Mauro Meister – A importância da Educação Cristã Escolar #15CC

Palestra dada no 1º Encontro Nacional de Escolas Cristãs (ENAEC) realizado pela ASCI, com apoio da VINACC e da 15ª Consciência Cristã.

Educar pra quê?

Podemos pensar em diversas razões. Algumas delas são:

  • Capacitação financeira (o bem estar financeiro do aluno),
  • Capacitação cultural
  • Qualidade de vida
  • Futuro das gerações
  • Futuro do próprio planeta

Mas, por que uma educação “religiosa”?

O cristianismo sempre teve a grande preocupação de educar e ensinar. A motivação era descobrir a verdade de Deus para a glória de Deus, tanto a verdade de Deus nas Escrituras, como na Natureza.

Harvard, considerada a melhor universidade pela Times Higher Education (THE), foi fundada pelo pastor John Harvard. A faculdade Mackenzie foi fundada há 142 anos por protestantes. Contudo, com o tempo perdemos a noção da importância da educação e deixamos a educação nas mãos dos incrédulos. Deixamos de ser cristãos que pensam e refletem sobre todos os aspectos da vida para viver um cristianismo sentimental e enclausurado.

Não existe educação “neutra”.

Algumas escolas tem a noção de que existem dois tipos de educação: educação secular + educação cristã. Contudo, não existe educação neutra. Sempre existirá uma ideologia por trás da educação. Não necessariamente uma ideologia política, mas sempre existirá uma “religião” por trás da educação, um pressuposto, uma cosmovisão que influenciará naquilo que o educador ensina.

Cosmovisão são como lentes sobrepostas (pressuposições) pelas quais vemos o mundo e há várias camadas de interpretação que formam a nossa cosmovisão pessoal, conforme mostra a imagem abaixo.

camadas-de-interpretacao

A educação cristã… consiste em ensinar tudo, de ciências e matemática a literatura e artes, dentro da estrutura de uma visão de mundo bíblica e integrada. Significa ensinar os estudantes a relacionarem todas as disciplinas à verdade de Deus e sua auto-revelação nas Escrituras, enquanto detectam e criticam as afirmativas da visão de mundo não-bíblica. (Colson & Piercey, E Agora Como Viveremos?)

Em uma escola cristã não existe educação secular, pois toda educação cristã procede da cosmovisão das Escrituras, quer ciência, quer teologia. Sendo assim, uma escola cristã não é aquela que faz somente um culto durante a semana, ou uma oração antes da aula, mas aquela que ensina seu conteúdo sob a perspectiva cristã.

O que nos leva a educar?

Nós temos uma visão reducionista, achando que a Bíblia só é aplicável dentro das paredes da igreja, achando que quando a bíblica fala de educação, ela está falando somente de EBD (Ensino Bíblico Dominical)

Estes, pois [repetição dos dez mandamentos], são os mandamentos, os estatutos e os juízos que mandou o SENHOR, teu Deus, se te ensinassem, para que os cumprisses na terra a que passas para a possuir; para que temas ao SENHOR, teu Deus, e guardes todos os seus estatutos e mandamentos que eu te ordeno, tu, e teu filho, e o filho de teu filho, todos os dias da tua vida; e que teus dias sejam prolongados. Ouve, pois, ó Israel, e atenta em os cumprires, para que bem te suceda, e muito te multipliques na terra que mana leite e mel, como te disse o SENHOR, Deus de teus pais. […] Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. (Dt 6:1-3, 6-7)

Neste texto vemos que a ordem do ensino vem de Deus e que o ensino tem um propósito dado por Deus; e o próprio Deus concede a autoridade do ensino aos pais. Deus também concede dons de ensino e equipa pessoas específicas para ensinarem o corpo de Cristo. Sendo assim, a escola cristã é um auxílio aos pais que delegam sua autoridade a escola para ensinar seus filhos. Contudo, a escola jamais pode substituir e jamais conseguirá substituir os pais.

Conheça a ACSI

A Associação Internacional de Escolas Cristãs-ACSI é uma organização internacional de escolas cristãs sem fins lucrativos, com seu escritório central em Colorado Springs, EUA.

Foi formada em 1978 como resultado da união de várias associações de escolas cristãs nos Estados Unidos e Canadá. Conta com mais de 25 mil escolas associadas, em mais de 115 países, tendo mais de um 5.5 milhões de alunos. Existem 16 escritórios regionais ao redor do mundo, sempre respeitando a identidade cultural de cada nação.

A filosofia educacional da ACSI, fundamentada na Palavra de Deus, promove uma educação cristocêntrica, orientada para desenvolver uma cosmovisão bíblica por meio de cada educador, cada matéria acadêmica e cada parte do programa escolar.

  Clique Aqui e Conheça a ACSI

7 Comentários
  1. Archi Denaun Diz

    Aquele livro do Charles(Chuck) Colson, 'e agora, como viveremos?' é muito bom, recomendo..

  2. Juliana Carvalho Diz

    Educação em princípios cristãos …

  3. Fellyp Cranudo Vieira Diz

    Uma de minhas preocupações para como me conduzir nos estudos acadêmicos era justamente esse, como conciliar o que a Palavra ensina com os conhecimentos adquiridos durante os anos de estudos humanista.

    Obrigado, VE por este artigo e, sempre que possível, fico louco pra ver outros na área de educação escolar.

  4. Daniel Meireles Diz

    Muito bom =)

  5. Samuel Alves Diz

    Muito bom! Como educador cristão me alegro em saber da existência de associações como a ACSI

  6. Kerigma Iesous Marcelo Diz

    maravilhoso e verdadeiro.

  7. Fabio Diz

    Vale lembrar que os reformadores sempre estiveram preocupados com a educação do povo de Deus e precisamos resgatar esse principio.

Comentários estão fechados.