Lições imprescindíveis para as famílias cristãs

Na minha infância, quando sentávamos à mesa para tomar café, a primeira coisa que tínhamos que fazer era pedir a bênção do pai e da mãe. Com o passar do tempo alguns costumes mudam, até mesmo as famílias. Embora tudo comece no coração, porém, o trilho é pavimentado pela família. Nada acontece na sociedade sem antes passar estruturalmente pelas famílias.

O Salmo 127 é métrica da família. Nesse salmo os peregrinos cantavam uns para os outros: que Deus abençoe sua família! Tanto no passado, como nos dias de hoje, essa poesia continua expressando lições preciosas que são imprescindíveis para as famílias cristãs.

Os esforços inúteis

O verso 1 fala especificamente sobre o esforço desprendido para o trabalho. Por exemplo, seja o templo, um lar, seja a segurança da cidade ou o sistema de defesa de uma nação, tudo exige uma forte carga de trabalho. Embora não seja, em si mesmo, errado trabalhar com afinco por essas coisas a ideia do salmo é que tudo será inútil se Deus não estiver em primeiro lugar. No dizer de Spurgeon: “A colher de pedreiro e o martelo, a serra e a plaina, são instrumentos inúteis, a menos que o Senhor seja o mestre de obras.”

Os peregrinos de hoje precisam entender que colocar as coisas desse mundo na frente do Senhor não funciona. Trabalhar feito um louco ou andar de carro blindado será inútil para trazer Shalom ao seu coração. Não é errado querer uma casa ou colocar uma cerca elétrica ao redor da propriedade – isso é sinal de prudência. Entretanto, se a sua confiança última estiver nessas coisas tudo será vão. Só o Senhor pode nos dar plena segurança. O trabalho só não será inútil se o Senhor estiver envolvido com ele, Você tem se envolvido com o trabalho de Deus?

Aos seus amados ele dá

No verso 2, o salmista destaca a atitude dos trabalhadores. Eles levantavam cedo e dormiam tarde, ou seja, trabalhavam muito e negavam o descanso a si mesmos. Além disso, mesmo com tanto trabalho, eles não conseguiam fazer a experiência do prazer. A segurança e a paz, tão almejadas, não foram alcançadas esforço demasiado em levantar casas e construir cidades no topo da montanha. Você já pensou nisso? Já imaginou os peregrinos cantando isso uns para os outros?

Creio que salmista não está, de forma alguma, condenando a diligência com o trabalho e prudência com o orçamento familiar. Contudo, com toda as letras, ele está dizendo: trabalhar como um louco e ser um sujeito “mão-fechada” não trarão deleite deleite para a vida, mas o peso do cansaço e da frustração. De certa forma, creio que o salmista também quer nos ensinar o lugar do descanso e das recreações. O descanso é uma bênção para alma e para o corpo. Soltar pipa com as crianças, passear na praia, tomar o um sorvete com a família, brincar de videogame com os filhos são bênção que não podemos abrir mão.

Herança do Senhor

Alguns eruditos pensam que aqui houve uma quebra de assunto. Eles imaginam o salmista soldou dois temas separados em um. Presumo que não. A leitura natural no texto mostra que Deus cuida de todas as áreas da vida do peregrino. Ele cuida do coração, do trabalho e da família.

No tocante á família, os peregrinos deveriam cantar uns para os outros, que ele é uma riqueza dada por Deus. Casas, cidades e esforço demasiado não podem ser comparados com a construção de um lar em torno da lei de Deus. Ver os netos (filhos com açúcar) é um sorriso de Deus sobre os peregrinos. Os filhos são a proteção dos pais na velhice e são eles que cuidam dos pais – eles são flechas na mão do guerreiro.

Você tem cuidado das coisas materiais ou do seu lar? O Salmo 127 é didático, ele tem finalidade exortativa. Você vislumbra filhos? Você vislumbra netos? Você vislumbra filhos criados para influenciar positivamente na esfera pública de acordo com o ensino de Deus?

O Evangelho

Tudo que esse diz com respeito à família é verdadeiro com respeito ao Evangelho. Ser um legalista é inútil. Seu esforço é inútil se Cristo não for o centro da sua vida. Não é nosso trabalho que é mais importante, mas o trabalho de Deus em Cristo por nós. O verdadeiro deleite e descanso na vida só podem ser achados em Jesus. Nele os cansados e sobrecarregados podem encontrar paz e descanso.

Que o Senhor nos ajude!

Por: Francisco Macena. © Voltemos ao Evangelho. Website: voltemosaoevangelho.com. Todos os direitos reservados. Original: Lições imprescindíveis para as famílias cristãs.

1 comentário
  1. Ricardo Diz

    Muito obrigado pelos artigos publicados ao longo deste ano, os quais proporcionaram edificação aos leitores. Li mais esta postagem e concordo plenamente. Nenhum esforço compensará se o Senhor não estiver no centro de nossas vidas e família. Deus vos abençoe! Soli deo Gloria!

Comentários estão fechados.