um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

Retratos de Eva

O trecho abaixo foi extraído com permissão do livro O Que Deus Diz Sobre as Mulheres, de Kathleen Nielson, futuro lançamento da Editora Fiel.

Por que a serpente mirou em Eva, e não em Adão? Por ser ardilosa, evidentemente ela pensou que isso daria certo — mas por quê? Bem, a razão não nos é revelada, mas, pelo êxito da serpente, vemos que tanto Eva era vulnerável à investida do animal como Adão era vulnerável à investida de… Eva. Eva é a personagem humana central desse drama. Não causa admiração, portanto, que, por séculos, as pessoas sintam-se compelidas a tentar explicá-la.

Alguns concluem que Eva simplesmente não era tão esperta quanto Adão; que ela era estúpida. Por isso a serpente conseguiu enrolá-la com sua lógica ardilosa, enquanto Adão (assim dizem) a teria desmascarado, mandando o animal sumir de vez. O apóstolo Paulo distingue Adão e Eva no processo da tentação: “E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão” (1Tm 2.14). Isso quer dizer que Adão era mais esperto do que Eva?

Outros tomam Eva como não menos inteligente, porém mais maldosa. Ela foi atraída para o diabo em meio a uma vida perfeita num belo jardim, com um marido que a amava, na presença do próprio Deus — como, então, pôde fazer isso? Quanta maldade! Tertuliano, um escritor do século III d.C., escreveu On the Apparel of Women. Nessa obra, Tertuliano lembra a todas as mulheres que elas compartilham com Eva “a ignomínia (…) do pecado original e o ódio de ser a causa da queda da raça humana”: Não sabeis que cada uma de vós é uma Eva? Uma sentença de Deus sobre esse vosso sexo habita nesta era: necessariamente a culpa também tem de estar ali. Tu és o portal do diabo: tu foste aquela que deslacrou a árvore [proibida]; tu foste a primeira a abandonar a lei divina; tu foste aquela que persuadiu aquele a quem o próprio diabo não teve coragem de atacar. Tu destruíste com tanta facilidade a imagem de Deus, mulher. Devido à tua deserção — ou seja, a morte —, até mesmo o Filho de Deus teve de morrer.

Acrescentemos mais um retrato que acompanha a “Eva estúpida” e a “Eva maldosa”: a de “Eva tentadora sexual”. Muitos quadros artísticos antigos apresentavam Eva em posições sedutoras, estendendo o fruto enquanto oferecia muito mais que apenas o fruto. Nesse cenário, o pobre Adão aparece como um incapaz sob o poder das investidas sexuais de Eva. Eva torna-se, assim, o arquétipo da femme fatale — preparando o caminho, implicitamente, para todas as mulheres depois dela.

Todo o Capítulo 3 de Gênesis nos ajuda a lidar com essas imagens, mas vamos tomar um ponto de partida. Será que Eva era menos inteligente que Adão e, portanto, um alvo mais fácil? A Bíblia não oferece evidência disso. Na verdade, Eva parece bastante articulada — com certeza mais que Adão nesse cenário! Embora a Bíblia diga que ela foi “enganada”, não foi por incapacidade de raciocínio que ela foi pega; foi o desejo — a árvore era boa, agradável e desejável.

Na verdade, podemos atribuir a vulnerabilidade de Eva à falta de cuidado de Adão em lidar bem com ela. Temos de nos lembrar que foi a ele que Deus originalmente deu a ordem de não comer do fruto. Por que ele não PULOU para dentro daquela conversa, declarando a palavra de Deus e salvando Eva desse engano?

O erro de Adão, contudo, não cancela o de Eva — mas não foi menos grave que o dela. Em última instância, a vulnerabilidade tanto de Adão como de Eva foi em relação à tentação e ao pecado. Desse modo, em Gênesis 3, Eva não é apresentada como uma pessoa mais maldosa que Adão. Ambos caíram, um logo após o outro. A questão da ordem é essencial, e Paulo aborda essa questão ao falar do pecado de Eva. Pouco antes de seu comentário sobre Eva ter sido enganada, Paulo escreve: “Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva” (1Tm 2.13). Por que Paulo aponta para essa ordem? Porque Adão tinha a responsabilidade primária naquela cena lá do Éden. E não agiu em conformidade com essa responsabilidade. Vejamos a visão de Deus a esse respeito nos versículos seguintes.

Quanto à acusação de que Eva usou seus encantos sexuais para seduzir Adão a comer da árvore, suponho que isso seja possível. Não existe, contudo, apoio das Escrituras para esse ponto de vista. Adão certamente não era incapaz: “E comeu”. Ele fez isso. Podemos dizer que aqui está o clímax da ação. Adão não era incapaz, nem foi enganado; ele sabia exatamente o que a voz de Deus havia dito, mas escutou a voz de sua mulher e escolheu desobedecer.

Em Gênesis 3.1-7, não testemunhamos uma falha feminina, mas uma falha humana. A mulher pode ter aberto a porta para o pecado, mas Adão podia e devia ter fechado essa porta. As diversas representações de Eva como burra, má ou sedutora são injustas. Mas a Escritura não é. E o Deus da Escritura não é.

O que Deus diz sobre as mulheres?

Futuro lançamento da Editora Fiel

DEUS É SEXISTA?

O que Deus realmente diz sobre as mulheres? Há uma maneira de ver essa mensagem não somente como algo que deve ser crido, mas também apreciado?
Neste agradável livro em formato de conversa, Kathleen Nielson analisa aquelas passagens da Escritura com as quais as mulheres mais lutam, seja de forma aberta ou não, principalmente dentro das igrejas: ministério pastoral, submissão, abusos etc. Junte-se a Kathleen em sua pesquisa por respostas honestas para perguntas difíceis e surpreenda-se com a beleza do plano de Deus para as mulheres.

Por: Kathleen Nielson. © Ministério Fiel. Website: ministeriofiel.com.br. Trecho extraído com permissão. Fonte: Extraído do livro: Kathleen Nielson, O Que Deus Diz Sobre As Mulheres.

Original: Retratos de Eva. © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados.

1 comentário
  1. Filipe Diz

    Esclarecedor!

Comentários estão fechados.