, o amor é um elemento chave da vida cristã. Então Paulo faz um enorme contraste entre o que ele chama de obras da carne, que ele descreve nos versos 19 a 21, uma lista sombria que contém avareza, desonestidade, imoralidade sexual, etc. E do outro lado, ele fala do fruto do Espírito nos versos 22 e 23

 Mas é muito importante ver que, quando Paulo fala sobre o fruto do Espírito, não é todo um novo conjunto de regras e normas. São frutos! E frutos levam tempo para crescer numa árvore. E semelhantemente o fruto do Espírito leva tempo para crescer no caráter de um cristão. Então Paulo não está falando de desempenho, de alguma solução rápida para o sucesso na vida cristã. Ele está falando de caráter cristão. E se você quer que o fruto cresça, o que você faz? Você não enverniza os galhos, não força a árvore, não tinge o fruto. Se você quer frutos, você presta atenção às raízes da árvore, ao solo. Você cultiva o solo, se certifica de que ele está bem regado e fertilizado. E da mesma maneira na vida cristã, se você quer que o fruto do Espírito cresça, você tem que cultivar o solo da Palavra de Deus e permitir que ela cresça profundamente em nossas vidas prestando atenção à Bíblia, reunindo-se com outros cristãos onde a Bíblia é pregada, ensinada e estudada em grupo.

E isso é o que faremos nesta série. É isso que a Langham Partnership busca fazer ao redor do mundo, para que juntos possamos nos tornar mais semelhantes a Cristo dando o fruto do Espírito Santo, para que nosso testemunho do Senhor Jesus Cristo seja mais autêntico e mais verossímil.

Por: Chris Wright. © Copyright The Langham Partnership. Todos os direitos reservados. Usado com permissão. Website: http://www.9aday.org.uk/

Tradução: Voltemos Ao Evangelho (em parceria com O Tempora! O Mores!). Original: Chris Wright – Introdução (9 por dia – tornando-se como Jesus) [1/10]

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.