um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Evangelização de religiosos – Aprenda a evangelizar com Paulo (4/13)

Damos continuidade a série de postagem “Aprenda a evangelizar com o apóstolo Paulo”. Ela foi adaptada do eBook “Transtornando o Mundo” de John Crotts, disponível para download gratuito. Nas postagens anteriores, Crotts explicou quatro estratégias de Paulo para alcançar religoso, e agora apresenta seu ponto final e aplica a estratégia aos nossos dias.

5. Siga para o Próximo Local

E logo, durante a noite, os irmãos enviaram Paulo e Silas para Bereia… (Atos 17:10a).

Embora Paulo tenha tido de sair apressadamente da cidade, em meio à crescente perseguição, ele deixou parte de seu coração ali. Havia uma nova igreja com preciosos novos crentes em Tessalônica. Ele estava animado para vê-los prosseguindo em sua fé.

Foi por isso que, já não me sendo possível continuar esperando, mandei indagar o estado da vossa fé, temendo que o Tentador vos provasse, e se tornasse inútil o nosso labor. Agora, porém, com o regresso de Timóteo, vindo do vosso meio, trazendo-nos boas notícias da vossa fé e do vosso amor, e, ainda, de que sempre guardais grata lembrança de nós, desejando muito ver-nos, como, aliás, também nós a vós outros, sim, irmãos, por isso, fomos consolados acerca de vós, pela vossa fé, apesar de todas as nossas privações e tribulação. (1 Tessalonicenses 3.5-7)

Quão diferente não é a estratégia de Paulo da maioria das famosas igrejas evangelísticas de nossos dias? Tantas igrejas elaboram estratégias para reunir a maior multidão possível, de forma que possam pregar o evangelho a elas. Há uma ampla variedade de técnicas usadas para juntar uma multidão. Igrejas mais antigas usavam ônibus e brincadeiras para levar as crianças para lá. Inovações mais contemporâneas incluem aumentar o valor de entretenimento do culto, modificar a mensagem para atender às necessidades do público, aumentar o volume do som da banda, e tudo mais que possa tornar mais dramático. Igrejas emergentes estão se tornando mais místicas, oferecendo aos pós-modernos um local de encontro sem confrontação, onde eles podem ter uma experiência positiva com Deus.15 Felizmente, algumas pessoas ainda são convertidas nessas condições. Contudo, o evangelho é normalmente diluído ou obscurecido pelo uso de tais técnicas.

Paulo, ao invés de planejar um grande evento, foi onde as pessoas religiosas já estavam se encontrando. Ao ir até a sinagoga, Paulo se aproveitou daquele ambiente de mais abertura para arrazoar a partir das Escrituras, sem recorrer a artifícios ou entretenimento, armado apenas com o evangelho, o Espírito e um discurso corajoso e sincero. Conforme deixava Tessalônica, Paulo prosseguia espalhando as sementes do evangelho. Ao espalhar fielmente as sementes, ele aguardava alegremente pela colheita.

Como transtornar o seu mundo religioso

Por que o relato das aventuras de Paulo em Tessalônica está na Bíblia? Ao menos uma das razões é para preservar o exemplo de Paulo para as gerações futuras de crentes. Muitos lugares no mundo estão saturados com outras religiões que não são o cristianismo. No entanto, nos Estados Unidos e em diversos outros países, muitas pessoas acham que creem no mesmo Deus e na mesma Bíblia que nós, mesmo que não compreendam nada do evangelho. Como você pode exercer um impacto sobre esse enorme segmento religioso de nossa sociedade?

Numa certa ocasião, um famoso pregador da TV marcou um evento em uma imensa arena esportiva, próximo de onde moro. Embora este pregador em particular seja conhecido por seu grande sorriso e sua mensagem positiva, ele intencionalmente deixa de fora as más notícias de pecado e julgamento da Bíblia. Eu juntei alguns homens de nossa igreja para interpelar os participantes daquele evento, do lado de fora da arena. Ouvimos todo tipo de resposta para nossas perguntas básicas sobre o evangelho.

Conquanto tenhamos passado apenas alguns momentos com cada um que encontramos, procuramos fazer uma ou duas perguntas provocativas, como por exemplo: “Qual a melhor coisa de ser um cristão?”, “Você se enxerga como uma boa pessoa?”, “Você é capaz de definir arrependimento?”, ou mesmo, “Como você resumiria o evangelho em um minuto ou menos?” Nossa esperança era lançar algumas sementes do evangelho e levar as pessoas a pensarem sobre as verdades relacionadas ao evangelho, assim como distribuir literatura para que pudessem ler posteriormente.

À medida que as pessoas passavam por nós, em seu caminho para ouvir ao pregador, elas davam respostas tão fracas às nossas perguntas que a única conclusão possível foi de que a maioria delas sequer conhecia a Cristo. Imagine pensar que a melhor coisa sobre ser um cristão é amar a si próprio ou trabalhar mais arduamente para ter uma vida boa! Mesmo aqueles que mencionaram o perdão de seus pecados geralmente tinham lacunas enormes em seu entendimento. Nós sabemos que muitas dessas pessoas religiosas precisam ouvir o evangelho. Quanto do seu tempo e esforço você está disposto a investir para transtornar o mundo religioso bem ao seu redor?

Onde mais as pessoas religiosas estão se reunindo? Centenas, e até mesmo milhares de pessoas, participam desses eventos cristãos, como shows e dias especiais em parques de diversões. Muitos desses participantes desfrutam das aparências e sons da cristandade sem amar a Cristo. Ao invés de assumir que eles acreditam no que suas camisetas e acessórios proclamam, planeje-se para chegar mais cedo nestes eventos e questioná-los. Traga com você alguns panfletos evangelísticos que possam ser especialmente adequados para a ocasião. A impressão se tornou acessível, que você pode escrever seu próprio folheto e imprimir algumas centenas. É surpreendentemente simples entregar a um estranho algo que você mesmo escreveu.

Algum grupo cristão da sua cidade possui um ministério com de assistência social? Muitas pessoas vão a esses centros apenas para obter algum tipo de alívio para suas necessidades imediatas, mas obviamente elas precisam do Senhor, mas alguns dos organizadores de tais lugares são, eles mesmos, incrédulos bem intencionados. Esforços sinceros em atividades religiosas não garantem a salvação a ninguém.

Onde os membros de igreja da sua cidade irão comer neste domingo à tarde? O restaurante de nossa região está repleto de bocas religiosas e famintas, por diversas horas todos os domingos. Enquanto eles se enchem de comida, será que não há uma oportunidade para atender suas almas famintas?

Você já se voluntariou para ajudar na escola cristã local? Os administradores normalmente estão ansiosos por alguém que se interesse em compartilhar um devocional evangelístico, ou um testemunho cristão na capela, ou na aula de ensino bíblico. Mesmo as melhores escolas cristãs possuem alunos não cristãos.

Eu já tive a oportunidade de falar das Escrituras em um encontro de negócios cristão. Conquanto os empresários ali conhecessem o Senhor, muitos de seus funcionários não o conheciam. Ou, que tal visitar a missão aos moradores de rua da sua cidade?

Certamente, estes esforços audaciosos serão perturbadores para alguns que estão satisfeitos com uma religião sem Cristo. Eu experimentei respostas negativas de alguns com quem falei fora do púlpito. A inquietação que os esforços de Paulo causaram por toda a Tessalônica foi muito mais intensa. Mas, por todas as gerações tocadas por meio do testemunho da nova igreja que se formou, a partir daqueles primeiros convertidos em Tessalônica, valeu muito a pena.

  1. Ver Kevin DeYoung e Ted Kluck, Não Quero um Pastor Bacana (São Paulo, SP: Editora Mundo Cristão, 2011). Nove características das igrejas emergentes são comparadas com os princípios-guia da Unitarian Universalist Association [Associação Universalista Unitariana].

Por: John Crotts. © Ministério Fiel. Website: ministeriofiel.com.br. Traduzido com permissão. Fonte: Trecho do eBook “Transtornando o mundo – aprendendo a evangelizar com o apóstolo Paulo”.

Original: Evangelização de religiosos – Aprenda a evangelizar com Paulo (4/13). © Ministério Fiel. Website: MinisterioFiel.com.br. Todos os direitos reservados.

Comentários estão fechados.