Doze Razões Pelas Quais Membresia É Importante (Jonathan Leeman)

(O texto que segue é extraído do próximo livro de Jonathan Leeman, Church Membership: How the World Knows Who Represents Jesus [Membresia de Igreja: Como o Mundo Sabe Quem Representa Jesus], Crossway, 2012.)

1)      Membresia é bíblico. Jesus estabeleceu a igreja local e todos os apóstolos exerceram o seu ministério por meio dela. A vida cristã no Novo Testamento é a vida da igreja. Os cristãos de hoje deveriam esperar e desejar o mesmo.

2)      A igreja são os seus membros. Ser “uma igreja” no Novo Testamento é ser um de seus membros (leia Atos). E você quer ser parte da igreja porque foi ela que Jesus veio resgatar e reconciliar consigo mesmo.

3)      É um pré-requisito para a Ceia do Senhor. A Ceia do Senhor é uma refeição para a igreja reunida, isto é, para membros (ver 1Co 11.20,33). E você quer tomar a Ceia do Senhor. Ela é o “uniforme” que torna o time da igreja visível às nações.

4)      É como Jesus é oficialmente representado. A membresia é a afirmação da igreja de que você é um cidadão do reino de Cristo e, portanto, um Representante reconhecido de Jesus perante as nações. E você quer ser um Representante oficial de Jesus. Diretamente relacionado a isso…

5)      É como alguém declara a sua mais alta lealdade. A sua membresia no time, que se torna visível quando você veste o “uniforme”, é um testemunho público de que a sua mais alta lealdade pertence a Jesus. Provações e perseguição podem vir, mas as suas únicas palavras são: “Eu estou com Jesus”.

6)      É como as imagens bíblicas são personificadas e experimentadas. É nas estruturas de responsabilidade da igreja local que os cristãos expressam ou personificam o que significa ser o “corpo de Cristo”, o “templo do Espírito”, a “família de Deus”, e assim com todas as demais metáforas bíblicas (ver 1Co 12). E você quer experimentar a interconectividade do seu corpo, a plenitude espiritual do seu templo, e a segurança e intimidade e identidade compartilhada da sua família.

7)      É como alguém serve outros cristãos. A membresia ajuda você a saber quais cristãos no Planeta Terra você está especificamente responsável por amar, servir, admoestar e encorajar. Ela o habilita a cumprir suas responsabilidades bíblicas para com o corpo de Cristo (por exemplo, ver Ef 4.11-16, 25-32).

8)      É como líderes cristãos são seguidos. A membresia ajuda você a saber quais líderes cristãos no Planeta Terra você é chamado a obedecer e seguir. Novamente, ela permite que você cumpra sua responsabilidade bíblica para com eles (ver Hb 13.7, 17).

9)      Ela ajuda os líderes cristãos a liderarem. A membresia possibilita que os líderes cristãos saibam de quais cristãos no Planeta Terra eles haverão de “prestar contas” (At 20.28; 1Pe 5.2).

10)   Ela possibilita a disciplina eclesiástica. Ela fornece o lugar biblicamente prescrito para participar da obra da disciplina eclesiástica de modo responsável, sábio e amoroso (1Co 5).

11)   Ela dá estrutura à vida cristã. Ela põe o chamado dado a cada cristão individual de “obedecer” e “seguir” Jesus em um cenário da vida real, onde a autoridade é de fato exercida sobre nós (ver Jo 14.15; 1Jo 2.19, 4.20-21).

12)   Ela constrói um testemunho e convida as nações. A membresia põe a alternativa do governo de Cristo ante os olhos do universo (ver Mt 5.13; Jo 13.34-35; Ef 3.10; 1Pe 2.9-12). As próprias fronteiras que são postas ao redor da membresia de uma igreja apresentam uma sociedade de pessoas que convida as nações para algo melhor.

 

Extraído do site www.9marks.org. Copyright © 2013 9Marks. Usado com Permissão. Original: Twelve Reasons Why Membership Matters

Tradução: Vinícius Silva Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website: www.MinisterioFiel.com.br / www.VoltemosAoEvangelho.com. Original:  Doze Razões Pelas Quais Membresia É Importante (Jonathan Leeman)

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

9marks-logo2

10 Comentários
  1. Georgia Ornellas Pereira Diz

    Sou batizada em uma igreja evangélica. Posso ser membro de uma igreja tendo um relacionamento estável sem ser casada? Acredito que não mas oro pra que o Senhor Jesus transforme meu relacionamento em casamento.

  2. Vinícius Musselman Pimentel Diz

    Georgia, essas questões são complexas e envolvem examinação pastoral. Então peço que você converse com os pastores da igreja na qual você pretende ser membra.

  3. Jonas Dário Salgueiro Diz

    A igreja nos dias de hoje como instituição é uma vergonha, porém como corpo de Cristo é a coluna da verdade. Não devemos deixar de congregar, de comungar. de testemunhar, e de adorar a Deus junto com outros irmãos.

  4. Natan Serafin Diz

    As instituições mais recentes, que não obedecem ao sistema de governo similar aos das igrejas mais antigas, da reforma, possuem uma diretoria e um grupo votante muito menor. Em função disso, não há um registro de membros, tal e qual, há nas outras igrejas. Entretanto, não é por não haver um sistema definido, que o participante é menos membro que em outras. Em nossa denominação, procuramos conciliar isso. Porém, não é a regra geral, pois, para melhorar a governança, opta-se por menor registro legal de membros. Respeito quem o faz, embora discorde dos motivos de alguns.

    As igrejas com visão de pequenos grupos, por exemplo, fazem um registro e utilizam a membresia com muito mais efetividade, que qualquer igreja histórica.

  5. Natan Serafin Diz

    Georgia, voce pode ser membro participante ATIVA de uma igreja, sem no entanto, ser casada. Separemos as coisas aqui, ok?!. Agora, participar de funções ministeriais, fica mais difícil. Há uma tendência das igrejas a separar todos os casos e analisa-los cada um em seu devido contexto. Pessoalmente, entendo que, um casal que viva junto, porém, já tenha filhos, estejam juntos há mais de dois anos e etc… PELA LEI DO CONCUBINATO (CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO), embora não saiba, já são de fato CASADOS. Portanto, chamo-os, explico-lhes a situação, me comprometo a atuar para que casem-se efetivamente (no cartório) e até para fazer uma cerimônia religiosa.

    POR FIM: – O conselho do irmão Vinícius Musselman Pimentel é PERFEITO: – Em qual igreja voce está?. Fale HOJE com o seu pastor. Ele gostará de ser procurado e lhe ajudará!. Esse é o papel dele. Voce se surpreenderá como a solução é fácil!.

  6. Mairton Melo Diz

    Queridos irmãos, me parece que há muita confusão sobre o que é a igreja.
    Pelo tom dos escritos, a igreja é vista como um instituição física e
    com outro dono que não o Senhor. “Eu edificarei a minha Igreja”. Por
    isso ouvimos algo como “na minha igreja fazemos assim” ou dizemos
    “esqueci algo na igreja”. Expressões que perdem o sentido diante da
    verdade da Igreja como corpo de Cristo (Ele sendo o cabeça), com casa de
    Deus feita de pedras vivas, templo do Espírito, ou seja, um corpo vivo,
    celestial, com a natureza do cabeça (Cristo), como noiva do cordeiro
    que está sendo preparada por Ele. Penso que as chamadas igrejas
    históricas e contemporâneas,deveriam humildemente reverem o entendimento do que é tão precioso
    para Deus, a noiva para o seu Filho. Infelizmente entristecemos nosso
    amado Senhor quando relacionamos a sua Noiva a uma denominação, um
    prédio (por mais bonito que seja), às atividades desenvolvidas entre os
    irmãos, razão de ao compararmos tais atividades dizemos “àquela Igreja é
    melhor do que esta, portanto vou sair desta igreja e ir para lá”. Se
    pertencemos à Igreja do Senhor, estamos unidos a Ele como um corpo à
    cabeça, temos a mesma natureza do Senhor, fomos incluídos nEle e Ele em
    nós pelo Seu Espírito. Como podemos sair da Igreja? Retenhamos o cabeça que é Cristo, nosso Senhor. Durante muitos anos muitos têm tentado estabelecer um modelo para a Igreja; normalmente vendo como uma estrutura, buscando formas de funcionamento: quase sempre o foco na forma, nas atividades e não nas vidas. Como podemos estabelecer um modelo diferente do modelo estabelecido no monte. Como Adão, que não opinou na formação da Eva (figura da Igreja), também devemos descansar na certeza de que Ele edificará a Sua Igreja. Somos apenas cooperadores, plantando e regando. Não parece que cabe a excessiva preocupação com rol de membros, membresia…. Quem pode dizer quem faz parte da Noiva? Um nome num papel?

    1. ronaldo Diz

      prezado concordo inteiramente com sua ideia.mas com a preocupação quanto o rol de membro creio eu que é uma maneira correta, uma forma administrativa de qualquer instituição.uma forma de identificar a pessoa ligada a ela(a instituição) notando que o numero de evangélicos cresce gradativamente.

  7. Selma Toledo Diz

    Georgia, continue minha irmã a orar pelo teu esposo, pra que o Senhor toque o seu coração e coloque o desejo de firmarem compromisso perante Deus e a comunidade,como exemplo diante de uma sociedade onde o casamento é banalizado,e de estarem juntos sob as bençãos e comunhão com Deus. Pois Ele instituiu o casamento para que através de vcs sua decendência seja abençoada por valores e princípios que vcs passarão e Mas, neste tempo de espera, permaneça firme na graça…"não por força mas, pelo meu espírito, diz o Senhor"Zac. 4:6. Sinta-se bendita do Senhor por te-lo conhecido, o Deus das chances…Deus é muito bom!!! gde abraço

  8. Ronaldo Ferreira da Silva Diz

    Georja devo lhe esclarecer que o matrimonio é uma figuração do relacionamento de Cristo com a igreja.
    por tanto um relacionamento fora do casamento é pecado de adultério. um membro do corpo de Cristo
    não pode viver vinculado ao pecado.Aconselho-te a buscar acordo com seu companheiro e casar-se.
    e ter uma vida baseada na palavra de Deus buscando a santificação .pois a Bíblia diz que sem a qual niquem vera o Senhor.

  9. Ronaldo Ferreira da Silva Diz

    lembrando de que deve obs bem o conselho da Selma toledo em EZ:4:6. porem muita situações pode ser resolvidas com um bom dialogo confiando no Senhor Jesus.

Comentários estão fechados.