Orando o Pai Nosso: “Santificado seja o teu nome”

Santificado seja o teu nome

E agora, qual é a nossa petição? Que desejamos (Et 5.6)? Que queremos que nos faças (Mt 20.32)? Esta é a boa vontade do nosso coração e a nossa súplica em primeiro lugar (Rm 10.1): Pai que estás nos céus, que teu nome seja santificado. Nós oramos para que tu sejas glorificado como um Deus santo (Lv 10.3).

Nós desejamos exaltar ao SENHOR, nosso Deus, e prostrar-nos ante o escabelo de seus pés, ante o seu santo monte, celebrar o seu nome grande e tremendo, porque é santo, porque santo é o SENHOR, nosso Deus (Sl 99.5,3,9). Tu és santo, entronizado entre os louvores de Israel (Sl 22.3).

Nós nos gloriamos no teu santo nome e, portanto, devem alegrar-se os nossos corações (Sl 105.3), pois confiamos no teu santo nome (Sl 33.21), ao qual sempre daremos graças, e nos gloriaremos no teu louvor (Sl 106.47).

Senhor, habilita-nos a glorificar para sempre o teu nome, dando graças a ti de todo o nosso coração (Sl 86.12) e dando muito fruto, pois nisso é glorificado nosso Pai celestial (Jo 15.8). Ó, que nós sejamos para Deus por nome, e louvor, e glória (Jr 13.11), que, tendo sido chamados das trevas para sua maravilhosa luz, para sermos povo de propriedade exclusiva de Deus, possamos proclamar as virtudes daquele que nos chamou (1Pe 2.9).

Ó, que possamos ser teus filhos, a obra das tuas mãos, para que possamos santificar o teu nome, santificar o Santo de Jacó e temer o Deus de Israel (Is 29.23); e que possamos ser para louvor da tua glória (Ef 1.12).

Habilita-nos a servirmos uns aos outros, conforme o dom que recebemos, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo; e se sofrermos, habilita-nos a sofrermos como cristãos e glorificarmos a Deus com esse nome (1Pe 4.10-11,16); pois esta é a nossa ardente expectativa e esperança, que sempre Cristo seja engrandecido nos nossos corpos, na vida e na morte (Fp 1.20).

Senhor, habilita outros para que te glorifiquem, até povos fortes para te glorificarem, e as cidades das nações opressoras para te temerem (Is 25.3); mas, especialmente, que o SENHOR seja magnificado fora dos limites de Israel (Ml 1.5). Que eles glorifiquem ao SENHOR no Oriente e, nas terras do mar, ao nome do SENHOR, Deus de Israel (Is 24.15 – No inglês: “Que eles glorifiquem ao SENHOR no reino da luz…”). Ó, que todas as nações que fizestes venham, prostrem-se diante de ti, Senhor, e glorifiquem o teu nome. Pois tu és grande e operas maravilhas; só tu és Deus (Sl 86.9-10).

Ó, que os gentios glorifiquem a Deus por causa da sua misericórdia, que o teu nome seja conhecido entre os gentios, e que eles se alegrem com o teu povo (Rm 15.9-10). Ó, que o teu nome seja grande entre as nações (Ml 1.11), e que se lembrem do SENHOR e a ti se convertam os confins da terra; que perante ti se prostrem todas as famílias das nações e que venham anunciar a tua justiça ao povo que há de nascer (Sl 22.27,31).

Senhor, que tu mesmo possas dispor de todas as coisas para tua própria glória, tanto como Rei das nações (Jr 10.7) quanto como Rei dos santos (Ap 15.3). Faze todas as coisas conforme o conselho de tua própria vontade (Ef 1.11), que tu possas se engrandecer, vindicar a tua santidade e se dar a conhecer aos olhos de muitas nações, de que tu és o SENHOR (Ez 38.23). Ó, vindica a santidade do teu grande nome, que foi profanado entre as nações, e que elas saibam que tu és o SENHOR, quando tu vindicares a tua santidade perante elas (Ez 36.23).

Pai, glorifica o teu nome; tu já o glorificaste, glorifica-o novamente (Jo 12.28). Pai, glorifica a teu Filho, para que o teu Filho te glorifique a ti (Jo 17.1). Ó, dá-lhe o nome que está acima de todo nome (Fp 2.9), e que em todos os lugares e em todas as coisas ele tenha a primazia (Cl 1.18).

Senhor, que farás ao teu grande nome (Js 7.9)? Faze isto ao teu grande nome: derrama o teu Espírito sobre toda a carne (Jl 2.28), e que habite ricamente em todos a palavra de Cristo (Cl 3.16). Sê exaltado, ó Senhor, entre as nações, sê exaltado na terra (Sl 46.10). Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus; e em toda a terra esplenda a tua glória (Sl 57.11). Exalta-te, SENHOR, na tua força! Nós cantaremos e louvaremos o teu poder (Sl 21.13). Faze grandes coisas com teu braço glorioso e eterno, para te criares um nome glorioso e eterno (Is 63.5,12,14).

Ó, seja para sempre engrandecido o teu nome, e diga-se: O SENHOR dos Exércitos é o Deus de Israel, é Deus para Israel (1Cr 17.24).

Por: Matthew Henry. © Matthew Henry. Original: Lord’s Prayer: Hallowed be Your Name

Tradução: André Aloísio Oliveira da Silva. © 2016 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: Orando o Pai Nosso: “Santificado seja o teu nome”.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

4 Comentários
  1. Rodrigo Diniz Diz

    Muito obrigado por esse site existir! parabéns pelas postagens.

  2. Wagner Garcia Diz

    Irmãos, vcs recomendariam a compra dos comentários dele?

    1. Vinícius Musselman Pimentel Diz

      Certamente.

  3. sou de jesus Diz

    muito bom!

Comentários estão fechados.