Por que é importante considerar a obra do Espírito Santo?

Joel Beeke palestra sobre quão essencial é a a obra do Espírito para a vida de nosso Senhor, para nossa salvação, para o equilíbrio da igreja e para nossa santificação.

A obra do Espírito é absolutamente essencial para todo cristão. Veremos isso sob quatro aspectos diferentes:

1) A obra do Espírito é fundamental na vida do nosso Senhor e Salvador

Jesus foi concebido pelo Espírito Santo. João Batista destacou a obra do Espírito através de Cristo. O Espírito leva Jesus ao deserto para ser tentado. Jesus operou milagres pelo Espírito. A ressurreição ocorre pelo poder do Espírito. Por todo ministério de Cristo, vemos a ação do Espírito. E, hoje, Cristo age em sua igreja através do seu Espírito. Sendo assim, nós devemos viver pelo mesmo Espírito.

2) A obra do Espírito é fundamental para nossa salvação

Sem a ação do Espírito ninguém será salvo. O Espírito revela a verdade de Deus para nós e sonda nossos corações. Ninguém pode conhecer a Deus a não ser pelo Espírito de Deus. Nós não conseguimos entender a Palavra de Deus e aplicá-la a nossa alma sem o Espírito.

Somente a obra do Espírito pode fazer que as pessoas da Trindade sejam pessoais para nós. Sem a obra do Espírito, o Pai e o Filho pareceriam distante para nós. Através da sua Palavra, o Espírito dá realidades tangíveis para nos conectarmos com o Pai e o Filho. Ele nos leva à comunhão com a Trindade e as três divinas pessoas se tornam íntimas conosco. A habitação do Pai e do Filho no crente é pelo Espírito.

3) A obra do Espírito é fundamental para o equilíbrio da Igreja

Sempre existe o perigo de gravitarmos em só uma pessoa da Trindade. Mas a Bíblia foca nas três. Mesmo que a obra do Espírito seja apontar para Cristo, o Espírito não é o Deus Esquecido no Novo Testamento.

Se apenas enfatizarmos a eleição soberana do Pai e esquecermos a redenção do Filho e a aplicação do Espírito podemos cair no erro da passividade espiritual e no que é chamado de hipercalvinismo.

Por outro lado, se pregarmos somente a Cristo e dizermos que tudo o que uma pessoa precisa fazer é crer em Cristo, sem salientar o que a fé faz pelo operar do Espírito, seremos inclinados a levar a igreja à graça barata e à fé fácil.

Porém, se enfatizarmos só a obra do Espírito, poderemos cair em legalismo ou em misticismo. Ficaremos centrados na experiência e nossa fé buscará por experiências em vez do Salvador e, assim, nossas experiências se desviarão da verdade bíblica.

Na verdadeira pregação bíblica, a obra de cada pessoa da Trindade é balanceada: a eleição soberana do Pai, a graça redentora de Cristo e a obra regeneradora do Espírito.

4) A obra do Espírito é fundamental para nossa santificação

a) O Espírito nos ensina a orar

Nós não sabemos como orar, mas o Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis (Rm 8). Em toda oração, existe o mistério do Espírito orar conosco, auxiliando-nos. Sem o Espírito jamais poderíamos orar verdadeiramente. Podemos até armar a vela de nossos barcos, mas sem o vento do Espírito não iremos a nenhum lugar.

b) O Espírito nos ajuda a viver em obediência a Jesus

Cheios do Espírito resistimos as obras da carne (Ef 5, Gl 5). Se queremos dar frutos para Cristo, precisamos ter o fruto do Espírito. As características do fruto do Espírito não são naturais a nós. É o Espírito que as frutifica em nós.

c) O Espírito nos auxilia a perseverarmos até o fim em nossa guerra espiritual

O Espírito é a espada em nossa guerra. Você está sofrendo, pegue a espada do Espírito e vá para Romanos 8 e aprenderá a clamar “Aba Pai”. Está fraco, pegue a espada do Espírito, vá para 2 Tm 1.7 e veja que “Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação”. Com medo de não perseverar, pegue a espada do Espírito, vá para Jd 24 e veja que Deus “é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória”.

Conclusão

1) A obra do Espírito nos dá uma fundamentação da realidade.

Nossa experiência subjetiva pelo Espírito da obra objetiva de Cristo nos dá a capacidade de confiar em Deus.

2) A obra do Espírito nos dá uma fundamentação de estabilidade

Ao passar dos anos, o constante trabalhar do Espírito nos dá segurança da salvação. Ele nos mantém em amor junto ao Salvador e não nos deixará desviar.

3) A obra do Espírito nos dá uma fundamentação de crescimento

Não há um passo que podemos dar por nossa própria conta. Não poderia fazer nada para a glória de Deus. Mas pelo Espírito, podemos diminuir para que Cristo cresça.

4) O Espírito nos dá uma fundamentação de alegria.

“O fim principal do ser humano é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre.” (Catecismo de Westminster). O único meio de ter alegria nesta vida é viver para aquilo que Deus nos criou, viver para sua glória.

Por: Joel Beeke. © 2014 Ministério Fiel. Original: Por que é importante
considerar a obra do Espírito Santo?.

Gravado na Conferência Fiel 2014.

1 comentário
  1. Moïse Bandiri Diz

    Palavra poderosa. Deus abençoe os conferencistas!

Comentários estão fechados.