Apóstolo bom é apóstolo morto: há apóstolos hoje?

Um dos argumentos daqueles que dizem que há apóstolos hoje é o fato de que houve na Bíblia outros apóstolos além dos 12 e Paulo. Contudo, esse argumento falha em entender que, no Novo Testamento, o termo é usado de duas formas: tanto no sentido geral de enviado, como no sentido de ofício. No vídeo a seguir, Augustus Nicodemus explica sobre isso:

Além disso, para respondermos se há apóstolos hoje precisamos considerar quais são as qualificações de um apóstolo. Nicodemus tratou disso em nossa postagem anterior. Paulo diz que ele foi o último a ver o Cristo ressurreto (1 Co 15:1-9), e essa é uma das qualificações essenciais para o apostolado (1 Coríntios 9:1). Sendo assim, Paulo foi o último com o ofício apostólico.

Ademais, o fato do cânon fechado significa que não há mais ninguém que possui a inspiração do Espírito para alguém adicionar mais páginas à Bíblia. Quando alguém se diz apóstolo, provavelmente buscará afirmar ter autoridade semelhante ao dos apóstolos bíblicos e querer colocar sua palavra acima da Escritura. Muito cuidado com essa heresia!

Resta então a pergunta: os apóstolos de hoje são desviados ou mal-intencionados?

[dt_call_to_action content_size=”normal” text_align=”left” background=”fancy” line=”true” style=”2″ animation=”right”]

Mais sobre o assunto

Veja mais conteúdo sobre o assunto aqui:

Veja mais[/dt_call_to_action]

Obs.: “Apóstolo bom é apóstolo morto” foi uma frase cunhada por Augustus Nicodemus em uma de suas palestras sobre o assunto. A frase não busca estimular a violência contra, mas mostrar que os bons apóstolos são aqueles que já morreram, ou seja, os apóstolos do NT e não os modernos.