A centralidade do evangelho na vida do cristão | VE Entrevista Gloria Furman

Gloria Furman nos conta como ela buscou renovação de suas forças na busca diária pelos conselhos do evangelho. Através da leitura de um pequeno livro que ensinava como aplicar o evangelho em sua própria vida no seu dia a dia, e não apenas para a vida eterna. Uma vida centrada no evangelho fez com que um grupo de irmãs partilhassem o encorajamento mútuo e prestação de contas.

Transcrição

Renata Gandolfo: Olá, Gloria. Obrigada por você ter vindo. Gostaria que você falasse um pouco sobre você, sobre seu ministério de escrita.

Poderia nos falar alguma coisa?

Gloria Furman:  Claro.

Eu vivo em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Eu tenho quatro filhos jovens.

Em algum momento entre o primeiro e o segundo filho, eu percebi que estava extraindo toda a minha força das respostas do mundo para as minhas lutas, para a minha maternidade, para a vida cotidiana, até que eu percebi que não estava dando em nada e eu compreendi que eu precisava de algo mais sólido. Isso aconteceu na mesma época que nos mudamos para o Oriente Médio. Foi no mesmo período.

Naquela época, eu estava lendo diversos livros. Um deles foi escrito por um pastor chamado Milton Vincent, chamado “Uma  Introdução ao Evangelho para Cristãos”. É um livro muito curto, mas nesse livro ele ensina como aplicar o evangelho na sua vida cotidiana. Então, eu comecei a fazer isso… Eu comecei a ler esse livro constantemente, refletindo em como a Escritura, na verdade, se aplica à minha vida cotidiana, não somente à vida eterna algum dia, mas à vida cotidiana.

E eu estava cercada por irmãs da igreja muito agradáveis que estavam todas em uma fase parecida da vida, tentando fazer isso juntas. Então, nós começamos a escrever. Começamos a escrever nossas ideias, a encorajar umas às outras com palavras, a ligar no telefone e a mandar mensagens.

“Dê-me alguma coisa da Bíblia. Socorro!”. Era uma irmandade realmente muito legal. Esse foi o princípio de um ministério de escrita que eu não planejei, mas que Deus tinha planejado, então… Foi com minhas amigas que comecei a escrever.

Renata Gandolfo: Entendi. Obrigada.

Aqui no Brasil a editora publicou 4 livros seus. Um deles é o Vislumbres da Graça, um livro que eu percebi que você foca sempre no evangelho de Jesus Cristo. Isso me encorajou particularmente a também focar minha vida no evangelho. E eu gostaria de saber como que você focou tanto sua vida no evangelho? Como que Cristo te chamou? Esse chamado que a gente vê que é um chamado que Cristo sempre fala com você.

Gloria Furman: Esse grupo de mulheres que estavam juntas na igreja, todas estávamos na mesma fase da vida, todas estávamos nos fazendo as mesmas perguntas: como o evangelho se aplica à vida cotidiana? E nós procurávamos versos. Então, começou como algo bem pequeno, com versos.

Às vezes, alguém enviava uma mensagem de texto: “Eu li isso hoje”. Depois, espontaneamente, à medida que éramos conduzidas pelo Senhor Jesus, ao encorajar umas às outras, tínhamos conversas difíceis umas com as outras também.

Então, estávamos suficientemente envolvidas na vida umas das outras, para ver o quanto estávamos extraindo nossa força do evangelho e o quanto estávamos confiando no mundo e confiando em outras coisas e tínhamos conversas difíceis umas com as outras, de mulher para mulher, de irmã para irmã, como agora, fazendo boas perguntas, como: “O que você esperava realizar com isso que você está fazendo?”, ou: “Qual é a sua motivação?”. E também perguntas de prestação de contas: “Do que você tem se alimentado ultimamente? Não a comida comum, mas a comida da Palavra de Deus. Do que você tem se alimentado? Ou você só fica mexendo no celular, checando o Facebook e depois diz que não tem tempo para ler a Bíblia?”.

Então, uma encorajava a outra para manter a centralidade do evangelho em nossas vidas diárias. Então, começou com um grupo de amigas confiáveis.

Vislumbres da Graça

Valorizando o evangelho na rotina do lar

Às vezes, a vida parece um fardo. São sempre as mesmas tarefas e obrigações, desafios e desencorajamentos, ansiedades e responsabilidades. Todas as mulheres já experimentaram essa sensação, seja uma mãe, dona de casa ou uma mulher que trabalha fora, dividindo tempo entre o trabalho e o lar. Porém, este livro irá encorajar suas leitoras a enxergar a realidade da graça de Deus naquelas áreas do dia a dia que parecem entediantes e sem importância. Através de exemplos pessoais e histórias cativantes, a autora apresenta reflexões ricamente bíblicas que irão ajudar a leitora a experimentar o poder extraordinário do evangelho em sua vida cotidiana.

CONFIRA

Por: Gloria Furman. © Voltemos Ao Evangelho. Website: VoltemosAoEvangelho.com. Todos os direitos reservados. Tradução: Frank Brito. Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva. Fonte: A centralidade do evangelho na vida do cristão | VE Entrevista Gloria Furman.

1 comentário
  1. Lídia Cutrim da Rocha Diz

    ótima entrevista!!!

Comentários estão fechados.