um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Por que um pastor deveria dar ouvidos a críticas de membros mais velhos à sua pregação?

Nos difíceis primeiros anos do meu ministério, achei que era alguém paciente. Eu estava suportando as críticas, julgamentos e ações para me remover. Eu estava sendo a pessoa maior, mais fiel. Com o passar dos anos, percebi de várias maneiras e cada vez mais que era o contrário. Esses santos, fiéis de longa data, feridos por pastores anteriores durante décadas é que foram pacientes comigo.

Especificamente, eles estavam sendo pacientes comigo enquanto eu crescia como pregador. Havia uma viúva de 85 anos, Betty, que costumava me dar sermões sobre minha pregação nos primeiros anos. Ela era a única que vinha até mim para me dizer que não gostava da minha pregação e por quê. Eu descartava o que ela dizia…

Oito anos depois, ela se mostrou certa em todas as críticas sobre minha pregação e onde eu precisava crescer.

Eu acordei um dia depois de anos trabalhando em esforços para crescer na pregação, percebendo de repente que tinha feito as mudanças que ela sugeriu anos antes. Em resumo, ela me desafiou a envolver meu coração na pregação, não apenas minha cabeça.

Betty ama me ouvir contar essa história. Mais ainda, ela agora ama me ouvir pregar. Ela, assim como outras pessoas, foi paciente comigo naqueles primeiros anos, especialmente com minha pregação. Pastores, seus membros mais velhos são um presente, não um fardo.

Uma das maneiras pelas quais eles podem lhe servir é ajudá-lo a crescer como pregador.

Muitos deles já experimentaram muito na vida da igreja, incluindo bons e maus sermões. Se não fizerem mais nada com seu feedback imperfeito, eles pelo menos comunicarão a você como alcançá-los com a palavra. Pastores, vocês vão querer saber como fazer isso.

Por: Brian Croft. © Practical Shepherding, Inc. Website: practicalshepherding.com. Traduzido com permissão. Fonte: Why should a pastor listen to the criticisms of older members about his preaching?

Original: Por que um pastor deveria dar ouvidos a críticas de membros mais velhos à sua pregação? © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados. Tradução: João Paulo Aragão da Guia Oliveira. Revisão: Filipe Castelo Branco.

2 Comentários
  1. newton pereira de sousa Diz

    Olá bom dia..! “A Graça e Paz”.
    Sou Diacono de minha Igreja, tenho 67 ANOS e me Chamo Newton.
    Nasci e me criei no lar onde se prega e vivemos Evangelho..! de Cristo Jesus. Hoje pertenço a uma Igreja Batista.
    Ultimamente tem acontecido algumas mudanças na minha Igreja, da qual Eu não entendo, e fico meio confuso.
    Por isso pesso ajuda de Vocês neste caso. Já pedi ajuda em outros Sites sem nem uma resposta, por isso peço se possível for me Ajudem:
    É o seguinte:
    Na Igreja estão usando uma ideologia AMERICANA, de Restauração “CR”, Até aí tudo bem, só que mudaram a placa da Igreja, e colocaram a seguinte fraze: “PROIBIDA A ENTRADA DE PESSOAS PERFEITAS”
    Isso me deixou um pouco confuso, porque posso enterpetrar de varias maneiras:
    1- Que Jesus Cristo não é bem vindo..! Porque Ele é PERFEITO
    2- Que os que estão dentro da Igreja, ninguém vai ser salvo..! Porque todos somos IMPERFEITOS
    3- Que tenho de me tornar uma pesso errada para entrar na Igreja Etc. etc.etc.

    No temor do Senhor Jesus Cristo..!
    Espero que Eu esteja errado
    Att. Newton

  2. Adriano Carvalho Diz

    Newton,
    O novo quase SEMPRE não é fácil de digerir. O Celebrando a Recuperação (CR) ajuda a pessoas imperfeitas como eu e você a reconhecer que somos 100% dependentes Dele e que, em nós, não há NADA que nos leve à salvação. Lutero, Spurgeon e outros já ensinavam isso nos temas “Justificação pela fé”. Nós, por nossos atos estávamos condenados ao inferno. Mas pela graça nós recebemos de Deus a justificação sem NUNCA termos praticado obras de justiça e Ele se tornou pecador em nosso lugar (II Coríntios 5.21) sem NUNCA ter pecado. Isso é justificação. Entender isso é fundamental pra que entendamos que lutaremos pela perfeição até a morte mas só a encontraremos NELE.
    Quanto à essa placa, entenda que é uma estratégia para gerar curiosidade e ensinamento ao mesmo tempo. Quanto ao fato de sermos imperfeitos isso não impede mas nos concede a salvação uma vez que Ele veio salvar pela Graça mediante à fé para que ninguém se glorie nisso.
    Entenda sua IMperfeição e lute até a morte por aperfeiçoar o que é incorruptível até que ele se revista da incorruptibulidade.
    Fica na paz meu irmão !

    Pr. Adriano Carvalho

Comentários estão fechados.